1. Spirit Fanfics >
  2. Entre Cães - Imagine Megumi Fushiguro >
  3. Cães - Único

História Entre Cães - Imagine Megumi Fushiguro - Capítulo 1


Escrita por: Pequena_Senju

Notas do Autor


Oioiiiiiiiiii meu povo,tia Senju na área,bom ess história eu dedico a @Amii_Kim

Essa é pra você minha flor,espero que goste e aproveite,feliz dia dos namorados adiantados pra você xuxu.

Boa leitura a todos!!!!

Capítulo 1 - Cães - Único


Fanfic / Fanfiction Entre Cães - Imagine Megumi Fushiguro - Capítulo 1 - Cães - Único

Ami

 

Tudo ao meu redor estava um caos,acordei atrasada pro meu trabalho e cheguei atrasada logicamente,recebi esporro do chefe,tirei uma nota abaixo da minha média pessoa na prova de direito na faculdade,e agora de tarde vim passear com minha cadela na pracinha mesmo sem ânimo algum.

 

Não acho que tem como esse dia ficar pior,eu queria que melhorasse porém as minhas esperanças e expectativas pra isso já são zero.

 

Naomi tinha uma animação que me deixava com sono,ela quase me levava junto nas nossa caminhada,suas patinhas indo indecisas pros lados,olho em volta da praça e vou andando com a cadela na guia até o meu costumeiro banco,me sento no mesmo e tiro a guia do pescoço da cachorra,deixando-a para passear livremente por ali e coloco a guia do meu lado no banco,nada que já não fosse diferente da minha rotina.

 

Pego meu celular do bolso e começo a mexer em uma rede social qualquer,rolando a tela do meu celular com o dedo me deparo com a foto dele, Megumi Fushiguro,o cara mais gato da área de Direito,também um modelo,estudo com ele desde a época do ensino médio,trocamos poucas palavras mas desde do dia que ele me ajudou eu tenho uma paixão platônica por ele,alguns garotos estavam tentando abusar de mim e ele me salvou,esse dia eu chorei tanto,se não fosse pro ele eu não saberia o que seria de mim,ele me ajudou a denunciar também e me deu apoio como força e testemunha no julgamento.

 

Eu e ele temos uma amiga em comum,a Nobara,ela é da área de arquitetura,ela tinha me contado que estão rolando boatos que Fushiguro gosta de alguém,isso devo admitir que me deixou triste mas o que eu posso fazer ?

 

Tiro a atenção do meu celular e olho em volta e por obra do destino eu o vejo,ele mesmo,Megumi com seus dois cachorros,um de pelagens pretas e outro de pelagens brancas,dois bem grandes por sinal,já ele usava hadphones apoiados em seus pescoço e uma calça preto com uma blusa branca assim que ele me vê ele solta um sorriso e vem andando em minha direção,sinto meus hormônios pularem de alegria e emoção,sinto um frio na barriga,os sorrisos de Megume sempre foram os mais lindos que eu já vi.

 

- Oi Ami,quanto tempo,como vai ? - ele disse enquanto estava parado na minha frente,seus dois cachorros se sentaram na grama,são muito bem adestrados - posso me sentar do seu lado ?

 

Na hora que ouço isso,sinto minhas bochechas esquentarem e o frio na barriga vir junto,com muita mais força,com certeza já devo estar corada,céus como esse garoto tem tamanho efeito sobre mim ?

 

- Olá Megumi,vou bem e você?,pode se sentar oras - falo meio tímida,e o mesmo se senta e solta as guias de seus cachorros,os deixando livre pra correr livremente - o que faz aqui Megumi,veio trazer seus cães pra passear ? 
 

- Estou ótimo e que bom que está bem,exatamente,e você Ami ?

 

- Vim fazer o mesmo - o mesmo me olha diretamente nos olhos o que me faz desviar o olhar por um momento.

 

- Você também tem cachorro ? - ele me olha curioso e aponto pra Naomi que brincava juntamente com os grandes cachorros preto e branco - ah sim,ela é muito bonita - olho de novo pro mais velho e noto um sorriso em seus rosto,retribuo.

 

- Os seus também são Megumi,Naomi foi jogada no lixo,enquanto passava na rua pra ir comprar meu café da tarde,tinha notado a sacola mexendo,e vi em média de uns 5 filhotes,eu tinha ficado incrédula com a maldade do ser humano com animais indefesos,ai tinha decidido levar todos pra casa,tinha conseguido doar os 4,como só tinha sobrado Naomi,e como me sentia sozinha,fiquei com ela e hoje estamos ai - olho pro chão e depois pro de cabelos pretos,seu olhar era de espanto.

 

- As vezes me pergunto como ser humano pode ser tóxico - olho pra ele e concordo com a cabeça positivamente.

 

Com a conversa fluindo,falamos sobre tudo e mais um pouco,Megumi sempre foi um doce de pessoa,nossas conversas foram da faculdade a vida pessoal,nossa conversa tinha uma vibe tão boa que nem havíamos notado o tempo passar,acredito fielmente que nossa conversa ainda duraria muito se não fosse a bendita gota de chuva que ambos sentimos.

 

- Ta chovendo ? - estendo a palma da minha mão e ergo meu rosto pro céu,sinto mais gostas caírem,só que dessa vez com mais força e mais grossa,até que começa a cair um grande pé d´água - merda - xingo aquela chuva forte que insistia em vir.

