História Entre anjos e demonios - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Demonios, Drama, Romance
Visualizações 40
Palavras 673
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Luta, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Vida de anjo


Fanfic / Fanfiction Entre anjos e demonios - Capítulo 1 - Vida de anjo

Oi, meu nome é Nicole, tenho alguns milhões de anos e sou uma anjinha da guarda, sabe até que é legal ser anja da guarda mas infelismente não sou eu quem escolho a criança que irei proteger do mal.

Tenho olhos castanhos como avelãs, cabelos amarelos como ouro, pele branca e macia como seda, visto um vestido branco com alguns detalhes prateados, minhas asas são tão grandes que a ponta delas arrastam no chão.

O céu é um lugar bem agradável, quando piso nas nuvens elas são geladinhas e fofas como...como algodao só que frio, os anjinhos e anjinhas ficam brincando de pular nas nuvens escuras e as vezes eu não resisto e pulo também...então me perdoe se vc ja se assustou com um trovão muito alto...as noites no céu são as mais belas, a lua fica pertinho de você junto as estrelas é lindo de mais!

Já fui anja da guarda de varias crianças mas eu tenho minha favorita, um garoto de 14 anos chamado nathan, ele tem a pele muito palida com varios cortes, cabelos e olhos negros como a escuridão, um olhar sem esperança e cheio de olheiras, ele não fala muito e só gosta de ficar chorando e suspirando. Sabe todos ficam longe dele por acharem ele estranho mas eu sou a unica que sei que ele é o garoto mais doce que eu ja vi em todos esses milênios. 

Antes de eu ser a anja da guarda dele, ele se cortava muito, chegava a beber as bebidas alcoólicas do pai e fazia outras coisas que nao quero lembrar. 

Hoje eu estou indo todos os dias visita-lo e até que o nathan melhou muito, descobri que ele não é um garoto mal e sim um garoto muito bom. Todas as noites ele sai de casa escondido para cuidar dos gatos e cães de rua, ele canta para as crianças todos os fins de semana e todas as noites antes de dormir ele conversa comigo. 

Ele sempre consegue conversar comigo pois esse garotinho de Deus consegue ver coisas que poucas pessoas veem. Então é assim todas as noites...ele veste seu pijama, abre a janela e senta na cama me esperando.

Nathan- oi Nicole 

Com um olhar bondoso e com uma voz calma eu falo com o pequeno garoto

- oi nathan

Nathan- eu...estou vendo mais sombras que o normal...

Eu acaricio seu pequeno rosto e o olho nos olhos

- oh fique calmo nathan é só ter fé e não pensar em coisas ruins. Quando ver uma sombra não demonstre medo, se demonstrar medo vc vai estar fazendo uma coisa que eles gostam 

Nathan- e se eles falarem comigo ou encostarem em mim?

- ignore-os e ore o maximo possivel não precisa ser em voz alta, em pensamento ja serve

Nathan- eu...ando sonhando com um demônio

Eu acabo ficando surpresa e arregalo os olhos

- u-um demonio?

Nathan- sim...

Ele sai da cama, caminha até seu armário e la ele pega um desenho, ele senta novamente em sua cama e mostra o desenho. Eu fico mais surpresa ainda ao ver o desenho do garoto que protejo.

O desenho era de um garoto, pele branca, cabelos negros com pontas avermelhadas, olhos laranjas como fogo, chifres e cauda longos e afiados

- você sonha com ele todas as noites?

Nathan- sim...ele fala que vai me pegar e vai me banhar no fogo

Eu o abraço e falo calmamente

- eu vou dar um jeito nele ok?

Narhan-  ta bem

Eu seguro gentilmente seu rosto e o olho nos olhos

- eu sempre vou te proteger nathan 

Nathan- mas...e se um dia eu te decepcionar e vc ir embora?

- vc nunca vai me decepcionar 

Eu beijo sua testa

- agora vai dormir que amanha vc tem aula

Nathan- ta bem

Ele se enfia entre as cobertas e fecha os olhos enquanto eu acaricio seus cabelos até adormecer. Eu saio voando pela janela, sento em minha nuvem e observo o céu estrelado

- o que eu faço com esse demonio? Eu...nao posso falar com ele se nao o pior pode acontecer! Ai oque eu faço?!?! Eu salvo o nathan ou eu converso com o demonio e sou expulsa do céu?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...