História Entre a Calmaria e a Tempestade - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 815
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero q gostem

Capítulo 10 - Festa


Fanfic / Fanfiction Entre a Calmaria e a Tempestade - Capítulo 10 - Festa

Fui levada a uma mansão pela carruagem  fantasma, aquele vestido vermelho que eu usava junto com aquele par de salto alto era lindo porém um pouco desconfortável pra uma luta, ansiosa segurava a gota de esmeralda entre meus dedos para me acalmar.

Por ser um baile de máscaras não sabia quem eram  as pessoas... ao menos reconheci a jeny logo  depois q eu entrei, pouco tempo depois achei o Nathaniel o q me fez ficar sozinha de novo, caminhei até a mesa do ponche, extremamente carmesim, trombei com um garoto com os cabelos negros como a noite e uma máscara gris, pensando bem essa é uma linda combinação de cores porém quem era esse garoto

"Desculpa"disse eu um pouco encantada pois ele era muito bonito

"Esperava te encontrar hoje"disse ele esboçando um sorriso e tomando minha mão direita entre as suas.

Quem é esse garoto?Ele parece me conhecer...

Por q sorri tanto pra mim? Ele parece feliz...

Acho q isso é bom, mas quero saber quem ele possa ser

."Perdão mas acho que possa ter me confundido"

Tiro minha mão de entre seus dedos quentes e viro de costas e vou... ou tento ir, aqueles  mesmos dedos estavam em meus braços, me puxando pra perto? Me vejo entre seus braços mirando seus olhos, agora consigo os ver melhor são tão límpidos , aqueles olhos eram tão brilhantes como esmeraldas recém polidas .

Suas mãos estão em minhas costas tão próximos,  Ele aproxima a boca do meu ouvido

E diz "planejava fingir de mim?"

Sussurro "quem é Vc?"

Ele sorri e sussurra ainda mais próximo

"Triste que tenha se esquecido mesmo de mim"

Preciso saber quem ele é...por que me sinto tão atraída a Ele? Meu corpo corresponde às investidas dele quem ele é?

Ele me solta, Ainda estamos próximos mas não tanto, eu o acompanho e entramos em uma sala, uma biblioteca, ele indica uma poltrona  perto de uma mesa de escritório de madeira,  Eu sento e ele encosta a grande porta gótica pela qual entramos, ele anda até a minha frente, sinto borboletas voando em meu estômago mais animadas a cada passo, ele se inclina em minha direção e tira a máscara,

Eu realmente conheço esse garoto Seu nome é... Por não consigo lembra seu nome, sei apenas que não posso me manter tão próxima mesmo que queira, sinto meu corpo se inclinar um tanto  imperceptível na direção dele, me obrigo a me manter intacta

"Esperava alguma reação de você quando visse meu rosto" ele parecia um pouco decepcionado agora, ele prosseguiu "talvez você não tenha mais memórias de mim mesmo... meu nome é James flumine" ele terminou a frase com um sorriso simpático, mais do q nunca estava perdida entre meus sentimentos, vem um barulho da porta tiro a lamina que estava presa em minha coxa, a lâmina tinha pequenas estrelas gravadas por conta do meu sobrenome morstella que significa estrela da morte, em segundos a porta está em estilhaços,  o que aconteceu com todos os convidados da festa? James Está com duas espadas curtas uma um cada mão,  estou de pé ao seu lado esperando nisso suposto inimigo aparecer.

Pela porta entra um monstro grande com 8 tentaculos azuis incrívelmente parece que lutamos em sincronia corto alguns tentáculos e voa icor negro pelo cômodo, James corta outro então quando ele inclina o braço eu pulo e pegando impulso em seu braço decepo a cabeça careca do demônio.

Andamos de volta pra onde antes acontecia a festa jeny está mostrando a saída para os convidados e nathaniel está impedindo q os demônios mate  as pessoas, depois do lugar vazio, jeny tira algumas adaga de trás do laço do vertido e acerta a cabeça de 4 demônios e eles morrem .

Quando jeny e nathaniel vêem que estamos ali ajudando, jeny me lança um sorriso...

Estou tão contente q ela esteja bem, ela parece radiante e então percebo um risco vermelho na nuca de nathaniel e entendo o real motivo do brilho em seus olhos e da concentração de nathaniel com sua besta, quando o conheci ele parecia um vampiro bem inútil e fraco mas com a jeny o treinando ele estava mais forte.

James me acompanhava aquele nome era tão família, minha boca conhecia o som do seu nome mas por que me sinto assim? É como se esse nome carregasse muito mais significado do que eu possa saber, nesse instante veio uma cena na minha cabeça ele em minha frente no Rio Tâmisa juntos rindo. Isso já aconteceu? Jeny vem ao meu encontro , ela e nathaniel acabaram com os demônios com maestria, aquilo estava uma tremenda bagunça.

Das escadas que davam para parte superior da casa desse um senhor de meia idade com um terno branco impecável e uma bengala prateada adornada de pedras azuis em sua mão. Então ele começa a gargalhar olhando pra nós e se põe a dizer "Criança tola me dando algo tão poderoso pensando que eu não faria nada, Ralf sempre irá te surpreender" 


Notas Finais


Preferi deixar esse final aberto, para cada pessoa que ler isso pensar em um desfecho adequado para Olivia e James, jeny e nathaniel.
Realmente espero que tenham gostado.
Obrigada por ler até aqui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...