História Paixão Inesperada. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Menino Novo, Romance, Vida Colegial
Visualizações 8
Palavras 1.134
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi alienzinhos. Hoje vou trazer mais um capítulo da minha fanfic. Estou muito animada e criativa. Então, é isso!
Boa Leitura.
(Foto abaixo, Thaylor com o cabelo pintado)

Capítulo 5 - Conhecendo melhor...


Fanfic / Fanfiction Paixão Inesperada. - Capítulo 5 - Conhecendo melhor...

/Segunda - Feira/

*Thaylor POV*

Eu acordei com uma enorme vontade de pintar meu cabelo. Desci para a cozinha que minha mãe e meu pai estavam tomando café e soltei um grito.

- BOM DIA!

- Olha lá, quer dinheiro só pode. - poxa como é que meu pai sabe? - nem vem filho que nós não confiamos nas suas "comprinhas". Da última vez você comprou R$50,00 em Toddynho. E mais R$50,00 em Trident de menta, e bem o sabor que eu não gosto, se ao menos fosse de morango...

- Tá, me pegou! Quero pintar meu cabelo!

Eles se entreolharam e então meu 'pai' pegou a carteira e me deu um dinheiro.

- Que cor? - ele pediu em desdenha.

- Vermelho!

- Querido, vai ficar lindo! -minha mãe é sempre muito alegre com tudo.

- Tá bom, de noite vou chegar um pouco mais tarde porque vou aproveitar o troço é vou almoçar na cidade, e de tarde vou treinar natação.

- Tá bom filho, mas não chegue tarde demais.

- Okay!

*Narração*

Thamires não foi pra escola porque sentia uma febre terrível. Devia ser porque ela ficou muito mais no telhado da casa na última madrugada. Mas mesmo assim a mãe dela mandou buscar pão no mercado. Ela já estava bem melhor mas não tão bem assim. Quando voltou com o saco de pãezinhos e comendo um deles, sua mãe mandou que tomasse um banho e colocasse uma roupa bonita porque iriam ter visitas na janta.

*Thamires POV*

"Porque agora a gente ter que jantar com estranhos? Espera, eu nem sei se são estranhos. Vai que é a minha tia ou um primo sei lá."

Subi as escadas e tomei um banho um tanto quanto demorado. Eu costumo fazer muita coisa ouvindo música, e isso inclui tomar banho, limpar a casa, lavar a louça ou passar o recreio na escola. Coloquei uma música que gosto pra ouvir:

#The Cab - Angel With A Shotgun#


Get out your guns, battles begun


Are you a saint, or a sinner?


If love's a fight, then I shall die


With my heart on a trigger


They say before you start a war


You better know what you're fighting for


Well baby, you are all that I adore


If love is what you need, a soldier I will be


I'm an angel with a shotgun


Fighting til' the wars won


I don't care if heaven won't take me back


I'll throw away my faith, babe, just to keep you safe


Don't you know you're everything I have?


... And I, wanna live, not just survive, tonight


Sometimes to win, you've got to sin


Don't mean I'm not a believer


... And major tom, will sing along


Yeah, they still say I'm a dreamer


They say before you start a war


You better know what you're fighting for


Well baby, you are all that I adore


If love is what you need, a soldier I will be


I'm an angel with a shotgun


Fighting til' the wars won


I don't care if heaven won't take me back


I'll throw away my faith, babe, just to keep you safe


Don't you know you're everything I have?


... And I, wanna live, not just survive, tonight


Ooohhh, ooohhh whoa whoa oooh whoa


I'm an angel with a shotgun


Fighting til' the wars won


I don't care if heaven won't take me back


I'm an angel with a shotgun


Fighting til' the wars won


I don't care if heaven won't take me back


I'll throw away my faith, babe, just to keep you safe


Don't you know you're everything I have?


(I'm an angel with a shotgun)


And I, want to live, not just survive, tonight


(Live, not just survive)


And I'm gonna hide, hide, hide my wings tonight


They say before you start a war


You better know what you're fighting for


Well baby, you are all that I adore


If love is what you need, a soldier I will be


Logo que saí coloquei uma roupa bem bonita. Eu a justificava bonita pelo menos. E desci ajudar minha mãe a fazer a janta.

- Então Moma, quem vai vir?

-Ahh, o vizinho, a mulher dele e o filho.

-Hum.

- Você conhece o filho deles? Ele se chama T... Ahhh T alguma coisa. Esqueci o nome dele.

- Ta né!

Minha mãe tava fazendo lasanha. É minha comida preferida, e quase nunca ela faz isso. Só quando estou brava ou faço algo extraordinário.

/Quebra de tempo/

*Thaylor POV*

Já era 19:00 e eu já estava arrumado. Meus pais disseram que nós íamos jantar fora. Eu tentei recusar mas eles foram insistentes demais com frases tipo: "Você tem que sair mais", "Você vive trancado naquele quarto", "Você conhece uma árvore?", então aceitei antes que falassem mais.

- A janta é 20:00. - falou a minha mãe muito animada - Vamos!

Então saímos de casa. Se fôssemos jantar fora teríamos que ir em um lugar longe de casa. E pra minha sorte era no vizinho. Meu 'pai' estava levando uma panela de feijoada pronta.

Sabe, eu adoro feijoada mas não tanto como lasanha. Espero que tenha hoje.

Tocamos a campainha e esperamos as Boas Vindas. De lá de dentro saiu uma mulher baixa mas bonita. Fiquei olhando ela é adivinhando quantos anos tinha. Ótimo, parece ser mãe. Agora com certeza vou ter que lidar com um pirralho no meu pé durante o preparo da janta.

- Entrem! - a mulher falou.

- Com Licença! - minha mãe falou.

- A casa é sua! - retomou a mulher.

Adentramos a sala e então me sento no sofá.

- Vou pedir pra minha filha vir colocar um filme e eu já trago uma pipoca e Coca-Cola.

A senhora, bom... ela não é velha é só um modo de chamar educadamente, foi pra cozinha e logo voltou com uma menina, trazendo taças com Coca-Cola e pipoca salgada. Na hora tomei um susto. Era Thamires. A menina:

Assustadora

Sensual

Perigosa

Atrevida

Inteligente e

Linda

Meu Deus! Como ela é linda. Droga! Estou ipnotizado e ela vai perceber. Eu noto que ela repara no meu cabelo.

- Thamires comprimento nossa visitas.

- Olá, sou Thamires, bem vindos. - passou pela minha mãe e deu um abraço nela, em seguida meu 'pai' e deu um abraço também. - Boa Noite senhor - Não! Ela vai me abraçar também. - Oi.

O que foi isso? Ela foi seca comigo? Não acredito!

- Coloque um filme para nós assistirmos enquanto termina a janta.

- Tá bom mãe, mas qual filme.

- O que vocês querem assistir?

- Qualquer coisa querida! - minha mãe é simpática demais!.

- Pode ser Velozes e Furiosos. - meu 'pai' falou.

- Ei! Deixa elas escolherem. - pude perceber um pingo de suor escorrendo na testa dele por causa do tom da minha mãe, dei uma risada fraca, pra que ninguém percebesse.

O filme começou e estávamos eu e meu 'pai' assistindo. Ele chegou perto de mim.

- Eai, o que achou da garota?

- Que? Como assim?

- Ahh, eu vi o jeito que você olhou pra ela!

- somos colegas de classe.

- Ahh, perdi muita coisa, desisto!


Notas Finais


Então é isso. Próximo capítulo saí hoje mesmo. Nao juntei os dois pra não ficar enoormee.
Beijocas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...