História Encanador Sensual - Capítulo 1


Escrita por: e Luna_Namikaze

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha
Tags Conto Erotico
Visualizações 48
Palavras 1.633
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom mais uma fic pra vcs espero que gostem

E deixo aqui um agradecimento a co autora da fic luna namizake pois n consegui coloca-la cm co autora

Capítulo 1 - Ligados pelo prazer



Azura estava irritada, acordou e deu de cara com um vazamento na sua pia, seu banheiro está inundando, ligou para zelador e pediu para chamar o encanador do prédio, o mesmo prontamente atendeu o pedido e informou que o encanador iria chegar dentro de meia hora, agradeceu desligando o telefone, indo secar o banheiro e tomando uma ducha rápida, lembrou - se que tinha uma reunião em seu trabalho, porém um vazamento em seu banheiro atrapalhou seus  planos e esperava o encanador para resolver o problema de forma rápida.

....

Tinha acabado de mandar mensagem para  alguns colegas de trabalho avisando do seu atraso quando a campainha tocou, então com certa urgência, Azura correu para atender  a porta esperando encontrar o encanador do condomínio, porém ficou em choque ao ver que deu de cara com um homem alto cabelo longos e preto assim com seus olhos, após se recompor olhou nos olhos do homem.

- Em que posso ajudar senhor.

- Desculpa a minha falta de educação senhorita Azura, sou Itachi uchiha fui chamado pra consertar o vazamento, o encanador desse condomínio teve um imprevisto - respondeu Itachi com um meio sorriso no rosto enquanto reparava nas curvas de Azura que

Um pouco corada por ver que o homem a sua frente reparava em seu corpo, o mesma se afastou da porta abrindo espaço para Itachi.

- Prazer Itachi, sou Azura Kurama, por favor me siga irei levá-lo até o banheiro que está com o vazamento -  falou com um sorriso de canto.

Ao deixar Itachi no banheiro, Azura foi a cozinha preparar um refresco e quando foi perguntar se Itachi gostaria de tomar junto, sentiu seu corpo se arrepiar ao ter a visão de Itachi todo molhado, a camisa marcando seu corpo,respirou fundo tentando se recompor e então bateu na porta chamando atenção de Itachi.

- Desculpe atrapalhar seu trabalho senhor Itachi, mas acabei de preparar um refresco e vim sabe se está com sede.

- Não precisa se desculpar senhorita Azura obrigada pelo refresco, mas não posso sair assim todo molhado, não quero dar trabalho tomo algo na rua quando acabar.

- Não é nenhum trabalho senhor Itachi, vou buscar uma toalha para que possa se secar, não demoro.

Alguns minutos depois Azura voltou com a toalha e ficou esperando Itachi se secar, quando sentiu um incomodo em sua intimidade ao ver uma gota de água percorrer pelo corpo de Itachi, se perdendo dentro do cós de sua calça, sacudiu a cabeça tentando jogar os pensamentos nada puros que se formavam em sua cabeça de lado, pois já sentia sua intimidade ficando úmida, resolveu sair dali voltando para cozinhar, ficou alguns minutos esperando por Itachi e a todo momento a imagem de Itachi sem camisa voltava a sua cabeça fazendo seu corpo se aquecer.

.....

Ficou em seus devaneios pecaminosos, apenas despertando quando ouviu o som da cadeira se arrastando, notou Itachi do seu lado tomou um susto pela próximadade, porém tentou não demostrar servindo o refresco que tinha preparado ao rapaz, puxou um assunto banal na tentativa de não ficar molhada novamente, ao termirarem, Azura pegou os copos levando a pia, começou a lava quando viu Itachi pegando um pano e secando o copo de suco o levando ao armário.

- Não precisa fazer isso senhor Itachi, posso terminar aqui enquanto o senhor arruma o vazamento, lavar a louça já é trabalho demais.

- Não é trabalho algum senhorita, apenas a minha forma de agradecer pelo refresco e se a senhorita não se incomoda poderia só me chamar de Itachi senhor é formal demais assim pareço um velho - falou Itachi de forma brincalhona fazendo Azura sorrir.

- Está bem Itachi se insiste em ajudar não tem problema, fico feliz que tenha gostado do refresco, espero que tenha ficado satisfeito.

- Ah estava uma delícia Azura, mas eu estou com fome... - falou Itachi passando a mão na coxa de Azura que ficou sem fala e um leve gemido escapou da boca de Azura, após se recuperar, tentou se afastar, mas suas pernas ficaram bambas ao sentir seu corpo se chocar com de Itachi.

- Então Azura... quer me deixar satisfeito? - susurrou Itachi de maneira lenta enquanto mordiscava a orelha de Azura que soltou um gemido.

- Devo considerar esse gemido um sim Azura ou será que terei que ser mais convincente ... - Itachi fala distruindo chupões pelo pescoço de Azura que só gemia de prazer e então Itachi começou a subir a mão pela coxa de Azura, mas antes que chegasse a sua calcinha sentiu seu corpo se empurrado.

- Acho que devo responder a sua pergunta da forma adequada não é Itachi...? - provocou azura empurrando Itachi até a cadeira, sentando em seu colo rebolando sobre o membro de Itachi que geme, porém seu gemido foi abafado pelo beijo voraz de Azura.

