História Enterre a garota. Cresça a mulher. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones), The Originals
Personagens Arya Stark, Catelyn Stark, Cersei Lannister, Davina Claire, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Jaime Lannister, Joffrey Baratheon, Jon Snow, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Margaery Tyrell, Olenna Tyrell, Petyr Baelish, Sansa Stark
Tags Amigos De Infancia, Au Moderna, Casamento Arrajando, Drama, Friendzone, Game Of Thrones, Joffrey É Um Idiota, Kitsune, Melhor Amigo, Melhor Amigo Protetor, Oc É Filho De Klaus, Romance, Sansa Não É Uma Idiota, Sansa Stark, Sansa Stark É Uma Bruxa, Sobrenatural, The Originals
Visualizações 11
Palavras 548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa história foi um pedido de uma amiga, então não sei para onde ela vai.

Alguns fatos importantes:

Esta história é uma história moderna com aspectos sobrenaturais.

Sansa é uma bruxa que faz parte de uma das famílias mágicas mais poderosas do mundo.

A família Stark faz parte do coven de Westeros (que reúne várias famílias) e é uma das bruxas mais antigas do mundo.

Atualmente, o coven de Westeros é governado pela família Baratheon, que é muito intolerante com o resto das criaturas sobrenaturais.

Ela é noiva de Joffrey Baratheon, o futuro líder do coven, e odeia cada minuto dele.

Oc é filho de Klaus Mikaelson e um Kitsune (fazendo dele um vampiro, lobisomem e híbrido kitsune). Ele possui os poderes de possessão, pode gerar fogo de suas mãos ou caudas (quando transformadas) e de sua boca, o poder de aparecer em sonhos e criar ilusões.

Capítulo 1 - Garota boba


Fanfic / Fanfiction Enterre a garota. Cresça a mulher. - Capítulo 1 - Garota boba

P.V. Sansa

Ela sente falta desse tempo. Ela sente falta de conforto. Ela sente falta de inocência.

Acima de tudo, ela sente falta de garota.

Para onde a garota foi? Uma garota que sonhava com cavaleiros e princesas?

Para onde foi uma garota que não encontrou o gosto de sangue na boca?

Ela saiu com os socos. Ela saiu com os insultos. Ela saiu com os espancamentos.

Ela foi assim que conheceu o verdadeiro Joffrey Baratheon.

Foi como um sonho tornado realidade. Com príncipe encantado e tudo.

Quando seu pai disse que um casamento do príncipe Baratheon seriamente feito. E ela foi escolhida dentre todas aquelas garotas do clã, Sansa pensou que iria explodir de felicidade. Que sorte ela teve.

Aqueles tempos sempre fazem rir amargamente. Quão ingênua ela era.

Não que ela tenha deixado de existir. Ela ainda sonhava em escapar de sua prisão. Ela ainda sonhava em receber novamente aquele sentimento de amar e ser amado, ou o mesmo sentimento que ela teve na infância. Aquele sentimento que você teve com seu amigo antes ...

Não! Não adianta tentar se cultivar como lembranças do passado. O passado não salvará. Ninguém irá.

Então porque você está aqui? Perguntou minha consciência. Por que você está aqui sabendo como consequências desse ato?

Por que estou parado neste aeroporto esperando um amigo que não vê mais de 7 anos? Ainda não aprendi? Ainda existe alguma parte de garotinha na espera de um milagre? O que você espera que sua amiga de infância mantenha segura?

Essa garota ainda está aqui?

Esse mundo sombrio ainda não havia terminado com ela?

(...)

Essa garota definitivamente ainda estava lá.

Foi a única explicação que Sansa teve para bater o coração mais rápido, para as mãos suadas e o estômago aberto.

Garota boba. Sussurrou minha consciência. Garota boba.

O pior é que eu não pego nem contestar. Meu único controle seria provável que qualquer outra garota também estivesse na mesma situação que minha.

Onde estava o garoto que usava aquele gel ridículo no cabelo? Quem usava gola rulê e falava sobre astronomia como se fosse uma coisa mais importante do mundo? Sansa teve que piscar duas vezes como quis confirmar que era realmente ele vindo em sua direção.

Aquele garoto definitivamente tinha crescido. Com um metro e 90 quartos, com grandes dimensões e com olhos irregulares. Mas o fato mais surpreendente é que ele ainda pode sorrir com facilidade, ou o que é realmente assustador, porque ela não lembra da última vez que sorriu.

E enquanto os músculos do seu rosto parecem não estar mais acostumados a formar um sorriso, apenas a visão dele vindo em sua direção é suficiente para que ela desenhe o maior sorriso no seu rosto.

Era ele. Uma imagem do que foi sua infância. O amigo em quem ele compartilhou seus sonhos mais loucos.

Ele representou o antes. Antes de Joffrey Baratheon.

Ele me lembrou uma garota que estava tentando entrar no ar para sobreviver. Ele fez aquela garota tentar sair e tentar novamente.

E essa foi sua parte. Uma parte da garota com sonhos que estava fazendo seu coração bater como um louco no peito.

- Olá Sansa. - Falou dando um de seus raros sorrisos.

E era como se seu coração estivesse explodindo.

Garota boba, com certeza.


Notas Finais


Então devo continuar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...