1. Spirit Fanfics >
  2. Entre a amizade e o amor parte l (revisão) >
  3. O verdadeiro motivo de Sasuke

História Entre a amizade e o amor parte l (revisão) - Capítulo 10


Escrita por: Ailee-Lauren

Capítulo 10 - O verdadeiro motivo de Sasuke


Fanfic / Fanfiction Entre a amizade e o amor parte l (revisão) - Capítulo 10 - O verdadeiro motivo de Sasuke

Logo após a rosada ter deixado a casa do Uzumaki, Sasuke foi ao encontro de Naruto. Este por sua vez, mostrava-se a pessoa mais feliz do mundo depois de ter beijado a sua amada. Por outro lado, Sasuke, não estava com boa cara.

Sasuke: Preciso ter uma conversa séria com você, Naruto.- ele colocou-se bem na frente do amigo.

Naruto: Claro! O que quer falar?

Sasuke: Quero que se afaste da Sakura!- o Uchiha fechou o punho com força. Ele queria que o Uzumaki entendesse que ele não estava fazendo um pedido gentil.

Naruto: E porquê que eu faria isso? Ficou louco?- Naruto quase que debochou da cara dele.

Sasuke: Eu estou falando sério. Se você não se afastar dela, eu juro, eu não ficarei quieto!

Naruto: O que você tem Sasuke? Se acalme! Porque eu e a Sakura-chan o encomodamos tanto? Nós gostamos um do outro e agora podemos finalmente ficar juntos. Quem é você para interferir?- Naruto já não estava gostando da conversa nem da atitude do Uchiha.

Sasuke: É de mim que ela gosta! Você está só perdendo o seu tempo!- desta vez, Sasuke conseguiu tirar Naruto do sério. O loiro aperta as golas da camisa do Uchiha e o empurra com toda a força contra a parede da sala.

Naruto: Retire o que você falou agora!- Naruto começou a deixar o chakra da kyûbi tomar conta dele.

Sasuke: Eu falei que é uma perda de tempo você tentar ficar com alguém que gosta de outra pessoa!- Sasuke ativa o seu Mangekyou Sharingan e o Rinnegan, ao mesmo tempo que segurou bem forte o braço do Uzumaki. _ É de mim que ela gosta! E você sabe bem disso!

Naruto: Pelo que eu sei, já não é bem assim. Sakura-chan disse que tinha sentimentos por mim. Que finalmente ela entendeu que tudo o que ela sentia por você, isso sim foi perda de tempo. Ela conseguiu finalmente enxergar que ela ficou obcecada por um cara que nunca gostou dela e que nunca deu a minima pra ela! Ao contrário de mim, ela pode ver tudo o que eu fiz por ele e todo o amor que eu sempre demostrei.

Sasuke: Eu sempre gostei dela, desde o começo! Você não é ninguém para falar sobre os meus sentimentos.- Naruto ficou sem reação ao ouvir aquilo. _ E não, Naruto. Ao contrário do que a Sakura pensa, eu não sou Gay!


SASUKE Flashback

Se eu consegui entender, a Sakura pensa que eu gosto do Naruto e que sou... Gay? Não deixou de ser engraçado, ver a cara dela quando me encontrou na sala, sem camisa. Ahahah, como isso pode passar-lhe pela cabeça? De onde ela tirou essa idéia de que eu era Gay e que gostava do Naruto?

No nosso encontro, ela falou pra eu me afastar dele, que piada! Ela é que tem que se afastar dele. Desde que soube que ela correspondeu ao sentimentos dele, o meu sangue ferveu! Eu não aguentei. Eu consegui finalmente entender os sentimentos mais profundos que eu tinha guardado dentro do meu coração. Algo que só deixei vir á tona, depois de sentir que poderia perder a Sakura para o Naruto. Eu não podia aceitar isso de jeito nenhum.

Eu sempre tive sentimentos por ela, mas nunca pude demostrar. A minha vingança era o mais importante. Eu não podia me desviar desse meu caminho.

Quando entrei para o time 7, eu tive uma familia. Eu gostava de fazer parte daquele time. Naruto virou meu melhor amigo, quase um irmão e Sakura... Ela era bastante irritante mesmo. Mas eu observei cada traço dela! Me irritava o facto dela tentar me paquerar, o facto de alguém ser tão livre assim para demostrar o que sente, sem se importar com os outros. Eu vivia na escuridão e eu não podia de modo algum sair dela. E ela me fazia muito querer encontrar a luz, encontrar a paz. Só que eu ainda não estava pronto.

