1. Spirit Fanfics >
  2. Em seu ritmo (OS - Taekook) >
  3. Ritmo.

História Em seu ritmo (OS - Taekook) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Me veio essa ideia hoje do nada, mas tá aí.

Espero que quem leia goste! Beijos!

Boa leitura! ;)

Capítulo 1 - Ritmo.


Fanfic / Fanfiction Em seu ritmo (OS - Taekook) - Capítulo 1 - Ritmo.

Capítulo Único

Cansado. Estou mais uma vez cansado de toda essa minha rotina e pra piorar acabei perdendo o ônibus. Resultado? Um Taehyung suado e ofegante, devido ao sedentarismo, que está chegando na faculdade depois de caminhar vários quarteirões de sua casa.

Curso Artes e estou no quinto período, sinto que essa sempre foi a carreira dos meus sonhos. Escolhi esse curso pra vida e amo me expressar através dos meus quadros, contrariando meus pais que desejavam que eu cursasse arquitetura, administração ou até mesmo algo relacionado a educação física, mas qual é?! Todos sabem que odeio matemática e acima de tudo ter que me mexer além do necessário.

Quem gosta de ficar suado e ofegante? Eu detesto, e também não tenho talento pra nada que envolva esportes. Meu lance é pinturas, desenhos e outras coisas do tipo.

Olhei para o meu pulso e percebi que estou um pouco atrasado já que tive que vir a pé, vou acabar perdendo a primeira aula, pois o professor em sala é um chato que não deixar a gente se atrasar nem quinze minutos - e olha que esse é tempo de atraso permitido pela faculdade e que ele ignora.

Decidi dar um volta pelo prédio já que nunca tive tempo e nem vontade de fazer isso, mas como não terei nada pra fazer nesse momento, me parece uma boa. Passei por algumas salas, o pessoal que cursava teatro estava no auditório então os observei um pouco e voltei a caminhar. Cheguei na parte dos alunos de dança. Não vou negar, acho bonito quem sabe dançar, mas não me atreveria a aprender. 

Ouvi uma música gostosa vir de uma das salas e decidi dar uma espiadinha, o máximo que poderia acontecer era o professor me mandar parar de espiar, mas ao contrário do que eu esperava a sala não estava cheia de dançarinos. Havia apenas um e como ele dançava bem.

Ele não só dançava bem, mas também era muito bonito, seu porte físico era muito bom e seu rosto apesar de estar sério e concentrado era quase angelical de tão belo. Me encontrei hipnotizado pelo de fios castanhos. Os movimentos dele eram precisos e pareciam tão bem executados, a visão daquele garoto dançando quase me fez ter vontade de cursar dança apenas pra ser seu par em uma aula. Eu disse quase. 

Continuei a o olhar enquanto me encontrava encostado na porta, mas dessa vez perdido em pensamentos acerca do cara que dançava tranquilamente dentro da sala. Me deixei levar tanto por minha mente que só acordei quando senti meu corpo se chocar com outro, me fazendo perceber que me encontrava quase colado ao garoto que havia desligado a música e parado de dançar. Me recompus ficando vermelho de vergonha por se descoberto dessa forma tão idiota e ainda mais por ter ido parar nos braços do dançarino.

Eu sou um tonto.

- Tá tudo bem com você? - a voz melodiosa preencheu o silêncio constrangedor e fez minhas pernas virarem gelatina. Dá pra se apaixonar assim de primeira?

Olhei pro rosto do garoto que parecia preocupado, ainda sem responder nada. Apenas o observando, guardando os detalhes de seu rosto. Ele era lindo dançando, mas o tendo parado em minha frente posso dizer que ele é mil vezes mais bonito assim.

- Ei. - o garoto sorriu e estalou os dedos em frente ao meu rosto - tô falando com você, tá tudo bem?

Pisquei algumas vezes.

- Oi? Comigo? Estou ótimo! Você é lindo! - O que eu tô fazendo? - Você é um ótimo dançarino. Quis dizer isso. É. Você dança bem, seu corpo.. é.. seus passos. - Cala a boa Taehyung! Eu definitivamente sou um fracasso.

O garoto gargalhou alto.

- Obrigada? Sou Jeon JungKook, curso dança e você é?

