1. Spirit Fanfics >
  2. Entre Amor e Dinheiro - Mikelly >
  3. Divórcios

História Entre Amor e Dinheiro - Mikelly - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 14 - Divórcios


Uma semana depois...

Aquela semana passou voando para Kelly, ela ainda estava meio agitada com a mudança que teve que fazer com seu noivo, depois de ter tido sua primeira transa com ele, algo que deixou ela péssima por ter se entregado e pensando em Mike no exatamente momento.

Mas aquela semana estava muito difícil, pois, todos os dias ela e seu noivo tinha uma briga diferente, aquilo desgastava mais ainda o relacionamento dos dois. Ela só queria enforcar ele e viver o seu romance proibido com Mike. 

Ela acordou cedo e fez sua higiene matinal, depois foi até o guarda roupa e pegou o primeiro vestido que viu na sua frente, porém um vestido lindo cor azul escuro com mangas compridas e usou, ela fez um coque nos cabelos deixando algumas mechas caídas em seu rosto, logo foi até o closet pegou sapatos com salto alto cor preto.

Ela saiu do apartamento para pegar o elevador e descer até o estacionamento, logo depois caminhou pela garagem até chegar ao seu carro. Quando ela iria abrir a porta do carro para entrar, foi agarrada com força pela cintura, dando um pulo com o susto que tinha levado, Mike virou ela de frente para ele, ela ainda estava sorrindo muito ao ver que a expressão dela que era assustada e com certeza irritada com ele, os dois acabaram sorrindo daquilo juntos, enquanto estavam abraçados.

- Porra! Você tá tentando me matar do coração, seu maluco? - Kelly perguntou dando um tapa no braço dele e sorrindo por não resistir aquele sorriso filho da puta que ele dava sempre. - O que você tá fazendo aqui no meu apartamento?

- Nossa minha gatinha, você tá uma delícia nesse vestidinho todo formal e elegante como uma mulher totalmente responsável. - Mike respondeu dando um rápido beijo de língua nela. - Aonde você tá indo toda gatona desse jeito?

- Eu estou indo trabalhar na minha mais nova empresa, eu estou tão animada que estou até saindo de casa mais cedo. - Kelly respondeu sorrindo animada. - Você ainda não respondeu a minha pergunta, o que você tá fazendo o que aqui no meu apartamento, seu louquinho? Quem te deu meu endereço, posso saber?

- Ah... eu tava sozinho no meu quarto pensando em você o tempo todo, pensando nesse seu sorriso que me faz ser o cara mais feliz do mundo inteiro. Então eu decidi fazer uma surpresa pra você, pedi seu endereço para sua melhor amiga a Mel. - Mike respondeu sorrindo malicioso. - Vamos subir?

- Eu tenho que trabalhar agora, meu amor. - Kelly respondeu sorrindo. - Você não pode aparecer aqui, quero nem imaginar o show que o Aron daria se pegasse nós dois juntos.

- Só alguns minutos, eu prometo que não vou demorar para não causar fúria no otário do seu noivinho. - Mike respondeu sorrindo debochado. - Vai ser muito rápido.

- Eu preciso te contar uma coisa. - Kelly respondeu suspirando fundo. - Sei que depois disso talvez você nem vá querer olhar mais na minha cara. Mas eu, eu transei com Aron.

- Você o que? - Mike perguntou com as sobrancelhas arqueadas. - Por quê você fez isso? Você sabe que tem eu aqui pra todas as coisas, mesmo que não podemos fazer programas de casais ainda.

- Me desculpa, mas eu tive e tenho que manter o personagem se quiser sair desse divórcio como uma boa pessoa, não demonstrar que sempre estive cometendo adultério. - Kelly respondeu dando de ombros. - Mas não teve nenhum sentimento envolvido, eu juro.

- Tudo bem, eu não vou ficar chateado com você só pelo fato do nosso relacionamento não tá oficializado ainda. - Mike respondeu sorrindo forçado. - Mas promete pra mim que nunca mais vai transar com ele, nunca mais.

