História O Matusalém - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias 30 Seconds to Mars
Tags Ação, Drama, Ficção, Policial, Romance, Survival, Vampiro
Visualizações 14
Palavras 2.720
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Policial, Romance e Novela, Survival
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sem revisão

Capítulo 10 - Capitulo 10


Fanfic / Fanfiction O Matusalém - Capítulo 10 - Capitulo 10

 

Quando aproximou-se dois caras estranho, Channing começou ficar nervoso pelo jeito dos caras em sua frente.

-  O que vocês querem aqui? - pergunta Jared olhando sério para os dois rapazes.

-  Calma Jared, nao queremos nada com você e sim com novo aluno  - diz um dos rapazes

-  O que vocês querem comigo? - pergunta Channing

-  Melhor vocês deixarem ele em paz  -  levou jared empurrando a carteira, um deles segurou olhou feio  -  saiam daqui - completou

-  Você me paga Jared - diz um rapaz - vamos - completou para outro parceiro.

Jared volta sentar-se em sua mesa, vira olhar pra Channing se encontrava pálido e ele poe a mão sobre Channing que leva um susto.

-  Calma cara, esta tudo bem! - exclamou ele

-  Cara, pela primeira vez na minha vida fiquei com medo, sentia um calafrio quando eles aproximaram-se...

-  Eu sei, mais ai! Você precisa tomar cuidado com o pessoal daqui - olha em volta e todos olhavam pra eles - aqui nao é um lugar seguro e aqui corre risco - fala Jared e Channing faz cara de confuso.

-  Porque diz isso Jared?

-  Vai por mim, aqui ninguém é o que parece ser e se for para se proteger, sempre ante no sol que estará seguro - fala jared sério e Channing da risada, faz ele voltar olhar sério em sua direção.

-  Você falando assim até parece que fala de vampiro - solta risada - tu é doido cara - diz Channing debochando

-  Depois nao diz que te avisei - fala jared sério e começa abrir seu livro

-  Pera ai! - fecha o livro de Jared e o faz olhar pra ele - é sério mesmo isso sobre vampiros? - perguntou sério Channing

-  Eu tenho cara de fazer piada por acaso! - exclamou jared e ele se arrependeu seu sorriso morreu quando viu que é sério.

- Nossa cara, me arrependiei agora depois disso...

-  Então tome cuidado a partir de agora...

Channing fica em silêncio e ficava olhando para os alunos, todos vestiam preto; somente ele e Jared usavam roupas normais... O dia foi passando Channing nao desgrudava de Jared, isso o deixa aborrecido por ele ficar em sua cola, quando Jared se deu conta estavam sendo cercado por  caras estranhos de preto; quando Channing viu ele cercando ficava trêmulo e se escondeu atrás de Jared.

-  Channing corre - diz Jared

-  Sim - fala Channing sae correndo

Quando ele saia correndo, uns dos caras saiu em alta velocidade e parou na frente de Channing que faz ele esbarrar no cara, o rapaz segura ele pela argola o lança contra parede, nisso, jared vira pra trás vê o cara arremessando Channing, quando ameaçou em ir até ele ajudá-lo, dois cara segura Jared um em cada braço, enquanto um deles ficou na frente de Jared que estava cedo.

-  Eu disse que você ia me pagar - segurou no pescoço do Jared - e agora valentão quem vai te ajudar, vou te matar - diz o cara começa apertar o pescoço de Jared.

-  Você quem vai morrer - resmungo e fez o cara arregalar os olhos começa apertar mais.

Jared consegue solta um braço lançando o cara longe e segura no braço do cara que apertava seu pescoço, o faz gritar de dor por apertar.

-  Maldito, quem é você? - pergunta o cara e Jared quebra o pulso dele o faz soltar.

Jared olha pro rapaz do outro lado, que solta o braço dele apavorado e o cara do pulso quebrado pede pra ele atacar Jared, o mesmo faz e quando se aproximou-se Jared passa a mão mutilando a cabeça do cara que vapora no ar virando cinzas some; Jared olha pro cara e ele chama o outro que se aproxima, segurando o Jared pelo pescoço, cara aperta seu pescoço e ele olha de baixo para o cara, eleva a mão pra cima e mutila novamente à cabeça do cara que vira pó some em ar.

