História Em nome do imperador - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 201
Palavras 1.313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eai gente como vocês estão ?

Mais um capítulo para esse finalzinho de tarde , espero que vocês curtam.😙

Capítulo 17 - Capítulo 17



              - Reino do fogo -

     Ao sair da sala de reuniões Sasuke voltou para o baile. Mandando a música cessa assim fazendo com que todos o olhasse questionador.

   - todos vão ter que se dirigir para o subterrâneo do castelo. O fogo está sofrendo um ataque e para a segurança de vocês. Ordeno que sigam o mais calmo possível para o seu esconderijo ! - disse com a voz firme - Shikamaru irá indicar o caminho.

    De longe viu seu conselheiro balançar a cabeça ainda descrente, assim como os imperadores que estavam já começando a mostrar pânico. Assim como algumas princesas e damas. 

    Logo todos já estavam sendo encaminhado para o sub-solo como indicado por sasuke. Vindo alguns imperadores como harijama , suzuko do som vinheram até ele dizendo:

    - quem está atacando ? - harijama se pronunciou 
  
    - ataque de suna. Infelizmente a primeira barreira já foi quebrada e nesse axato minuto eles estão avançando para cá! 

    - que tragédia. Isso que dizer que se ele passar vai ter acesso à nós! - falou suzuko descrente

    - calma imperador. Ninguém irá chegar até o palácio. Temos os melhores homens lutando na segunda barreira. Assim como o general Jiraya.

    - mais você não tem certeza disso não é imperador , se você tinha conhecimento que um ataque assim podesse acontece
 Por que nos trouxe aqui ? - perguntou esterico

    - se você não para de falar. Posso facilita o trabalho deles !- disse com ar ameaçador 

     Harijama vendo o clima esquenta , interferiu antes que Sasuke matasse o homem ali mesmo.

    - vamos todos nós acalmar. Vocês dois imperadores mantenham a calma. Não é hora para ficarem discutindo , precisamos criar uma estratégia para o caso da segunda defesa falhar! 

   - está certo harijama -sama , o que vamos fazer caso a segunda defesa cair ? 

   - vamos ajuntar nossos homens e combater o inimigo criando uma estratégia de ataque e defesa. Duvido em dois. - começou harijama - a primeira vai ser do lado de fora com o imperador Sasuke com seus homens como o ataque. E ficaremos na retaguarda como defesa.

    - isso que dizer que ficaremos em uma local que caso eles conseguirem uma brecha para passar atacaremos de todos os lados. Os arqueiros ficaram no telhado do castelo e nós ficaremos nos lados. Como eles pensam que vão enfrentar somente o de Sasuke -sama não vão esperar um ataque de ambos os lados ! - suzuko prosseguio no raciocínio

   - quero a confirmação dos demais imperadores! - disse Sasuke 

    - certo !  

      Depois disso os imperadores seguiram para contactar os demais imperadores e os informar da decisão tomada. 

    Sakura ouvia todo o tumulto que estava ocorrendo no palácio. A invasão do exército de suna mecheu com todos dentro do castelo. E ela estava tenebrosa por sua mãe. E por Ino , por ordem do imperador todos deveriam buscar abrigo. Correndo para a saída do castelo sendo impurrada por alguns servos que corriam para se proteger no subterrâneo do castelo. 

    Porém antes de sair viu Sasuke vindo em sua direção com as expressões neutras porém ela sabia que ele estava nervoso. 

    - Sakura você precisa se proteger ! - disse olhando ela vendo um olhar assustado - todos já estão sendo evacuados. 

   - Sasuke eu preciso ir ver minha mãe , ela estava doente. E talvez não consigam fugir.- falei assustada.

   - você não pode ir Sakura e muito perigoso. Você precisa se proteger! - falei impassível ela não poderia se arriscar assim 

   - Sasuke e minha mãe eu preciso ir ver se ela está bem !- falei tentando solta meu braço que ele estava segurando - você não pode me impedir mesmo sendo o imperador. 

