História Em Tons De Estrelas (J-hope - Jung Hoseok) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), CL (Chaelin Lee), K.A.R.D
Personagens B.M, J.Seph, J-hope, Jimin, Jin, Jiwoo, Jungkook, Lee Chaelin "CL", Personagens Originais, Rap Monster, Somin, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jung Hoseok, Love, Romance
Visualizações 53
Palavras 1.950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu fui reler o capítulo anterior e percebi que eu tinha colocado aula de português... Eu mudei para anatomia humana certo.

Eu ainda não tô acreditando que eu coloquei aula de português na Coreia!

Enfim, boa leitura estrelinhas e me desculpem qualquer erro. Me perdoem pela aula de português também! $2

Capítulo 18 - Adrenalina?


Fanfic / Fanfiction Em Tons De Estrelas (J-hope - Jung Hoseok) - Capítulo 18 - Adrenalina?

(•••)


Subi para meu quarto e fui tomar um banho, assim que terminei vesti um pijama fresco. Não vou sair de casa mesmo. Deitei em minha cama e abracei meu travesseiro esperando minha mãe trazer um remédio para dor de cabeça. Ouço uma batida na porta, e logo a mesma é aberta pela minha irmã.

Viih: O que houve? Por que Omma está desesperada lá em baixo? O que 'tá acontecendo?

_ Eu cheguei chorando, Omma perguntou o que aconteceu mas eu não falei o motivo só falei que não estava aguentando.

Viih: Aguentando o que?

Lágrimas escorriam pelas minhas bochechas a cada palavra que eu falava. Não estava aguentando aquilo, doía ficar longe do Hoseok, doía ter que esconder isso, doía acreditar que tudo isso estava realmente acontecendo. Eu tinha que falar isso para alguém, poderia ser a CL mas eu não escondia isso dela, faria mais sentido se eu falasse para alguém que não sabia disso ainda. A Vitória foi a melhor solução. E se eu tiver que falar isso para o Appa? Ele e o Hoseok estavam se dando tão bem.

Contei tudo para a Viih, ela chora junto comigo, ela me apoia e me consola. Minha mãe só escutava tudo escorada na parede. Elas não brigaram comigo, me ajudaram a superar, a criar coragem, elas choraram comigo e me fizeram ficar bem. Eu amo elas. Omma disse que tinha que contar isso para Appa, e eu não poderia discutir com ela é a coisa certa a se fazer, só espero que Appa entenda que não é culpa do Hoseok.

Eu pedi para Omma e Viih me deixarem sozinha um pouco, preciso de um pouco de espaço para tirar minhas próprias conclusões. Eu tinha que fazer alguma coisa que me acalmasse, e o que mais me acalma é escutar música. Coloquei "Chaos (Nomy)" para tocar no meu notebook e deixei no último volume, comecei a prestar atenção na música e... Eu não me aliviaria de todo aquele "peso" se não tivesse gritado o mais alto que conseguia até me sentir completamente aliviada.

Viih: O que foi isso garota? Tá louca? - Ela corre em minha direção e me abraça. Omma vem correndo em nossa direção, e eu ja não estava chorando naturalmente, eu já berrava de dor. E eu nem sei se Hoseok merece mesmo todo esse meu sofrimento.

This is Chaos


°°°


Acordo ao lado de Viih, que ainda dorme profundamente. Me levanto e vou até o banheiro, assim que olho no espelho vejo o quão acabada eu estou. Lavei meu rosto rapidamente, escovei meus dentes e arrumei meu cabelo, mas mesmo assim eu ainda estava péssima, é como diz a CL: "nada que a maquiagem não resolva!".

Depois de vestir o uniforme da escola vou acordar a rainha do sono profundo, essa supera a bela adormecida!

_ Viih, acorda tá na hora! Talvez até tenha passado da hora. - Ela resmunga. - ACORDA PRAGA!

Viih: Já acordei desgraça! - Ela levanta ainda resmungando.

Enquanto ela se arrumava eu deitei em minha cama e comecei a pensar em como será meu dia hoje. Depois do que passei ontem a última coisa que quero é olhar para face do Hoseok. Como Appa reagiu quando Omma contou o que aconteceu? Na minha cabeça quando eu contasse tudo isso a eles, ambos iriam me expulsar de casa ou não iriam confiar em mim nunca mais. Mas não foi assim, eles ficaram do meu lado, me apoiaram e me fizeram ficar bem comigo mesma. Ou pelo menos tentaram.

