História Em meio a uma tempestade - Capítulo 14


Escrita por:

Visualizações 57
Palavras 617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Poesias, Policial, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii pessoal, como disse estou tentando o máximo
Bjs e boa leitura

Capítulo 14 - Confissão


Fanfic / Fanfiction Em meio a uma tempestade - Capítulo 14 - Confissão

Jungkook segurou minha mão e me puxou para fora da sala, tentei me solta pois todos estavam olhando mas foi em vão, até que chegamos no jardim que era um pouco afastado é ele finalmente solta minha mão 

S/N: Por que me trouxe aqui? 

Jk: Eu preciso te contar uma coisa S/N.. - Ele fala nervoso 

S/N: O quê é? 

Jk: E que eu..eu

S/N: Você oque?

Jk: S/N.. - ele pega no meu rosto- Eu não consigo tirar você tá minha cabeça, acho que estou enlouquecendo

S/N: Jung..jungkook - antes que eu possa falar qualquer coisa ele puxa meu rosto selando novos lábios em um beijo calmo e doce, até que cessa o ato

Jk: Por favor S/N, fique comigo - Ele fala fitando meus olhos

S/N: Desculpe Jungkook - tiro sua mão do meu rosto - Eu não posso - falo nervosa e saio correndo já sentido lágrimas no meu rosto, até que chego no banheiro e me tranco em uma das cabines- por favor isso de novo não! - penso desesperada 

Flashback on: 

Eu estava muito nervosa, era a primeira vez que confessava meus sentimentos para alguém que gostava, apesar de muitas meninas da nossa sala dar em cima dele, eu tinha esperança que ele gostaria de mim, tomei coragem e fui até ele, 

erro, grande erro  

Ele estava no meio de vários amigos da nossa sala, na minha cabeça tinha esperanças que ele me amasse e me apresentaria para seus amigos 

Devaneios meus.. 

S/N: Oii Kino - Ele substituí o seu sorriso, por uma cara de nojo

Kino: Oque você quer estranha? - vejo todos do seu grupinho rirem

S/N: Eu vim lê entrega isso-  entrego para o mesmo que recebe com desdém 

Kino: O quê é isso? - Ele abre a carta com desgosto - Isso é uma declaração-  vejo o mesmo rir debochado junto com seu grupinho 

S/N: S-sim - respondo triste, como se o meu coração tivesse sido esmagado naquele momento 

Kino: Se enxerga garota! Olha para você, você é estranha e ridícula, eu não gosto de meninas como você- ele aponta para o meu corpo e no mesmo momento sinto lágrimas no meu rosto e fujo daquela situação na mesma hora 

Flashback off

Eu não queria que aquilo acontecesse novamente, não queria meu coração sendo machucado de novo, não queria amar nunca mais, olho para o meu celular e me percebo que estava para acabar o intervalo, me acalmo, enxugo minhas lágrimas e saio, quando saio vejo algumas meninas aparentemente mais novas conversando animadas

???: Você já viu o aluno novo do curso de Medicina? 

???: Sim ele é muito bonito- vejo a mesma suspira

Me pergunto quem seria, e se era mesmo bonito assim, lavo meu rosto e saio e vejo que o sinal já tinha tocado, pois havia poucos alunos no corredor ainda, volto para sala e vejo que Jungkook já estava no seu lugar e parecia muito triste também, não queria o maguar, mas quis logo com isso e não nutrir sentimento por ele, sento em minha cadeira e vejo que o mesmo tenta me ignora e tento presta atenção o máximo na aula, que parecia nunca acabar, até que finalmente o sinal toca e vejo que Jungkook sai apressado e logo arrumo minhas coisas e saio também até o encontro com Yuli 

Yuli: Ixxi o quê aconteceu? Tá com uma cara horrível 

S/N: Não quero conversar sobre isso, por favor Yuli-  falo irritada com a mesma 

Yuli: Ok, ok não vou mais tocar nesse assunto, vamos? 

S/N: Sim - entramos no carro e fomos até em casa, quando cheguei não tive vontade de fazer nada, fiquei o dia inteiro no quarto e não comi quase nada, até que dormir e só acordei no outro dia



Notas Finais


Eai pessoal? Bom podem comentar a vontade viu?
Bjs ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...