História Em busca dos novos guardiões - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões, Como Treinar o seu Dragão, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Valente
Personagens A Fada dos Dentes, Anna, Astrid, Bafo e Arroto, Banguela, Batatão, Bicho-papão (Pitch Black), Bocão, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Coelhão, Dente-de-Anzol, Duque de Weselton, Elsa, Flynn Rider, Fúria da Noite, Gothel, Grand Pabbie, Hans, Jack Frost, Kristoff, Lorde Dingwall, Lorde MacGuffin, Lorde Macintosh, Melequento, Mérida, Norte, Perna-de-Peixe, Personagens Originais, Rainha Elinor, Rapunzel, Rei Fergus, Sandman "Sandy", Soluço, Stoico, Sven, Valhallarama
Tags Dagylfe, Flynpunzel, Herida, Hiccstrid, Jelsa, Krisanna
Visualizações 39
Palavras 470
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - A Princesa Perdida


Fanfic / Fanfiction Em busca dos novos guardiões - Capítulo 4 - A Princesa Perdida

Pov's Jack

Merida teve que ir com Seeylfe na Flora,já que não tinha como voar e em minutos,já estávamos no céu,voando até Corona.

Tivemos que parar no meio do caminho para descansar e no dia seguinte,já havíamos chegado no pequeno reino.

Atravessamos a ponte antiga enquanto admirávamos o belo lago que cercava o reino.

Adentramos a pequena vila,vendo as pessoas começarem a se afastar assustadas,por causa das nossas diferentes vestes e por causa dos dragões.

-Eles sempre se assustam quando vêem os dragões?-questionou Merida fazendo uma careta.

-Essas reações são completamente normais-riu Soluço.

-Nós em Berk já estamos acostumados,já em outros reinos...-comentou Seeylfe rindo constrangida e deu pra entender que era complicado quando eles saíam da sua ilha.

Mesmo com os olhares dos aldeões,prosseguimos até o castelo e os guardas nem perguntaram nada,apenas correram com medo de Flora e Banguela.

-O que está acontecendo aqui?

Nos viramos e logo avistamos uma bela mulher de cabelos castanhos curtos,olhos verdes e corpo chamativo.A coroa em sua cabeça lhe entregou.

-Princesa...Perdida?-deduzi.

Ela levantou as sobrancelhas.

-Bom...sim,mas...não sou mais perdida porque fui encontrada-brincou risonha-Eu sou a Rapunzel,mas podem me chamar de Punzi.

Ela desviou o olhar para os dragões e pude ver seus olhos brilharem.

-Own!Eles são tão fofos!-exclamou levando as mãos às bochechas.

-Ela é bem animada-comentou Merida meio surpresa.

-Guardiã da Alegria-afirmei sorridente-Punzi,é...sou Jack Frost.Esses são os irmãos Strondus,Seeylfe e Soluço e princesa de Highland,Merida Dunbrooch.

-O que querem comigo?-questionou confusa.

Suspirei derrotado.

-Você foi escolhida como guardiã,para nos ajudar a derrotar o bicho papão-declarei sério.

Ela arregalou os olhos chocada.

(...)

Estávamos no jardim com Punzi e com Flynn Ryder,seu marido.Eu já havia acabado de contar tudo.

-Mas...o bicho papão!-exclamou Flynn assustado-Punzi,o que você pode fazer contra ele?

-Eu não sei porque o homem da lua me escolheu,mas tenho certeza que foi por uma boa razão-afirmou Punzi pensativa-Eu aceito ir com vocês.

-O que!?!-seu marido se indignou.

-Beleza!Partimos agora mesmo!-anunciei animado.

Flynn arrastou Punzi para longe de nós.

-Escuta...qual é o dom da Punzi mesmo?Que utilidade ela vai ter?-questionou Merida entendiada.

-Ela tem o poder de uma flor dentro do corpo,que rejuvenesce e cura qualquer ferida-expliquei-E isso é MUITO útil.

Pov's Punzi

Eu e Flynn paramos num canto do jardim.

-Rapunzel,você não pode ir-declarou aflito-Nós acabamos de nos casar.O que vai dizer para os seus pais?

-A verdade-respondi imediatamente-Isso não se trata de mim José,se trata do mundo inteiro.Mesmo com os guardiões,o homem da lua pediu a minha ajuda e não posso negar isso a ele.

Ele suspirou derrotado.

-Então você vai mesmo né?-indagou chateado me encarando.

-Eu prometo voltar pra você-sorri sincera.

Ele pôs as mãos na cintura e me puxou pra si.

-Eu te amo-confessou.

Encostei minha testa na sua.

-Eu também te amo-afirmei.

Fechei os olhos e me aproximei,selando nossos lábios.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...