História Encontros e Desencontros. - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Fullmetal Alchemist
Personagens Alex Lois Armstrong, Alphonse Elric, Aquarius, Aries, Bickslow, Cana Alberona, Capricórnio, Carla (Charle), Chelia Blendy, Edward Elric, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, May Chang, Meredy, Metalicana, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Pinako Rockbell, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Roy Mustang, Sting Eucliffe, Taurus, Trisha Elric, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wendy Marvell, Winry Rockbell, Yukino Aguria
Visualizações 48
Palavras 904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei!!! O capítulo de hoje não está muito grande, mas mesmo assim eu espero que gostem e aproveitem bastante.
Obrigada a todos que comentaram o capítulo passado.
Boa Leitura 😘

Capítulo 31 - Capítulo 30 - Forçada!


As atividades do dia já haviam ocorrido e os jovens foram liberados para passarem a tarde a vontade. As garotas haviam decidido ir dar uma volta pela floresta, Winry ainda não havia contado as amigas o que acontecerá na enfermaria aquela manhã, ela não sabia nem o que pensar a respeito ou como agir, já que Ed nem havia falado sobre o assunto com ela depois que saíram da enfermaria.

- Você está muito quieta, Winry. - May observou. - Aconteceu alguma coisa?

- ‎Não aconteceu nada, May. - A loira disse sorrindo para a garota.

Talvez ela ainda não estivesse preparada para falar sobre o acontecido da manhã. Mas as garotas sabiam que a loira escondia algo, Lucy parou de andar ao se lembrar que havia deixado o celular na cabana.

- Eu esqueci meu celular. Eu vou buscar e já volto! - Ela avisou.

- ‎Vê se não demora, Lu-chan!

- ‎Pode deixar.

Lucy se virou e começou a andar em direção da cabana. Lisanna olhava para o loiro de olhos azuis e em seus lábios havia um sorriso nem um pouco amigável.

- Você está me dizendo, que irá me ajudar a ficar com a Lucy? - Sting perguntou. - Por quê?

- ‎Eu não gosto dela, tenho certeza de que você só faz isso para provocar o Natsu. Então eu vou te ajudar a fazer o que quiser com ela.

- ‎O que eu quiser?! Isso me parece divertido. O que eu preciso fazer?

- ‎Vá para a cabana dela, ela acabou de ir pra lá. Aproveite o momento em que ela está sozinha.

- ‎Você é tão malvada, Strauss. Mas vou aproveitar muito bem.

Ele saiu andando e a Lisanna aumentou o sorriso, satisfeita com o que iria acontecer com a loira. Lucy saiu da cabana e pois o celular no bolso e andou em direção da onde as garotas estavam, mas no meio do caminho foi parada por um loiro que sorria maliciosamente.

- O que você quer, Sting?! - Ela perguntou irritada. - Estou com um pouco de pressa.

- ‎Não deveria estar com tanta pressa, Blondie. Vamos nos divertir um pouco.

- ‎Não obrigada. - Ela recuou alguns passos. - Não quero brincar com você.

- ‎Por que não? Será tão divertido.

Sting andava alguns passos enquanto a Lucy recuava, ela não estava gostando nenhum um pouco disso. Mas a sorte não estava ao seu favor naquele dia, já que ela bateu as costas em uma árvore, fazendo que o loiro ficasse frente a frente com ela e segurou seu queixo a forçando o olhar.

- Vamos relembrar os velhos tempos, Blondie. - Ele disse próximo da boca da loira. - Aquele dia o rosado idiota nos interrompeu, mas dessa vez não tem ninguém para atrapalhar.

- ‎Fique longe de mim! - A Lucy gritou.- Seu idiota!

- ‎Você não fica bonita falando assim, mas quem liga.

O loiro beijou a Lucy, que tentou se soltar, mas ele era forte demais e a prendia contra a árvore, a língua dele tentava de várias maneiras explorar a boca da loira, que resistia. Quando ele se separaram a Lucy gritou, mas ele pois a mão por baixo da blusa dela e subiu até seu sutiã o que fez a loira arregalar os olhos e se calar.

- Se continuar gritando, nós iremos nos divertir tanto que você irá gemer em vez de gritar! - Ele sussurrou em seu ouvido. - Então grite a vontade.

- ‎Seu monstro! - Ela rosnou.

- ‎Você nem imagina como eu posso ser um monstro.

Ele a beijou de novo, mas novamente não sendo correspondido, Sting apertou os seios da loira ainda coberto pelo sutiã enquanto a outra mão ia parar na bunda dela, Lucy tentou se soltar, mas sem êxito. Ela batia no loiro que parecia não sentir. As lágrimas aos poucos começaram a cair pelo seu rosto, ela só queria que aquilo acabasse logo e antes que percebesse o Sting havia sido afastado dela e havia caído no chão.

- Eu falei para ficar longe dela!!

Lucy olhou para o Natsu que estava na sua frente, o rosado havia socado o loiro que agora estava caído no chão e com o canto da boca sangrando.

- Você não manda em mim, eu faço o que quiser! - Sting disse sorrindo.

- ‎O que você quiser?! Você estava quase abusando da Lucy, seu imbecil! - O Natsu gritou. - Se você quiser sair dessa excursão inteiro, não vai chegar perto dela nunca mais!

Sting sabia que não podia simplesmente provocar o Dragneel, ainda mais sem sofrer as consequências. Ele se levantou e saiu dali, Lucy caiu no chão e o Natsu se aproximou da loira e agachou ficando frente a frente com ela.

- Lucy, vai ficar tudo bem. - Ele disse. - O Sting não vai chegar perto de você, eu não vou deixar.

Ela olhou para ele, as lágrimas ainda caiam por seu rosto e o Natsu passou o dedo para seca-las.

- Obrigada. - Ela sussurrou.

- ‎Sempre que precisar. - Ele sorriu.

Lucy abraçou o rosado, que envolveu os braços na cintura dela e a puxou para mais perto. Ele com toda certeza não iria perdoar o idiota do Eucliffe por ter tentado fazer isso com a loira.

- Vem vou te levar para a sua cabana. - Ele disse.

- ‎Só mais um pouco. Natsu não fale a ninguém ok?

- ‎Mas Luce...

- ‎Por favor, já tivermos problemas demais com o Sting.

- ‎Dessa vez, eu não vou fazer nada.

- ‎Obrigada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...