História Encontros ao Acaso! - Capítulo 94


Escrita por: e Jse87eEsposa

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 146
Palavras 1.204
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse é um romance entre dois jovens que tem personalidades completamente diferentes,
que descobrirão que o acaso os levarão viver uma história intensa...

Essa História você também pode participar dando sua sugestão.
Eu colocarei o nome da pessoa que sugeriu nos créditos...
Tenha boa Leitura!!!

Capítulo 94 - Não quero tocar nesse assunto!


Fanfic / Fanfiction Encontros ao Acaso! - Capítulo 94 - Não quero tocar nesse assunto!

Narrado por Edson:

O que deu na Andréia? Porque ela está tão nervosa? Está confusa, ela precisa saber que eu estou ao lado dela. Eu abraço ela. Ela precisa se sentir segura.

Edson: Você que ir para algum lugar?

Andréia: Sim, para faculdade.

Daniel: Depois da faculdade, vocês dois...

Ele apontar para Andréia e para mim.

Daniel: Vão direto para minha casa, porque nós três vamos ter uma conversa séria.

Andréia: Eu não tenho nada para falar, eu vou para minha casa.

Daniel: Ou você vai para minha casa, para conversarmos, ou a conversar vai ser na casa do seu pai.

Andréia: Isso não é justo. Eu já disse que não estou grávida.

Daniel: Isso nós vamos ver, lá em casa.

A Andréia bufa, pegando o seu material e indo para faculdade. Eu vou atrás dela e tento conversar com ela.

Edson: Amor, espera!

Andréia: O que foi?

Edson: Não precisa ficar assim. Ele só quer te proteger.

Andréia: Eu não preciso que ele ma proteja, eu preciso que ele acredite em mim.

Eu a abraço, ela retribui. Queria poder tirar toda essa preocupação que ela deve está sentindo, em relação a gravidez.

Edson: Você tem que entender, que essa história está bastante confusa. Você fala uma coisa, depois se contradiz, ele não está entendendo nada, muito menos eu.

Andréia: Eu não podia falar na frente de todo mundo, minha amiga pediu segredo, não posso trair a confiança dela.

Parece que ela está falando a verdade.

Edson: Quem é essa amiga?

Andréia: Não posso falar.

Edson: Assim fica difícil te ajudar.

Andréia: Você não acredita em mim, né? Eu esperava isso de qualquer um menos de você.

Como posso fazer ela se abrir comigo? O que será que aconteceu, enquanto eu estava no Chile? Acho que ela se sentiu sozinha, por isso tem dificuldade de se abrir.

Edson: Amor! Não é isso.

Ela se vira e sai, indo direto para sua sala. Eu fico parado como uma estátua. A Alice se aproxima de mim.

Alice: Calma! Ela está falando a verdade.

Edson: Como? Eu vi o teste, eu a vi saindo do laboratório.

Alice: O teste era meu, eu esqueci de jogar fora e ela foi comigo no laboratório.

Eu a olho surpreso. Será que o Jair sabe disso?

Edson: Então, você está grávida?

Alice: Não! Deus do céu! Foi alarme falso.

Edson: Porque ela não falou nada?

Alice: Eu pedi para ela não dizer. Eu não imaginava que você ia ver o teste. Ela tinha dito que você estava viajando e não iria aparecer esse final de semana no apartamento. Que diga-se de passagem, um belo apartamento.

Edson: Obrigado! Droga! Ela deve está me odiando agora.

Alice: Que nada, ela te adora. Só está nervosa com a situação... E com a Tati que não dá descanso... E com o irmão dela que está furioso. Enfim! Eu acho que ela está te odiando mesmo. Por favor! Não conta nada para o Jair.

Edson: Tudo bem! E como vai o relacionamento de vocês?

Alice: Não vai! Faz tempo que a gente não sai.

Xi! Será que ela sabe da Amanda?

Edson: Porque não? Ele parecia tão afim de você.

Alice: Até parece que você não sabe o motivo.

Eu a olho surpreso. Acho que ela sabe.

Alice: Se pelo menos ele tivesse a coragem de admitir e me pedir perdão. Talvez poderia dá um chance para ele. Mas ele é um covarde. Ainda bem que eu não estou grávida.

