1. Spirit Fanfics >
  2. Entre apostas (sasunaru) >
  3. Declaro isto,como um sete de paus!(capítulo 2)

História Entre apostas (sasunaru) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa as cartas do lado direito ficaram pequenas

=(

Capítulo 2 - Declaro isto,como um sete de paus!(capítulo 2)


Fanfic / Fanfiction Entre apostas (sasunaru) - Capítulo 2 - Declaro isto,como um sete de paus!(capítulo 2)

{Naruto on}

Outubro dia 10

Estou aqui em minha casa na sala de estar, esperando uma amiga vir me visitar, alíais hoje e meu Aníversario, muitos ômegas não ficam felizes ao completar 16 anos...como estou fazendo agora...mas sinceramente não estou me importando com isso,claro que agora em diante minha vida vai mudar...eu tenho conciência disso , mas não vou deixa-la mudar para pior,quero ser um ômega livre...sem nenhum alfa para me comanda ou mandar em mim,nem ser um brinquedo sexual.

Minha mãe e uma ômega mas mesmo assim e muito forte,tenho uma grande inspiração nela...não e diferente com meu pai que também foi meu exemplo de vida, meu irmão também se inspira nos dois...eu tenho certeza disso, mas não tenho certeza se escolheu o caminho certo, claro que essa era a caminhada destinada aos ômegas...mas também somos sensíveis não deveriamos abaixar a cabeça.

Por culpa destas pessoas que o mundo continua assim...níguem toma uma atitude diferenciada sempre o mesmo caminho .... Não posso dizer que sou igual eles não e mesmo? Sou completamente diferente mesmo sendo ômega quero entrar no mundo das apostas e comanda minha propría vida.

-Naruto-kun esta aí? - ouço batidas na porta e vou até a mesma,abrindo-la encontro Hinata uma grande amiga minha também ômega.-

- Entre Hina-chan - dou passagem para a mesma passar. - e então? Oque vamos fazer hoje? - digo animado já fechando a porta quando ela passou, a vejo senta no sófa aparentemente nervosa.-

- então Naru...que tal ficarmos em casa hoje sim? Podemos fazer várias brincadeiras e também deixar o papo em dia..oque acha?.

- mais Hina...- fico desanimado pois eu realmente não queria ficar em casa hoje..poxa... e meu dia porque devo ficar trancado em casa? - realmente eu não quero ficar em casa o dia inteiro, não tem nada interresante para fazer, a não ser conversamos que dá para fazer muito bem enquanto caminhamos não? - lhe sugiro.

- sim Naru mas eu prefiro ficar em casa...- falou e percebi que ela começou a ficar inquieta, porque essa insistência toda? Será que...ahh agora eu entendi.

- Hina-chan - Falei em modo provocativo vendo que a citada olhou para mim rapidamente, talvez curiosa pelo meu comportamento repentino. - por acaso você não quer que eu saía por causa das apostas? Esta com medo que alguém queira aposta em mim?.- a vejo ficar quieta e mais nervosa, já tirando minhas dúvidas .

Eu realmente não a culpo por se preocupar , alíais e isso que todos alfas e betas fazem aqui , apostam pelos ômegas serem seus talvez por apenas uma noite ou para ser seu 'totalmente', também não esquecendo de serem escravos ou algo pior...e eu não suporto a ídeia de alguém apostando em mim ou apostarem por mim, sinceramente prefiro que alguém aposte em mim doque alguém apostar em meu lugar para me defender...não gosto de ser resgatado e se me ajudarem foi por que quiz não tenho obrigações em agradecer .

Mas voltando ela pode se preocupar mais ainda por eu não me importa com nada ou simples conta tudo sobre mim para quem pergunta...haha falando isso as pessoas devem me achar um doido, mas oque eu posso fazer se os alfas e os betas as vezes virem para meu quintal e me encontrarem, eles simplesmente se interresam e perguntam minha idade para saberem se podem me ter no caso me aposta caso alguém seja contra e jogue por mim ou talvez outra pessoa estiver interresada e os dois apostarem para quem fica comigo...

