1. Spirit Fanfics >
  2. Encontro Inesperado >
  3. Capítulo 5

História Encontro Inesperado - Capítulo 5


Escrita por: Queen-kawaii

Notas do Autor


Gente mil desculpas pela demora, é provável que demore postar outros capítulos pelo fato de eu está sem muita criatividade, mas não vou desistir da fic e vou tentar ao máximo postar mais rápido.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fazia dois dias que Levi e Hinata tinham começado a namorar e também fazia dois dias que não se viam direito, apenas de vislumbre, e claro que ninguém além de Hange sabia. Levi estava extremamente ocupada junto com seu esquadrão. E Hinata passava seus dias ajudando Hange com seus experimentos malucos.

- Hinata aí está você, preciso que você leve esse documentos para o escritório do Levi. - Falou Hange com um sorriso - Ah e vê se vocês dois não façam nada pervertido naquela sala. - Hinata cora violentamente.

- Quê? E-eu não! - Hange vendo a confusão que estava Hinata começa a rir, Hinata percebeu que Hange só estava tirando uma com sua cara, e logo tratou de sair.

     Hinata estava extremamente feliz, finalmente teria um motivo para ver Levi, e não ia desperdiçar então rapidamente ela foi em direção do seu escritório. Qualquer um que passase por Hinata naquele momento acharia que ela acabou de receber a melhor notícia da vida dela, ela praticante andava saltando pelos corredores tamanha sua felicidade. 

Quando chegou na porta do escritório ela se sentiu ansiosa e nervosa afinal seria a primeira vez que conversaria com Levi depois que começaram a namorar, como ela deveria se portar ? Ela deveria beija-lo como os casais faziam quando não se viam por um tempo ? Ou trata - lo normalmente? Ela realmente não sabia o que fazer, então depois de passar quase cinco  minutos pensativa na frente da porta ela resolve bater.

- Entre. - Ouvindo aquela voz autoritária foi impossível não se arrepiar toda, engolindo em seco ela abre a porta.

- Boa tarde capitão! - Logo que Levi ouve aquela voz melodiosa sua cabeça rapidamente levanta e a olha carinhosamente, um olhar totalmente diferente de seu costumeiro.

- Hinata… aconteceu alguma coisa ? - Levi rapidamente levanta de sua cadeira e anda em sua direção.

- Ah, não aconteceu nada Hange apenas me pediu para trazer esses documentos para você! É da última expedição do esquadrão Lima.

- Tsk, Hange tem que parar de te tratar como a secretaria pessoal dela você não precisa andar para cima e para baixo fazendo o trabalho dela. - Ele parecia aborrecido.

- Não foi incômodo algum eu gosto de ajudar, e bem… era uma chance de ver você e como ultimamente não temos nos visto eu achei que… bem… era um bom motivo para vir até aqui. - Quando acabou de falar Hinata estava mais vermelha que uma pimenta e movimentava seus dedos rapidamente tentando se explicar e acabava se enrolando mais, ela se sentiu na sua época de criança.

       Levi veio em sua direção e ela imaginou que ele poderia está bravo por ter um motivo tão bobo para interromper seu trabalho, mas antes que ela pudesse pedir desculpas, sentiu seu corpo sendo puxado e não deu tempo para ela raciocinar antes de sentir algo úmido tocar seus lábios e ela ser puxada para um beijo urgente, Hinata sentiu todo seu corpo se arrepiar antes de terem que se separar por falta de ar, ambos ofegantes e se olhando apaixonante.

- Você não precisa de motivos para me ver, basta vir quando achar melhor, e antes que pense, você não é incômodo algum e não me atrapalha em nada, está claro ? - Ainda respirando com dificuldade Hinata concorda com a cabeça.

- Ce-certo, acho melhor eu ir agora a Hange ainda precisa de mim no laboratório.

