História Entre Altos E Baixos - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias JoJo
Tags Ação, Amor, Suspense, Vingança
Visualizações 6
Palavras 608
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Álcool, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Capítulo 8- Semanas Depois.


Viih Narrando


Se passou duas semanas desde o ocorrido na boate, as meninas ficaram meio bravas comigo e com a Brenda, mas eu não poderia mudar, se era isso que ela queria eu não iria ir contra a vontade dela é falar para as meninas. Depois de alguns dias elas esqueceram e voltaram a falar com a gente, até entendo elas, não gostaria que fizessem isso comigo, mas se a Brenda quis assim quem sou eu para descordar?!

Luh: Viih o que você está fazendo?

Eu: Por enquanto nada, porque?

Ray: Tem um número estranho ligando para nós, não queremos atender, viemos ver se não ligaram para você.

Eu: Acho que não, vou ver... Que coincidência, estão me ligando. Vou atender.

    *Ligação On*

Eu: Alô...

Estranho: É Vitória certo?

Eu: Sim... Sou eu.

Estranho: Vou te passar um endereço e preciso que você e suas quatro amigas estejam nele as oito horas da noite... Tudo bem para vocês?

Eu: Sim, tudo bem. É algo especial? Importante?

Estranho: Nada que devam ter medo, vocês irão gostar, estejam lá no horário que eu pedi, posso falar o endereço?

Eu: Sim pode falar.

Estranho: Rua **************. Espero vocês lá.

Eu: Tudo bem, estaremos lá. Tchau.

    *Ligação Off*

Encerrei a ligação e as meninas me olharam com uma cara como se me mandassem falar logo.

Brenda: O que era?

Eu: Um homem, falou para irmos nesse endereço, temos que estar lá às oito da noite.

Jessi: Nós não vamos né?!

Eu: É claro que vamos!

Luh: Você é louca garota! Nem sabemos quem é!

Brenda: É na-não sa-sabemos quem é! Não podemos ir!

Brenda falou gaguejando com medo de que fosse algo com ela.

Eu: Nós vamos e pronto! Sem discussão!

Ray: Se algo acontecer com alguma de nós, saiba que a culpa é sua!

Eu: Parem de ser dramáticas! Nada vai acontecer ok!?

Jessi: Então tá.

Era de tarde, resolvemos pegar colchões e cobertores e irmos ver série na sala. Fizemos uma bagunça na cozinha só para fazer uma pipoca doce. A tarde se passou rápido, quando era seis horas resolvemos nos arrumar, as meninas insistiram para não irmos, mais eu continuei com a idéia de irmos e elas foram se arrumar contra a vontade delas.

Eu: Vamos logo gente! Vocês demoram demais!

Ray: Tenho que sair bonita pelo menos né, não que nem uma maloca!

Eu: Indireta para mim?! Saiba que estou muito contente com a minha roupa!

Luh: Gente chega, vamos logo! Estamos todas perfeitas, cada um do seu jeito! Agora vamos antes que eu desista!

Eu: Vamos logo!

Saímos de casa e entramos no táxi que havíamos pedido. Passei o endereço para o moço e ele partiu para o lugar.

Moço do Táxi: É aqui moças.

Jessi: Mas aqui está fechado, tem certeza que é aqui?

Moço do Táxi: Tenho sim moças, vocês vão ficar aqui?

Eu: Vamos.

Paguei o moço e descemos, ficamos em frente ao restaurante, até que avistamos um segurança vindo da parte de trás do restaurante.

Moço Gostoso: Vocês são Brenda, Jéssica, Rayssa, Luh e Vitória?

Eu: Sim, somos nós porque?

Moço Gostoso: Preciso que venham comigo.

Brenda: Para onde nem conhecemos você!

Moço Gostoso: Só preciso que venham! Não irei fazer mal a vocês! Agora vamos logo!

Eu: Tudo bem moço! Já vamos!

Seguimos o segurança gostoso que nos levou para a parte de trás de onde ele saiu. Assim que chegamos na parte de trás paramos de frente a uma porta, e logo ele abriu ela é nos deu passagem para que possamos passar, assim que entramos vimos a parte de dentro do restaurante.

💭Achou que ia estar aonde? Em Nárnia?!💭

Até meu subconsciente faz piada comigo uma hora dessa. Do nada a porta se fecha deixando nós em um lugar completamente escuro. Fico olhando para o lado, até que vejo uma luz, logo após vejo a Brenda falar.

Brenda: Me-Meninas o-olhem para frente...

Eu: AH MEU DEUS! ...

Continua...
    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...