Mas para níguem ficar em dúvidas todos temos que estar com nossas identidades para confirmarem nossas idades , já que alguns costumam mentir para não entrarem nesses tipos de coisas...mas nunca e uma boa ídeia fazer essa escolha sendo que assim você leva uma punição que não faço a mínima ídeia de qual seja , pois não tenho interrese em mentir e nunca pergunto para aqueles que foram punidos qual seja a punição ... Já que vejos eles sempre incomodados e inseguros talvez tenham pegado algum tralma e não confiem em mais níguem...

- desculpa Naru...mas não quero que você enfrente esses tipos de coisas..- começou falando mas deu uma pausa abaixando sua cabeça.- você e virgem...e não quero que enfrente esse tipo de coisa, talvez seja tramautizante...não sabemos que tipo de pesso vai lhe querer..-diz deixando algumas lagrimas cairem.

Eu realmente sei noque eu estou enfrentando...não nasci ontem...estava preparado pois eu sabia que este dia chegaria uma hora ou outra , e eu devo enfrenta-lo não abaixar a cabeça para qualquer um...isso me lembrou quando disse uma coisa para a minha mãe e ela ficou em choque,mas depois compreendeu e me ajudou a reação do meu pai não foi diferente, não pude conversa com meu irmão ainda...ele sumiu faz um ano e meio então não pude conversa com ele...

- Hina eu entendo sua preocupação.- me levanto e fico em pé em sua frente logo em seguida me agacho ficando em sua altura pegando seu queixo e levatando sua cabeça para me olhar nos olhos.- mas deveria saber que não posso ficar aqui trancado em casa para sempre eu devo sair uma hora ou outra... Não há escapatoria para isso, sabe que eles podem muito bem invadirem meu quintal novamente e me achar, já que ômegas não tem direito de recusar qualquer oferta...- ao dizer essa frase reviro meu olhos fazendo Hinata rir . - mesmo assim tenho que sair hoje mesmo para organizar minha festa não e mesmo? Meus pais disseram que foram compra um presente para mim...mesmo eu insistindo que não precisa...eles são muito teimosos hinaaa.- Hinata dá uma gargalhada.- e também como eu disse que ia me encontra com você eles disseram que podiamos compra os preparativos das festas e eu aceitei como um ótimo insistente que eu sou! - fico orgulhoso e Hinata dá outra gargalhada.

- então temos que escolher os preparativos? - pergunta para mim que acena com a cabeça . - então vamos apenas compra algumas que gostamos como modificação a festa enquanto eles compra o resto no caso e arrumam...hum..-fez um som pensativo.- então vamos! Onde vai ser a festa?

- acho que vai ser em um salão do centro da cidade no parque. - falo enquanto levantamos e começamos a caminhar para comprarmos os preparativos para modificar a festa ao nosso gosto hehe.

- mas vocês não perdem tempo heim hahaha.- fala dando uma gargalhada e olhando ao redor.

É foi agora que percebi que tinha um chupão no pescoço da Hinata...se vermos com bastante atenção dá para ver mas bem claro mesmo porque pelo oque eu percebi ela passou maquiagem e esta escondendo muito bem já que não foi muito a cima , ótimo quem foi o filha da puta?

-Hinata....- a vejo me olhar.- quem foi que deu esse chupão em você?

  - níguem...n- a interrompi.-

- níguem? Foi alguém sim!esse tipo de coisa não se faz sozinho....porque simplesmente não fala....não confia em mim?-paramos de andar.

- eu confio em você....-deu uma pausa como se estivese pensando oque iria falar em seguida.-foi um dos apostadores...acabou que antes de ir na sua casa e aqui...alguém acabou me pegando...-Hinata fala com um semblante  trite e logo vou abraça-la.

Eu e Hinata temos 16 anos...mas ela faz aníversario antes de mim e resultou que ela foi alvo de apostas... É seus seios não ajudaram muito no prôcesso...muitos vão para cima de si pelo seu corpo e principalmente os peitos , eu realmente espero que ela encontre seu amor verdadeiro... Que alguém a preocure por suas qualidades e defeitos também....claro que níguem e perfeito mas sempre tem alguns pares que usam esse verbo... ' perfeição ' aos seus companheiros.

- vamos? Não quero me atrasar com as coisas! Esqueça isso e vamos começar as compras. - fala Hinata depois de nós separarmos .

- ahh...oky! Vamos nessa . - falo me animando novamente.

