História Entre as Memorias O Passado Esquecido - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines
Tags Bildip, Bill, Dipper, Gravity Falls, Mabel, Pacifica, Yaoi, Yuri
Visualizações 73
Palavras 1.839
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Iai meuxs lindus...eu sei que demorei pra postar mas eu to aqui okay pare de me xingar mentalmente......

Capítulo 22 - Porque Nada Está Dando Certo?


Fanfic / Fanfiction Entre as Memorias O Passado Esquecido - Capítulo 22 - Porque Nada Está Dando Certo?

Quarto selo rompido: A chama do Caos


Estou novamente sentado no chão pensando o quanto minha vida é uma merda. (Toda hora do dia eu penso nisso -_-')


Depois de toda aquela comoção, Stan convencei Ford a deixar pelo menos eu e Bill colocarmos alguma roupa. Claro que ele deu um tempo de 7 minutos para gente se arrumar.


Bill esta colocando uma camisa preta enquanto eu estou sentado em cima da cama com uma camisa qualquer e uma cueca também. Abraço minhas pernas observando o corpo de Bill esculpido ser coberto com uma camisa preta.


-Bill...-o chamo com a voz rouca e lenta.


-Sim Pinetree?..-voltando sua atenção a mim ele me olha de um jeito diferente. De um jeito preocupado. Pelo visto não é só eu que estou assustado com essa situação.


-Vamos fugir?...


-QUE!!?


Minha pergunta o pega desprevenido. Sinto confusão em seu olhar. Claro não é todo dia que Dipper Pines o nerdão fala para um demônio, para eles fugirem de seus tivos que provavelmente os vão separar.


Essa situação até parece Romeu e Julieta.


Com essa minha observação quase rio mas estou serio olhando para o Bill.


-Pines olha eu não sei o que você está pensando mas isso não é uma boa ideia..!


-PORQUE?-O interrompo com raiva-...Porque ninguém quer que a gente fique junto? Isso já aconteceu antes nos fomos separados no passado. Não percebe que estão fazendo isso de novo??? ISSO É UM SACO...


Enfio minha cabeça no meio de minhas pernas e começo a chorar. Não de medo e sim de raiva. Parece que todo o universo conspira contra mim.


Parece que ele não quer que eu seja feliz.


Bill como esperado logo vem ao meu consolo me abraçando e me conforta como só ele sabe fazer.


-Hey..hey..você sabe que isso não é uma boa ideia!..-ele levanta meu rosto secando as lagrimas de raiva.


-Por que não? Por que a gente não pode fugir para algum lugar ou sla alguma dimensão. Ficarmos juntos felizes para sempre. Ter uma família um cachorro demoníaco ou sla!! Por que a gente não pode ser feliz por alguma vez?- o encaro. Vejo seu maxilar tenso, sinto que ele esta se controlando para não me pegar agora e escapar comigo.


-Dipper você sabe que não é bem assim! Se nos fugíssemos agora Ford iria dizer que eu te raptei que eu sou o culpado e..


-Eu to pouco me ferrando para que o Ford liga!


-Mas eu ligo Dipper olha bem o que você está falando..-eu o olho confuso- Você está me pedindo para te tirar da sua família e eu não quero isso. Eu já quase causei a destruição dela e não quero causar de novo...-ele beija minha testa e me olha melancólico.


-Mas Ford não vai te aceitar aqui!!Ele vai te MANDAR EMBORA...E....E...e eu não quero isso..-recomeço a chorar em seus braços.


"Ele é quente. Não quero perder esse fogo. Não quero voltar para o frio"


Bill me abraça mas forte afagando minha cabeça.


-Mesmo que ele não aceite e me expulse daqui a gente vai achar um jeito de se ver não?


-E se der errado?- eu o olho serio -...E se Ford me fazer te odiar?..-sinto-o engolir um seco-. E se eu perder minhas memorias boas com você de novo??- sinto novas lagrimas virem átona-...POR QUE O MUNDO TEM QUE SER ASSIM????- Grito-...POR QUE EU NÃO POSSO FICAR COM QUEM EU AMO????