Sem separar - se do beijo, Itachi levantou a saia de Azura sentido sua calcinha completamente encharcada, afastou o tecido e introduziu um dedo, fazendo movimentos de vai e vem intensos,  Azura jogou a cabeça para trás entregue ao prazer rebolando sobre o dedo de Itachi.

- Mais rápido - pediu Azura sentindo todo o seu corpo tremer, o ápice já estava próximo que não demorou a chegar, fazendo todo o corpo de Azura se tremer loucamente pelo prazer.

- Espero que não esteja muito cansada, pois ainda não acabamos e eu ainda tenho muita fome... -  disse Itachi abaixando a alça da blusa de Azura dando um sorriso safado ao nota que a mesma não usava sutiã, iria abaixar a outra alça, porém sentiu sua mão ser segurada.

- Agora é a minha vez - falou Azura, descendo do colo e  abrindo a calça de Itachi, tirando seu membro pra fora começou a masturbar - lo, variando a velocidade que o masturbava sentiu o membro do mesmo pulsar em sua mão, então  abocanhou o membro dele, passando a língua por toda a extensão do membro de Itachi, dando atenção  a cabeça do pênis, engolia o membro o chupando de forma intensa, ouvindo os gemidos do mesmo, ficando ainda mais excitada, levou uma mão até dua própria intimidade e começou a se masturbar e logo sentiu o mesmo se derramar em sua boca, se levantou tirando a roupa de maneira lenta e sensual, tirou a calcinha jogando no colo de Itachi e a passos lentos se aproximou, ficando próximo ao seu ouvido susurrou mordiscando sua orelha - pronto para me satisfazer Itachi...?

Com um sorriso no rosto, Itachi se levantou pegando Azura em seu colo a colocando sobre a mesa a penetrou de uma vez, recebendo um gemido arrastado como respota, seus movimentos eram rápidos, levando Azura ao delírio, a mesa tremia, ele olhava o corpo de Azura se mover seguindo seu movimento, Itachi estapeia sua bunda ouvindo a mesma pedindo por mais em meio aos gemidos então puxou o cabelo de Azura.

- Está gostando de apanhar né gostosa - falou o uchiha dando mais um tapada na bunda de Azura que apenas confirmou com a cabeça enquanto mordia seu lábio tentando segura o grito em sua garganta.

Sentindo suas pernas cansarem de ficar na mesma posição, Itachi levantou o corpo de Azura sem se separar, e sentou com a mesma em uma cadeira, Azura começou a kikar com rapidez e jogou a cabeça para trás, sentiu o toque de Itachi e tão  logo sua boca se invadida com um beijo quente, correspondeu  ao beijo imediatamente, enquanto acompanhava os movimentos de Itachi com seu quadril, Azura logo começou a ofega sentindo espasmos por todo o corpo, seguido de uma onda de prazer que explodiu em um orgasmo, Itachi que ainda se movia com intensidade  se derramou dentro de Azura, assim que sentiu seu membro se apertado pela intimidade de Azura.

Após se recuperarem o fôlego, Itachi mordiscou  o pescoço de Azura falando de forma brincalhona.

- Ainda não estou satisfeito senhorita Azura, mas infelizmente tenho um vazamento pra consertar.

Azura com um sorriso sexy se levantou dando um selinho em Itachi e falou de forma sexy...

- o vazamento pode esperar, afinal ele não vai a lugar nenhum - sem esperar alguma resposta, Azura puxou Itachi pela mão o levando para o quarto e  jogando na cama, subiu encima do mesmo tomando seus lábios em um beijo calmo que se intensificou aos poucos.

- Acho que antes de consertar o vazamento, terei que um serviço de bombeiro, onde irei apagar seu fogo - diz Itachi a penetrando novamente e mais uma vez a luxúria os dominava em um sexo selvagem.

Tão logo o mesmo saiu de dentro de Azura,  virando e colocando de quatro, enquanto penetrava novamente, distribuindo tapas em sua bunda, a mesma gemia de prazer, apenas pediu para que ele parasse um momento enquanto a mesma pegava seu estimulador clitoriano, voltando novamente a posição e sendo penetrada novamente, enquanto usava o brinquedinho em seu clitóris.

Aquela posição estava enlouquecendo ambos, tanto que Azura não demorou para gozar novamente, onde logo em seguida Itachi movimentou - se de forma mais rápida, soltando gemidos roucos de prazer, saiu da vagina e foi prontamente levado ao delírio por uma espanhola que Azura começou a fazer em seu membro, parecia estar no cio, uma tigresa sedutora, chupava a cabeça acompanhando o movimento de vai e vem de seus seios com o pênis no meio deles.

Itachi agarrou seu cabelo, fazendo a mesma ir mais rápido, sentia que estava perto do orgasmo, Azura percebendo isso, parou os movimentos e sentou novamente nele, kikando rapidamente e gozando juntamente com Itachi.

- Acho que estou satisfeito...

- Acho que não Itachi, mas vá conserte o vazamento, pois hoje você só sai a noite daqui... Tem o almoço, o café da tarde e a janta, tenho certeza que você vai sentir fome nesses períodos....

....

É quem diria que um vazamento a faria conhecer um homem inegavelmente fogoso com ela, e que aquele seria o primeiro de muitos dias de sexo selvagem com aquele moreno delicia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...