- Nunca mais, meu amor. - Kelly respondeu dando um selinho nele. - Vamos subir, mas você precisa ser calmo, não quero nada de rapidez.

- Pode deixar que eu vou fazer você gozar muito hoje. - Mike respondeu dando um tapa na bunda dela, os dois caminharam para o elevador para subir para o apartamento dela, assim que chegaram, ele fechou a porta e agarrou ela com vontade.

Mike tirou o vestido dela, começando a beijar seus peitos e chupar com mordidas leves, suas mãos estavam enfiadas dentro da calcinha dela estimulando seu clitóris, fazendo movimentos circulares enquanto ela enfiou a mão dentro da cueca dele e tirou o pênis dele para fora da calça jeans. Kelly empurrou ele sentado na poltrona e ajoelhou em seus pés, masturbando sem parar o seu pênis, ela continuou mais forte enquanto as pernas dele tremia, ela enfiou tudo dentro da boca começando a se lambuzar naquele pênis grande e ereto. 

Ela tirou batendo em seu rosto e deixando-o todo babado, depois tirou ele da poltrona e sentou tirando a próprio calcinha preta de renda, elas abriu as pernas puxando a cabeça dele para que ele chupasse ela gostosamente, ele estocava sua língua no fundo sugando seu clitóris. Ele enfiou dois dedos dentro da intimidade dela, enquanto sugava ainda mais seu clitóris, ele parou de chupar e enfiou todo seu pênis dentro dela, fazendo ela gemer alto. 

Ele tampou a boca dela para ela não gritar para os vizinhos não ouvirem, ele começou a enfiar com mais força deitando por cima dela e beijando sua boca, abafando seu gemido, até ela gozar em seu pênis e ele jogar um jato de esperma dentro da intimidade dela que estava vermelha. Ela subiu por cima dele, começando a rebolar gostoso em seu pênis enorme que estava fazendo um barulho de sucção ao entrar e sair. Ela saiu de cima dele e voltou a chupar sentindo o gosto da sua intimidade novamente, até que ele goza mais algumas vezes dentro de sua boca.

Empresa Madson

- Kelly deve tá fazendo a festa no apartamento dela agora com o Mike, tudo por trás do babaca do Aron Prevost aquele merda, eu super adorei passar o endereço dela pra eles foderem na cama daquele otário do maridinho dela. - Mel comentou sorrindo para Rick.

- Você não acha que tá sendo muito radical não? - Rick perguntou com as sobrancelhas arqueadas. - E esse cara pega eles dois juntos? Do jeito que ele tratou você, eu até imagino como ele trata a sua amiga, eu deveria chamar uma galera pra dar uma surra nele.

- Você não vai chamar ninguém, Rick. E ele não vai poder fazer nada contra ela de maneira nenhuma. - Mel respondeu dando de ombros. - Os pais dela são muito poderosos e acabaria com ele no momento que quisesse, isso aconteceria se ele só pensasse em tocar um dedo na Kelly, igual ele fez comigo, ele iria se arrepender amargamente.

- Melanie Woody, eu disse pra você trabalhar e não ficar batendo papo com os funcionários, não disse? - Sharon exclamou ao sair do elevador. - Tem muitas caixas de entregas lá embaixo para ser entregadas, o que você tá fazendo aqui em cima que ainda não foi trabalhar? Não está sendo pago pra ficar aqui batendo papo também.

- Me desculpa senhora Madson, estou indo iniciar o meu trabalho agora mesmo, até mais tarde. - Rick respondeu e saiu para começar o seu trabalho de entregar encomendas da empresa.

- Você não pode ficar de gracinhas com esse garoto por ele ser seu namorado, se não eu vou demitir ele, não dei o emprego pra vocês trocarem romances. Então por favor se comporte diante das regras. - Sharon respondeu.

- Sim senhora. - Mel respondeu sorrindo forçada, quando Sharon saiu ela revirou os olhos. - Velha insuportável, não aturo mais ela.

