História Employer and Employee - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jeon Jungkook, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Park Jimin
Visualizações 122
Palavras 1.715
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei prq eu troquei o editor de texto... Ninguém quer saber, mas ok...

Boa leitura :3

Capítulo 26 - Nada de fazer amor na casa de seus pais...


Fanfic / Fanfiction Employer and Employee - Capítulo 26 - Nada de fazer amor na casa de seus pais...

"Jimin acabou adormecendo com a cabeça no colo de Jungkook. Jungkook pegou o pequeno no colo e entrou para casa o carregando. Assim que chegou na escada sentiu a mão de seu pai segurar seu ombro. Jungkook se virou e o mais velho viu Jimin deitado sobre os braços do filho, o Park dormia tão docemente que era capaz de despertar uma crise de fofura em qualquer um.

#JK: P-Pai..."

O mais velho sorriu para Jungkook.

#P'JK: Leve ele para a cama... Amanhã nós conversamos...

Jungkook assentiu.

#JK: Boa noite pai...

#P'JK: Boa noite meu filho...

Jungkook subiu para o quarto deixando Jimin deitado na cama. Tirou a calça de moletom do menor e a blusa que o mesmo vestia. Jimin se encolheu de frio porem não acordou. Jungkook se despiu e deitou ao lado do menor se cobrindo junto ao corpo do pequeno.

Jimin soltou um pequeno gemidinho ao sentir as cobertas pressionarem seu machucado. Jungkook deixou um selar na testa alheia e dormiu.

[...]

Jungkook acordou com o barulho da descarga no banheiro. Levantou coçando os olhos e foi até o banheiro encontrando um Jimin terminando de se despir.

#JK: Bom dia pequeno...

#JM: Bom dia...

Jimin sorriu. Jungkook se aproximou do menor e beijou o mesmo delicadamente.

#JK: Vou pedir para a empregada trazer novos curativos...

Jimin assentiu adentrando o box e ligando o chuveiro.

[...]

Depois de ambos terem tomado seus banhos Jungkook sentou ao lado de Jimin na cama. O maior começou a colocar novos curativos na perna machucada de Jimin.

Os dois estavam apenas de cueca. Jimin não perderia nenhuma chance de provocar o maior, e dessa vez não foi diferente. Park apertou o membro de Jungkook sobre a cueca fazendo o maior gemer abafado. Jungkook tentou iniciar um beijo mas Jimin riu enquanto negava.

#JM: Nada de fazer amor na casa de seus pais...

#JK: Você joga sujo Park Jimin! Muito sujo!

#JM: Você gosta que eu sei...

Jeon continuou com o curativo na perna de Park. Instantes depois a porta foi aberta liberando a imagem do Senhor Jeon.

#P'JK: Será que eu posso entrar?

Jungkook assentiu enquanto Jimin vestia o roupão.

Jungkook olhou para o mais velho.

#P'JK: Eu peço desculpa por minha atitude de ontem... Jimin... Gostaria de dizer que... Bom eu sempre achei que Jungkook tivesse um bom gosto.

Jungkook olhou assustado para o pai, Jimin engoliu a saliva e corou levemente.

#P'JK: E ontem percebi que estava enganado... Jungkook tem um ótimo gosto... Espero que vocês sejam felizes...

Jungkook não acreditou no que ouviu, Jimin sorriu e por impulso abraçou o mais velho.

#JM: Muito obrigado senhor Jeon! Ah isso me deixa tão feliz...

O pai de Jungkook se surpreendeu com o ato mas passou a mão pelos cabelos de Jimin.

#JK: P-pai... E-eu... Ah muito obrigado!

#P'JK: Eu ainda não aceitei essa ideia tão bem... Mas eu prometo que vou continuar tentando meu filho... Ontem eu vi o quanto vocês fazem um ao outro feliz e eu jamais me perdoaria se estragasse isso.

Jungkook sorriu.

#JK: Muito obrigado pai! De verdade! Eu amo o senhor...

Jungkook abraçou o mais velho.

[...]

Todos já estavam na mesa novamente, o café era servido enquanto os três conversavam. Senhora Jeon tinha saído para fazer algumas compras.

#P'JK: De onde você é Jimin?

