História Encontros e Desencontros. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Família, Revelaçoes, Romance
Visualizações 0
Palavras 598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ola gente! Essa é minha primeira história, vou lançar o livro da mesma esse ano na escola e quero mais que a opinião da minha Proff então decidi postar ela. Espero que gostem!

Capítulo 1 - Férias!


Não gostei da ideia de passarmos as férias na casa de tia Margareth a única irmã de mamãe. Quando eu tinha oito anos tia Margareth veio visitar mamãe e eu tive a sabia ideia de pintar uma pintinha no pescoço de mamãe, bem não era tão pequena assim, más a questão é que mamãe usava cabelo curto na época, ao contrário de mim que sempre gostei de cabelo comprido, más focando no assunto anterior, tia Margareth e mamãe Anabeth eram Gêmeas idênticas e o pior de tudo é que usei tinta permanente (apanhei muito por isso) mamãe até hoje tira essa tinta más fazer o que eu só tinha oito anos.

_Vamos Lais!- gritou mamãe agoniada, afinal ela passou o verão todo planejando essa viajem.

_já vou mãe!- gritei do meu quarto.

Então pegamos a estrada que levava a casa de tia

Margareth. Eu, mamãe, papai, Mariana minha amiga pra eu não morrer de tédio e João Pedro meu irmão mais velho com 23 anos mais velho que eu 6 anos, estavam ele e Marcela sua noiva no outro carro atrás de nós.

Um dos motivos dessa viajem, mamãe fez questão de deixar claro, é que eu não queria ir, por que lá não conheço ninguém e para esclarecer, eu odeio quando chego em um lugar e fazem hipóteses de mim sem me conhecer, más mamãe vive dizendo que devo conhecer gente nova, fazer coisas novas.

Minha tia Margareth vivia em uma cidadezinha pequena no interior de Alagoas, bem distante do Rio de janeiro, ela morava em uma casa de quatro quartos, uma sala, cozinha e claro uma dispensa, era uma casa grande más simples. Sempre me perguntei por que ela moraria em uma casa tão grande sozinha más a resposta está clara agora. Quando estávamos chegando na casa dela, já de frente, mamãe recebe uma ligação. E adivinha quem era? Isso mesmo tia Margareth dizendo que estava na cidade vizinha e se tinha como irem busca-la.

_Lais e Mariana fiquem com Pedro, eu e seu pai vamos buscar sua tia.- ordenou mamãe.

Minha mãe era uma mãe protetora até de mais e acredite eu e Pedro sabemos bem disso, meu irmão está a dois meses do casamento más mamãe não sai do pé dele. Eu confirmei com a cabeça, então eu e J.P.

nos olhamos e declaramos em uníssono, pois já esperávamos o que aconteceu.

_Tia Margareth!

Fazia no máximo uns 13 anos que não vinha na

casa de minha tia e que não a via. Tia Margareth parece continuar a mesma, já a casa tem muita coisa diferente.

Quando eles foram eu e Mariana fomos olhar a casa por fora, já que tia Margareth levara a chave extra com ela também. Mariana foi por um lado e eu fui pelo outro. A casa de tia Margareth tinha um jardim com flores incríveis com cores diferentes, más a grama que parecia não ser cortada a muito tempo não deixava as flores mostrarem sua beleza.

Enquanto fomos olhar a casa João Pedro ficou com Marcela lá na frente tirando algumas malas do carro e as colocando na varanda. De repente ao me mover rapidamente para outro lado tive uma sensação estranha, fiquei tonta e minhas vistas embaçaram nada mais naquele momento fez sentido, a ultima e única coisa que consegui ouvir foi uma voz masculina de longe me perguntando se eu estava bem e em seguida apaguei.

Depois disso não lembro de mais nada, más sei que se não tivesse ninguém ali perto era bem provável que pisassem encima de mim me procurando, aquela grama realmente estava alta.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!Escrever é um dos meu hobbies favoritos depois vem a música então receio que irão encontrar muito a musica em minhas histórias.Obg!Bjs! Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...