História Energy (BTS Ver.) Jikook - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Energias, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Suga, Vkook, Yaoi, Yoongi
Visualizações 114
Palavras 888
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 22 - Vidro Embaçado


Jungkook o olhou confuso. Jin se sentou em sua frente.
 

JK - O que você..
 

JN - Desculpa te incomodar assim.. Mas eu preciso falar com você..
 

JK - Eu não quero falar sobre isso..
 

JN - Por favor..
 

JK - Desculpa..
 

Eles estavam em silêncio.
 

JN - Você soube que minha mãe morreu?
 

JK - O que?
 

JN - Quando eu fiz 18 anos..
 

JK - Eu sinto muito.. Ela está em um lugar melhor..
 

JN - Como sabe?
 

JK - Eu.. - Disse sem jeito.
 

JN - Na escola você disse que conheceu Jimin a 15 anos.. Isso é impossível, ele morreu a 17 anos
 

JK - Acredite.. É possivel sim..
 

JN - Não, Jungkook, isso não é..
 

JK - Pra mim é.. Ta legal..
 

JN - Como?
 

JK - A minha mãe tinha um dom..
 

JN - Ela era o que? Uma medium? - disse irônico.
 

JK - Não.. Ela não fazia isso.. 
 

JN - Então..?
 

JK - Minha mãe tinha o dom de falar com as energias.. Ela podia ve-las e conversar com elas..
 

JN - Energias?
 

JK - A realidade não é como pensam.. Fantamas? Não.. Tudo é feito de energia, nós somos apenas energias em um corpo físico.. A morte é apenas a separação da energia do corpo físico.. Ninguém morre.. Apenas vai para a Luz.
 

JN - Está me dizendo que ChimChim e minha mãe estão vivos?
 

JK - É..
 

JN - Isso é babozeira..
 

JK - Como acha que eu falei com Jimin 2 anos depois de sua morte? hm?
 

JN - Você não falou..
 

JK - Eu falei.. Ele estava tão lindo..
 

JN - Para..
 

JK - Você precisa acreditar em mim.. ChimChim está bem.. E sua mãe também..
 

JN - Você pode provar?
 

JK - Posso..
 

O dia estava chuvoso e Taehyung estava andando de carro pelo centro, quando viu através do vidro embaçado, Jungkook no café conversando com um rapaz.
 

JK - Me da sua mão..
 

Jin esticou seus braços sobre a mesa.
 

JK - Eu vou tentar entrar em contato com eles através da sua energia.. Seu convívio vai me ajudar a chama-los.. Assim, vou repassar para você tudo que me falarem..
 

JN - Eu não vou poder ver eles?
 

JK - Você não tem o dom..
 

Jungkook respirou fundo e pegou nas mãos de Jin.
 

JK - Você está pronto?
 

Jin assentiu.
 

Jungkook fechou os olhos.
 

TH - Jungkook?
 

Logo o mesmo abriu os olhos e largou as mãos de Jin.
 

JK - Tae?
 

TH - O que está fazendo? - o  beijou e se sentou ao seu lado.
 

JN - Então vocês são..
 

JK - Ah.. Me desculpe.. Esse é meu marido.. Taehyung
 

JN - Olá..
 

TH - Você é o que do Jungkook? - Disse o cumprimentando.
 

JN - Na verdade, eu sou professor do seu filho.
 

TH - Professor?
 

JN - Muito prazer... Meu nome é Jin.. Park Seokjin.

 

TH - Jin? - Disse impressionado.
 

JK - Amor..
 

TH - Estavam falando do Jimin, não é?
 

JN - Também conhece meu irmão?
 

TH - Mais do que imagina.. Eu era o melhor amigo dele..
 

JN - Você..
 

JK - Gente.. Chega de falar disso.. Podemos parar..
 

JN - O que é isso? - disse olhando para o vidro. - Foi você Jungkook?
 

JK - O que?
 

Olhou para o vidro embaçado e ali estava escrito "Estou aqui Jinnie"
 

JK - Não.. Eu não escrevi isso..
 

JN - Chega de brincadeiras..
 

JK - Mas eu não to brincando..
 

JN - Foi você Taehyung?
 

TH - Não.. Eu nem cheguei perto do vidro..
 

JN - Isso não tem graça..
 

JK - Mas.. O que é isso?
 

JN - Minha mãe e meu irmão me chamavam de Jinnie quando eu era pequeno
 

JK - ChimChim? - disse olhando ao redor.
 

TH - Chega Jungkook.. Vamos embora.. - Disse o levando para fora.
 

JK - Espera.. - Correu até a mesa onde estava antes. - Eu posso te fazer acreditar.. Me encontra no parque depois de amanhã.. as 2 horas..
 

JN - Por que?
 

JK - Só me encontra..
 

Ele foi para casa com Taehyung.
 

TH - Eu disse pra esquecer isso..
 

JK - Eu sei, mas..
 

TH - Você já pensou no Yoonnie?.. Ele é novinho, não tem que passar por isso
 

JK - Isso é importante para o Jin
 

TH - Para o Jin? Ou para você?
 

Eles ficaram em silêncio até chegar em casa.
 

TH - Não vamos mais tocar no assunto.
 

Eles entraram para dentro.
 

Jungkook estava no quarto, sentado na cama enquanto olhava pela janela.
 

Aos poucos as lágrimas começaram escorrer pelo seu rosto e tudo estava triste.
 

YG - Ei..
 

TH - Hum?
 

YG - O papai ta bem?

 

Taehyung respirou fundo.
 

TH - Ta tudo bem..
 

YG - Então por que ele ta chorando?
 

Taehyung se levantou e foi até seu quarto. Abraçou Jungkook por trás e deu um beijinho no mesmo.
 

TH - Me desculpa..
 

Jungkook enxugou as lágrimas.
 

TH - Eu sei que não está bem.. Eu fui idiota.. Eu só to com medo de te perder.. Me desculpa..
 

JK - A culpa não é sua - disse triste.
 

Taehyung permaneceu abraçando Jungkook, de repente Yoongi entrou no quarto em silêncio.
 

TH - Vem aqui amigão..
 

Ele estava abraçando os dois.
 

TH - Vai dar tudo certo..


Notas Finais


Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...