O Sinal bate. Eu vou para minha sala e a Alice vai para a sala dela. Fico aliviado por Alice ter me contado. Confesso que estava me acostumando com a ideia de ser pai, já estava até pensando como dar essa notícia para minha mãe, sem que ela tenha um treco. Agora tenho que inventar outra coisa, como novidade, para contar para ela. Já que eu disse que eu tinha uma notícia para contar.

Narrado por Andréia

Eu mal consigo me concentrar nas aulas, parece que o meu mundo virou de cabeça para baixo. Pelo que eu conheço meu irmão, ele só vai descansar quando tiver uma prova por escrito e seu eu não for para a casa dele, ele é bem capaz de falar com meu pai. Aí lascou tudo de vez. Bate o sinal do intervalo e eu resolvo ficar na sala. Não estou afim de ouvir ninguém falar sobre.... Eu bato três vezes na minha mesa e nem me atrevo a pronunciar tais palavras. O pessoal começa a me mandar mensagens pelo whatsapp.

Whatsapp Edson: Cadê você?

Estou bem longe de vocês, que não acreditam em mim.

Whatsapp Edson: Quero falar com você.

Pois eu não quero. Não estou afim de voltar nesse assunto.

Whatsapp Edson: A Alice me contou, sobre o exame.

Ah! Finalmente. Pelo menos ele vai para de me encher.

Whatsapp Tati: Mamãe do ano, desce.

Aff! Estou vendo que da Tati não vou me livrar nunca.

Whatsapp Tati: Eu vou ser a madrinha né?

Só se for das lombrigas.

Whatsapp Alice: Amiga me desculpe, ter te metido nesse rolo. Eu falei sobre o teste pro Edson.

Whatsapp Andréia: Tudo bem. Ele acabou de me dizer que você falou com ele.

Whatsapp Alice: Não queria te meter nessa furada.

Whatsapp Andréia: Tudo ficou distorcido.

Whatsapp Alice: Liga para o Edson, ele está te procurando.

Não! Vou deixa-lo de castigo para ele aprender a acreditar em mim.

Whatsapp Edson: Cadê você. Temos que explicar pro Daniel.

Whatsapp Andréia: Você deveria ter acreditado em mim.

Whatsapp Edson: Desculpe! Mas eu viajei com isso na cabeça, e fui até preso lá, como você acha que eu fiquei?

Realmente ele deve ter passado a maior barra, sem poder falar comigo. Mais não quero falar com ninguém.

Whatsapp Andréia: Vamos falar o que pro Daniel.

Whatsapp Edson: A verdade.

Isso não vai adiantar, ele vai querer provas.

Whatsapp Andréia: Eu já estava dizendo a verdade e vocês dois não acreditaram em mim.

Whatsapp Edson: Eu só estava preocupado.

Whatsapp Tati: Cadê você e meu afilhado/sobrinho?

Aff! O mais difícil vai ser convencer a Tati, acho que ela vai ficar decepcionada

Whatsapp Edson: Desce para a gente conversar.

Não estou afim, pois um monte de gente ficou sabendo.

Whatsapp Daniel: Não se esqueça de vir direto para minha casa.

Aff. Eu mereço.

Whatsapp Kelly: Estou tentando acalmar o seu irmão. Ele está muito nervoso.

Pelo menos o namoro deles, vai me servir de alguma coisa. Meu telefone toca vejo que é o meu pai.

Andréia: Ai meu Deus!

Eu atendo muito receosa.

Telefone Andréia: Alô Pai!

Telefone João: Eu não acredito no que fiquei sabendo.

Quem falou para ele? Ele vai me matar.

Telefone Andréia: Calma pai.

Telefone Pai: Eu sou seu pai e essas coisas eu tenho que ser o primeiro a sabe.

Imagina se eu estivesse realmente grávida.

Telefone Andréia: Pai, eu vou explicar.

Telefone João: Só porque você fez dezoito anos, você pensa que não precisa me dizer as coisas?

Será que foi o Daniel que falou?

Telefone Andréia: Quem disse para o senhor?

Telefone João: Não importa! Você que tem que falar.

Telefone Andréia: Mais pai.

Telefone João: Saia da aula e venha direto para casa.

Droga! O Daniel vai ficar possesso.


Notas Finais


Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...