- Kim Taehyung. - respirei fundo para não voltar a falar bobagens na frente do garoto. - Curso Artes. Cheguei atrasado e tava passando por aqui então acabei te vendo dançar, desculpe.

- Tudo bem. Quer entrar? - o mesmo tinha um sorriso nos lábios.

- Oi?

- Sim, pra ver meu ensaio. Preciso criar uma coreografia, é  para um trabalho e preciso da opinião de alguém. Tem cadeiras lá dentro então você pode se sentar.

Beleza. Eu encontrei esse gato por engano, espionei o ensaio dele, o fiz parar seu ensaio importante e ele me chamou pra entrar? Pensei que seria expulso por ele no mínimo.

- Pode ser, Jeon.

- Me chame de Jungkook, Tae.

Senti um arrepio na espinha ao ter meu apelido sendo proferido por ele e corei um pouco. Eu não ficava envergonhado fácil, mas hoje eu tô até impressionado comigo mesmo, além disso não sou de dar tanta intimidade pra estranhos, mas hoje me sinto totalmente fora de mim. 

Sentei em uma das cadeiras que havia ali e o observei colocar a música e começar a dançar, ele estava concentrado olhando para seu reflexo no enorme espelho que havia na sala, seus olhos se conectaram com os meus e engoli em seco, um pouco sem jeito.

Ele continuou a dança, voltando a se concentrar em seus passos e as vezes parava apenas pra ajustar algo na coreografia que a meu ver estava impecável de tão bem feita. Sempre que ele me perguntava o que eu estava achando eu obviamente dizia que estava incrível, o fazendo rir em todas as vezes.

JungKook parou de dançar e me olhou, logo caminhou até mim se aproximando lentamente.

- Quer dançar?

Dançar? Com ele? Eu até iria, se gostasse de dançar.

- Desculpe, JungKook, mas eu não sei fazer isso aí não. Eu nem gosto de me mexer! - ele gargalhou e meu peito aqueceu.

- Vem... - estendeu a mão pra mim - é só acompanhar o meu ritmo, vamos começar devagar, ok? - segurei em sua mão meio incerto, mas fui.

JungKook colocou uma música lenta, mas que parecia bem sensual pra tocar e aproximou seu corpo do meu, levando suas mãos a minha cintura.

Quase deixei um suspiro escapar, não é todo dia que tenho alguém como Jeon JungKook me segurando assim, é uma pena que eu só tenha vindo pra essa área hoje.

- Me acompanhe sim.

Assenti e começamos a nos mover, JungKook passava sua mão por meu braço me fazendo ergue-lo, o movimento combinando com o ritmo da música que ouvíamos. O quadril de Jungkook se movimentava junto ao meu de forma lenta e deliciosa, nossos olhos conectados. O acastanhado guiando tudo e eu apenas o seguindo.

O aperto em minha cintura se tornou mais forte e JungKook me virou deixando minhas costas rente a seu peito, ergueu meus braços os levando ate seu pescoço e desceu suas mãos pelo meu corpo. Eu estava quente.

- Está dançando, Taehyung. - JungKook falava em meu ouvido enquanto nos movia, senti todos os pelinhos da minha nuca arrepiarem. Me virou novamente de frente pra si e espalmei minha mão em seu peito, ele segurou uma delas e nos afastou me fazendo girar. Acabei sorrindo.

- É parece que estou. - disse com um sorriso no rosto. - com você dançar parece fácil.

O acastanhado passou a mão carinhosamente pelo meu rosto.

- Falei que bastava seguir o meu ritmo, Tae.

JungKook colou nossos corpos outra vez, deixando seu rosto bem próximo ao meu. A ponta de nossos narizes se tocaram e logo após nossas bocas, iniciando um beijo lento e gostoso demais pra ser real.

Nunca pensaria que um dia estaria com a boca colada a de alguém como Jeon JungKook. 

Seu beijo doce e firme me tirou do ar por um momento, me fazendo imaginar como seria namorar alguém como ele, tão gostoso como ele, tão bonito. 

Depois do beijo, Jungkook me olhou sorrindo e  percebi que talvez eu goste um pouquinho de me mexer, mas apenas se for pra dançar com Jungkook. De resto, dispenso. 


Notas Finais


E foi isso.

Tchau, gente!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...