1. Spirit Fanfics >
  2. Entre becos e vielas.(sasusaku) >
  3. Cap8 Eu vou te proteger

História Entre becos e vielas.(sasusaku) - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Cap8 Eu vou te proteger


Fanfic / Fanfiction Entre becos e vielas.(sasusaku) - Capítulo 8 - Cap8 Eu vou te proteger


 Me encontre pensando nesse exato momento porque não me matei quando tiver oportunidade porque não me joguei daquela maldita ponte ou não me joguei na frente daquele carro? Se eu estivesse feito essas coisas não estaria sendo abusada outra vez.

    utakata: você não sabe o quanto está me deixando louco andando por aí como se fosse uma santa, eu sei que você é uma puta, que você é uma vadia_ de merda__ o monstro beijava e lambia o meu pescoço e eu só sentia nojo de mim e nojo dele e uma vontade Insana de suicídio.

   utakata: mas que você é uma gostosa você é, isso eu tenho que admitir, o morro inteiro quer te comer e eu vou ser o primeiro__ tentou me beijar à força mas eu empurrei ele, quer dizer Tentei.

   Sakura: por favor eu te implor..._ tampou minha boca com suas mãos imundas.

   utakata: quentinha, eu vou ser carinh..._ não terminou de falar pois seu corpo foi arremessado com força contra parede.

   Susano pov

   Já são 22 horas e ainda estou na boca resolvendo uns bagulho, muito problema Muita gente me devendo, o que eu acho engraçado aqui no morro é que eles me roubam e pensam que eu vou  perdoar, agora e me encontro com ser filha da puta atrás da boca porque ele roubou metade do meu carregamento.

    Susano: não vou perguntar outra vez, Onde está o meu carregamento que você roubou?__ Indago calmo frio como sempre

   Kabuto: roubei nada não chefe, sempre fui fiel a ti mano, você sabe tenho família__ o desgraçado é bom de lábia qualquer um cairia no seu papo mas eu não, não comigo.

    Susano: deixa de caô caralho, eu sei que foi você, é sua última chance se não te mato, cadê minhas drogas porra__ aponto a arma em sua direção

    Kabuto: perdão chefe eu tô sem grana, não tô conseguindo sustentar o barraco, a patroa tá grávida:

   Susano: pode parar que eu te pago muito bem, tu roubou porque quer, e você sabe que é que roubo não tem perdão__ já tava cheio de ódio sem paciência.

   Kabuto: o chefe misericórdia__ não aguento e gargalo alto bem, alto mesmo, ele arregalou os olhos sabendo bem que eu não estava rindo por estar achando graça mas sim porque ele iria morrer.

    Susano; é a última vez que eu falo isso, para uma pessoa ter misericórdia ela tem que ter um coração___ fui até ele e levantei pelo pescoço, olhei nos seus olhos e vi o medo que ele sentia por mim, e eu já disse isso, eu adoro essa sensação__ e uma coisa que eu não tenho é um coração__ atire sua testa e joguei seu corpo no chão

    Susano: se livra do corpo e deixar 20 mil para família dele, vou dar uma volta __assentiram com a cabeça

    sai da boca e acendi um beck, preciso esfriar a cabeça, tô com tanta raiva que sou capaz de matar outra pessoa, desci o morro devagar sentindo a brisa suave gelada e meu rosto vivo os B que estão vazios escuro Hoje não tem baile aqui no morro, continua olhando e andando até que ouço grito de Socorro que logo em seguida é abafado, não ouvi muitas vezes essa voz mas sabia perfeitamente a Dona.

   Deci mais três becos até achá-la, mas paralisei ao ver a cena que ela se, um vapor antigo meu ah agarrava a força, não sei dizer o que estava sentindo mas o ódio tomou por completo minhas ações, só andei rápido tá eles e o lance contra a parede com força, cai levantando a cabeça e ficando surpreso e com medo ao me ver, ela já sabia que eu o vou torturá-lo até a morte

   Utakata: chefe?__Não falei nada só fui até ele abaixei e deu um soco tão forte em sua cara que desgraçado desmaiou, fiquei olhando para ele parado imaginando quantas formas podia torturalo vou fazer esse filho de uma puta sofrer, até que me lembro da Sakura, olho para ela e meu coração se parte com aquela cena, ela estava paralisada, olhando para o nada sua afeição mostrava medo e pavor, sua linda face estava molhada por suas lágrimas, seus olhos verdes Esmeraldas não carregavam o brilho algum, fui até ela tirei a minha camisa e vestir nela que deixou sem relutância , a abracei, não sabia Oh porque eu estava fazendo aquilo, mas eu sabia que eu precisava fazer aquilo.

    Sakura: Me tira daqui__sussurrou baixo correspondendo de repente meu abraço que me surpreendeu Já faz anos que não permito pessoa alguma encostar a mão em mim

    Sakura: eu quero sair daqui__falou um pouco mais alto, existia pavor e sua voz isso partiu meu coração ainda mais

   Sakura: ele vai me matar, ele vai acabar com minha vida de novo__desesperadamente chorava e soluçava não sabia se ela falava do cara desmaiada no chão ou de outra pessoa

    Sasuke: shiiih calma eu vou te proteger  eu prometo__ pus uma mão em sua cabeça fazendo carinho e coloquei meu queixo em cima da sua cabeça

   Eu prometo Sakura eu vou te proteger


Notas Finais


Desculpem pela demora🤷‍♀️😂


Sempre que eu pus Sasuke enves de susano ,quer dizer que é um Sasuke é mais vulnerável


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...