Começamos fazendo as compras para a comemoração,e realmente foi divertido,no momento estamos indo para a praça de alimentação.

É claro que estavamos correndo para ver quem chega primeiro e acabou que eu trombei em alguém era um homem com cabelos branco,pele branca e estava usando um óculos ao meu julgar suas roupas não era uma das melhores e não trasmintia nenhum cheiro dando a perceber que era um beta.

- me desculpe senhor. - digo fazendo uma referencia e logo em seguida ouvindo risadas e vendo Hinata se aproximar encolhida.

-você é um ômega? - aceno com a cabeça.- quantos anos tem?

- 16 anos.- respondo.

- ótimo! Então vamos porque o quero por uma noite!

-desculpe senhor....-dou uma pausa para ele me dizer seu nome, oque não demorou muito .

- Kabuto..meu nome e Kabuto...oque foi algum outro alfa esta interresado em si ou alguém vai lhe defender?

- nenhum dos dois.- sorriu para ele que fica confuso.- não vou com você porque eu não quero!.- o encaro seriamente vendo que o outro me olhou com raiva.

- não importa você não tem escolha venha logo.- pegou meu braço violentamente me fazendo sentir uma leve dor, apesar de ser um beta ele ainda sim e de um status maior que os ômegas.- o único geito de si livrar é alguém apostando por você,e no caso não temos isso aqui...- kabuto me falou encarando meu olhos.

- porfavor me pegue no lugar dele! - Hinata se pronuncio chamando atenção de nós dois e a vendo agora ,ela esta encolhida e com a cabeça baixa .

- não e uma má ideia.- lhe olhou com malícia e logo em seguida olhando para mim novamente.- mas no momento estou interresado neste aqui! Então vamos ômega.- me empurou me fazendo quase cair.

Apeses de ser ômega eu realmente não estou aqui para servir alguém, principalmente esse povo nojento....mas eu realmente não os culpo, sei que os frutos que eles são hoje e a criação de seus pais os criando assim desde pequenos.

Mas....hora errada,ômega errado.

- Kabuto...- trago sua atenção a mim assim como a de Hinata também.- se não quer resolver as coisas com um dialogo vamos resolver com algo tradicional.- me viro em sua direção o encarando  e vendo sua concentração toda para mim.- vamos aposta!.- lhe estendo minha mão o vendo ficar incrédulo assim como Hinata que agora esta com a cabeça erguida .

- isso e loucura. - Kabuto se pronuncia.

- para falar a verdade a você isso e uma surpresa não uma loucura.- sorriu olhando paro o mesmo.- temos regras que ômegas não devem jogar por serem sensíveis e frageís e por nunca aceitarem uma aposta por não saberem jogar e os chamam de ínuteis...e quando um ômega aceita...você fica surpreso? Hum? Mas...o conceito dos ômegas foi proibido e vocês sempre querendo dar um de herói,e roubando a atenção do ômega...hahahah....eu não sou igual a eles querido...então vai aceitar?.- o pergunto mais uma vez.

- eu não aceito esse absurdo! Ômega deve ficar calado e quieto eles são  de um status inferior....não tem esse direito , e como você disse temos regras que ômegas não devem jogar...- fala Kabuto.

- regras que não devem....não que não podem! - lhe respondo. - esta com medo de perde para um ômega? Por uma classe inferior?

- Claro que não! Eu nunca perderia para você! Eu aceito a aposta.- Kabuto diz as últimas frases alto o suficiente para todos ouvirem assim formando uma roda ao nosso redor...

Pelo oque eu estou ouvindo eles estão perguntando um para o outro quem sera o oponente...tsk....povo ridiculo não estão vendo que tem apenas três pessoas no meio da roda?

- então vamos começar...Ômega.- Kabuto diz e todos ao redor se supreende.- os produtores já arrumaram nosso canto de aposta...

Não vou mentir eu estou nervoso e ancioso ao mesmo tempo...essa sera a minha primeira aposta...

Isso me lembrou novamente a reação da minha mãe quando contei para ela...

{Flashback on}

- Mamãe - a chamo

- sim meu bem? - se abaixa em minha frentre.

- o papai participa de várias apostas...certo? - a vejo concorda.- então mamãe! Eu também quero apostar. - falo animado a vendo ficar em choque por um tempo.