Jared anda se aproximando do cara, que sai correndo e Jared foi mais rápido do que ele.

-  O que você é? - pergunta o cara com olhar de pânico

-  Sou quem vai destruir todas suas raças malditas -  fala jared segura o cara pelo pescoço o eleva pra cima aperta seu pescoço até o quebra o vaporiza virando pó.

Jared aproxima de Channing que estava acordando e abaixa para ajudá-lo.

-  Ai! Aonde foram aqueles caras? - pergunta resmungando Channing.

-  O diretor viu eles e expulsou daqui, venha eu te ajudo levantar - diz Jared começam a caminhar com Channing com a mão sobre sua cabeça reclamando de dor.

***

Depois das aulas terminarem Jared pega seu cavalo e vai até a árvore aonde sempre encontra sua amada Katy, quando chega nao avista novamente ela ali, fica alguns minutos e pensa ''O que será que aconteceu com katy, faz ja dias que não a vejo, será que aconteceu alguma coisa com ela? Vou ate o lago quem sabe eu a encontro por la'' Jared sai do seu devaneio aproxima-se de seu cavalo e cavalga com ele até o lago.

Enquanto cavalgava em direção do lago, optou em ir pela estrada e nao pelo campo, quando avistou uma carruagem passa perto sente o cheiro de Katy e passa por ele que imediatamente para o cavalo fica olhando.

Jared pula a cerca com o cavalo, começa cavalgar com ele sobre o campo para corta caminho e cavalgava rápido sobre o local.

Quando estava indo, de repente Nicole aparece entrando na frente e Jared para o cavalo bruscamente, que quase cai do cavalo.

-  Nicole o que faz aqui? -  pergunta Jared e ela se aproxima passando a mão sobre o cavalo que relinchava de medo, jogando à cabeça.

- Eu queria te ver e senti seu cheiro maravilhoso, vim ao seu encontro - disse se aproximando dele.

-  Vou indo estou com pressa Nicole, sai da frente - diz Jared quando ia sair andando com cavalo, ele puxa os fazem cair.

Jared cai do cavalo rola um pouco e ela caminha rápido em sua direção, como estava deitado, fica com ele no meio de sua perna e senta encima de sua barriga.

-  Porque fez isso Nicole? - pergunta Jared exaltado.

-  Porque você nao quis me dar atenção querido - abaixa quando ia beijá-lo vira o rosto e ela segura o rosto dele virando em sua direção - você ultimamente está sendo muito frio comigo, você não era assim Jared - fala Nicole exaltada.

-  O que você quer comigo Nicole?

-  Eu quero você amor - funga no pescoço dele - sinto falta do seu corpo, de sua pele sobre a minha - diz resmungando e beijando o pescoço dele.

- Pare Nicole - eleva afastando - eu ja falei que não gosto mais de você, então me deixa em paz - diz a encarando e ela arregala os olhos furiosa.

- Maldito - bofeteia ele - você acha que vai se livrar de mim, nunca! Se voce nao for meu, nao sera de mais ninguém, entendeu! Maldito - fala exaltada e começa bater nele, ele segura Nicole pelo pulso.

Jared vira a colocando sobre o chão ficando por cima, colocando seu braço ao lado da cabeça e ela começa chorar.

-  Não venha com ameaça Nicole, eu nao te amo e nunca te amei, me deixa em paz, me esquece - falou e se levanta saindo de cima, ela permanece no chão chorando.

- Você acha que vou te deixar em paz? Nunca ficara e vou fazer voce pagar a humilhação aonde mais vai te dor - falou tom séria.

- Adeus Nicole - diz se afastando aproximando do cavalo sob encima sai andando.

Jared vai cavalgando a deixando pra trás e sai indo em direção da casa de Katy.

Chega na árvore e vê a carruagem qual viu katy, amarra o cavalo debaixo da árvore e sai andando rápido em alta velocidade, flutua até a janela e da toquinho no vidro, quando ela abre a cortina e da um largo sorriso ao vê-lo.

