1. Spirit Fanfics >
  2. Encontro de Almas - Sakura e Kakashi >
  3. De volta ao time 7

História Encontro de Almas - Sakura e Kakashi - Capítulo 86


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, 'cês tão bem? Estou muito feliz com a resposta de vocês a esses capítulos colaborativos. Me enche de alegria, poder compartilhar desse trabalho com pessoas tão talentosas e especialmente perceber que vocês estão tão entusiasmados quanto eu.
Hoje trago um capítulo que foi escrito em dupla, por @AlwaysAlice e @UchihaDry02. Afirmo categoricamente, que as duas autoras conseguirão surpreendê-los com esse capítulo! E agradeço imensamente pelo privilégio de tê-las participando desse projeto. ❤
Ass: @Diane90

***************************
Oii,só vim aqui falar que foi incrível participar, poder ajudar e ser ajudada. E fico super grata por poder participar dessa fic maravilhosa, eu estou muitoooo feliz.
Eu amei conhecer todas as outras pessoas que participaram e elas são maravilhosas,essa foi sinceramente uma experiência incrivelmente perfeita,muito obrigada autora por nos incentivar e proporcionar segurança para escrevermos. E essa fic inteira é dona do meu coraçãozinho. Espero que todos gostem.❤ Ass: @UchihaDry02

***************************
Oiii, eu estou muito feliz e imensamente grata de estar participando desse projeto maravilhoso na minha fic preferida. Confesso que a mão tremeu com a responsabilidade, mas eu me diverti muito conhecendo autores/leitores incríveis em nosso processo de confecção de capítulos!
Estou muito ansiosa para saber o que vocês acharam e com o coração apertado de estar me despedindo dessa história incrível, espero que tenham uma boa leitura.
Mais uma vez obrigada a minha autora preferida por confiar e me convidar para fazer parte desse projeto!
Bjs!!!
Ass: @AlwaysAlice

Capítulo 86 - De volta ao time 7


Fanfic / Fanfiction Encontro de Almas - Sakura e Kakashi - Capítulo 86 - De volta ao time 7

  De volta ao  time 7 -Por Sakura Haruno

    Tudo estava calmo quando acordei naquela manhã. Kakashi  já havia despertado, mas estava preguiçosamente esperando que eu abrisse meus olhos. Sorri com a ideia e fui logo me aconchegar em seus braços - que me ampararam,  como sempre. Eu realmente estava feliz. Especialmente depois de toda liberdade que conquistamos. Não havia mais motivos para inseguranças. Kakashi e eu, estávamos sendo 100% nós mesmos.


    - Bom dia princesa. – Ele sorria enquanto me envolvia em seus braços. – Infelizmente, eu vou precisar sair em uma missão. - sua voz ganhou um tom melancólico, ao dar a notícia. 


    - Sério? – Perguntei, ficando imediatamente triste. Me levantei um pouco,  para poder ver melhor seu rosto. Kakashi também não queria se separar de mim, estava estampado em seu rosto. 


    - Vai ser uma missão  curta... Eu estarei de volta em um ou dois dias. Só preciso coletar umas informações sobre algo que aconteceu próximo daqui, não se preocupe. – me senti aliviada, um ou dois dias era difícil, mas suportável. A maioria das missões levavam semanas, e eu decidi tomar aquilo como algo positivo. 

[...]

    Juntos e aproveitando ao máximo a companhia um do outro,  tomamos café da manhã, antes que Kakashi realmente precisasse ir. Estávamos na minha casa dessa vez e até mesmo ela, pareceu ficar mais vazia após sua partida. Mesmo assim, eu estava sorrindo, em breve meu amor voltaria para mim, e essa certeza me confortava. 


    Enquanto criava coragem para tirar a mesa, as palavras de Sasuke voltaram a minha mente; Respirei fundo. Ainda que eu não precisasse da aprovação dele, nenhum pouquinho mesmo, me irritava que ele fizesse o nosso relacionamento daquela forma. Ele deveria ficar feliz por mim… Me apoiar era mínimo que  poderia fazer, especialmente depois de tudo que me fez sofrer. E eu fiz muito por ele também… Como ousava diminuir a relação que me salvara daquele jeito?!

