História While you were sleeping - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Glee
Personagens Artie Abrams, Blaine Anderson, Brittany S. Pierce, Brody Weston, Emma Pillsbury, Finn Hudson, Jesse St. James, Kitty Wilde, Marley Rose, Mercedes Jones, Mike Chang, Noah "Puck" Puckerman, Rachel Berry, Santana Lopez, Sugar Motta, Tina Cohen-Chang
Tags Bemdramamsm, Finchel
Visualizações 47
Palavras 930
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu juro que vou revisar depois e mudar o título dos capítulos, mas prefirir publicar logo antes que meu app desse pau de novo e apagasse tudo.

Capítulo 3 - Estrela


Eram dois jovens ligeiramente perdidos em Nova York, isso tirando o fato do metrô que eles estavam pegando ter parado no meio do caminho.

- Fala Puck, o metrô empacou e estamos atolados no meio dos trilhos. Presos ainda por cima! - O rapaz falava no seu celular distraído, enquanto uma moça não muito distante por vezes alternava seu olhar para o livro e para ele. - Provavelmente quando eu chegar aí a festa de calouros da NYADA já vai ter acabado porque. Alô? Alô?

Ele desliga o celular impaciente pela linha ter caído, ela não sabia de onde surgiu aquela coragem. De onde tirou forças para se levantar, ir até aquele desconhecido e perguntar sobre NYADA. Naquele momento dizia para si mesma que só queria a localização exata da faculdade para não se perder. Mas no fundo sabia que era só um pretexto para puxar conversa, ele a atraiu de alguma forma. Dê uma forma que só descobriria meses depois.

- Não pude deixar de ouvir você falando algo sobre NYADA, irei cursar nessa faculdade mas ainda não sei a localização exata. Pode me ajudar? - Ela pergunta meio acanhada.

- Bem... também sou calouro. Para ser sincero ainda nem memorizei as avenidas direto.

Ela ri, e ele observa com um pouco de curiosidade.

- Como se chama? - Finn quis conhece-la já que seriam colegas futuramente, e então levaria tempo até que o metrô começasse a andar.

- Rachel, Rachel Berry.- Ela se permitiu sentar perto dele, e estendeu a mão dando um sorriso discreto.

- Finn Hudson - Eles apertam as mãos.

[...]

A campainha toca e Rachel e Marley descem para atender, era Kurt. Seu melhor amigo.

- Marley me contou que a senhorita está pensando em desistir do papel.

- Gente vocês estão fazendo tempestade em um copo de água, não iria ser tão ruim se eu desistisse.

- Pois ela fez muito bem em me contar, pode deixar que eu assumo daqui Rose.

- Obrigada, tenho que voltar para a faculdade antes que dêem por minha falta. Espero te ver no palco mocinha! - Ela aponta para Rachel e pega sua bolsa no sofá, se despede dos amigos e logo pega um táxi para NYADA.

Rachel e Kurt se sentam no sofá, ela finge prestar atenção em um dos comerciais aleatórios da televisão.

- Vocês brigaram não foi?

- A Marley fala de mais. - Ela bufa.

- Não foi preciso, te conheço Rachel. Sempre quando brigava com meu irmão na faculdade, aparecia com bolsas de choro nos olhos. Aliás parece não prestar atenção em nada.

- Kurt eu não consigo...

- Vocês vão se resolver, como todas as vezes. Mas dessa vez você vai ter que esperar porque hoje a noite irá realizar seu sonho Rachel, seu primeiro musical e ainda está sendo a sucessora de Barbra Streisand tenha dó!

Ela fita o chão pensativa.

- Quer conversar sobre? - Kurt pergunta.

- Não, melhor não. - Nao queria que seu amigo a visse como uma completa idiota, uma completa idiota que foi injusta com o irmão dele.- Não agora, preciso me arrumar.

E assim o fez, Kurt ajudou ela a escolher sua roupa e fazer seus aquecimentos vocais. Depois disso Kurt pegou um táxi para casa, antes prometendo a Rachel que compareceria ao espetáculo. Já Rachel foi para o teatro, por trás e entrou pela porta dos bastidores. Não demorando muito a encontrar George, o diretor da peça.

- Rachel graças a Deus! - Ele faz um sinal de reza e olha para cima.

- Perdão, meu táxi se atra- Antes dela terminar ele grita chamando uma das figurantes para acompanhar Rachel até o camarim. Faltava 40 minutos para começar, tinham que ser ágeis.

E foram, em menos de 30 minutos Rachel já estava pronta. Caracterízada como Fanny Brice, com um uniforme azul marinheiro no corpo e na cabeça seus cabelos estavam presos a uma redinha já que por fora usava uma peruca curta.

No palco avistou, seus pais, sua melhor amiga e alguns colegas dela. Esperava Kurt mas ele parecia nunca vir. E nem seus outros amigos tais como: Quinn, Santana, Brittany, Blaine,Tina e Mercedes etc. Estranhou mas não deixou isso afetar a personagem, foi fácil não pensar nele na maior parte da peça mas na última música ela não se conteve com a performance de My Man e acabou soltando algumas lágrimas.

"Ele abre os olhos, e dá um leve sorriso de leve.

- Serei o primeiro da fila."

No final do show todos deram as mãos e fizeram reverência, fechada as cortinas Jesse se aproximou dela querendo saber o que estava havendo.

- Não sei, eu simplesmente não sei. Eu sinto uma angústia grande que não sai do meu peito por nada, tenho medo de tê-lo perdido para sempre Jesse.

- Vai ficar tudo bem calma, se você quiser eu mesmo levo você para o encontro a ele.

- Não sei o que seria de mim sem você - Ela o abraça e vai para seu camarim, tira a roupa do personagem e veste a sua. Tira a peruca é a redinha que prendia seus cabelos e fica perto do ar condicionado para normalizar sua temperatura. Aquela peruca esquentava.

Poucos minutos depois, ela se senta para tirar sua maquiagem. Ouve batidas na porta.

- Pode entrar Jesse! - A porta é aberta revelando um Kurt Hummel com uma cara nada boa. Rachel percebe pelo reflexo do espelho.

- Kurt? - Ela se vira - por que essa cara?

- Oh Rachel. - Ele corre ao encontro dela e a abraça, confusa ela retribui.

- Calma migo, me conta com calma o que houve? - Perguntou ela atenciosa esperando ouvir alguma de suas brigas com Blaine.

- O Finn, Rachel. - O coração dela para por alguns segundos.


Notas Finais


Boa noite 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...