-  Jay - diz abrindo lentamente a janela pra nao fazer barulho, ele pula a janela entrando e ela pula em seu pescoço o beijando.

-  Estava com saudade meu amor - volta a dar beijo - e o que aconteceu? - pergunta ele.

- Meus avós me proibiram em sair por estar doente e ela ficou brava comigo, me proibiu em sair fora de casa - diz

-  Sério, eu fiquei preocupado por nao aparecer no meu encontro, até achei que tinha acontecido algo com você minha vida, eu te amo dando Katy...

- Eu também meu amor te amo - diz eles começam se beijarem intensamente.

Enquanto se beijava, Jared estava tão distraído pelo fato de estar revendo sua amada, quando de repente a porta abre sao flagrados juntos.

-  O que esta acontecendo aqui katheryn? - diz sua avó gritando e os dois ficam olhando pra ela.

- O que esta acontecendo aqui katheryn? - diz sua avó os surpreendendo.

Jared se afasta de katy e se aproxima um pouco da avó dela.

- Senhora, eu posso explicar o que esta rolando?

- Então é você quem anda abusando da minha neta, você que está aproveitando da ingenuidade dela rapaz! - disse

- Calma senhora, eu nao estou abusando e muito menos aproveitando dela, eu amo sua neta - diz Jared.

- Sim vovó eu também o amo e quero ficar com ele - diz katy abraçando.

- Eu nao quero você mais aqui, voce desonrou nossa família se deitando com rapaz antes do casamento, agora nossa família vai ser difamada quando souberem que minha neta é uma rapariga e ainda embaraçada, pegue suas coisas e nao volte mais, voce é a vergonha da família.

- Ok vovó eu vou embora daqui e vou morar com meu amado - diz katy e começa tirar sua roupa enrolando em uma trouxa de lençol.

Jared ficou inquieto e nao teve reação quando ouviu a avó de katy dizendo ''embaraçada'', ele nao parou pra se informa o que seria isso e katy arrumou todas suas coisas segurando no braço de Jared, o puxando passando pela sua avó.

Saíram da casa de katy, Jared nao abriu a pouco desde que saíram pensando sobre a tal palavra, quando ele para e faz katy também parar.

- Amor que historia é esta que sua avó disse ta embaraçada? - pergunto confuso.

Katy coloca sua trouxa no chão e se aproxima dele pegando sua mão, coloca em sua barriga e jared nao entendeu nada porque ela fez isso.

- Estou esperando um filho seu meu amor - disse e ele arregalou os olhos surpreso.

- O que? - fica surpreso - Um filho meu, sério amor? - pergunta ainda não acreditando.

- Porque nao acredita, você nao me quer mais por esta embaraçada de você, eu sabia que você não ia aceitar - diz katy e pega sua trouxa sai andando.

Jared vai atrás dela e segura katy pelo braço, a vira que ficava com cabeça baixa e ele a levanta.

- Nossa amor, é que fiquei surpreso com a notícia e eu jamais iria te rejeitar em souber que esta embaraçada de mim, eu te amo agora mais do que nunca minha vida, agora estou completo, teria uma família - diz jared e se ajoelha beija barriga de katy e ela chora.

- Sério amor, que você me aceita embaraçada?

- Claro - se levanta - eu ia te amar de qualquer jeito e nao sabe como estou feliz que estava embaraçada, quando meu pai souber ele vai desmaiar - diz Jared solta sorriso.

Eles caminham até o cavalo amarrado até a árvore, sobem encima e jared vai de vagar ate a fazenda.

Alguns minutos depois, eles chegam e Jared pede que katy espera na porta e depois a chama quando terminar de falar com seu pai, a mesma faz o que manda e senta na cadeira do lado de fora.

Jared entra pra dentro, chama seu pai que saiu nervoso da cozinha, ao ver jared o gritando dessa forma.

- O que foi meu filho, o que aconteceu com você?

- Por enquanto nada, queria conversa com o senhor...

- Nao pode esperar um pouco filho, estou ocupada com a janta...

- Pai é algo serio que preciso conversa com o senhor...

