História Enigma - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Sasuke Uchiha
Tags Curtidores Da Sasuhina Br, Enigma, Naruto, Sasuhina, Sasukexhinata
Visualizações 165
Palavras 274
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drabble, Fluffy, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Essa fanfic foi feita especialmente para o evento "Um mês de All Hina" do grupo Curtidores da SasuHina/BR, no facebook.

Dia 15: SasukexHinata
Tema: palavra (Enigma)

Boa leitura!

Capítulo 1 - Único


“E da nobreza se fez a clareza vital”. 

O que caralhos isso quer dizer? Tentava montar um esquema em sua cabeça há aproximadamente uma hora, desde que encontrou o papel em seu armário. Nunca tinha visto aquela letra antes e não fazia a menor ideia de quem havia passado por ali. A pessoa era do nível ANBU também, para entrar e sair sem deixar rastros. O fato de não conseguir decifrar o enigma em menos de alguns minutos também dizia que o sujeito era bom. Sentou em sua mesa, pois se continuasse andando faria um buraco no chão. Olhou o papel e decidiu colocar a mão na massa, porque só pensar não o levou a lugar algum. Oito palavras. Oito… vilas? Não, não era isso. Oito pessoas, oito anos, oito minutos, oito… Letras? Tudo era uma possibilidade. Tentou ir pela semântica para encontrar um caminho mais fácil. Nobreza. Aburame, Uchiha, Hyuuga… clareza. Hyuuga! Oito, Hyuuga. Neji. Hiashi. Hinata. Byakugan. B y a k u g a n. 

Byakugan, os olhos poderosos que podem ver a força vital por meio dos tenketsu. Oito letras, oito palavras. Espalmou as mãos na mesa, sorrindo de canto e fechando os olhos. Mas que idiota, nem era tão difícil assim. Levantou-se apressadamente e abriu a porta da sala, encontrando os olhos claros. 

— Você não podia só me chamar pra almoçar? – perguntou, dando a si mesmo a liberdade para ser despojado.

— Hm… eu até posso fazer isso da próxima vez.

E então eles se abraçaram. O relacionamento entre dois ninjas de elite precisava de um pouco de emoção e dorzinha de cabeça de vez em quando. Ela sabia. De tudo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...