- então você quer apostar como seu pai?- me lançou um sorrido sincero.- então vai ter que treinar pra isso, você sabe como e a vida dos ômegas não e mesmo?

- sim mamãe! Eu conheço a regra e as coisas...-digo meio triste.- mas vou mudar meu caminho...não vou fazer a mesma coisa que eles, quero seguir meu proprío caminho, não quero ser comandado ou decidido por outro.

- então esta bom meu bem...- Kushina diz acariciando meus cabelos.- vou lhe apoiar a na hora certa faça seu caminho como quiser ... Mas lembre que não sera facíl, vou te encinar alguns jogos e apostas para aprender e irei conversa com seu pai! Assim irei pedir para ele lhe levar junto a ele nas apostas oficiais.

- obrigado mamãe.- pulo em seu colo e a abraço.

{Flashback off}

- então vamos a primeira partida...como você e iniciante vou manda uma aposta simples e facíl. - diz Kabuto debochando de mim, agora me pergunto se ele escolheu uma facíl porque esta com medo de perder esta partida.- iremos jogar mau mau...um jogo simples e de sorte o que tiver uma mão melhor vence teremos apenas 3 partidas para por acaso tenha empate oque eu acho impossível acontecer... O jogo e simples, ele e igual ao jogo ' UNO ' não sei se conheçe mas se joga igual....a única diferencia e que as cartas são diferenciadas , jogaremos as cartas conforme a cor e o número na tacada isso vale para as outra que tem simbolos diferentes e não números então assim elas só podem jogar conforme a cor.- diz tirando uma carta do monte que estava presente.- essa carta com um simbolo redondo e um traço no meio significa pular o adversários proxímo e no nosso caso você ira me pular e jogar novamente já que temos apenas dois participantes.- explicou colocando a carta no fundo do monte e pegando outra em seguida.- também temos esta com setas circularem que significa trocar a tacada ou dar um giro na roda mudando as posições também , a carta se chama "inverter".- faz o mesmo processo de antes pegando outra carta.- este se chama " Compre duas ". Quando esta carta é jogada, o próximo jogador precisa comprar duas cartas e perderá a vez...-pega outra carta.- " Curinga " A pessoa que jogar esta carta exige qualquer cor para continuar a jogar,inclusive a cor que está sendo jogada no momento, se assim desejar. Um curinga pode ser jogado a qualquer hora, mesmo que o jogador tenha na mão outra carta que possa ser jogada.- pega outra carta.- " Curinga compre quatro " A pessoa que jogar esta carta determina a cor que continua o jogo. Além disso, o próximo jogador precisa  quatro cartas da pilha e perde a vez.- guarda a carta no final do monte também.- Temos também uma regra que não deve ser esquecida... Quando só restar um carta o jogador precisa 'gritar' " MAU MAU" ( que significa "uma" ). Se ele não o fizer, deverá compra duas cartas da pilha. Entretanto, isto só é necessário se ele for apanhado por um dos jogadores.

- então vamos começar? - Kabuto diz e eu concordo me sentando em uma cadeira.

Logo as cartas foram embaralhadas por mãos abilidosas e gestos  impresionantes que dá até inveja...depois de embaralhar as cartas foram destribuidas aleatóriamente aos jogadores.

Ótimo! Ganhei uma mão média...

- sabe Naruto...e melhor você desistir...- o encaro seriamente.- minha mão esta ao favor da vitória ... - o vejo sorrir e acenar com a cabeça.

- melhor não conta vitória antes da hora...- enquanto o mesmo esta distraido olhando suas cartas e para mim,eu pego um espelho e coloco ele em minha frente a mesa, apenas para ver meu rosto e ver se tem algo errado em minha cara.

 

- haha está se produzindo para quando perder já estar pronto para mim? - diz Kabuto sorrindo covencido.

- estou apenas vendo se a algo estranho em meu rosto para o senhor olhar tanto para ele . - sorriu olhando para si.

- então chega de papo furado e vamos começar. Lhe faz as honras de começar?-diz sorrindo para mim.

- claro...porque não...-digo colocando uma carta amerela com o número sete como em baixo tinha uma carta amarela também.