- Espera ai que ja volto, to vendo que é sério.

Johnny volta pra cozinha jared fica parado o esperando e quando vê seu pai voltando, se aproximando dele.

- O que você quer conversa serio comigo?

- Pai tem algum problema alguém vir morar com a gente?

- Claro que nao filho porquê?

Jared se afastou caminhando até a porta e Johnny ficou confuso com o comportamento estranho de seu filho, Jared abre a porta e diz.

- Venha entra - disse abrindo a porta.

Quando katy atravessava a porta Johnny ficou perplexo, quando havia entrando e ela toda acanhada, pediu licença e ficou do lado do Jared.

- Pai katy vai morar com a gente - diz Jared.

- Boa noite senhor - diz katy em um sussurro.

- Filho, e a família dela ta sabendo que ela fugiu de sua casa?

- Na verdade senhor, minha família me expulsou quando soube de mim e de seu filho - diz Katy sussurrando.

- Sério, nossa e o que você aprontou filho pra ela ser expulsa? - pergunta Johnny e os dois se encaram.

- Pai, eu e katy nos amamos, nisso a família dela é de cultura e nao aceita nosso relacionamento por nao ser arranjado e por nós se amar acabamos fazendo algo devia ser depois do casamento...

- Meu filho, vocês desonrando a família dela, mais você seja bem vinda Katy e fica a vontade - diz Johnny com sorriso largo.

- Pai tem mais - diz Jared e morre o sorriso de seu pai.

- O que aconteceu Jared! - exclamou seu pai ainda surpreso.

- Ela está embaraçada...

- Sério - diz e desmaia Johnny.

- Eu falei que ele ia desmaiar, minha mae disse que ele desmaia quando recebe noticia quando esta embaraçada...

- Serio amor, melhor nós ajudar ele?

- Vou na cozinha pegar algo que tem cheiro forte.

Jared corre na cozinha e katy se aproxima de Johnny e fica o chamando de senhor, nada dele voltar e jared aparece com uma garrafa de cachaça.

- Amor nao seria melhor álcool? - pergunta Katy.

- Quando ele desmaiava, minha mãe jogava cachaça na boca dele, o faz despertar na hora.

- Sério! - fica surpreso - eu nunca vi isso e está é nova pra mim - diz katy surpresa.

- Amor se afasta um pouco - diz Jared e ela faz o que pede.

Jared coloca álcool na boca dele e Johnny levanta rápido, fica tossindo e olha pra ele atortuado.

- Nossa amor, isso funciona mesmo e melhor que cheirar álcool - diz Katy boquiaberta.

- Minha mãe fez cachaça especial para meu pai...

- O que aconteceu comigo? Parece tive um sonho que você meu filho disse que esta moça está embaraçada - diz Johnny confuso.

- Você nao sonhou pai, katy carrega um filho meu em seu ventre - diz Jared e seu pai o puxa rende a ele.

- Filho, você ja parou pra pensar o que vira dentro dela, sabe aquilo! Sabe o que me refiro sabe! Sabe! - diz Johnny sussurrando.

- Eu nao parei pra pensar sobre isso e katy sabe que sou matuso - diz Jared.

- Ah é! - fica boquiaberto - então ela sabe sobre sua origem que nao é humano e sim matusalém?

- Sim senhor, eu sei que Jared não é humano, ele me falou no hospital e nao me importo que ele seja matusalém, eu o amo e sempre o amei como ele é - diz katy e encosta cabeça no ombro de Jared.

- Ok, vocês pararam pra pensar se ele será um matusalém ou vampiro transformado, humano nem pensar - diz Johnny

- Isso pra mim não importa senhor, o que me importa é seu filho do seu filho - diz Katy.

- Vejo que você escolheu uma boa moça meu filho - diz Johnny

- Sim pai, eu amo katy e ela é sangue especial pra constar - diz Jared e Johnny fica boquiaberto.

- Tem mais que eu preciso saber?

- Não pai...

- Que bom, fico feliz em saber que serei avô.

Começam dar risada e Johnny levanta do chão, os encarando e intrigado pensando o que eles aprontaram?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...