História Emison- Um amor quase impossivel - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Emily Fields, Hanna Marin, Spencer Hastings
Tags Alison Dilaurentis, Emily Fields, Emison, Haleb, Hanna Marin, Sashay, Spoby
Visualizações 77
Palavras 1.547
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, LGBT, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - O último dia juntas.


Fanfic / Fanfiction Emison- Um amor quase impossivel - Capítulo 9 - O último dia juntas.

Alison- EZRA?

Ezra- Alison, desculpa atrapalhar eu só vim te ver e te entregar seu celular, mas pelo visto você tá mais ocupada me traindo ai.

Alison- Ezra me escuta por favor.

Ezra- Toma seu celular, eu já estou de saída. - disse já saindo batendo a porta.

Alison- Ezraaa -digo abrindo a porta e indo até ele.

Ezra- o que foi Alison?

Alison- Temos que conversar, eu já ia ter essa conversa com você a um tempo, mas com esse sequestro eu não tive tempo. Por favor entre e vamos para meu quarto conversar.

Ezra- Conversar sobre o que? sobre o porquê você me traiu?

Alison- Ezra por favor. Me deixa pelo menos explicar.

Ezra- Então explica eu não preciso entrar pra você me explicar nada. 

Alison- A Emily entrou do nada na minha vida Ezra e no começo eu comecei a estranhar eu ter uma atração por ela, até onde eu sabia eu era hétero, namorava com você, mas aconteceu Ezra.

Ezra- Já acabou?

Alison- Eu te amei de verdade.

Ezra- Olha Alison, eu não tô bravo, só estou pelo fato de você não ter me contato antes, ter deixado eu ver com meus próprios olhos, mas eu fico feliz que tenha alguém nesse mundo que possa te fazer feliz, porque por um tempo eu senti que não era capaz de fazer isso. Até que enfim apareceu alguém que cuida de você, que te ama, que está presente na sua vida o tempo todo. Até mais Alison, e uma última coisa. Esquece o orgulho de lado, faz o que seu coração mandar, se você gosta da Emily vai fundo, não liga para o que pensam sobre. Boa noite. -disse já entrando em seu carro e saindo-

Alison- Meu Deus você é maravilhoso uma pena que não consigo te amar como você me ama. -digo voltando para dentro.

Emily- Tá tudo bem?

Alison- Tá sim, tá tudo resolvido.

Emily- Me desculpa Alison eu não consegui me controlar você começou a me beijar e eu retribui.

Alison- Tá tudo bem Emily eu sei vamos voltar assitir o filme - digo deitando em seu colo novamente- 

Emily- Ele terminou com você?

Alison- Decidimos que era melhor assim.

O filme se passou e eu só conseguia pensar no beijo, nas palavras que o Ezra tinha dito, se eu devia mesmo assumir o que sinto para Emily e ser feliz com ela. Mas decidi ficar assim por enquanto, ver o que dá. Me destrai tanto nos meus pensamentos que quando percebi Emily estava me tirando dos meus pensamentos falando que o filme tinha acabado.

Emily- Alison, o filme acabou.

Alison- Vamos ver outro Emy, não tem nada para fazer mesmo. 

Na verdade eu só queria a presença dela mesmo, assim pertinho de mim. 

Emily- Ok vamos começar ver uma série então? você vai ficar em casa por um bom tempo e eu vou ficar aqui cuidando de você, dá para ver uma série. 

Alison- Ouvi dizer que Lá casa de papel é bom em, e tem 2 temporadas já. Vamos ver?

Emily- Vamos.

Colocou a serie e começamos a ver só que agora eu prestei atenção, percebi que Emily já estava meio cansada de ficar ali sentada. 

Alison- Emy, deixa aqui comigo, tá frio.

Emily- Ok.

Ela deitou atrás de mim, como o sofá era pequeno ficamos de conchinha, o que me deu um tesão muito grande. Estávamos bem agarradinhas ali era tão perfeito aquele momento, eu não queria sair dos braços da Emily nunca mais era tão confortável tão quentinho. Viro a cabeça para trás e vejo que ela não estava prestando atenção na série e sim em mim.

Alison- Assim você não entende a série Emy.

Emily- É que ficar te observando mesmo que seja de costas é muito bom Ali. - disse me apertando mais no abraço colando mais nosso corpos- 

Alison- Emy, o que você mais gosta em mim? -digo virando de frente para ela e a olhando fixamente nos olhos- 

Emily- Seus olhos azuis, sua pele branquinha, seu cabelo loiro, seu queixo, sua boca carnuda amo beija-la, seu corpo gordinho. Seu sorriso.

Alison- Olha só você gosta de tudo em mim então. 

Emily- Claro você é perfeita Ali. E você o que mais gosta em mim?

Alison- Seus olhos puxadinhos que nem seu pai, sua boca, seu sorriso é muito lindo nunca vi igual seu corpo todinho as curvas dele seu nariz.

Emily- Então você gosta de tudo em mim também. 

Alison- Eu te amo Emy! 

Emily- Também te amo Ali.