A Viih finalmente sai do banheiro. Ainda reclamando. Depois que ela vestiu o uniforme nós fomos tomar café, Appa e Omma já se encontravam na cozinha, ambos com uma cara péssima. É um por todos e todos por um nessa casa.

_ Bom dia.

Omma: Bom dia minhas florzinhas!

Appa: Bom dia princesas. Dormiu bem S/n?

_ Eu nem percebi que tinha dormido, só quando acordei percebi que não, eu não dormi bem. - Rimos.

Appa: Bem, comam rápido. Eu vou levar vocês hoje. - Ele sai da cozinha.

Acho que só com o "Eu vou levar vocês hoje" já deu para ter uma premonição do que vai acontecer. Espero que o Hoseok tenha tido uma boa noite de sono ou pelo menos acordado de bom humor.

Appa ficava nos apressando pois queria ir logo porque tinha compromisso. Então eu e Viih comemos rápido, arrumamos nossos materiais, nos despedimos de Omma e fomos para dentro do carro. Appa está com muita pressa, e toda vez que dava sinal vermelho ele ficava resmungando. Olhei as horas em meu celular e vi que ainda faltam meia hora para abrirem o portão, com certeza hoje o dia vai ser corrido.

E finalmente chegamos. A Ceci estava nos esperando sentada em um banco da praça, quando estávamos indo para dentro da escola dei uma última olhada no carro do Appa, péssima hora para dar uma "última olhada". Não vou ficar aqui parada admirando Hoseok falar com Appa, mas também não vou me meter na conversa deles então só vou entrar para dentro da escola e fingir que nada aconteceu.

CL: Graças a Deus! - CL corre em minha direção e me aperta em um abraço. - Como você está? Ninguém brigou com você não né?

_ Calma, eu estou bem... Não tão bem mas estou quase. Eu tô confusa!

CL: S/n você tem aula de que agora?

_ Acho que história, ou biologia.

CL: Ótimo, seja lá qual for vamos estar juntas! - Vitória revira os olhos como se estivesse entediada. E CL percebe isso. - Então tá, S/n vem comigo. - Ela me puxa para longe das meninas.

_ Tá, tá bom. Depois a gente se vê!

Eu e CL fomos para dentro da sala onde será a primeira aula. Ela me perguntou como estavam as coisas entre mim e Hoseok, o problema ou o alívio, foi que não tem nada grave entre a gente, somente o meu orgulho e minha vergonha.

_ Eu sei, eu sou muito burra né?

CL: Não, você só tá fazendo o que acha que é certo!

_ Eu "achar que estou certa" não é a certeza que estou certa. - Ela me olha confusa. - Achar não é ter certeza!

E finalmente o sinal para primeira aula toca. Tá ficando cada vez mais chato, eu estava toda alegre com a ideia de finalmente estudar em uma escola de verdade, e agora eu quero que tudo exploda em milhares de... Na verdade eu só quero acabar com esse clima entre mim e o Hoseok.

Na próxima aula Ceci e Viih estavam comigo, era aula de artes e eu estava com muito sono. Do nada! Mas não dormi, agora estou tendo aula de anatomia humana, a aula está muito mais chata é a Cecília mais a Vitória não paravam de falar. E dessa vez eu dormi.

Prof: S/n, Lee S/n!

_ Tô acordada... - Não, calma. Eu tô dormindo na aula. Acorda!! - Aí meu Deus acordei! - O professor se aproxima de mim. - Em momentos como esse às únicas coisas audíveis são ar risadinhas sem graça.

Prof: S/n, junte suas coisas e me espere na biblioteca, temos que conversar.

Não questionei, apenas juntei minhas coisas e sai da sala indo direto para biblioteca. A bibliotecária não tem cara de uma senhora de oitenta anos cansada que se mantém acordada com muito café, ela parece ter apenas cinquenta anos e dorme na hora que bem entender, essa mulher está dormindo praticamente no trabalho e ainda por cima ela ronca muito, meu senhor Jesus Cristo!

Para eu não ficar entediada deixei meus materiais em uma mesa e fui andar pela biblioteca. Andei por quase todos os corredores repletos de livros interessantes e desinteressantes também. Eu já estou no sexto corredor de livros quase interessantes, mas um livro me chamou a atenção, e óbvio, peguei ele para ver do que se tratava. Sou dessas pessoas que gosta de ler mais julga o livro pela capa, literalmente.

