1. Spirit Fanfics >
  2. Encanto irresistível: STEREK >
  3. Notícia inesperada. 3 temporada.

História Encanto irresistível: STEREK - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


E aqui vamos a última temporada dessa fic. Desculpe o horário desregulado ultimamente da fic, mas com trabalhos do curso técnico, e o estudo constante, consigo escrever no tempo livre.

Capítulo 15 - Notícia inesperada. 3 temporada.


Fanfic / Fanfiction Encanto irresistível: STEREK - Capítulo 15 - Notícia inesperada. 3 temporada.

Nesse exato momento, estava numa noite de luar numa lua crescente. Num quarto de um apartamento de luxo, dois homens estavam muito ocupados obtendo prazer um do outro.

- Isso Sti... Mais forte, mais fundo, mais rápido. Ah ah. [Derek gemeu com gosto delirando de prazer sendo penetrado por seu homem vigoroso e bem dotado que lhe fodia com força. Derek apesar de ser ativo mais vezes, passou a gostar de ser dominado por Stiles, e libertar o lado selvagem dele. Derek sempre ficava surpreso pelo lobo interior que conseguia despertar em Stiles com o seu corpo, que o Alfa sabia que fazia o bruxinho babar.]

- Porra, Der. Você é tão apertado, quente e gostoso que eu estou ficando louco. [Stiles disse numa voz rouca de prazer e luxúria enquanto bombeava os quadris penetrando com mais força o interior delicioso de Derek, tirando gemidos do alfa que era música aos seus ouvidos.]

- Me fode Sti. Eu sou todo seu. [Derek disse com um sorriso fatal enquanto literamente via os olhos de Stiles pegarem fogo de tesão, e ele gemeu ainda mais quando sentia aquele pau grande e grosso o martelando em sua próstata continuamente, o fazendo revirar os olhos, e seu pau duro babar sem parar.]

Várias rodadas preencheram o quarto a noite toda, com Derek sofrendo a punição de ser o passivo a noite toda, por causa de ignorar o namorado por um longo tempo. 

Derek aceitou a punição com gosto, e aceitaria de novo se ele recebesse todo esse prazer, e amor estonteante a cada vez. Derek conseguia sentir o cheiro das emoções de Stiles enquanto era fodido. Alegria, desejo intenso, um amor quente e apaixonado, e saudades.

Derek sabia então quanta falta Stiles sentia por ele, e o grande amor que normalmente seu namorado mantinha oculto. Derek pela milésima vez, gozou fartamente enquanto seu rabo era fodido, e sentiu Stiles gozar dentro dele, que o fez ir até o céu. Mesmo como lobisomem, Derek estava ofegante.

Stiles também ficou cansado depois de esgotar toda a sua energia em sentir seu corpo unido ao de seu lobo. Agora meio sonolento, Stiles abaixou a cabeça até o meio das pernas de Derek, e lambeu e chupou o pau do namorado, lhe fazendo carinho suficiente para deixá-lo mole novamente, e engatinhou na cama, até alcançar o peito de Derek onde deitou a cabeça, e sentiu os braços fortes e musculosos do lobo o abraçar apertado. Stiles sentiu o conforto e a segurança de estar naquele abraço quente, e sentir o cheiro dele que passou a amar.

Antes de apagar, Stiles estalou os dedos e limpou toda a bagunça sobre eles, e no quarto. Então se aconchegando no peito de Derek, ambos finalmente caíram no sono ainda nus.

No dia seguinte, na casa dos Argent, uma situação inesperada ocorreu quando Victória atendeu o telefone logo cedo na manhã.

- Alô? [Victória atendeu intrigada sobre quem ligaria para sua casa, quando ela não tinha amigos para entrar em contato.]

- Bom dia. Falo com a senhora Victória Bennett Argent? [A voz séria e educada de uma mulher de meia idade respondeu.]

- Sim, sou eu. O que deseja? [Victória ficou ainda mais intrigada.]

- Meu nome é Patrícia, e sou do serviço social. Eu liguri para a senhora, para lhe dar um aviso. Recentemente, os guardiões legais de sua sobrinha, Bonnie Sheila Bennett, Sheila e Abby Bennett, junto do pai da menina, morreram recentemente, fazendo da senhora Argent, a guardiã legal da menor por testamento, escrito pela sua própria irmã. Portanto, o serviço social intimou a senhora Argent a amparar a jovem Bonnie Bennett. [Patrícia disse ao telefone, balançando a cabeça para a história trágica da pobre menina que perdeu toda a família.]

- Claro, tudo bem. Eu irei imediatamente para assinar os papéis. Claro, claro. Ok, tenha um bom dia. [Victória pegou o endereço e o resto da informação e desligou.]

- ALLISON, DESÇA AQUI AGORA! [Victória gritou pela filha enquanto ia ao aeu quarto preparar as malas.]

- O que foi mãe? [Allison apareceu no corredor e chegou na porta do quarto da mãe com um olhar morto de sono.]