Emily começa a olhar meus lábios intensamente e deu uma pequena mordida nos seus lábios, se aproximou e começou a me beijar devagar e intensamente, o beijo estava muito bom e muito excitante, nossas línguas se encontravam em perfeita sintonia, como ela beijava bem meu deus eu quero todos os dias esperimentar esses lábios mas não posso não posso Alison o que você está fazendo? A dane se um beijo não mata. Quando nos faltava ar nos afastamos um pouco ficando somente com nossas testas coladas recuperando o fôlego. Dava pra sentir a respiração da Emily, e era muito boa quando me dei conta estava mordendo seus lábios e descendo minha mão por toda sua barriga até chegar em suas coxas, senti ela arrepiar todinha, comecei a arranhar ela todinha. Eu já estava totalmente excitada Emily também, a gente continuaria se não fosse...

~PORTA SE ABRE~

Jes- O QUE ESTA ACONTECENDO AQUI? EMILY EU TE PEÇO PARA CUIDAR DA MINHA FILHA E VOCÊ QUASE ENGOLE ELA VIVA NA MINHA SALA? FORA DAQUI JÁ.

Alison- MAEE não é culpa dela, não faz ela ir embora por favor ela quem cuida de mim.

Jes- eu estou aqui, sou sua mãe e cuido de você, agora vá Emily. - diz já abrindo a porta para Emily Sair- 

Alison- MÃEEE

Emily- Me desculpa.

Minha mãe fechou a porta e antes mesmo de falar algo eu subi para meu quarto e comecei a chorar me tranquei no quarto e não sai mais.

~POR EMILY~

Que inferno sempre que eu e a Alison está fazendo algo alguém atrapalha e o pior, agora nem sei se vou poder ver ela mais. Vou tomar meu banho e ir dormir hoje o dia foi bom mas não terminou bom. Tomei meu banho coloquei meu pijama e fui dormir.

~BARULHO DE DESPERTADOR~

Ai ai mais um dia Emily, sera que as coisas já se ajeitaram lá na casa dos Dilaurentis? Pego meu celular e vejo mensagens das meninas 

" Emily A Jéssica quer tirar a Alison da cidade - Ária" 

"Emily o que aconteceu ontem a Jéssica piorou - Hanna" 

"Emily onde você está a Alison precisa de você -Spencer"

"Emy eu te amo demais aconteça o que acontecer não desiste de mim -Alison" 

Logo me levantei da cama troquei de roupa e fui para casa da Alison onde ela não se encontrava mais nem sua mãe. Liguei para Hanna. 

~LIGAÇAO ON~

Hanna- Oi Emy onde você tava a gente te encheu de mensagens 

Emily- Dormindo o que aconteceu?

Hanna- Jéssica deu a louca e tirou a Alison do país.

Emily- ELA O QUE?

Hanna- Isso aí, Emy, o que aconteceu ontem?

Emily- A mãe dela chegou e pegou a gente se beijando.

Hanna- Meu Deus Vocês estavam juntas?

Emily- Não Hanna, mas isso não importa agora, e agora?

Hanna- Eu não sei Emy.

Emily- Até mais. -digo já desligando o celular-

~LIGAÇAO OFF~

Meu deus, e agora? eu nunca vou me perdoar de estar dormindo enquanto isso tudo aconteceu, eu nem pude me despedir, comecei a chorar e nada fazia com que eu parasse, eu amava ela de verdade, e era a segunda amiga que eu gostava mais que amiga que eu perdi. Eu não consegui parar de chorar, quando penso que não escuto a campainha vou correndo atender.

Aria- Oi Emily posso entra?

Emily- Claro que sim entra Ária -digo enxugando as lágrimas dos meus olhos- 

Aria- Bom Alison mandou te entregar isso quando você procurasse por ela e mandou te dizer que nunca vai te esquecer e que isso não foi culpa dela, e pediu para que você não deixasse de ver a carta é muito importante. Bom eu tenho que ir fica bem tá ? Eu te amo - disse me abraçando - 

Emily- Obrigada Aria também te amo -digo acompanhando ela até a porta- 

Ela foi embora e subi para o meu quarto lendo a carta.

" Emily Fields eu não queria me despedir por carta mas não tive outra escolha, minha mãe não quer que eu te veja, ela vai trocar o número do meu celular não me contou para onde vamos e nem quando voltamos, eu só peço uma coisa não pare sua vida por mim, eu vou estar em outro país então aproveite sua vida pois não sabemos quando vou voltar saiba que eu te amo muito e nunca vou me esquecer de você! faça o mesmo. Minha mãe não quis me escutar, eu tentei falar com ela que te amava mas ela não escutou, disse que isso não seria bom para nossa família e que seria uma péssima reputação para mim, enfim até um dia, eu nunca vou te esquecer, nunca vou esquecer os beijos que demos, os efeitos que seus toques fazem em mim, o quanto você beija bem. É isso obrigada por tudo eu te amo muito. Adeus Fields." 

Não consegui parar de chorar eu chorava chorava chorava e não conseguia mais parar de chorar, passei a noite pensando em onde ela devia estar se já estava dormindo. Tentei ligar para ela mas realmente ela tinha trocado de número...











Notas Finais


E agora? como nosso emison vai ficar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...