    - Sakura! Ôh SAKURA! – a voz aflita de Naruto interrompeu meus pensamentos, mas sorri ao constatar que, mesmo ele tendo crescido, algumas coisas não mudavam. - Oi Naruto, está bem? – Perguntei, deixando que ele entrasse.


    - Sim, está tudo ótimo. Tá sabendo da novidade?! O Sasuke vai voltar para vila!!! – Ele parecia realmente empolgado. E obviamente, a noticia não me abalou. Não da forma que eu imaginava que aconteceria. Naquele momento, eu estava realmente bem comigo mesma e Kakashi me fazia transbordar. Pelo Naruto, fiquei feliz,  se tratava do melhor amigo dele.

  – Hey! O que é isso? – O loiro estava olhando para mesa de café da manhã que Kakashi e eu preparamos juntos e empolgados.


    - Pode ficar a vontade, eu já ia tirar. – Falei sorrindo. Ele não esperou duas vezes e sentou em umas das cadeiras – Você veio aqui só para me contar isso? - questionei enquanto o assistia comer. 


    - Não exatamente… Como Sasuke passou muito tempo fora, a casa dele não tem absolutamente nada. Eu pensei que podíamos ajuda-lo, como uma missão do time 7, igual  aos velhos tempos! – sua voz saiu um pouco abafada, pelo tanto de comida que havia em sua boca, mas sua empolgação era notória 

   - Ahh... Como nos velhos tempos?! - Muita coisa havia mudado agora, mas eu entendia o desejo do loiro. Passamos um bom período  de nossas vidas juntos, treinando e nos envolvendo, talvez fosse a hora de superarmos os problemas e guardar as partes boas. - Não será como nos velhos tempos… – Naruto parou de comer e me olhou surpreso. – Mas talvez possamos criar algo novo... – o loiro soltou uma gargalhada, mesmo minha voz não carregando tanto entusiasmo. 

   - Você é a melhor Sakura!!!  - Ele praticamente gritou empolgado, o que me fez revirar os olhos. 

[...]

     O loiro havia terminado de comer e logo me apressou para irmos,  suas íris azuis brilhavam de empolgacão. Já eu, ao sairmos de minha casa, percebi que   estava um tanto quanto nervosa - por mais que não houvesse problema em ir ajudá-lo e Naruto fosse estar presente - aquela ainda era uma situação delicada,  especialmente depois do conflito no casamento de Ino. - Será que eu fiz bem em aceitar? - aquele era um um questionamento que me incomodava. 


    No caminho, inevitavelmente,   estive calada. Apenas seguindo os passos de Naruto. - Ôhh Sakura... No que tá pensando? – perguntou franzindo a sobrancelha.

     - Ah... Nada ! – Eu me perdia  cada vez mais em pensamentos… Me perguntava se aquela tentativa de agirmos  como um time , realmente apaziguaria de alguma forma aquela situação mal resolvida, ou se apenas serviria como faísca para um guerra entre nós. E mesmo que não entendesse o que levou Sasuke a acreditar que tinha direito de questionar a decisão mais acertada de toda minha vida, eu ainda estava levemente disposta a pôr uma pedra naquele incidente e não queria me meter em mais confusões. 


    - Já estamos chegando, venha Sakura!! 'Cê tá andando muito devagar!!! –Naruto pegou em minha mão e começou a andar de forma apressada. Ele realmente estava eufórico e aquilo me irritava levemente.  - Não me puxa imbecil! –soltei minha mão e sorri, mesmo aborrecida. - Me impressionava como todas as coisas pareciam estar diferentes, e de fato estavam, mas a relação de amizade que tinha com Naruto era a mesma. 


   Quando finalmente chegamos na casa de Sasuke, o avistamos sentado na escada da varanda. - Achei que não iriam vir... – Falou de forma sarcástica e em seguida me encarou.


    - Bom dia Sasuke! –Dei um sorriso gentil - na tentativa de começarmos com o pé direito - o qual ele não retribuiu - A gente tenta ser educada e ainda é recebida assim… - minha irritação ganhou um nível a mais. 


