1. Spirit Fanfics >
  2. Em coma - jikook >
  3. Declaração

História Em coma - jikook - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Declaração


...

Jungkook e Jimin encontravam-se se encarando, as mãos do maior sob a cintura do menor, e as mãos de Jimin no rosto de Jeon. 

- Jimin, eu preciso muito te beijar agora. - desceu seu olhar para os lábios do ruivo. - Só que um beijo de verdade.

- Tá esperando o que? - sorriu.

Sem demorar mais, Jungkook cessou o espaço ali existente entre as bocas.

As borboletas voltaram.

Jungkook não podia entender, já havia beijado o ruivo outras vezes, mas agora, parecia o beijo estava dez vezes melhor. 

Nunca percebou o quão boa era a boca.

Não conseguia descrever a sensação.

Era viciante.

Jimin cessou o beijo e se afastou, deixando um Jungkook de lábios vermelhos e mente desnorteada para trás.

- Jungkook, eu não posso fazer isso. - se levantou do sofá ajeitando a roupa e indo em direção a porta.

- O que? Como assim Jimin? - foi atrás do ruivo segurando sua cintura, o impedindo de dar mais um passo - O que você quer dizer com isso? 

Quando virou o corpo do ruivo pra si, viu seus olhos começarem a formar lágrimas.

- Jungkook, eu te amo. - deixou lágrimas caírem. - Desde o primeiro dia que você entrou na cafeteria, quando me deu o primeiro olhar, e quando passamos a primeira noite juntos...Desde aquele dia, eu não parei de pensar em você, e sabe o quanto me doeu saber que você é casado? E o quanto dói imaginar que nossas noites não significaram nada pra você Jungkook? 

Acada palavra que Jimin soltava, Jungkook sentia um pedaço de seu coração ser arrancado. Não sabia o quão significativo eram essas coisas para o ruivo. Tudo bem que com o tempo, Jungkook passou a sentir o mesmo. Mas, se arrepende de não ter feito isso antes. 

- Jimin, por favor eu não- o menor o interrompeu.

- Não, agora você vai me escutar. - fechou os olhos ao que parecia um ato para controlar lágrimas ou qualquer outro sentindo que esteja prestes a explodir ali. - Jungkook, você praticamente me usou. Quando não estava tento um dia bom, ia me encontrar, me comia e depois sequer lembrava meu nome. Jungkook você tinha uma família, UMA FAMILIA JUNGKOOK. E você não me contou isso. Se você fez isso enquanto casado, como posso confiar em você?

Jungkook não sabia o que responder. 

Na verdade, não havia resposta.

Tudo que Jimin tinha dito era verdade, e Jungkook não podia mudar isso. 

A menos que...

- Deixe-me te mostrar que pode confiar em mim, por favor! - Jungkook já não conseguia segurar as lágrimas. - Confesso que antes eu não dei importância pra nossas fodas, por que naquele momento não passaram disso pra mim. Mas de um tempo pra cá, você não sai da minha mente Jimin, e eu sinto essas merdas de borboletas no estômago sempre que estou perto de você. Como se eu tivesse me apaixonando novamente. Jimin por favor, eu preciso de você nesse momento, além de dos meus filhos e do Jin, você é a única pessoa que eu tenho. Fica, por favor.

Jungkook abraçou Jimin, passando uma das mãos pelos cabelos do ruivo, sentindo seu aroma doce, mas ao mesmo tempo forte.

- Jungkook, eu não sei se esse é o certo a se fazer. Seu marido acabou de morrer e você já está de caso com outro? - falou abafado por estar com a boca no peito do meior. - Eu quero, mas eu tenho medo.

- Jimin, eu prometo que vou mudar. Ainda é muito cedo pra dizer isso, mas eu quero você. - Jungkook beijou a cabeleira ruiva.

- Tudo bem Jungkook, por hora eu vou acreditar em você. - se afastou para olhar nos olhos dele. 

- Vamos sair como se estivéssemos nos conhecendo então, sem sexo, ok? - riu.

- Tudo bem então, eu prefiro assim. 

Jungkook estava disposto a começar uma vida nova, ao lado do ruivo.

Assim como Jin disse, sua felicidade era mais importante. 

E sua felicidade era ver Jimin sorrir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...