Um silencio se faz no cômodo o único barulho era de meu choro. Olho para o ser que até agora não tinha falado nada e me deparo com uma sena inusitada.


Bill me olhava chocado. Nitidamente mesmo com a luz desligada eu podia ver a vermelhidão em seu rosto. Me assusto pensando que era uma febre súbita ou sla o que. Tento colocar minha mão em sua tentas mas meu ato é parado.


Me puxando contra si Bill me beija. Um beijo tão diferente dos outros. Tão tranquilo, sincero e puro. Não ouve invasão em minha boca. Só um selar de lábios leve, mas que foi o melhor de todos os beijos que já recebi do mesmo.


Quebrando o contato dos lábios. Bill me olha com um olhar tão AHHHH...eu poderia morrer ali mesmo. Era um olhar tão serio tão, tão como eu posso te explicar....era surreal algo de outro mundo. Era como que para ele eu era a única coisa daquele cômodo não...não, do universo. A intensidade do seu olhar era tanta que acabo corando sem mais e nem menos.


Tento me afastar pela vergonha mas sou impedido pelo ser em minha frente que cola nossas tentas me abraçando mas não tirando seus olhos dos meus. Tento desviar o olhar mas não consigo. Estava preso a pessoa a minha frente.


-Suspira* Incrível...com simples palavras você me faz ficar louco..-estava prestes a questionar o mesmo mas ele continua-...Incrível como simples atos seus como sorrir ou corar quando eu estou perto, me faz querer te abraçar. Incrível como uma coisa tão frágil e delicada pode ser forte....eu realmente não aguento mais. Você é tudo pra mim a coisa mais importante que eu tive em anos ou melhor em séculos-...fico quieto ouvindo suas palavras-. Quando o Bebê do tempo falou que eu iria perder os meu poderes e iria ter que viver como humano eu fiquei puto. A primeira coisa que eu pensei foi em "Eu tenho que achar o Pines e o matar"....mas quando eu te vi, tão diferente, mais...mais maduro. Algo dentro de mim falou para te irritar e te chatear. No começo foi engraçado mas depois eu fui te conhecendo, conhecendo melhor a pessoa incivil que você era....no final acabei sentindo coisas que eu nunca senti na vida. Simples atos como te ver sem camisa ou ver você corar fazia meu coração disparar. Então eu vi em um filmo algo chamado amor e eu percebi que os sintomas no mesmo era igual quando eu ficava com você............-Sinto o mesmo estremecer.


-Ai você ficou estranho em um dia e depois eu descobri o que tinha lhe acontecido esses anos. Saber que abusaram do seu corpo daquela maneira me deixou puto. Minha vontade era de ir aonde aquele cara estava e mandar ele cata coquinho no inferno..-dou uma risada curta com sua expressão um tanto cômica- e depois veio o dia em que a gente transo...nossa eu nunca me senti tão satisfeito em toda minha vida- algumas lagrimas caiam de meu olhos-...foi naquela noite quando eu te vi adormecer em meus braços que eu percebi que te amo...te amo tanto que dói ficar longe de você. Dói pensar em te perder....por isso que eu também não quero te deixar..............Não quero deixar a pessoa que eu amo para trás....


As palavras não saem da minha boca. Minha garganta se fecha de um jeito que ate respirar fica difícil. Tento lhe tocar mas não tenho forçar. Tento fazer qual quer coisa mas meu corpo não se mexe nada acontece. Só consigo te olhar e chorara. Meu peito dói tanto.....mais tanto que chega a ser insuportável ao ponto de eu me encolher.


-Dipper!!!!- ouso sua voz assustada-...Ei cara essa não é uma b-boa hora para ter uma crise de respiração de novo....- ele tenta me acalmar mas fico negando com a cabeça. Sei que ele fala comigo mais eu não ouso nada. Fico em meu mundo repetindo a mesma frase incontáveis vezes.

 


"Ele me ama"

 


"Sou amado"

 


Uma felicidade me atinge a cada vez que pronuncio as mesmas frases em minha mente.