    - Bom dia Sakura. –o moreno respondeu de forma fria e sem motivação. O tom arrogante em sua voz, me fizera amargar a decisão de ter vindo, mesmo antes de começarmos a "missão". 


    -Vamos começar quando?!  – não fiz questão de esconder minha impaciência, e desviei meu  olhar imediatamente. Aquela conhecida expressão de indiferença no rosto do Sasuke, diminuía consideravelmente  minha esperança de que terminaríamos o dia em paz. 


    Compartilhando de um silêncio constragedor, entramos  na antiga casa dos Uchiha. O local estava parcialmente vazio e empoirado. Os poucos móveis que restaram, já estavam praticamente caindo aos pedaços. -  Se ele quisesse continuar ali teria muita coisa para consertar. - observar aquilo, me fez entender o motivo por ter nos convocado.


    - Caraca... –Naruto falou baixo, enquanto olhava para cada canto devastado da casa . – Temos muito o que fazer ! –Um sorriso saiu de seus lábios, demonstrando que que o loiro não se importava com o trabalho que estava por vir. 


    - Me lembro da última vez que estive aqui…  mas não sei como esse caos se formou – Sasuke sorriu sarcasticamente e seu olhar perdido, nos fazia acreditar que ele falava consigo mesmo. 

[...]


    Nos dividimos para olhar os cômodos, e o único lugar que não estava desarrumado, era o quarto de Sasuke. Imagino que ele mesmo o tenha limpado e organizado.   Ao observar o resto do lugar com mais tranquilidade, até que não me pareceu tão horrível. As paredes precisavam ser limpas e de uma demão de tinta, mas a casa não necessitava de uma reforma em sua estrutura,  o que me fez acreditar que daríamos conta de tudo naquele dia mesmo. - Por onde vamos começar? – O loiro perguntou, direcionando seu olhar para o moreno.


    - Pela sala... – Sasuke respondeu.  


    Antes de darmos início a limpeza, os dois retiraram todos os moveis que já não tinham mais conserto, deixando apenas um sofá, que por ser feito de um material resistente, não se deteriorou com o tempo. Ao terminarem, Sasuke buscou um balde com água para começarmos.  Eu comecei limpando o sofá, enquanto os meninos retiravam as teias de aranha e toda poeira acumulada nas paredes. Quando terminei, fui agilizar o trabalho na cozinha, que para minha sorte, era pequena e até estava bem conservada. Feito isso, nos dividimos nos cômodos e  começamos a pintar as paredes, tarefa que me divertiu bastante. 

   As horas foram passando e ao cair da tarde, uma boa parte da casa já estava limpa e pintada.  Faltando apenas o banheiro e uma parte do quintal. 

   - Sakura! Sasuke! Vou ter que ir encontrar Hiashi, ele disse que queria falar comigo, se der tempo eu volto  – O loiro falou, assim que saímos para fora de casa e nos sentamos na varanda para descansarmos um pouco. 


    - Sem problemas, obrigada por ajudar! – Sasuke respondeu dando um toque de mão do loiro. 


    - Como assim?? Vou ficar sozinha aqui com ele? – Pensei, estreitando meus olhos para Naruto, que sequer notou o meu olhar de reprovação. Respirei fundo e dei um sorriso um tanto falso:


    - Já que agora somos só nos dois, eu vou logo arrumar o banheiro. Você fica com a parte de fora. – Determinei, enquanto me levantava apressada.  Sasuke não falou nada, apenas assentiu. Pelo menos não falta muita coisa… - confortei a mim mesma, enquanto me dirigia ao banheiro. 

[...]


      A noite já havia caído, quando finalmente terminei. Eu superestimei minha habilidade de limpar azulejos e acabei levando mais tempo do que o estimado. Apesar de as coisas não terem fluido como eu havia planejado, até que não tinha sido tão ruim - só de não entrarmos em conflito, já era muita coisa- sem contar que eu havia rido muito com as trapalhadas de Naruto. Não era  como se tivéssemos voltado a ser uma equipe de novo, mas já estava bom. 