Eu admirava muito ela! Mesmo tendo nascido de um clã banal e sem reconhecimento, ela era inteligente, determinada e sempre se esforçava nas missões. No exame chunnin, eu entendi os meus verdadeiros sentimentos por ela. Quando os ninjas da aldeia do som nos atacaram e eu a vi naquele estado. Não consegui me segurar! Tive que a proteger, tive que a vingar e isso só fez com que a marca da maldição ficasse mais viva em mim.

Se não fosse por ela, eu não teria arrumado forças para controlar aquela marca e assim passar na primeira prova de combate. Ela sempre esteve lá. Até mesmo quando o Gaara me atacou, ela me protegeu! Eu me senti um lixo, tão impotente, por não conseguir fazer nada para a proteger! E claro, era sempre o Naruto que estava lá pra ela. Ele lhe salvou do Gaara, lhe salvou quando ela ia se afogando e até mesmo no dia que eu tentei mata-la.

Eu deixei o ódio tomar conta de mim. O Itachi me tinha tido, que para eu me tornar mais forte, para entender o que ele fez eu teria que matar o meu melhor amigo. Eu achei que se mata-se a Sakura, eu estaria livre de qualquer tipo de sentimento tosco, que pode-se me atrapalhar. Ainda bem que o Naruto a conseguiu salvar. Eu fiz tanta coisa ruim com ela, que eu entendo que ela não me queira mais na vida dela.

Fim Flashback


Sasuke: Eu posso perder pra você quantas vezes você quiser! Eu não me importo! Você pode pegar tudo de mim! O poder, a fama... Mas há algo que eu não posso te entregar. O coração da Sakura! Ela é M I N H A! E eu não penso perder ela pra você, de jeito nenhum!

Naruto ficou em choque com aquelas palavras. Sasuke parecia determido em não perder a Sakura para o companheiro de time.

..... 


Naruto e Sasuke, continuavam se encarando sem se soltarem. O clima tinha ficado tenso entre eles e parecia que nenhum dos dois pensava em se acalmar.

Naruto: Você pensa que basta me dizer isso e que eu farei o que você quer? Se esse é o verdadeiro motivo de você querer ficar aqui, então pode dar o fora agora da minha casa! Eu não vou permitir que depois de tudo o que você fez, você volte querendo pegar algo que você jamais deu valor!- ele acalmou o seu Chakra e soltou a gola da camisa do Uchiha, que por sua vez, guardava os seus olhos bem ativos, mas tinha deixado o braço do Uzumaki.

Sasuke: Você não sabe do que está falando! Eu perdi tudo, perdi minha familia, minha infância, meu lar... Eu preciso dela, ela é tudo o que me resta!

Naruto: O que você perdeu, eu nunca tive! E corri atrás! Não fiquei se lamentando como você sempre fez! Pare de bancar o pobre coitado e aceite a sua realidade! Eu não tenho culpa que você tenha preferido perder tempo com uma vingança idiota que acabou levando á morte, a sua única familia!- Naruto perdeu a paciênce com Sasuke e lhe falou umas boas verdades. _ Você escolheu o seu destino! Você! Não pense que agora pode chegar e tentar me roubar tudo o que eu consegui. Eu sonhei com esse dia, Sasuke. Um dia em que as pessoas me dessem valor e me amassem. Esse dia chegou pra mim e eu não vou deixar que você estrague tudo.

Sasuke: Você é como a única familia que me resta, o meu melhor amigo.- Sasuke desativou o seu Sharingan e se dirigiu até á porta de entrada. _ Eu dou muito valor para você e para tudo o que você construiu. Eu te admiro de verdade. Mas eu não vou conseguir aceitar ficar sem ter o único amor sincero que eu recebi desde que perdi tudo. Nem que pra isso eu tenha que perder a sua amizade.

Naruto: Esse amor... Era amor mesmo?- Naruto quis deixa-lo com a dúvida.

Sasuke: Eu acho que você vai descobrir ao mesmo tempo que eu.- e dito isso, ele saiu pela porta e deixando o Uzumaki sozinho na sua casa.