#JM: Sou de Daegu...

#P'JK: Jungkook já conhece seus pais?

#JM: Ainda não senhor... Estamos programando uma visita...

#JK: Ei papai... Deixe meu Jimin comer e depois terminamos o interrogatório, sim?

O mais velho riu assim como Jimin.

[...]

Quando deram 16:30 Jungkook e Jimin voltaram para casa. Estavam felizes por terem conseguido ser "aceitos" pelos pais de Jungkook.

#JK: Sabe... Acho que poderíamos ir tomar um sorvete pra comemorar... Hm?

Jungkook viu uma expressão tristonha se fazer no rosto de Jimin.

#JK: O que foi?

Jungkook perguntou dividindo o olhar entre a estrada e o rosto angelical de Jimin.

#JM: Quero ir pra casa... Minha perna ta doendo...

#JK: Certo... Vamos pra casa... Quer passar na farmácia comprar alguns remédios pra dor?

#JM: Não precisa Kook... Eu apenas quero ir pra casa...

Jungkook percebeu que Jimin realmente devia estar com dor pois o menor jamais iria pedir para ir pra casa em plena tarde de domingo.

[...]

Quando chegaram em casa Jungkook abriu a porta do carro e tirou Jimin de lá o segurando em seu colo. Jimin sorriu fraco.

#JM: Eu posso andar...

#JK: Mas eu prefiro te levar!

Jungkook botou Jimin ao seu lado e abriu a porta. Jimin entrou e se sentou no sofá, levantou a calça de moletom deixando o curativo bem a mostra.

#JM: Aish... Ta doendo Kookie!

O maior fechou a porta e se aproximou.

#JM: A-ah... Pega um gelo?

#JK: Pego...

[...]

Jimin estava deitado no sofá com a perna esticada. Jungkook mexia no celular.

#JM: Lizye não ligou mais?

#JK: Estou falando com ela agora...

Jimin assentiu abaixando o volume da televisão. Ao mesmo tempo que Jimin queria ver a conversa não queria ser invasivo.

#JM: Eu posso ver?

Jungkook olhou para o menor.

#JM: A esqueça... Eu estou invadindo sua privacidade ao fazer isso... Desculpe...

Jungkook riu da conclusão do menor.

#JK: Pode ver sim Jimin...

O maior sentou mais perto de Jimin o mostrando a conversa com Lizye.

L: E então... Quando vamos nos ver?

J_JK: Na empresa... Segunda-feira...

L: Como você ta Oppa? Seu braço melhorou?

J_JK: Melhorou sim...

L: Me preocupo com você... Não suportaria te perder, você é tão incrível!

Jungkook terminou de ler e olho para Jimin, o menor leu a mensagem e sorriu olhando para Jungkook.

#JM: Ela é bem insistente...

#JK: É sim... Bem irritante também!

Os dois voltaram a olhar para a mensagem que acaba-ra de chegar.

L: E aquele seu namoradinho?

J_JK: Ele esta aqui... Ao meu lado... Queria que visse como ele esta lindo! A cada dia Jimin fica mais maravilhoso...

A mensagem foi visualizada e Lizye ficou offline depois disso. Jimin olhou para Jungkook segurando o riso.

#JM: Amor... Isso é errado!

#JK: Errado é ela continuar insistindo em voltar comigo...

Jimin beijou a bochecha de Jungkook.

#JM: Quando ele nasce?

#JK: Semana que vem...

Jimin novamente beijou Jungkook, dessa vez nos lábios.

[...]

Jimin estava pronto para dormir, o menor esperava Jungkook deitado na cama de barriga pra baixo e só de cueca. Jungkook entrou no quarto e logo notou a bunda farta de Jimin. Jungkook se aproximou lentamente deixando um leve tapinha na bunda do menor. Jimin se virou e riu afundando o rosto no travesseiro.

#JK: Que bundinha gostosa essa sua, hm?

#JM: Gosta da minha bunda?

Jungkook mordeu o lábio assentindo.

Jimin levantou e ficou de pé em frente ao maior. Jimin se virou de costas e começou a esfregar a bunda no membro de Jungkook que era coberto apenas pela cueca.

#JM: Aw... Gosta da minha bundinha Daddy?