    - Sasuke? – Chamei por ele, saindo do banheiro e me direcionando direto para a varanda, mas ele não estava do lado de fora. Me surpreendi ao observar as nuvens tão carregadas no céu. -Preciso ir embora antes da tempestade começar.-  Voltei para dentro da casa apressada, a fim de procurá-lo. – Sasuke, cadê você? – O encontrei na cozinha. O moreno botava a mesa e parecia concentrado - Que coisa mais estranha de se ver… Mas era um ato gentil. 

    - Antes de partir,  coma alguma coisa. Vocês me ajudaram muito... – Isso foi reconhecimento? - Me perguntei, enquanto o observava. 

     

     -Eu agradeço, mas está prestes a cair uma tempestade. Vou me adiantar. - eu já estava saindo da cozinha, quando a voz aflita de Sasuke me fez parar. 


      -Sakura,  por favor… Espera! - ele se aproximou de mim e seus olhos fitaram os meus. Não havia sarcasmo ou indiferença em seu olhar. Pela primeira vez, o moreno se mostrava vulnerável. Engoli seco, percebendo que não estava preparada para aquele momento. Eu não queria discutir por  assuntos do passado, eu só queria sair pela porta e voltar para minha casa. 

    -Por favor… Me deixe fazer pelo menos uma coisa legal por você… não é grandes coisas… mas gostaria que você aceitasse. - Sasuke apontou para a mesa posta e sorriu sem jeito. 


     -Tudo bem… - respirei profundamente e me dirigi até a mesa. Comemos em silêncio e nossos olhares evitavam um ao outro. Sasuke me surpreendera com sua habilidade na cozinha, o jantar estava gostoso - ou talvez fosse a  fome, não sei… mas acabei comendo tudo o que pus no meu prato. -Estava muito bom, você mandou bem... - nossos olhares finalmente se encontraram e algo em sua expressão séria, me fez lembrar do pequeno e mau humorado Sasuke Uchiha. O observar, me trouxe a memória o momento em que me apaixonei por Kakashi, e todos os motivos que levaram a amá-lo tanto. Sasuke jamais poderia ser daquela forma, não era de seu feitio. Considerar aquilo, de alguma forma me levou  a querer perdoar meu antigo amor. 

     -Bom… Obrigada pela refeição. Eu te ajudaria com os pratos, mas já estou ouvindo o barulho da chuva. 

   - Sakura... – ele me impediu de levantar, segurando meu pulso por sobre a mesa.  . – Eu só queria entender como você foi parar nos braços do Kakashi... – Aquilo me pegou de surpresa, engoli em seco, e gentilmente puxei meu braço.

    -Eu não te devo satisfações, Sasuke…  -levantei da cadeira e ele tornou a me segurar. 

      -É verdade… Me desculpe… 


- Pelo quê? Por nunca ter me reconhecido como ser humano? Por ter feito pouco caso do que eu sentia por você? Por ter me desrespeitado como membro de equipe? Por ter ridicularizado todas as vezes que salvei você? Ah... Ou por ter se metido no meu relacionamento? Julgando mais uma vez que eu não sou capaz de me virar sozinha – Dei um riso sem humor, e ele me encarou surpreso. – Você achou que teria para sempre o meu coração, quer para amar, quer para odiar… Mas as coisas mudam


    - Você tem razão! – ele concordou rapidamente, me fazendo desarmar. Não imaginei que ele reconheceria seu erro tão facilmente.  – Eu nunca disse que eu me importava… Sempre te deixei acreditando que eu era indiferente, e eu sinto muito por isso. – Ele deu um sorriso,  que novamente, não era de sarcasmo. – Agora não me importa mais se Kakashi foi ou não seu sensei… Eu só queria poder acreditar que ele não tinha me roubado você… 

    - Sasuke... – Respirei fundo. - A eu de anos atrás queria ter ouvido isso mais do que tudo...Mas eu sou diferente agora… - Aquela situação não me trazia nada além de desconforto. – Não foi o Kakashi que me roubou… Você me perdeu sozinho. Sinto muito.  - Sasuke apenas consentiu com a cabeça. - É melhor eu ir. – sorri sem muita empolgação e dirigi para a porta. Ele veio a poucos passos atrás de mim, a fim de me acompanhar até a saída. 