- Tudo bem, só diga se achar que ela está sobrecarregando você. - Sem dizer mais nada Hinata se retira do escritório ainda ansiosa, ela queria passar mais tempo junto com ele, mas ele parecia está cheio de papéis para assinar.

   Indo em direção ao pátio de treinamento Hinata estava cansada de não ajudar em muita coisa, então ela decidiu treinar e logo avistou Eren e os outros.

- Ei é a Hinata - anunciou Jean.

- Hina quanto tempo, ultimamente você tem passados mais tempo com a Hange - Se pronunciou Armin.

- Isso é verdade tente dar uma atenção maior aos seus amigos que estavam preocupados com você- Diz Sasha.

- Me desculpem eu estava tentando ajudar um pouco mais já que até então não estava saindo nas expedições. - Disse Hinata.

- O que veio fazer aqui no pátio de treinamento? - Perguntou Eren 

- Eu estava pensando eu treinar um pouco, eu nunca passei tanto tempo sem ir em uma missão então me sinto um pouco enferrujada. - Trocando olhares eles disseram.

- Então você devia treinar com a Mikasa, ela nunca perdeu para ninguém em combate. - Falou Jean 

- Se você não se importar Mikasa. - Mikasa olhou para Hinata antes de levantar e se pôr em posição de combate.

- Não pense que eu vou pegar leve com você Hinata - Hinata a olhou com um sorriso de canto.

- Eu nem sonharia em esperar tal ação. - Hinata se posicionou na tipica posição de batalha do clã Hyuga.

   Hinata esperou Mikasa da o primeiro ataque que rapidamente defendeu com os punhos, ela percebeu que Mikasa possuia uma força fora do normal para uma pessoa, claro que ela estava acostumada a lidar com forças mais forte que aquela afinal ela já tinha treinando inúmeras vezes com Sakura, mas levando em conta que ela não possuía Chakra nem nada isso era realmente impressionante, depois de desviar do primeiro ataque Hinata deu uma cambalhota para trás e chutou a lateral do corpo de Mikasa que ela defendeu com o braço esquerdo o que foi obvimante um erro, ela não esperava que Hinata possuísse tanta força e seu braço começou a latejar, ela também percebeu que Hinata estava se contendo e que sua força ia além da mesma, em uma batalha real Mikasa não teria a menos chance contra Hinata nem se ela lutasse com tudo que ela tinha, a velocidade de Hinata também era muita mais elevada que a sua, Hinata estava com toda certeza prolongando a luta de propósito.

[ … ]

Levi estava caminhando para resolver alguns assuntos com Erwin quando ouviu gritos de soldados, deu a volta no correr indo em direção ao pátio de treinamento e avistou Hinata lutando contra Mikasa, os diversos soldados estavam apostando uns com com outros em quem ia ganhar, a maioria apostava em Mikasa, não seria novidade afinal Mikasa nunca tinha perdido nenhuma luta, e pela sua aparência Hinata parecia mais frágil quase como se fosse quebrar no primeiro soco, mas o que eles não sabiam é que ela estava acostumada a batalhas com pessoas muito mais fortes e que obviamente naquela luta ela estava se contendo, ele ficou surpreso no modo em que ela lutava totalmente disciplinada não tinha nenhum erro sequer em suas posições até mesmo as posições dos braços estavam na altura certa para um golpe, ele tinha que admitir que seja como tenha sido  o treinamento dela, foi com certeza bem rígido para ela prestar atenção até nos mínimos detalhes das posições.

- Ela luta muito bem não é mesmo Levi ? - Levi estava tão imerso na luta que não se deu conta que Erwin tinha vindo para seu lado.

- Sim, nada que fosse novidade, afinal ela sempre disse que era uma ninja certo ? - Levi deu um sorriso orgulhoso tão discreto que se Erwin não estivesse prestando atração não teria notado.

- Sim, ela está quase massacrado nossa segunda melhor soldado. - Ele tinha que dar o braço a torcer, ela provavelmente seria até melhor que Levi em uma luta.