- Bom dia pra melhor amiga desse mundo inteiro. - Kelly disse com um típico sorriso, abraçando Mel. - Que felicidade que eu estou, eu nem acredito que você me deu essa surpresa tão boa. Eu não sou absolutamente nada sem você, Melanie Woody, te amo muito.

- Que surpresa, minha querida? Do que vocês estão falando? Eu posso saber o motivo da alegria? - Sharon perguntou se aproximando delas.

- Uma coleção de livros maravilhosos que eu estava querendo muito comprar, mas estava sem tempo de fazer isso e tava limitado, Mel me deu de presente e vai ganhar um aumento de salário - Kelly respondeu sorrindo forçado. - Eu preciso conversar com você sobre um assunto muito importante, quero fazer isso em particular.

- Podemos fazer isso no meu escritório agora mesmo. Mel, eu quero que você peça para que a garçonete suba com dois sucos de laranja natural sem açúcar, por favor. - Sharon mandou e ela assentiu, Kelly e ela foram pra sala.

- O que você tem de tão importante pra me dizer? - Sharon perguntou sentando na cadeira e Kelly sentou na outra cadeira de frente com a dela. - Confesso que estou aflita.

- Eu vou me divorciar do Aron, mês que vem eu vou fazer vinte anos e já posso tomar minhas próprias de decisões como sempre quis tomar. - Kelly respondeu suspirando profundamente. - Agora eu trabalho e aumento as rendas de todas as nossas empresas, temos a empresa que queríamos desde o início, e outra, eu também estou apaixonada por outra pessoa.

- E essa pessoa pode te dar um bom futuro? - Sharon perguntou dando um gole no copo d'água que estava em cima da sua mesa.

- Sim, mas eu não quero que ele me dê nada, eu posso conseguir isso sozinha com meu próprio esforço como fiz com a nossa empresa. - Kelly respondeu sorrindo. - O dinheiro dele não me interessa desse jeito, o que interessa é que a gente se ama demais e eu não quero mais ficar um segundo longe dele, não aguento mais isso.

- Se ele tem condições financeiras, eu super apoio seu divórcio com Aron. - Sharon respondeu sorrindo ambiciosa. - Eu quero marcar um jantar com os pais dos eu namorado novo, vou pedir para Melanie providenciar agora mesmo o seu divórcio com Aron Prevost.

Sharon saiu da sala do escritório indo em direção a recepção onde Mel ficava, ela gerenciava as entradas e saídas de encomendas.

- Mel, eu quero que você ligue para o advogado da nossa família e peça para ele trazer um divórcio imediatamente. - Sharon comentou. - E sem demoras, quero isso pra agora nesse momento.

- Sim senhora, eu vou fazer isso agora mesmo, mas a senhora vai se divorciar do senhor Madson? - Mel perguntou boquiaberta.

- Claro que não, esse divórcio é pra Kelly. - Sharon respondeu sorrindo alegremente. - Ela quer se divorciar e tem todo meu apoio. Aliás, quem é esse novo namorado dela?

- Eu não sei não senhora, mas eu só sei que ele é muito rico e tem várias empresas como a gente, os pais dele são ricos, muito mais ricos que a família Prevost. - Mel respondeu, deixando Sharon cada vez mais interessada no assunto.

- Então não demore por que eu quero esse divórcio imediatamente na minha sala hoje ainda se possível, como o Kordei é um bom advogado vai estar ocupado. - Sharon respondeu dando pulinhos.

- Quem vai se divorciar, meu amor? - Jason perguntou dando um selinho nela. - Bom dia, Melanie.

- Nossa filha, ela conheceu um cara muito mais rico que Aron, muito mais rico que a família Prevost que são uns encostos em nossas vidas. - Sharon respondeu sorrindo. - O que você acha disso meu amor?

- Viva o novo amor da nossa filha. - Jason respondeu sorrindo. - E viva o dinheiro que é muito mais importante que qualquer amor.

- Aron tem que deixar uma das empresa para Kelly, ele não pode se recusar porque se não seremos obrigados a entrar na justiça por isso. - Sharon comentou.

- Claro que não pode se recusar, nossa filha tem o total direito de ficar com uma das empresas, investimos muito nelas também. - Jason respondeu sorrindo.