     Assim que abri a porta da sala, me deparei com uma tempestade feroz.  Os intensos raios e trovoadas, faziam o céu clarear momentaneamente. O vento forte jogava a às árvores de um lado para o outro, as fazendo parecer muito mais frágeis do que realmente eram. - Como eu não havia percebido o mundo desabando? - me perguntei aflita, enquanto observava da porta. 


    Entra… Você não vai a lugar algum - assumindo sua personalidade usual, Sasuke fechou porta, me tirando do caminho.  – Não se preocupe Sakura, você pode ficar com meu quarto, agora a casa está limpa… Eu fico na sala. - ele caminhou para seu quarto, me deixando sozinha por uns instante. 

    Sakura, toma aqui! – Sasuke retornou e  trazendo uma muda de roupas e uma toalha – eu ainda estava parada próxima a porta, sem acreditar que teria que passar a noite ali - Vai tomar um banho e descansar. 

   - Obrigada.. –Respondi com um sorriso forçado. - não tendo outra opção, peguei as roupas e fui tomar banho. Ao terminar, passei pela sala e o flagrei pensativo. Seu olhar se perdia no horizonte escuro, vindo da janela. - Boa noite, Sasuke.  – minha voz saiu mais baixa do que de costume. 

     - Boa noite - o moreno respondeu tão desanimado quanto eu, e seu olhar se manteve perdido. 


    Fiquei algumas horas acordada e tempos em tempos, olhava através da janela, para conferir se havia alguma possibilidade de eu ir para minha casa. Me preocupava o fato de estarmos a sós, e como eu explicaria aquilo para Kakashi. Meu coração apertava, com a simples possibilidade de perdê - lo. E  não que eu tivesse alguma dúvida, mas aquela situação com Sasuke, apenas confirmava o quanto eu amava meu noivo e quanto eu queria ser dele para sempre. 

   Já era madrugada, quando depois de muito rolar na cama de solteiro, acabei adormecendo. As poucas horas de sono e cansaço, não me impediram de despertar ao primeiro raio da manhã. Mais que depressa, vesti minhas roupas, e deixando um bilhete na cama, saí a apressada pela porta da cozinha, para evitar acordar Sasuke, que ainda dormia no sofá. 


    "Bom dia Sasuke. Desculpe por sair sem avisar, mas estava apressada. Obrigada pela acolhida. Se cuide.
   

- Sakura"


    Após abrir cautelosamente o portão e o fechar da mesma forma,  caminhei apressada através das ruas silenciosas, eu mal via hora de chegar em casa.  Assim que finalmente cheguei a minha residencia, coloquei minha chave na porta , e percebendo que a mesma não estava trancada, receosa, a abri com cautela.   - Amor? Tá ai? – Gritei, próxima a entrada. 

      - Bom dia Sakura! –Kakashi saiu do banheiro com um olhar questionador – Aconteceu algo?
   

   - Ah não! – sorri tentando disfarçar meu nervosismo.  – Ontem... Eu… Eu ajudei o Naruto e o Sasuke o dia todo…   Senti sua falta.


- Sasuke? – Repetiu friamente. Seu tom de voz não escondia sua insatisfação . – Hum... Entendi.


  - Naruto me deixou em casa antes de ir... – numa tentativa desesperada de evitar um conflito, menti. Eu jamais havia omitido qualquer coisa de Kakashi, mas   desde a aparição de Sasuke no casamento de Ino, seu nome havia se tornado um taboo entre nós – Como foi sua missão? – Mudei de assunto.


    - Na verdade, eu só cheguei no meio do caminho. A missão foi adiada devido a tempestade…  Eu estou aqui desde ontem a noite, Sakura…   

[...]


Notas Finais


É... Pois é... Tenho nem palavras... 😱
Quero aproveitar o espaço para divulgar o trabalho da nossas duas autoras incríveis! Tenho certeza que vocês irão amar o que elas escrevem. ❤

https://www.spiritfanfiction.com/historia/haru-haru-dia-apos-dia--itachi-18614209

https://www.spiritfanfiction.com/historia/reconhecimento-sasusaku-18784492

Créditos :

Autoria e desenvolvimento : @AlwaysAlice e @UchihaDry02

Revisão e Edição: @Diane90


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...