Naruto: Ao menos agora aprendeu como utilizar a porta de uma casa, seu Baka!- ele continuava bastante irritado.


SAKURA POV

Eu já estava deitada na minha cama, pronta pra dormir, mas os meus pensamentos invadiam demais a minha mente.

Eu ainda não podia acreditar que eu e o Naruto nos beijamos. Nossa, ainda não sei como acalmar o meu coração. Me pergunto se nada nos impedisse o que teria acontecido naquele quarto?

Só de imaginar que ele estava lá, sozinho com o Sasuke-kun, me deixa bastante preocupada. Não paro de ter esses pensamentos estranhos depois de o ter visto quase sem roupa, no meio da sala do Naruto. Oh meu Deus do céu, o que será que ele vai fazer estando lá? Será que vai tentar alguma coisa? Ele parece bem determinado e isso é bem preocupante. Caramba, falando em beijo... Acabei de me lembrar que o Sasuke e o Naruto já tinham se beijado antes! Será que tudo começou desde ai? Porque eu não consigo tirar esses pensamentos da minha cabeça? Eu preciso dormir! Amanhã tenho muito que fazer lá no hospital.

Ok Sakura Haruno, pare de pensar demais e tente dormir agora! Mas eu não... CONSIGO! Eu não me sinto bem sabendo que o Naruto está passando a noite com o Sasuke-kun! O que eu faço agora?!

SAKURA OFF


Na manhã seguinte, a caminho do hospital, Hinata encontrou Sakura, quase rastejando pelas ruas de Konoha. Ela estava com péssima cara e muitas olheiras. Visivelmente, Sakura, teve problemas em dormir na noite passada.

Hinata: Sakura-chan?- ela chamou a sua atenção.

Sakura: É você Hinata? Ohayô...- ela estava bastante cansada.

Hinata: Você... Está bem?- Hinata viu-se preocupada com a amiga.

Sakura: Eu mal consegui pregar o olho, ontem á noite. Estou acabada!

Hinata: Estou vendo... Mas, tudo bem você trabalhar assim?- ela estava preocupada não só pela Sakura, mas pelos seus paciêntes.

Sakura: Eu sou uma professional! Eu tenho que ajudar as pessoas e estou cheia de trabalho.- ela acabou dando umas palmadas na propria cara para tentar acordar de vez.

Hinata: Eu espero que você tenha razão...- a Hyuga sorriu.

Sakura: Escuta Hinata, eu preciso falar com você.- Sakura tinha encontrado uma boa oportunidade para ter a "tal" conversa com Hinata.

Hinata: Eu também, Sakura-chan.- ela pegou no seu saco que levava consigo e tirou um tecido vermelho. _ Eu segui o seu conselho e comprei linha vermelha para fazer o Caiscol para o Naruto-kun. Queria mostrar a você!- ela estava bastante feliz com o seu trabalho. Sakura ficou triste ao vê-la tão empulgada e culpada ao mesmo tempo, por tê-la feito perder o seu tempo naquele Caiscol.

Sakura: Hinata... Eu não fui completamente sincera com você.- Hinata ficou curiosa. _ Eu não queria fazer você ter esperanças desse jeito. Mas você parecia tão determinada e eu entendo os seus sentimentos pelo Naruto... Só que... Você deveria saber... Naruto sempre gostou de mim.

Hinata: Eu já sabia, Sakura-chan... Eu não me importo. Eu não vou deixar de gostar dele mesmo assim. Os meus sentimentos por ele me deram coragem para eu me tornar quem eu sou. Por isso não posso desistir dele.

Sakura: Mesmo ele gostando de outra pessoa?- Hinata confirmou com um sorriso. _ Mesmo se ele ficar com essa pessoa?- Sakura tentava chegar no ponto que queria chegar.

Hinata: Mas... Você não gosta do Sasuke-kun, Sakura-chan?- Hinata viu-se confusa naquela situação. Sakura paralizou com a pergunta.

Sasuke: Essa pergunta eu também gostaria de saber.

Sasuke tinha as surprendido ao chegar de repente por detrás de Sakura, que apanhou um susto ao vê-lo. Ela ficou sem saber o que responder. Estava no meio de um grande problema.

CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...