- Eu mandei um e-mail para o senhor Kordei, ele vai responder e logo vai mandar o divórcio para eles assinarem amanhã de manhã bem cedo. - Mel se pronunciou. - Vai dar tudo certo.

Mansão dos Marshall

 

- Que bom que estão aqui reunidos. Eu preciso conversar urgentemente com vocês, é um assunto que eu estava criando coragem para conversar em algum dia. - Mike se pronunciou ao chegar na cozinha.

- Se for falar o que eu já sei, me recuso a ouvir, eu não quero saber de nada. Já deu de discussões nessa casa. - Jenny respondeu.

- Eu posso pelo menos tentar conversar civilizadamente com os meus pais? - Mike perguntou com o cenho franzido. - Vamos ser adultos pelo menos uma vez?

- Vamos deixar ele falar, meu amor. Pode ser que seja muito importante esse assunto. Mesmo que ele não fale nada do nosso interesse nos últimos tempos né? Mas pode falar meu filho. - Tom respondeu, Mike puxou a cadeira e sentou.

- Eu quero muito um emprego na nova empresa, eu estou certo de que quero começar a trabalhar. - Mike respondeu, deixando Jenny boquiaberta. - Eu também estou apaixonado por uma garota que me motiva muito a fazer as coisas.

- Essa garota é rica? Boa de te motivar eu tô vendo que ela é, te incentivou a arrumar um emprego, é rica ou não? - Jenny perguntou com as sobrancelhas arqueadas. - Por quê se for pobrezinha igual aquela vadia que tá no porão, minha resposta é não.

- Ela não é pobre, a família dela tem muitas empresas por Los Angeles. - Mike respondeu revirando os olhos. - Mas o dinheiro não importa, não interfere no nosso relacionamento. Eu vou trabalhar para ter o meu dinheiro.

- Claro que importa, dinheiro acima de tudo. - Tom disse por sua vez. - Queremos conhecer essa garota que fisgou o seu coração.

- Espero que ela seja uma moça bonita, você só arruma namoradas feias. - Jenny revirou os olhos. -

Eu vou pedir a empregada pra que desça com um prato de comida para aquela imprestável da Agatha Rivers. E também providenciar o seu divórcio, não é todos os dias que aparece uma garota cheia da grana querendo ficar com você.

Jenny desceu até o porão, Agatha tremia feito uma vara verde, ela estava suada e com febre. Ela levantou a cabeça ao ver Jenny ali com um sorriso debochado.

- O que você quer aqui, sua desgraçada? - Agatha perguntou com as sobrancelhas arqueadas. - Sai daqui, eu não vou assinar nada, você pode me manter aqui anos e anos, mas eu não vou te passar a única garantia que eu tenho para o meu futuro, não vou deixar você destruir o que eu tanto quero.

- Eu não preciso mais da sua grana que mais parece uma gorjeta perto do meu salário. - Jenny respondeu sorrindo. - Quero te dizer que você está livre para fazer o que quiser, vai assinar o divórcio com meu filho, vai sumir dessa casa.

- É tudo que eu sempre quis desde o início que inventamos essa história de casamento por causa de dinheiro e empresa. Eu nunca quis estar aqui com essa família de imundos, cheia de obsessão por dinheiro dos outros. - Agatha respondeu com raiva. - Eu odeio todos vocês, vocês só causaram desgraças em minha vida.

- Fala pra sua mãe que é feio fingir doenças para conseguir ser rica. - Jenny exclamou. - Ela merece uma lição por ter mentido.

- Você não vai encostar na minha mãe, se não eu mato você sua vadia de merda, você é baixa. - Agatha rosnou fuzilando ela com os olhos. - Você já me manteve aqui por semanas, eu poderia te denunciar por cárcere privado.

- Primeiramente, eu não vou sujar as minha mãos encostando em uma vira lata. - Jenny respondeu sorrindo debochada. - Segundo que eu vendi o seu apartamento, agora você terá que dar seus pulos para comprar outro, nem te disse que sua mãe tá morando numa casa de um cômodo? Sarjeta! Esse é o lugar de cadelas como vocês duas.