Jungkook mordeu o labio e tocou as mãos na cintura de Jimin. Jimin se afastou e foi até o guarda roupa, pegou uma gravata e amarrou as mãos de Jungkook para trás de forma que o maior não conseguisse o tocar.

#JK: Por que isso?

Jimin se posicionou em frente ao membro desperto de Jungkook começando a esfregar a bunda ali novamente.

#JM: Você não pode me tocar com suas mãos Daddy... Essa noite não...

Jungkook queria mais contato, mas não tinha como segurar o menor para isso. Jimin apoiou as mãos na beirada da cama e empinou bem a bunda em direção a intimidade de Jungkook.

#JM: Anda Daddy... Estou esperando...

#JK: Aish! Você é tão maldoso Park Jimin!

Jungkook mordia o lábio apenas de pensar em estar dentro de Park, aquela entradinha apertada e quentinha. Ah como queria!

#JM: Oh Daddy! Não vai brincar comigo? Hu? Aww Daddy!

Jimin gemia manhosamente enquanto rebolava contra a intimidade de Jungkook. O maior estava ficando louco, precisava ter aquela bundinha gostosa para si. Jungkook tentava se soltar, mas era inútil.

#JK: Aw Minnie! Pare com isso! Aw!

#JM: O Daddy não quer brincar comigo? Daddyyy! Awwn!

Jungkook sentia seu membro duro como nunca.

#JK: Tire a cueca do Daddy?

Jimin ficou de joelhos em frente a intimidade de Jungkook e segurou a barra da cueca com os dentes, Jimin tirou a cueca apenas com a boca enquanto encarava o rosto do maior.

#JM: Assim Daddy?

#JK: A-assim... B-baby...

Jungkook estava ofegante por pensar em Park o chupando, por pensar em estocar fundo naquela bundinha dos deuses.

#JK: Fica de quatro pro Daddy?

#JM: Nyahh! O baby não quer!

Jungkook arfou com aquele gemidinho gostosa pra porra!

#JK: Ah Jimin! Quando eu te pegar! Ahh! Você esta me deixando louco!

Jimin sorriu inocentemente.

#JM: Quando você me pegar vai me foder?

#JK: Vou! A se vou!

#JM: E você vai entrar bem fundo e forte?

Jungkook assentiu fechando os olhos e imaginando a cena.

#JM: E vai atingir a minha próstata varias vezes com força?

Novamente o Jeon assentiu.

#JM: Awwwn Daddy! Eu quero issooow!

Jimin gemeu para provoca-lo. Jungkook não sabia mais oque fazer, sentia que precisava tocar Jimin imediatamente! Precisa daquele pequeno junto a si!

#JK: Minnie! Por favor! Ajuda o seu Daddy? Por favor, baby boy!

Jimin sorriu ao ouvir o maior implorar. O pequeno se ajoelhou começando a chupa-lo lentamente. Jungkook sentia aquela boca quentinha e pequena envolver seu membro de forma incrível. Jimin pôs Jeon sentado na cama com as pernas aberta e começou a chupa-lo novamente. Park fazia tudo tão lentamente enquanto Jungkook tentava de tudo para obter mais daquilo.

#JK: J-Jimin... M-mais... P-por... Por favor!

Jimin começou a chupar Jungkook com mais força e mais rápido. Novamente o menor desacelerou os movimentos. Jimin fez uma sucção lenta na glande de Jungkook, dando beijinhos e passando sua língua pela cabecinha do membro.

#JK: Ahhh... Ah! Minnieeh! Aw!

Jungkook sentiu que ia gozar. O maior fechou os olhos gemendo alto enquanto jogava a cabeça para trás. Jungkook gozou e Jimin engoliu o líquido semitransparente do namorado.

#JM: Tão bom...

Jimin falou ainda ajoelhado. Jungkook olhou para o menor que tinha um pouco do seu líquido escorrendo pela boca, aquela cena era tão sexy.

Jimin lambeu o canto da boca e sorriu inocente para Jungkook. Jimin soltou as mãos de Jungkook e os dois foram tomar banho.

[...]


Notas Finais


:3
O próximo capitulo ta pronto ❤
Assim que todos que costumam comentar comentarem eu posto 😘
BeiJin's ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...