1. Spirit Fanfics >
  2. Então isso é viver? >
  3. Capítulo VIII

História Então isso é viver? - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Tenham uma ótima leitura ^-^

Capítulo 8 - Capítulo VIII


Assim que Mi So sai da empresa Suho grita de raiva e começa jogar tudo que estava em sua mesa no chão. 

Depois de ter jogado tudo da sua mesa ele desaba em lágrimas. Para Suho, Mi So sempre estaria ao seu lado, mas agora ele percebeu que estava errado. 

Suho realmente estava se sentindo mau, ele estava extremamente triste e não conseguia pensar em mais nada, a não ser, em Mi So.

Ele decide sair da empresa e ir para uma boate, Suho apenas queria se distrair, ele queria se esquecer de Mi So, queria esvaziar sua mente. Então, quando chega na boate chama um amigo e fica o esperando em uma mesa. 

- Hey! - O amigo de Suho, Jong Hoon fala ao o ver sentado.

- Eai. - Suho fala desanimado e seu amigo se senta em sua frente. 

- Você não esta nem um pouco bem. -Jong Hoon fala ao ver o amigo com uma expressão de tristeza. - Me fale o que aconteceu. 

- A Mi So. - Suho fala e levanta sua mão, logo o garçom vem. - A bebida mais forte que vocês tiverem. - O garçom assente e sai. 

- O que tem a Mi So? 

- Ela me deixou. - Suho deixa uma lágrima cair e o garçom volta com a bebida, logo Suho a pega e vira de uma vez. 

- Ei calma ae. - Jong Hoon pega a garrafa da mesa e se serve, depois serve o amigo. - Não vire de uma vez. 

- A Mi So me deixou Jong Hoon! Ela me deixou! - Suho fala voltando a chorar. 

- Mas qual foi o motivo dela ter feito isso? - Jong Hoon da um gole na bebida. 

- Ela se cansou de mim. - Novamente Suho vira a bebida de uma vez, depois pega a garrafa e começa a beber. 

- Ei! - Jong Hoon puxa a garrafa das mãos de Suho. - Pare de beber desse jeito! A Mi So é apenas uma mulher qualquer.

- Não! A Mi So não é uma mulher qualquer! - O álcool estava começando a fazer efeito. - A Mi So é a Mi So. Ela é um anjo que fazia de tudo pra mim sem se importar com o que os outros iam falar. 

- Cara, um dia isso ia acontecer, a Mi So ia te deixar de qualquer jeito. É isso que as mulheres fazem, elas ficam do lado de um homem pra depois deixar ele. - Jong Hoon serve o amigo e depois se serve. - Ainda não é nem três da tarde e você já esta bebendo. 

- E você esta me servindo. - Suho pega o copo e novamente o vira. - A Mi So é tudo pra mim. Ela é a pessoa que sempre esteve do meu lado, me protegendo e fazendo de tudo por mim. Ela podia estar cansada, quase desmaiando de sono ou com fome por não ter comido nada no dia, mas ela estava do meu lado. Ela estava me ajudando. - Suho pega a garrafa e se serve, mas como o álcool já estava fazendo efeito ele deixa cair um pouco na mesa. - A Mi So é a melhor pessoa desse mundo. - Ele vira o copo e Jong Hoon balança a cabeça como se estivesse o reprovando. 

- Suho, você esta gostando da Mi So. 

- Gostar? - Suho pergunta rindo. - Eu amo ela. Amo a minha melhor amiga, a amo porque ela é da minha família, porque ela sempre esta do meu lado. Mas do que adianta amar ela? Agora ela se foi. - Pega a garrafa e novamente começa a beber direto dela. 

- Ai Suho, o que eu faço com você? - Jong Hoon pergunta e se levanta. - Você é um bebezão que nunca bebeu nada desse jeito. Só bebeu vinho e champanhe, mas nunca desse jeito. - Ele vai para o lado do amigo e tira a garrafa de sua mão. - Vem, vamos. 

- Não! Eu não quero ir! Quero ficar aqui! - Suho fala totalmente bêbado. 

- Lee Suho, você precisa ir pra casa agora! Ou eu chamo a Mi So! 

- Isso! Chame ela, deixe ela ver o que eu fiz por culpa dela. - Suho fala alto e Jong Hoon respira fundo. 

- Vamos Suho! A sua imagem já esta ficando ruim. - Jong Hoon segura o amigo e deixa o dinheiro encima da mesa, depois arrasta o amigo para fora da boate. - Vou te levar para casa. - Ele pega a chave do bolso do amigo e destrava o carro, em seguida coloca o amigo no banco de trás e entra no carro. 


Mi So após sair da empresa de Suho vai direto para a sua casa. Quando ela chega lá sobre para seu quarto e coloca uma roupa confortável. 

- Vamos lá Mi So, você precisa fazer uma faxina nessa casa. - Mi So fala para si mesma, tentando se encorajar a fazer a faxina. - Hmm... acho melhor eu comer um chocolate, tomar sorvete e milk shake primeiro. - Ela vai até o armário e pega as barras de chocolate, mas logo as coloca de volta dentro do armário. - Não! Você só vai comer e tomar essas coisas depois de fazer a faxina. - Ela solta um suspiro. - Vai servir como recompensa por ter limpado essa casa. - Completa e começa a limpar a cozinha. 

Mi So ficou três horas limpando a casa, e quando ela terminou rapidamente foi tomar um banho. 

Depois de meia hora ela saiu do banho e colocou uma roupa confortável e pegou os chocolates do armário. Em seguida, ela ligou a televisão e começou assistir uma série. 

Mi So estava tão concentrada na série que ela não tinha percebido que ligaram para ela e que já tinha escurecido. 

- Já escureceu. - Mi So fala ao olhar para a janela, depois ela pega o celular e vê que sua mãe, Mizuki e o amigo de Suho haviam ligado para ela. - O que o Jong Hoon quer? - Ela se pergunta e alguém liga para ela, esse alguém era Suho. 

O coração de Mi Só começa disparar, ela começa ficar ansiosa. Não esperava que entrasse em contato com Suho tão cedo, ela não sabia o que dizer. Mi So só queria se desculpar com Suho por tê-lo deixado, mas não queria continuar vivendo do jeito que estava. Vivendo a vida de outra pessoa, vivendo para outra pessoa e não para si mesma. Foi então, que Mi So cria coragem e atende. 

- Fala Suho. - Dito isso ela escuta Suho solta um suspiro. - Suho?




Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Um grande beijo e até a próxima ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...