- Eu não vou deixar você me abalar com essas suas atitudes porcas, com suas ameaças de quem vai tirar tudo de mim e me deixar na sarjeta. - Agatha respondeu com o cenho franzido. - Você não vai conseguir me derrubar de novo, não mesmo sua desgraçada.

- Já te derrubei, queridinha! Você vai ficar aqui só até o divórcio chegar e depois disso, rua. - Jenny respondeu saindo do porão.

O advogado da família Marshall tinha chegado com divórcio. Jenny, Tom, Mike e Agatha estavam sentados no sofá na sala de estar, enquanto o advogado lia todos os acordos depois do divórcio, todos ali estavam de acordo com os termos, menos Agatha, mas ela tava diante de uma família muito perigosa para se manifestar Mike e Agatha assinaram o divórcio, depois de assinar ela subiu para o quarto para fazer as malas, Mike subiu atrás dela e ficou parado na porta, enquanto ela colocava as roupas nas malas.

- Parece que agora estamos livres um do outro. - Mike comentou sorrindo de lado e cruzando os braços. - Tudo que queríamos desde o início quando inventaram essa história de casamento.

- Tudo parece que acabou, mas ainda não acabou definitivamente. - Agatha respondeu olhando pra ele. - Eu só concordei com os termos que aquele advogado passou, porque eu estou diante de dois psicopatas, dois ambiciosos por dinheiro, mas isso não significa que eu vou deixar minhas coisas de mãos beijadas para vocês três.

- Você tem todo direito de pegar tudo que é seu, mas eu não quero falar sobre isso com você porque agora eu vou encontrar o amor da minha vida. - Mike respondeu sorrindo apaixonado.

- Você realmente merece alguém que não seja eu, até por que nós não temos nada a ver um com o outro. - Agatha respondeu.

- Não temos mesmo e agora que nosso casamento de mentirinha acabou, eu desejo a você toda sorte do mundo, eu nunca quis nenhum mal pra você. E seja lá o que você vai fazer a partir de hoje, tenha cuidado. - Mike disse, logo depois saiu para o quarto dele.

Algumas horas mais tarde...

Kelly chegou no restaurante chique onde havia marcado com Mike, ela estava usando um vestido vermelho justo em seu corpo, o comprimento chegava até suas coxas, acompanhado com um salto alto preto e uma bolsa de mão cor nude, e um coque bagunçado.

 Ela caminhou até a mesa onde Mike já estava sentado bebendo o quarto copo de wiskey por estar nervoso aquela noite, ela se aproximou dele, que lhe olhou de cima baixo mordendo os lábios com malícia, ele levantou para puxar a cadeira para ela se sentar. 

- Você está magnífica. - Mike disse olhando nos olhos dela, ela apenas sorriu dando um gole no wiskey dele. - Eu fico feliz que tenha aceitado sair comigo para um lugar que não fosse motel, finalmente.

- Obrigada, eu estava esperando muito por esse momento também, tudo que eu queria era não precisar mais ficar se encontrando as escondidas como se fossemos adolescentes. Mas então, o que você quer conversar? - Kelly perguntou se ajeitando na cadeira, chegando para perto de Mike.

- Agora eu estou definitivamente divorciado do Agatha, ela fez as malas e foi embora da minha casa. - Mike respondeu colocando mais wiskey no copo e deu um gole. - Só falta você fazer o mesmo e seremos oficialmente um casal.

- Você não sabe o quanto isso me conforta, meu divórcio sai amanhã e eu estou muito ansiosa. - Kelly respondeu sorrindo. - Mal posso esperar para nossas famílias se conhecerem, eu quero que sejamos muito felizes independente do que eles pensam sobre dinheiro, eles são iguais nesse quesito né? Vão se dar super bem, não vamos ter problema nenhum com isso. 

