História Entre amor - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Blásio Zabini, Draco Malfoy, Harry Potter, Personagens Originais
Tags Drarry
Visualizações 82
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Oliver


Tom se levanta de sua cama, logo ele vai para o lado de Tiago, assim que se senta no chão, Tom vê Tiago sentar completamente nu em seu colo.

Tom: Seu corpo e mil vezes, mas bonito que o do Tommy.

Tiago começa a rebolar sobre o pau de Tom, logo ele fala

Tiago: Não me compara com aquela puta não, eu sou bem melhor que ele.

Tom: Eu não duvido.

Um tempo depois, ambos estão completamente nus, e Tom esta com estocando com força em Tiago, que estava gemendo. Em meio a transa dos dois, eles escutam um choro e em seguida escutam Harry gritar

Harry: Papai, Mamãe, cadê VOCÊS?

Tiago para de gemer, já Tom para de estocar em Tiago e Grita

Tom: Eu e a mamãe estamos resolvendo um assunto meu filho.

Harry que estava em cima da cama, fala

Harry: Eu não quero ficar sozinho, papai eu vou descer da cama.

Tom arregala os olhos, rapidamente ele tira Tiago de seu colo e veste sua coeca rapidamente e pega Tiago no colo e vai para cama, logo ele deita Tiago e veste a cueca nele, e assim que acaba Harry abraça

Harry: Mamãe, Cadê o papai?

Assim que Harry acaba de falar, Tom pula do outro lado da cama e fala

Tom: Estou aqui filhão.

Harry: Papai, Abraça eu e a mamãe bem forte, eu estou com medo de Dormir.

Tiago abraça o filho, em seguida Tom também abraça Harry, logo ambos dormem.

Manhã seguinte

A noite já Havia se passado, e agora Harry estava no carro de seu pai Tom, a caminho da escola.

Ao chegarem na escola Harry, desce do garoto de seu pai e entra para escola, já lá dentro ele vê um garoto andar até ele e fala

Xx: Oiii, Meu nome e Oliver, você quer ser meu amigo ?

Harry: O ultimo amigo que eu tive, tentou matar o meu pai.

Oliver: E sempre assim ninguém gosta de mim, acho melhor eu morrer.

Harry arregala os olhos, em seguida ele olha para o garoto e fala

Harry: A gente pode ser amigo sim, mas você me promete que não vai matar o meu papai.

Oliver: Eu prometo, pela primeira vez eu terei uma amigo aqui.

Harry: Você estudada aqui, a muito tempo?

Oliver: Na verdade sim, eu estudo aqui a um tempão.

Harry: Você por acaso, conhece Tommy Malfoy?

Oliver: Eu conheço, porém preferia não ter conhecido.

Harry: Ele vez alguma coisa com você?

Oliver: Ele me iludiu, despois ele começou a namorar o meu pai, logo o meu pai se virou contra mim por causa dele, e um templo depois ele inventou que estava grávido e após transar com o meu pai, o mesmo o matou.

Harry: Nossa, ele fez isso também com o meu, so que a diferença e que ele não conseguiu vira meu pai contra mim, e nem mata-lo.

Oliver: E por culpa dele, eu tenho que morar com a minha mãe, que na verdade e um homem.

Harry: Quem e a sua mãe? E por que parece que você não gosta da sua mae?

Oliver: Minha mae e Hugo Marvolo Riddle, irmão daquele magnata Tom Riddle. Não e que eu não gosta, mas e que ele chega bêbado todo dia em minha casa, e sempre me bate.

Harry: Tom Riddle e meu papai, e eu no sabia que ele tinha irmãos.

Oliver: Pera você e meu Primo?

Harry: Ai se o seu mama e irmão do meu pai Tom, sim a gente e primo.

Oliver: Bom já que a gente e amigo, eu posso te contar uma coisa?

Harry: Claro que sim.

Oliver: Ontem eu ouvi o Draco Malfoy, falar para os amiguinhos populares dele, que o mesmo esta gostando de você.

Harry: Isso seria impossível, desde que eu cheguei aqui ele tem sido sempre mal comigo.

Oliver: Eu ouvi falar que ele e assim, por causa da morte do irmão mas velho dele.

Harry: Como assim?

Oliver: Lembra que eu falei que Tommy, matou o meu papai?

Harry: Sim, Oliver você acabou de me contar isso, mas o que isso tem aver com o Draco.

Oliver: Meu pai era Gustavo Lucios Malfoy, filho primogenio dos Malfoy, ele engravidou o meu mama, quando o mesmo tinha 12 anos.

Harry: Espera o Tommy, transou e matou o proprio irmão?

Oliver: Dizem que o Tommy, não e filho legítimo dos Malfoy.

Harry: Vamos para de falar do Tommy, e vamos falar de você ser sobrinho do Draco.

Oliver: Na escola ele não deixar eu chamar ele de Tio, mas quando eu vou na casa dele, ele sempre me mima muito.

Antes que Harry responda Oliver, Draco aparece com duas sacolas em sua mão e fala

Draco: Liver, eu vim conversar com você.

Oliver: O que você QUER POPULAR?

Harry vê Draco ri, e logo fala

Draco: Antes de eu ser o popular, eu sou o seu tio Mocinho.

Oliver sorri, em seguida Draco fala

Draco: Eu estava saindo da loja de roupas, e dei de cara com isso aqui e como eu achei sobe a sua cara, eu comprei para você.

Oliver: O quê é?

Draco entrega as duas sacolas para Oliver, em seguida olha para Harry e sai correndo.

Harry: Ele e Doido.

Oliver: ELE NÃO E DOIDO, A MENOS QUE ele SEJA DOIDO POR VOCÊ.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...