História Emma teacher - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Eu não podia mas....


Marinette continua a querer abraçar lo .Contudo, foi ao banheiro: 

-Adrien....é melhor você ir para casa! 

-Espere ai:Você me chamou para cá e agora me a dá em pé na bunda?Se decide!-e veste as calças jeans e sai do quarto chateado 

 

 

 

Madrugada ,ela bate na porta dele:

 

-Sim,que deseja! 

-Você! 

Adrien olha perplexo: 

-Olha eu...

Ela agarra ele e leva para o quarto 

 

Marinette Se deita sobre ele e passa a beijar lo mais suavemente: 

-Mari.....você disse que.

-Ahn,fiz isso porque a síndica mora embaixo do meu apartamento! Aqui a acústica é melhor! -e piscou para ele

Adrien se levanta e trava a porta,para impedir cestos contratempos: 

-Mas....eu Não estou com

-Fala disso?-e mostra o preservativo 

Ele fica bobo: 

Marinette beija o novamente, ajudando a se desfazer da camisa verde. Adrien ficava alisando as costelas da mestiça a cada movimento. Ela,por sua vez,tocava mais embaixo, despertando o desejo de ir além. 

-Mari....para de me mm.enrolar....manda a ver!

-Mas..

-Por favor! -e se deita na cama,fazendo gesto para ela se deitar novamente sobre ele.

Marinette, eufórica, tira a  blusa vermelha, ajardineira e por fim,fica de calcinha e sutiã rosa: 

-Uau.....que corpo!

-Obrigada! -respondeu vermelha 

Os beijos ficam mais envolventes, de maneira que ela passa a deslizar a língua para o abdômen dele,deixando louco

-Oh...isso....vá -dizia Ele,agarrando aos travesseiro

Sem delongas, ela liberta o"colega "dele e passa a mordiscar cada  18 centímetros dele,subindo e descendo, como se fosse experiente o que nem era verdade 

-Ah....eu...nem.....oh...

Adrien, ainda arfante, deita ela na cama e tira cada peça restante, marcando o pálido torso com beijos, mordidas e lambidelas: 

-Adrien! Ou....

A ligua dele  adentra o íntimo dela,de modo que  sente se estremecer .

Logo depois que terminam aquilo, ele fe-la sentar em cima do membro, como a  pernas penduradas ao lado do quadril dele,e entra devagarzinho. 

-Pronta?

-sim.

Começam a ir calmamente, sem fazer barulho.Marinette, sentido em chamas, passa a deslizar seu indicador na nuca loira do amado.ele,tomado por volúpia, entende que ela queria ir mais rápido: 

-Isso..mm.....vai...

-Oh....mari....eu...oh....

Quanto mais acelerava, mais ele apertava pelo bumbum. Ela encaixando sua cabeça ao ombro direito dele, desliza as mãos ao quadril, apertando contra seu corpo.logo suam mais ainda ,cerram os olhos, se entregando um ao outro ,chegando ao ápice do prazer sincronizado: 

-Arrependida? -pergunta Ele,acariciando o rosto dela com o polegar 

-Nem um pouco! Senti falta disto....de ser amada. -responde sorrindo 

-Obrigado por me amar!

-Eu que agradeço!    

-Pai.....cadê meu lanche!

-Caramba, já é domingo? -disse ambos 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...