Xx: 'Ô garota! Eu tinha acabado de arrumar esses livros gatinha.

_ Ah, Ah foi mal, eu não sabia. - coloquei o livro de volta no lugar e tentei passar pelo garoto para ir embora.

Xx: Ei, pra que tanta pressa? Meu nome é Taehyung, prazer.

_ S/n. Por que está arrumando os livros? Trabalha na biblioteca?

Tae: Por que está aqui? E por que tantas perguntas?

_ Licença eu perguntei primeiro.

Tae: Ok, não eu não trabalho aqui. - Claro que não trabalha aqui, você é bonito de mais para isso. - E eu estou arrumando toda essa joça porquê os professores me acusaram de ter pichado a porta do banheiro feminino.

_ E foi você? - Começamos a anda juntos pela biblioteca.

Tae: Foi. - Rimos. - Agora sua vez de responder minhas perguntas.

_ Quais foram suas perguntas mesmo?

Tae: Por que está aqui? - É muita sacanagem, como ele pode ser tão bonito?

_ Eu dormi na aula de anatomia, o professor me acordou e mandou eu esperar ele aqui.

Tae: Eu pensei que você tinha feito algo muito ruim, tipo o que eu fiz. - Ri.

_ E por quê eu faria? - Olhei para ele desconfiada.

Tae: Porque você tem cara de, garota que quer diversão. Não é muito pervertida, não a primeira vista obvio. - Obrigada por notar Taehyung! - Mas também não quer ser chamada de frágil. Ou seja, busca adrenalina. Pensa nisso gatinha, até logo.

Ele acena e vai para fora da biblioteca, me pergunto se ele já acabou de arrumar tudo. Vejo o professor de anatomia passar pela porta, enfim vou em direção a mesa em que deixei minha mochila e me sento na cadeira, e ele se senta na cadeira de frente a minha.

Prof: Então S/n. - Lá vem. - Eu queria te dizer que felizmente eu e seu pai nos conhecemos a muito tempo. - Tá, dês de quando isso é algo feliz? - Eu não te chamei aqui para lhe dar bronca, ou encher sua cabeça de palavras inúteis. - Mas você já tá fazendo isso. - Eu estou vendo que você vai precisar de um pouco de ajuda na minha matéria, vou te propor que, quando der o sinal de ir embora você me procure para darmos uma fixada nas atividades. Certo?

_ Certo, eu vou ver isso com meu pai. - O sinal toca. - Eu vou indo então. É só isso?

Prof: Ah, me procure antes de ir embora ok. E pode deixar que eu levo sua mochila para sala. - Assenti e sai da biblioteca.

Como é hora do intervalo foi um pouco difícil achar as meninas. E eu nem tinha reparado que a Somin e a Jiwoo tinham vindo hoje. Em quanto andávamos pela escola eu ficava observando tudo para ver se eu encontro a pessoa que eu mais desejo do meu lado, mas parece que Hoseok tem coisas mais importantes para fazer. Eu falei para as meninas que ia ver onde CL estava e que depois encontrava com elas, mas na verdade eu estava indo no banheiro, nunca senti um a necessidade tão grande de chorar, clichê. No caminho eu ainda procurava por Hoseok, mas não obtive sucesso.

Nos últimos horários eu me mantive acordada, triste, mas acordada. E quando finalmente a desgraça do sinal tocou eu juntei minhas coisas às pressas e sai da sala rápido o suficiente para me esbarrar com tudo no Taehyung e cair não chão.

Tae: Meu Deus gatinha, você está bem?! - Ele me ajuda a levantar e pega minha mochila que estava em minhas mãos.

_ Tô, na verdade não. Aí eu tô triste, não sei. - Ele me olhou bem confuso.

Tae: Precisa se desestressar um pouco. Vem comigo, vamos a um lugar legal.

_ Não posso, tenho que encontrar com o professor de anatomia.

Tae: Lembra que eu te falei para quebrar as regras um pouquinho, e ir se divertir? - Assenti. - Que tal começar por aqui?



(•••)



Notas Finais


Olha só... A S/n tá indo pro mal caminho sim ou claro?
Mano eu tô postando isso meia noite. Desculpa gente, eu não aguentei. $2

Link da música → https://youtu.be/0spt8yQ6QKg

Até o próximo capítulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...