- Chame seu irmão da casa do namorado dele, e prepare as malas que vamos viajar por uma semana. Depois eu explico. Chame Stiles agora, e diga a ele que se ele não vier, eu irei pessoalmente o arrancar dos braços daquele lobisomem do jeito que ele estiver, que eu aposto que não é muito apresentável nesse momento. [Victória disse balançando a cabeça quando a filha foi ligar pro irmão. Ela tinha aceitado o fato que seus dois filhos tinham se apaixonado por lobos, e apenas suspirou.]

No quarto de Derek, o casal estavam abraçados um no outro num sono feliz, quando o celular de Stiles começou a tocar escandalosamente. 

Meio contrariado, Stiles abriu os olhos com um péssimo humor por ser obrigado a sair do abraço confortável do namorado. Sabendo que Derek tinha acordado com o barulho, mas ainda não se mexia por preguiça, Stiles deitou sobre o abdômen sarado dele, esticou a mão e pegou o celular e atendeu, sentindo as mãos de Derek mexendo em sua bunda.

- O que foi Allison? Isso é hora de acordar as pessoas? [Stiles perguntou de mau humor ao ouvir a voz da irmã.]

- E você acha que eu queria acordar agora também? Eu estou cansada da última noite com Scott e Isaac. Foi a mamãe que me acordou e mandou eu chamar você, porque temos que ir viajar para algum lugar. E ela disse especificamente, que se você não viesse, ela iria pegar você pessoalmente, não se importando em qual situação você estivesse na hora. Agora tchau, que vou arrumar minha bolsa. [Allison delsigou sem entusiasmo nenhum.]

- Droga. Logo quando eu consigo uma folga para termos nosso tempo juntos, aparece outra coisa pra atrapalhar. [Stiles reclamou e se jogou em cima de Derek que o abraçou e colocou o queixo ao lado de seu pescoço, o beijando com carinho, e lhe dando arrepios ao sentir a barba roçar em sua pele.]

- O que foi Baby? [Derek perguntou numa voz arrastada de sono e ainda grave, sentindo o cheiro de Stiles na língua ao beijar aquele pescoço lindo e delicado.]

- Parece que tenho que viajar com a minha mãe para resolver algo importante dessa vez, já que ela está levando eu e Allison. Logo agora que eu queria outra rodada com você, Der. Não matei toda a saudade ainda. [Stiles reclamou fazendo beicinho, e levantando a cabeça expondo mais abertamente o pescoço para dar espaço para Derek explorar.]

- Hm, é realmente uma droga Sti. Mas podemos dar uma rapidinha. Posso dessa vez? Hm? [Derek disse mostrando relutância na voz, e mordendo e lambendo o lóbulo da orelha de Stiles, o sentindo tremer de prazer em seus braços.]

- Vai em frente, mas com calma. Afinal, preciso andar mais tarde. [Stiles respondeu aproveitando o carinho, e ainda em cima de Derek, virou com a barriga pra baixo, e começou a beijar a boca irresistível de Derek, sentindo o pau de Derek ficando duro embaixo dele.]

Depois de 3 rodadas rapidinhas, Stiles levantou meio dolorido xingando o bastardo traiçoeiro que riu gostoso e lhe deu um beijo apaixonado, antes de enviá-lo até o jipe e o ver partir.

Enquanto Stiles dirigia até em casa, ele não sabia que Derek depois de suspirar, ficou com uma expressão séria e foi reunir o bando com uma aura preocupada e dominante.

Chegando em casa, Stiles ouviu a história da mãe, e suspirou quando ouviu onde teriam que ir. Mystic Falls, uma cidade tão azarada e amaldiçoada quanto Beacon Hills. Se Beacon era terra dos lobisomens, Mystic Falls era a terra dos vampiros. Stiles não gostava de vampiros. Muito duros e irritantes para morrer.

Indo até o porão secreto da casa, Stiles chegou na estufa artificial, onde os membros Argent plantavam Acônito e Stiles passou a plantar verbena. Tirando um pouco, Stiles pegou um medalhão e colocou a erva dentro e pendurou no pescoço, e fez mais dois para sua mãe e irmã.

Pegou armas de vampiros de que disparavam balas de madeira, estacas de carvalho branco que seria eficaz até em vampiros Alfas, ou originais. Banhou cada arma dele em verbena líquida, e encheu seus bolsos e uma bolsa inteira com várias estacas, lanças dobráveis, e granadas que explodiam milhares de pedaços de madeira afiada banhada em verbena.

Stiles também lembrou o feitiço de aneurisma básico para incapacitar vampiros, e o treinou seriamente enquanto arrumava tudo, até ficar satisfeito em bater seu record anterior de conjurar o feitiço em menos de 0,95 segundos.

Subindo a escada, encontrou as duas mulheres da família trajadas em couro preto como ele, e cheias de armas de madeira e cheiro de verbena por todo o corpo. Allison tinha um arco sobre o ombro e uma aljava de flechas saindo da bolsa.

Victória tinha uma besta poderosa guardada e um par de facas Sai, em bainhas perto da cintura. Saindo de casa, os três foram até a van preta de Cris, e com Stiles no volante, sairam de Beacon Hills, buscar a nova moradora da casa dos Argents, sem saber que se meteriam numa bagunça.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...