- Você me pegou de jeito, gatinha. Eu estou completamente apaixonado por você, tudo que quero é estar com você, mas me prometa que quando saímos daqui, eu escolho o outro lugar de onde iremos? - Mike perguntou sorrindo malicioso. - Me deixa no comando dessa noite? Eu quero te mostrar que eu sou muito mais que um cara que te leva no motel, muito mais.

- Tudo bem, como quiser meu amor, você merece ouvir todos os sim meus hoje à noite. - Kelly sussurrou no ouvido dele. - Eu amo você.

- Eu também amo você. - Mike respondeu puxando ela para mais perto dele e dando um selinho nela. - Eu tenho uma coisa pra te dar. - Ele tirou um anel de compromisso de uma caixinha vermelha. - Aceita ser a minha namorada?

- Eu aceito ser qualquer coisa que você me pedir. - Kelly respondeu sorrindo alegremente com os olhos lacrimejados, estava emocionada com aquele pedido. - Seremos o casal mais felizes do mundo.

[...]

Kelly acordou mais cedo no dia seguinte, ela estava tão ansiosa para assinar o divórcio que mal conseguiu dormir direito, ela estava completamente feliz que iria se livrar de um peso que era aquela família, ela sentou na cama e ficou admirando a beleza do anel que Mike deu a ela, os dois estavam usando uma aliança de comprou. 

Ela sorriu apaixonada e saiu da cama para o chuveiro pra tomar seu banho, enquanto ela se molhava, pensava intensamente no amor da sua vida. Ele chegou tão de repente e já tinha feito toda diferença em sua vida. Depois de tomar banho demorado, ela foi para o quarto pra se arrumar e logo depois que se arrumou, ela partiu para empresa e subiu até o andar onde estava tendo a reunião do divórcio, ela entrou na sala dando de cara com sua família reunida, estavam sentados ali de frente para família Prevost.

 Era hora de tomar a melhor decisão de sua vida depois de tudo que aconteceu, era hora de acabar com toda aquela farsa, acabar com aquele casamento que nunca deveria ter acontecido. Aron fulizava ela com os olhos, Aisha também, nunca escondeu que odiava a sua cunhada, mas ela mantinha um sorriso alegre.

- Estou pronta para assinar esse divórcio, cadê os papéis? - Kelly se pronunciou colocando as mãos em cima da mesa, Aron avistou que ela já estava com um anel de noivado muito mais bonito do que ele deu a ela, quando eles se casaram.

- Você vai se arrepender do que está fazendo comigo. - Aron rosnou com as sobrancelhas arqueadas.

- Por acaso você está ameaçando minha filha? Ameaçando a minha herdeira? - Jason perguntou fuzilando ele com os olhos.

- Pense como quiser, mas só não pense que isso vai ficar assim. - Aron respondeu puxando o divórcio das mãos do advogado da família de Kelly e assinando. Depois que ele assinou, ele jogou o papel em cima da mesa e saiu enfurecido.

- Minha vez de assinar, eu vou assinar isso com tanto vigor. - Kelly comentou sorrindo debochada. - Finalmente vou me livrar dessa família insuportável que são vocês. - Ela pegou a caneta e assinou.

- Tínhamos um acordo, Sharon e Jason. - O pai de Aron se pronunciou com as sobrancelhas arqueadas. - Estamos perdendo duas empresas pra vocês.

- Você não vem começar a chorar no meu ouvido não porque a maior parte do dinheiro veio investido do meu bolso. Então eu posso ficar com as duas empresas. - Sharon respondeu sorrindo debochada. - E você vai ficar só com sua única empresa, porque eu encontrei alguém que possa dar um futuro melhor a minha filha, e ela é muito mais competente que seu filho. Ela nunca precisou dele para ser alguém na vida, aliás o dinheiro dele que fez um bom ajuste na minha empresa, nas minhas duas mais novas empresas.

- Antes que vocês vá embora. - Kelly levantou indo até Aisha e deu um tapa no rosto dela. - Isso é por você ter infernizado minha vida, agora vaza da minha empresa, sua vadia. Livre como um pássaro, agora só marcamos o jantar em família.


Notas Finais


Bjs até o próximo capítulo 😘❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...