- O que você quer? Tenho certeza que não está aqui só para ficar elogiando ela. - Levi o olhou com uma expressão fechada.

- Então vocês dois estão namorando! - Erwin foi direto ao ponto fazendo Levi se surpreender.

- Como você sabe disso ? - Parecia que os boatos corriam rápido pelo QG.

- Hange me contou hoje quando foi no meu escritório. -  Claro que tinha sido pensou Levi.

- Tsk aquela quatro olhos de merda não sabe manter a boca fechada. - Mais tarde ele lidaria com ela, ah e como faria ela arrepender de ter a boca aberta.

- Desde quando temos segredos entre nós Levi ? Achei que me contasse tudo. - Levi precisou se controlar para não revirar os olhos, ele apenas suspirou longamente e prosseguiu.

- Você apoiaria? Sei que apenas ficaria me desencorajado a desistir disso. - Não que Levi estivesse errado, ele realmente não estava apoiando e nem apoiaria essa relação.

- Vou continuar tentando abriar seus olhos, esse tipo de relação não é bom para nenhum de vocês, se ela não pensa racionalmento você deveria pensar, quando tiver que acabar, e vai acabar por que uma hora ela voltará para casa isso vai devastar os dois, e espero que você não saia o mais destruido. - Sem mais rodeios ele sai deixando um Levi pensativo para trás.

   Levi sabia que ela voltaria para casa um dia, mas queria pensar que isso demoraria muito, e que até então ela ficaria ali com ele penas com ele, está com ela fazia ele esquecer os traumas.

     Ainda pensando ele se virou para sair dali, mas ouve um baque e logo sons de gritos e comemoração. Ele se virou e viu Mikasa no chão com Hinata segurando seus braços e uma de suas penas em cima de Mikasa, os gritos de comemoração vinham daqueles que tinha apostado seu dinheiro em Hinata e ela sorria alegremente enquanto ajudava Mikasa a levantar, ela olhou para cima encontrando seus olhos com os de Levi e ela logo corou, ficou pensando se ele esteve ali o tempo todo vendo ela. 

   Ele não pode deixar de sorrir orgulhosamente dela e isso a fez ficar feliz, logo ela saiu do campo de treinamento e subiu para o andar onde Levi se encontrava.

- Levi! Você esteve ai o tempo todo - Ela vinha correndo balançando seus lindo cabelos agora já um pouco molhados de suor.

- Sim, você lutou bem deixou a Ackerman comendo terra literalmente- Hinata não pode conter um sorrisinho.

- Ela deu trabalho até, enfim está indo fazer alguma coisa agora ? - Ela queria passar um tempo com ele, então não podia perder a oportunidade.

- Agora eu não posso ainda inorgânica alguns papéis da última expedição. - Levi estava frustrado tudo o que queria era ficar perto dela, mas o trabalho dele não podia esperar mais, ele achava aquilo um saco.

- Entendo, então até depois quando não estiver ocupado. - Um pensamento se passou pela cabeça de Levi e antes que Hinata saísse do lugar ele segurou seu pulso.

- O que acha de sairmos amanhã de manhã? - Ele estava envergonhado, ele sabia que isso significaria um encontro então não pode deixar de se sentir ansioso.

- Isso é um convite para um encontro? - Ela sentiu o coração disparar.

- Sim, se você estiver disposta claro, também seria uma oportunidade para visitar a cidade e conhecer melhor nossa cultura. - Ela cantava manter uma postura calma, mas por dentro estava explodindo de felicidade e ansiedade afinal seria o seu primeiro encontro.

- Eu adoraria conhcer a cidade e ainda mais passar um tempo com você. - Quando notou o que disse corou imediatamente, Levi apenas riu e tocou sua cabeça.

- Certo, então te vejo no refeitório mais tarde. - E deu as costas virando no corredor, só então Hinata tentou absorver tudo que aconteceu e tentou acalmar seu coração. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...