História Entre Anjos e Demônios - Interativa - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~_Mari_Chan980

Postado
Categorias Originais
Tags Anime, Anjos, Aventura, Demonios, Harem, Interativa, Magia, Mistério, Romance, Violencia
Visualizações 51
Palavras 497
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Harem, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heya, pequenos cupcakes! Poupando-lhes da longa história de que estamos repostando pela segunda vez essa fanfic, prometo-lhes que dessa vez é pra valer ;u;

Hoje, eu e minha irmã, Mari, iremos apresentar nossa "pequena" e "nova" história (já tem há quase um ano, mas de boas), dando a vocês a possibilidade de participar também conforme o desenrolar da trama e a resposta do público-alvo... bom, vamos parar de blá, blá, blá, né? Boa leitura!

Capítulo 1 - Prólogo: a História


Fanfic / Fanfiction Entre Anjos e Demônios - Interativa - Capítulo 1 - Prólogo: a História

Era uma vez... Não, isso está um tanto errado, “era uma vez” é algo mais usado quando sua história já teve um final, mas nossa aventura recém começou... Que tal começarmos com.... “Há muito tempo”?

 

Há muito tempo, os céus e a Terra travavam uma batalha onde os demônios almejavam o poder dos anjos que, por sua vez, tentavam impedir seu domínio sobre a humanidade. O líder dos inferiores desejava uma energia que os celestiais possuíam e que garantiria a vitória e o reinado dos demônios assim como a dos anjos, este era seu único objetivo, pois, com esse poder em mãos, seria ainda mais fácil derrotar o Soberano e seus anjos, realizando, assim, o sonho do diabo, que era tomar a Terra para domínio próprio e criar um lugar adequado a si, acabando com a vida humana. Lógico que o Céu não poderia deixar algo assim acontecer e, enquanto tivessem essa energia consigo, a vitória deles contra o mal estaria garantida.

No entanto, a batalha estava fervorosa e a chance dos demônios vencerem crescia gradativamente, fazendo com que o Céu tomasse medidas preventivas contra o possível apocalipse. O poder pertencente aos anjos, então, foi aprisionado em uma joia vermelha, mais especificamente, um rubi, que foi confiado a um guardião de confiança, este era o único, além de seu criador, que sabia da figura atual da poderosa “energia”. Com a falta de informação dos demônios sobre essa peça, dificultaria ainda mais o processo, aumentando as chances do bem virar o jogo, porém, no fervor da batalha, essa pedra foi perdida, o que resultou no castigo desse anjo.

A perda desse objeto de inimaginável poder causou várias reviravoltas na batalha, os celestiais enfraqueceram-se severamente sem a joia, pois ela era responsável por 50% da força dessa raça, isso fez com que pudessem ser facilmente derrotados naquela ocasião; já os demônios perderam a esperança, quando perceberam que a energia lá não se encontrava, recuaram rapidamente porque temiam os inimigos, apesar destes estarem fracos. Agora, a poderosa força que garantiria o reinado de ambos estava perdida no mundo dos humanos.

Os anos se passaram e a raça celestial teve de arrumar outro jeito de se fortalecer, pois a falta do rubi, como já citado, diminuíra sua força, porém, com o tempo, tornaram-se quase tão fortes quanto eram antes na intenção de compensar a perda; com os demônios, assim como os anjos, facilmente criaram a vontade de procurar em terra a localização daquele poder, iniciando-se uma busca frenética pelo reinado do mundo.

O que ninguém ficou sabendo foi que, durante uma escavação, um pobre minerador encontrou a pedra e, em busca de dinheiro, vendeu o rubi para uma família rica que o transformou em um acessório refinado, presenteando sua filha com este, assim, a joia passou de geração em geração até chegar a uma criança, tal qual teria uma grande influência nessa jornada, esta que possui romance, aventura, mistério e bastante emoção...

E é ai que nossa história começa, vamos la?


Notas Finais


Críticas? Sugestões? Teorias? Comenta aí!
#NãoSejaUmFantasma

Um beijo e um morcego, bai~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...