   Sasuke mordeu os lábios em indecisão não poderia prender ela contra sua vontade mesmo que sua vontade fosse exatamente a trancar em seus aposentos e colocar homens para a proteger. Porém olhando para seus olhos sabia que não poderia fazer isso , por que mesmo que se fizesse ela daria um jeito de fugir.

    - manderei Naruto com você !- falou sério - por favor não se exponha ao perigo ! Me promete isso ? 

   Sakura sorriu diante da preocupação estampada em seus olhos. Levantou as mãos em seu rosto e segurou vendo um olhar preocupado e estranhando a sua reação. 

    - não se preocupa , terei cuidado. - falei levantando e beijando suavemente seus labios. - por favor tenha cuidado. 

   Sasuke prendeu a respiração quando ela se inclinou e beijou seus lábios suavemente. Quase como um beijo de criança. 

   - vá até a entrada do castelo , mandarei Naruto com você! - disse olhando para ela e inclinando para da um beijo em seu rosto 

   - tá !- falei sorrindo 

   Sakura correu para a entrada do castelo para espera por naruto. Vendo várias servas correndo para o abrigo. Estava com medo , porém precisava ser forte. Não iria deixar sua mãe sem amparo. 

   Sasuke caminhou até a sala de reuniões sabendo que Naruto se encontrava lá. Abriu a porta vendo os imperadores que aceitaram o plano junto ao conselho. E seus generais.  

   - Naruto preciso de você !- disse logo saindo sabendo que Naruto estava logo atrás dele.

   - Sasuke o que foi eu estava falando sobre a estratégia. 

   - preciso que leve a Sakura  até a casa de sua mãe! 

   - Sasuke agente está com um emergência aqui. 

   - Naruto vá agora. Eu dou um jeito aqui , preciso que ela esteja segura! 

   - ok cara , o que você não pede sorrindo que eu não faço chorando. 

   - ela está esperando na entrada do castelo. 

   - certo. 

    Sasuke deu um mínimo sorriso , Naruto saiu correndo para cumprir sua missão é Sasuke voltou para a sala de conselho para colocar a estratégia em ação. 

   Sakura estava esperando impassiente nos portões do castelo , vendo muitos homens se possicionando para o combate , com sua espadas e lanças , assim como os arqueiros que corriam para ocupar seus posto no topo do castelo. Era a primeira vez que via uma preparação para uma guerra assim tão de perto e era mais assustadora do que pensava.

- sakura-chan ?- parei do seu lado vendo com um olhar assustado.

- À graças a Deus , Naruto preciso que me leve para ver se minha mãe conseguio fugir. - disse implorando 

- não se preocupe Sasuke já me informou. Vamos suba aqui .- disse ajudando a montar no cavalo 

Pegando na mão dele ela deu um salto , enlaçado as pernas no cavalo. Logo eles partiram para a casa de sakura. Onde homens ainda corriam para a formação de combate. 

    -    Floresta Kyuubi - 

Todos os homens já estavam em posição de ataque só esperando os inimigos chegarem. Todos sabiam o plano , combater o inimigo não deixando brecha para a saída dele. Os arqueiros já estavam apostos como visibilidade do inimigo. Escudos foram posto na frente do homem para que se o inimigo o atacasse com flechas o escudo o repelise. 

Se a defesa por homens não desse certo , eles ainda tinha um último trufo para acabar com o inimigo. 

Todos já estavam em formação de ataque. Jiraya estava na frente com o líder geral. 

O único som que podiam ouvir era o som do vento que batia nas folhas das árvores. O vento que penteava os cabelos deles como mãos de amantes que mantinham um toque suave. Quase angelical. 

    Em poucos minutos , ouviram o som dos pés que pisavam com força na terra. O som dos gritos eufóricos que davam para a destruição , em poucos minutos Jiraya viu seus inimigos ao longe cada vez mais perto. 

Logo os dois exércitos estavam face a face sem máscaras. No puro desejo de matar , por que mais que ambos fossem diferentes. Todos os dois cuntinha a vontade de ganhar a vitória.

Continua....

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...