Kabuto logo em seguida coloca duas cartas amarelas com o número cinco. Assim ficando com uma carta a menos que a minha. Olho para o espelho novamente o logo para as minhas cartas , tacando assim uma carta vermelha com o número cinco também. Vejo de relance algumas pessoas ao redor ficarem tensos com a partida, mesmo sendo um jogo comúm não deixa de ser desafiador.

Mas...isso está ficando interresante...se e assim que vamos jogar, vou testar algo.

Kabuto logo em seguida taca um vermelho com o número 9 , assim eu taco um verde com o número 9 também , ficando concentrado em suas expressões faciais , para ter uma ídeia de qual seja suas carta, logo dando a perceber que ele não obtinha um verde, colocando no lugar um curinga compre quatro, assim como dito eu pego quatro cartas e me concentro no meu espelho e no rosto de Kabuto, assim conseguindo esclarecer minhas dúvidas, este jogo já estar para acabar...

- Bom kabuto...- o chamo tendo sua atenção para mim.- acho melhor,.. Você...desistir agora.- falo colocando minhas cartas em meu colo de um jeito que não dê para vêr , assim o olhando e vendo seu rosto com o semblente curioso é ao mesmo tempo furioso.

- não vou dar a vitória para você!..está com medo? Se sim pode desistir não vejo problema nenhum nisso.- diz Kabuto.

- não é isso...mas se quer assim vamos continuar...- o vejo olhar em meu rosto e em suas cartas novamente um pouco irritado.- Mas...vou logo avisando , eu já percebi sua tática . - dito isso percebo seu olhar em mim e logo em seguida na minha tacada , taco a carta 'pular' amarela e duas iguais em seguida mas em outras cores deixando a de cima na cor azul, assim pulando ele três vezes seguidas, taco uma curinga compre quatro, e depois quatro cartas seguidas com o número dois e acabando com minha cartas.- mau mau.- digo e o vejo arregalar os olhos assim como todos ali ao redor , e antes que ele começe a falar eu o interrompo.- antes que começe a falar...eu venci a partida, não temos mais outras partidas pelo simples fato de você estar trapaceando, você esta toda hora olhando em meu rosto a cada tacada,bem... Pelo menos era oque eu achava...na verdade você esta olhando para a pessoa que esta atrás de mim...tendo ela como seu ajudante lhe ajudando a trapacear.- digo vendo todos arregalar os olhos, assim pegando meu espelho e pondo eu meu rosto.- como descobrir isso? ... Eu peguei meu espelho por esse motivo,assim tendo a visão do homem atrás de mim lhe fazendo movimentos com as mãos indicando que vocês estão se comunicando atravéz de gestos, foi facíl descobrir qual significa qual por isso a demora das tacadas eu estava prestando mais atenção no homem doque em você!... E descobrir que cada gesto que ele estava fazendo era....-tiro o espelho de meu rosto o encarando novamente.- os números e as cores das minhas cartas. - falo o deixando palido.- também descobrir que estava manipulando as cartas que contém na pilha, o moço que as embaralhou está ao seu favor também...talvez ele esteja devendo uma dívida para você por isso o ajudou... - dei uma pausa para respirar.- não acha estranho você nas explicações conseguir perfeitamente as cartas citadas em suas mãos? Sem ao menos as preocurar na pilha? Quando elas foram entregadas para você...o moço pegou as cartas do meio enquanto para mim foi as dos topo, assim conseguir ver a cartas que estavam em baixo, vendo que nelas tinha as ordens perfeitamente, percebendo isso eu conseguir saber exatamente cada carta que esta no monte, assim na hora de mim as pegar eu consegui acerta e pegar as cartas com os número 2! Assim consegui minha vitória!.- termino minha explicação e vendo todos ficarem surpresos, assim eu me levanto e fico de seu lado pegando seu queixo para eu o olhar nos olhos.- declaro esta partida como, um sete paus.

Assim que falo me retiro do local tentando localizar Hinata para irmos embora dali.

~•• CONTINUA ••~

Sete de Paus:sugere obstáculos superáveis no caminho do sucesso, vitória e ganho.


Notas Finais


Erros serão corrigidos depois {não betado}
Desculpa por qualquer erro órtografico.
Capítulos postados todos os domingos no horario 21:00 as 22:00 da noite

Pergunta : se eu posta uma nova fafict só que naru×uchihas vocês iriam ver?

Comentem porfavor :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...