1. Spirit Fanfics >
  2. Endless nightmares >
  3. Saudades e luxúria

História Endless nightmares - Capítulo 7


Escrita por: e MinFreea


Notas do Autor


Olá meus anjos. Esse capítulo quase não saiu. Acabei misturando essa fanfic com a do Jimin e Jungkook, peço perdão pelos erros ortográficos. @MinFreea

Capítulo 7 - Saudades e luxúria


Eu estava perdendo todos que eu amava,era como se eu atraísse a morte para todos que estavam ao meu redor,eu podia ouvir gritos de desespero,o mais nítido era o da Minha mãe que havia tomada meu pai ensanguentado dos meus braços.

Olhei ao redor vendo que os encapuzados haviam sumido,no chão havia uma arma abandona,peguei e a coloquei na cintura.

Ouvi a sirene da ambulância chegar, todavia já não dava mais tempo. Meu pai estava morto naquela chão frio, naquele local que a dez minutos me traslandava a paz e lindas recordações.

O desespero da minha mãe se aumentou ao ouvir as últimas palavras da boca do meu pai.

Não desista de viver por minha culpa. Amo vocês {Essa foi a última palavra que meu pai falou para minha mãe, enquanto ela suplicava para morrer com ele}

Em meio àquela turbulência minha mãe acabou indo pro hospital por ter passado mal. Ainda com meus trajes sujo de sangue.

Eu estava sentada na sala de espera do hospital esperando por notícia da minha mãe, não havia conseguido falar nada em nenhum momento.

[Se passaram dois mês]

Eu quase não falava nada com ninguém,a polícia procurará sem descanso os assassinos, a arma deixada no restaurante por um deles estava agora em minhas mãos.

Jogado sobre o chão frio do quarto do meu filho,com a arma na mão eu suspirava, pensando em tudo que estava acontecendo.

Vocês estão me vendo? Essa arma foi a que matou meu pai {Senti lágrimas se caírem}

Minha mãe estava bem melhor que eu,minha rainha é forte,lutou todos os dias para ficar viva depois de três paradas cardíacas que teve por conta da turbulência que passamos. Mas será que ela deve ficar perto de mim? Seu filho assassino

Sim. Eu sou um assassino,todos que estão ao meu redor morreram e agora só existe um jeito de deixar tudo melhor...

Olhei para a arma em minha mão,era um : Revolver,Cabo de Borracha, cartucho de 6 tiros. A linha de revólveres compacta da Taurus,me lembrava o treino no exército,quando eu voltei de lá a S/n chorou em meus braços,ela estava com medo por conta que o exército estava em guerra.

Cada uma arma de fogo tinha sua força,o Revolver calibre 38 era o mais comum usado para ameaças, aprendemos sobre todas as armas no exército,todavia a mais usadas são fuzil Parafal.

Porque pensar no tempo do exército antes de morrer? Porque no tempo do exército eu tinha medo de morrer e hoje eu estou suplicando pela morte.

Apontei a arma em minha testa e em poucos segundos soltei o gatilho, o suicídio jamais será uma boa saída,e eu fiz a pior escolha.

S/n,Taemin perdoe por seu esposo,seu pai ter sido fraco e não ter conseguido viver por vocês dois,eu jurei não machucar ninguém, entretanto eu estou sendo egoísta e abandonando minha mãe sozinha nesse fundo cruel.

[Sub mundo. S/n]

Eu e nosso filho estavamos sempre observando o Taehyung,era doloroso vê o meu esposo sofrer tanto,eu acabei com nossa família.

Taehyung não era o culpado,e assim que ele chegar nesse mundo irei correndo até ele, mostrarei a ele nosso filho,e pedirei perdão por parti o deixando com toda dor.

A cada morte é um acúmulo de dor para a pessoa que te ama,Tae perdeu três pessoas em pouco espaço de tempo,o meu egoísmo não permitiu que eu tivesse visto sua dor.

Deixei nosso filho no berço e sentei cantarolando,eu sabia que ele ia chegar aqui.

O sub mundo é como a sua segunda vida,a nossa casa na primeira vida é a mesma da segunda,todas as vezes que o Tae nos sentiu, estavamos ao seu lado.

O ruim de está na segunda vida é que eles te mostram o sofrimento das pessoas que você deixou para trás.

Amor...{Ouvi a voz do Taehyung e me levantei do chão perto do berço o abraçando fortemente}

Me perdoa Tae,eu jamais deveria ter te deixado {Falei em prantos,o mesmo apenas continuo o abraço apertado}

Não se preocupe { falou o mesmo e me afastei,o puxei para perto do berço,nosso filho já com seus um ano no sub mundo } Meu filho, Taemin

Nosso lindo menino {falei e o mesmo começou a chorar segurando na pequena mãozinha do nosso menino}

Taehyung ficou com o Taemin até o pequeno dormi. Se passaram um tempo e fomos para o nosso quarto, Taehyung observava cada detalhe e me fazia perguntas que eu responde.

Eu estava agachada organizando a gaveta com roupas que já estavam lá,no submundo é como se nada mudasse. Fui puxada pelo Tae colando nosso corpo.

Você imagina o quanto sentir sua falta? {Perguntou o mesmo com seu rosto próximo ao meu} sabe quantas vezes eu quis beijar seus lábios,sentir seu abraço,olhar seu corpo?

Eu podia sentir a excitação em sua voz,era como a nossa primeira vida,eu sentia tudo que sentia antes,só que com mais intensidade. Ouvi sua voz rouca em um sussurro me deixava completamente indefesa para ele.

Eu sei { Falei e selei nossos lábios. Era um beijo necessitado,havia paixão em dobro, saudades que ao conseguiríamos descrever em palavras }

Em poucos minutos eu e o Tae estávamos completamente sem roupas em cima da cama. Eu podia sentir seus lábios quentes descendo beijos por toda extensão do meu pescoço,da minha clavícula. Eu podia sentir sua mão em uma das minhas coxas, enquanto a outro o mesmo usava para se apoiar em cima de mim.

Taehyung não estava calmo,eu via luxúria em seu olhar mas que o normal.o mesmo apertava com força minha coxa enquanto me beijava com necessidade,o Taehyung do primeiro mundo não era o mesmo,todos os seus sentimentos se duplicou,assim como os meus.

Sentir meu esposo novamente,ouvi sua voz rouca em meu ouvido,me mostrou quanta saudade eu sentia,eu amava demais aquele homem.

Eu te amo Kim S/n { O mesmo sussurrou em meu ouvido entre gemidos }

Eu te amo Kim Taehyung { Falei sentindo sua boca voltar a se conectar com a minha}

...


Notas Finais


Obrigada por lê.
Lembre-se isso é uma tragédia romântica tudo pode mudar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...