"Tudo pode ficar melhor agora não? Ele me ama...nada pode separar a gente"


-Pinetree respondeee...eu to preocupado aqui omiiii........


-E-eu...eu....- não consigo dizer só fazer. Pulo em seus braços o beijando. Um beijo tão bommm....pareço uma criança que acaba de ganhar um doce. Separo nossos lábios e encaro o demônio confuso em minha frente-....Eu ta-tambem te amo........Sempre te amei.


Depois de toda comoção nós nos trocamos. Algumas vezes acontecia umas caricias aqui e ali mas não eram de luxuria e sim de paixão.


Claro os 5 minutos não foram o suficiente. Enquanto eu estava colocando minha calça, Ford abre a porta e fala que o tempo tinha acabado. Mas se depara comigo me arrumando e com Bill sentado na cama.


Ele olha feio para Bill e depois fala que já esta na hora de descer.


Desço as escadas tenso. Tensão que diminui quando Bill segura minha mão. Olho para trás e sorrio para o mesmo recebendo um sorriso bobo de volta.


Stan estava em pé na sala logo Ford se junta com o mesmo. Fico de frente com eles e com Bill logo atrás de mim.


-Então Dipper pode começar a explicar!


Começo a explicar tudo. Desde meu primeiro encontro com Bill. De como Mabel sabia sobre ele e claro sobre nosso contrato. Ford tenta esconder o desgosto de ouvir de mim  de como Bill era inofensivo ou de como ele me ajudou e tals.


Claro que eu não contei as partes mais intimas né!


-Então você esta me dizendo que vocês dois estão presos por um contrato!


-Sim!- Bill é mais rápido que eu e afirma com serenidade.


-E que esse demônio não pode machucar ninguém dos Pines e sim ele tem que proteger eles....


-Sim..-agora é minha vez de concordar.


-E que em troca dessa proteção Dipper tem que ensinar a Bill sobre os humanos.


-Simm!- dessas vez nos dois confirmamos.


-ISSO É LOUCURA!!!


-Hey Ford acalma. Você não esta vendo a verdade nas palavras dos dois? Para mim esta nítido que...


-Dipper facilmente pode estar sendo manipulado e...e...- interrompo Ford com raiva.


-Eu já falei que eu to bem. O Bill não sabe nem tomar banho direito. Você acha que ele vai conseguir matar a gente ?- recebo uma cotovelada do demônio ao meu lado mas ignoro- E ainda por cima ele não tem todos os seus poderes...


-Dipper você não entende ele...


Sinto braços abrasarem minha cintura. Levo um susto e olho para trás me deparando com Bill de joelhos no chão me abraçando por tras.


-Mas que merda você pensa que esta fazendo Cipher???


-Ué essa conversa está muito chata....- olho para Ford e vejo sua cara vermelha de raiva.


-Merda Bill você sabia que ele ficaria com raiva né!!!- sussurro só para ele ouvir recebendo um biquinho de irritação do mesmo.


-Suspira* Tanto faz isso já esta decidido. Eu não quero mais ver sua cara nunca mais e também não quero te ver com meu neto.....


-O QUEEEEE?- falamos em uni solo....

 


"Tudo pode ficar melhor agora não? Ele me ama...nada pode separar a gente"

 


Era o que eu pensava ate tudo que eu amava ser arrancado de mim....


Quinto selo rompido


O amor que foi destinado deis de muito tempo e que finalmente ficou junto é separado pelo egoísmo. Duas almas feitas uma para a outra são separadas causando um desequilíbrio entre as duas. Uma é forte mas a outra já sofreu muitos danos e esta a beira do colapso eminente que vira em destruição.


Quinto selo rompido: O final se aproxima em derramamento de sangue.
 


Notas Finais


Não se preocupem essa fic só esta começando....

Provavelmente eu terei que fazer 2 temporada da fic..ou dar um jeito sla vamos ver como ele se sair...

Obrigado pelo seu apoio eu fico muito feliz em receber comentários de vocês isso me alegra a continuar essa fic delicinha...


Já perdi a conta de tantos "SLA" que eu coloquei nesse cap kskskskskskks
Bjs amores =w=


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...