História Encontros e Desencontros. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Família, Revelaçoes, Romance
Visualizações 1
Palavras 997
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Volteeei!!
Aqui está mais um capitulo.
Quem será este garoto desconhecido em? Será que Lais vai descobrir. Vamos ver!

Capítulo 2 - Desconhecido...


  No outro dia pela manhã eu levantei e desci as escadas, ainda sem entender realmente o que aconteceu e no ultimo degrau fui parada por mamãe esterica me perguntando:

_Você está bem Lais?

_Sim mãe eu to bem! Pedro o que aconteceu?

_Um rapaz viu quando você desmaiou e nos chamou.

_Você sabe quem é Margareth?- perguntou papai altoritário como sempre.

_Deve ser o filho do vizinho ou algum amigo dele.

_Lais sua pressão baixou devido ao tempo quente de viajem acredito, você deve beber muita água.- disse papai como se tentasse convencer a si mesmo, só confirmei com a cabeça.

Em seguida tia Margareth me aconselhou a andar um pouco, pegar o sol frio da manhã, eu ouvi o seu conselho e fui pois estava me sentindo sufocada e agoniada com uma sensação que que eu desconhecia. No caminho acabei parando em uma lanchonete, não tinha comido café da manhã antes de sair de casa, más outras coisas ocupava meus pensamentos principalmente o garoto que me ajudará. Quem poderia ser ele? Será que veria ele de novo? Até quando ele seria um desconhecido? Eu teria chance de agradece-lo? Estava perdida nos meus pensamentos quando...

_Olha só! Carne nova no pedaço. Eu sou o Eduardo e você?

Odeio quando isso acontece, ainda mais vindo daqueles que se consideram o centro das atenções, então...

_Eu não perguntei seu nome voce disse por que quis, então não me vejo no direito de dizer o meu nome.

_Nossa ela ficou brabinha!

_Olha aqui seu...- disse me levantando más respirei fundo e me controlei- da pra me deixarem em paz!?

_Tem alguma coisa errada aqui?- perguntou uma voz atras do tal de Eduardo que não me era estranha.

_Nada que seja do seu interesse.

Disse Eduardo se virando para a pessoa que falou com ele, destampando minha visão para um garoto não muito alto digamos que de 1m70, ta legal comparado com meus 1m59 digamos que eu sou baixinha, os olhos dele eram de um azul bem clarinho mas ao mesmo tempo bem intensos, cabelos negros e ele estava me defendendo ou possivelmente não vai com a cara de Eduardo, olhando bem a cena acho que pode ser a segunda opção.

_Como sempre perturbando outros não é Eduardo, você não se cansa de mecher com quem não lhe diz respeito.

_Gabriel intrometido como sempre. Vamos rapazes!!- disse pros seus companheiros e foi.

_Tudo bem com você?

_Sim. Obrigada por isso, não sei quanto tempo mais minha paciência ia durar.

Na mesma hora o carro lá fora buzina e um dos garotos dentre os dois dentro do carro grita:

_Van bora cara!!

_Eu tenho que ir a gente se ver por aí.- diz ele pegando um pacote no balcão- Obrigada Vanessa!

Eles deviam ter entre 17 a 18 anos de idade, más essa é apenas a minha base. Logo em seguida eu também sai da Lanchonete, más antes de ir para casa passei na Biblioteca da cidade e comecei a procurar um livro do meu interesse, foi quando a dona da Biblioteca se aproximou e perguntou:

_Vejo que voce já escolheu se quiser pode leva-lo, depois você trás.

_Eu posso?

_É claro! Você fez uma boa escolha meu filho adora esse livro, qual é o seu nome?

_Lais.

Fiquei me perguntando qual era a opinião dela sobre o livro afinal ela só disse a opiniao do filho. Depois de anotar voltei pra casa, quando cheguei encontrei J.P. e Marcela brigando, antes de entrar escutei...

_Eu só vim pra cá por sua causa!

_Eu não obriguei você a vir Marcela!

_Então não teria problema nenhum pra você se eu voltasse pro Rio? É isso Pedro!?

Quando eles viram que eu entrei eles se calaram, vocês conhecem o ditado "Em briga de marido e marido e mulher ninguém mete a culher". Então subi as escadas ao mesmo tempo que mamãe descia.

_Desce pra gente almoçar, cinco minutos.- disse ela.

Não disse nada apenas confirmei com a cabeça e subi. No quarto tomei um bom banho troquei de roupa dei um chute na bunda de Mariana que dormia e nós duas descemos juntas. Após almoçarmos eu e Mariana fomos andar pela cidade, conhecer melhor o lugar no qual passariamos um mês, no fim não era tão ruim assim, ao anoitecer depois do jantar subi pro meu quarto e comecei a ler o livro que eu pegará.

_Ai! Você é tão nerd Lais.- diz Mariana.

_Más admita você ama a Nerd aqui?- provoquei.

_ Fazer o que? Você é minha amiga e eu também não sou perfeita.

_Agora que você percebeu?

_Ah! Deixa de ser chata.- diz ela me jogando um travesseiro.

Em seguida voltei minha atenção para o livro em minhas mãos. O livro era da serie realidade com o nome "Soul Love A noite e o céu é perfeito" da escritora Lynda Walthehause.

O livro contava a história de uma jovem chamada Jenna Hudson de 15 anos no qual a mesma é expulsa da escola em que estudava em Londres e como castigo sua mãe a manda pra casa de sua tia Sarah que morava em uma cidadezinha interiorana ( parece irônico não é? Eu na casa da minha tia lendo este livro) lá ela conhece verdadeiros amigos e o verdadeiro amor: Gabe (Gabriel). Más Gabe tem um grande segredo que o liga a Cléo uma garota antipática, confesso que fiquei chocada ao descobrir esse segredo, ele é HIV-positivo e Cléo também ambos contraíram a doença pela suas mães. Jenna não se afastou de Gabriel, más ele teve que se afasta dela mesmo sem querer.

        Ao mesmo tempo que eu amei o livro não gostei do final e acredito que todo leitor de Soul Love que é apaixonado pela obra espera uma continuação assim como eu. Só agora entendo por que o filho dela adora esse livro. Em compensação se minha mãe souber que fiquei até 03horas da madrugada acordada lendo, ela esquece que sou filha dela ae eu to frita, então vou dormir.


Notas Finais


Obrigada por estarem lendo! Bjs! Logo vou postar o proximo. Por que não agora? Thau!😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...