História Encanto - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Malhação: Viva a Diferença
Personagens Augusto Sampaio Neto (Guto), Benedita Teixeira Ramos (Benê), Clara Becker Guttierez, Cristina Yamada (Tina), Heloísa Gutierrez (Lica), Michel Borovski Júnior (MB), Samantha Lambertini
Tags Fadas, Heloisa, Limantha, Malhação, Mvad, Samantha
Visualizações 40
Palavras 1.195
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello voltei (não fiz mais que minha obrigação né?) Então sem enrolação bora?

Capítulo 22 - Não!


Capítulo 22-

Heloisa POV

Eu queria ter tido um tempo a sós com a Samantha antes da batalha mais foi impossível, ela sempre estava cercada de gente, e eu estava examinando os planos. Keyla tinha feito as estratégias, mas não conseguiu vir do inverno a tempo.

Fui pega de surpresa pelo sussurro de Samantha, aquilo me tocou de tal maneira que eu não poderia responder outra coisa a não ser que eu a amava, porque eu a amava, tinha certeza disso e só rezava aos céus que ela não se machucasse hoje ou eu nem posso imaginar o que seria da minha vida.

Assim que a luta começa eu tenho o último vislumbre de Samantha pulando do cavalo e ataco o primeiro Elfo que eu vejo, o acerto na barriga e vou para o próximo que me faz perder a espada, mas rapidamente pego minha adaga e o mato recuperando assim minha espada. Eu olho para cima e vejo que o resto do exército chegou, quando um grito estrondeante me faz parar assim como a todos.

Samantha POV

Meu pai estava no chão com uma espada crava em seu coração, eu só consigo enxergar vermelho e começo a matar todos até chegar no meu pai, a fúria me dominava, o homem que o estava machucando-o percebeu a minha chegada e veio pra cima de mim, o bloquei o quanto pude, meu braço lateja pela dor mas não me importava, foi quando ele tentou acetar minha cabeça eu o parei com uma com a espada e a outra eu peguei a adaga e perfurei sua coluna, quando ele caiu eu cortei a sua garganta. 

Me virei procurando meu pai e o encontrei pálido, cai ao seu lado no chão, tirando meu capacete e ergui sua cabeça.

-O senhor vai ficar bem papai, espera só um pouco- ele me olhou, sorrindo?

-Chegou a minha hora filha, Avalon é sua agora- eu neguei

-Não, aguenta mais um pouco!

-Tudo bem- ele tossiu sangue e eu comecei a chorar- Esperei por esse momento muito tempo, me encontrarei com sua mãe e com os mor- Eu neguei chorando

-Ainda não é sua hora, eu não estou preparada- ele negou

-Está sim, é minha filha e tem meu sangue eu sei que terá um ótimo reinado- e depois tossiu novamente e seus olhos se fecharam.

-NÃO! POR FAVOR! NÃO, NÃO- Eu gritei enquanto o abraçava- O senhor não pode fazer isso comigo- eu não sentia mais a sua pulsação e as lágrimas me inundavam. Eu engoli em seco me levantando pegando minha espada.

Heloisa POV

O grito foi do rei, ele estava caído no chão com uma espada em seu coração, eu respirei fundo vendo Samantha chegar até ele, não vi a luta pois um Elfo me atrapalhou e quando olhei-a de novo ela estava no chão e vários dos nossos os protegendo, eu estava quase chegando perto dela quando ela começou a gritar e ali todos sabíamos que o Rei tinha morrido, meu coração doeu com a cena, ainda mais quando ela se levantou chorando com a espada e começou a ir pra cima dos Elfos, eu corri até ela assim todo mundo, quando ela ia matar o próximo eu a segurei pela cintura.

-Shiu!, sou eu amor- ela se desfaz em meus braços caindo e eu vou com ela. Sammy começa a chorar copiosamente e eu só sei abraça-la o resto da batalha não me importa mais, somente Sammy.

Não tenho noção de quanto tempo permanecemos naquela posição, só percebo que se passou um tempo quando Gabriel chega até nós e diz “acabou”. Eu olho ao redor e tinha muito mais corpos de Elfos do que fadas. Samantha ainda estava chorando, quando se levanta meio tropeçando e eu a seguro.

- Quero ir para casa, agora- ela diz e assentimos- O palácio- Respiro fundo e concordo, ela parecia estar em transe.

Samantha POV

Eu chego até o palácio com sangue nas roupas, me recusei a trocar de roupa, assim que piso os pés no palácio Guto e Clara me abraçam chorando e dessa vez eu permaneço firme e os aperto.

-Eu sabia, Sammy- Clara diz e eu assenti, era provável que ela soubesse mesmo. Respirei fundo, me sentindo tonta.

-Preciso de um banho- eu digo me separando deles e indo até o meu quarto, Lica e Gabriel me seguem- Eu quero ficar sozinha- digo e entro no meu quarto.

Estou deitada na banheira que está meio vermelha do sangue do meu corpo e aqui eu me permito chorar de novo. Isso não poderia ter acontecido, meu pai se foi assim como minha mãe, só me resta meus irmãos e o reino agora. O reino! Eu afundo a cabeça na água e só volto quando estou quase engasgando.

Eu sou rainha de um reino agora, um reino em guerra que matou o meu pai, Avalon é minha agora e eu não estava pronta para isso. Escorei a cabeça e comecei a chorar, quando sinto uma mão em meu cabelo, eu olho e vejo Lica sentada ao lado.

-Estou com você- ela só diz isso e eu fecho os olhos me permitindo chorar novamente. Minha cabeça girava e acho que cochilei porque acordei com a Lica de sacudindo levemente- A água esfriou já, vem- ela diz me ajudando a levantar, eu pego uma toalha e vou até meu quarto me trocar enquanto ela esvazia a banheira. Ela já tinha tomado banho.

Me deito na cama suspirando e vejo ela saindo banheiro.

-O que será de mim agora?- pergunto e me olha

-Será a melhor rainha que esse reino já viu- eu nego- Sim, será, você é a melhor pessoa que eu conheço meu amor.

-Não sei se estou preparada

-Nunca estamos- ela chega mais perto de mim e eu me sento- É natural a tristeza e desanimo que está sentindo agora, isso ficará com você por um tempo- ela se senta me abraçando de lado.

-Eu só não sei como lidar com tudo isso, parece que o mundo desabou na minha cabeça- ela me aperta

-Só parece, ela ainda está de pé e esperando pela futura rainha mais amorosa que ele já teve- a beijo com amor.

-Sabe- eu digo depois que nos separamos- Meu pai nem ficou sabendo da gente- ela sorri triste

-A essa hora ele deve saber- ela diz e eu suspiro

-Gostaria de ter contado a ele, assim como muitas coisas- ela me aperta

-Ele sabe Sammy, em algum lugar ele sabe tudo o que queria dizer a ele- eu assenti e escorei em seu ombro, não sendo capaz de mas nada.

Heloisa POV

O dia se passou mórbido, eu não sai do quarto da Sammy, que cochilava e acordava direto, pela noite, Guto e Clara disseram que dormiriam com ela, eles estavam vermelhos e acabados, dei um abraço em cada um e sai.

Gabriel me disse que a cerimônia de cremação do rei seria amanhã e que o conselho se reuniria depois disso, com certeza para reconhecer Samantha como rainha e governante. Não sei se ela estaria pronta até lá, mas confio na minha menina e estaria ao seu lado, porque sei que os tempos mudaram.


Notas Finais


O-O-U essa morte vai trazer grandes mudanças para a trama agora em, PLEASE comentem ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...