 

Me levanto rapidamente do banco assim como Megumi,nossos cachorros vem correndo em nossas direções,coloco a coleira na Naomi o mais rápido que consigo,olho em direção a Megumi que tinha acabado de por a coleira em seu segundo cachorro.

 

- VEM,VAMOS PRA MINHA CASA QUE É MAIS PERTO - o mesmo grita pra eu poder escutar,o barulho da água com o chão e os raios estavam muito alto,o de cabelos pretos segura minha mão e me puxa,mesmo de baixo da chuva consigo sentir o calor da mão de Megumi.

 

Andamos por pouco mais de cinco minutos,e chegamos em um apartamento de pelo visto cinco andares,não parei pra contar,assim que entramos no prédio,o mais alto me puxou direto pelo elevador apertando o botão do terceiro andar,o elevador rapidamente nos leva pro andar desejado,mais uma vez Fushiguro segura minha mão e e me guia até a porta de número 34,ele solta minha mão e retira a chave de seu bolso e destranca.

 

Seu apartamento é bem moderno,suas paredes em tons escuros e bem organizado,tinha um tapete de cor cinca em detalhes pretos de pelo no chão com um sofá de cor também preto,suas paredes em tons de branco e cinza e com algumas prateleiras com livros,como do nada eu vim parar aqui ?

 

- Bom Ami,pelo visto a chuva vai demorar a passar,acho melhor você ficar aqui até ela diminuir,ai a gente chama um uber pra te levar pra casa,pode ser ? - ele tinha andando em direção a janela da sala e observava atentamente a chuva.

 

- T-tudo bem Megumi - olho pro chão,evitava contato visual,seus olhos me trazem uma sensação de êxtase,ele tem um efeito sobre mim maior do que imagina.

 

- Vem vou te mostrar aonde é o banheiro,pode soltar a sua cachorra,depois eu vou secar o chão - assim que ele fala,rapidamente solto a guia de Naomi a deixando solta,espero que ela não me faça passar nenhuma vergonha,o mais alto sai de perto da janela e anda em minha direção e me estende a mão,por um segundo eu não entendo mas logo percebo que era pra lê entregar a guia,e assim fiz,a ponta de meus dedos toca nas suas mão,que por sinal são bem macias - vem,eu te empresto alguma roupa minha.

 

Andamos por um corredor reto,que tinha 3 portas,a do banheiro e onde os cachorros estavam,pelo visto é uma área de lazer,paramos em frente a porta de madeira branco do banheiro.

 

- Esse é o banheiro,meu quarto é do lado e ali do lado é o quarto dos cachorros,pode já ir tomando banho,vou pegar uma roupa pra você e toalha - ele me olha e me preocupo por que ele ta tão molhado quanto eu..

 

- E você Megumi,ta tão molhado quanto eu - olho pra ele,nossos olhos se encontram,vejo seu rosto corar e o mesmo desvia o olhar.

 

- A prioridade aqui é você Ami,vai logo tomar banho e depois a gente vê isso - ele segura meu ombro e com a outra mão me empurra pra dentro do banheiro e fecha a porta - vai tomando banho,vou buscar a toalha e a roupa,e sem reclamar viu ?

 

Me sentido derrotada e sem mais opções,começo a tirar a roupa e vou direto pro box,abro a água e deixo escorrer pelo meu corpo,tento não demorar ali dentro,passo o sabonete e me banho o mais rápido que posso,não quero me sentir culpada por Megumi,quando fecho o chuveiro ouço batidas na porta,me encondo atras da cortina e mando o mesmo entrar.

 

- Vou deixar aqui em cima,vê se não demorar,to fazendo um negócio pra ente comer - assim que eles fala essas palavras ele sai do banheiro sem ao menos me deixar responder.

 

Saio do box e vou andando até a pia e pego a toalha e começo a me secar,é tão cheirosinha a toalha,lavandas talvez,rapidamente termino e começo a me vestir,era um shorts curto de pano preto e uma blusa longa de manga,assim que me visto coloco a toalha no gancho da parede que tem ali e saio do banheiro com minhas roupas,agora úmidas na mão.

 

- Megumi ? - chamei pelo nome pro vasto corredor,andando chego na sala,vejo que ele estava na cozinha,aparentemente fazendo pelo que parece talvez brigadeiro,sinto também pelo cheiro,que por sinal ta um cheiro maravilhoso.

 

- Ah oi Ami,deixe essa roupa úmida lá no banheiro,depois eu vou descer com ela pra lavanderia pra por na secadora  - disse desligando o fogão e colocando a calda de cor marrom em um prato de vidro,e logo em seguida pondo no congelador  - aqui,me dá aqui,vou ir tomar banho então vou levar - ele veio em minha direção e parou na minha frente,estendeu sua mão e eu pus a roupa úmida - eu não vou demorar no banho,fique sentada ali no sofá e sinta-se em casa.

 

- Ok Megumi - ele foi andando em direção ao banheiro e assim que ele entrou eu me joguei em seu sofá - em que eu me meti senhor ? - falei sozinha.

 

Fiquei jogada naquele sofá macio,esperando Megumi sair do banheiro,espero ir pra casa ainda hoje,olho pra televisão da sala e lembrei de meu celular e que o esqueci no banheiro,dou um belo de um tapa na minha testa,o quão lerda e tapada eu sou ? rapidamente vejo o mais alto sair do banheiro,olho pras suas mãos e vejo meu celular em suas mãos.

 

- Aqui Ami,você esqueceu no banheiro - ele se senta do meu lado,que me ajeito no sofá, e me entrega meu celular - ah e a Nobara ligou pra você - assim que ele disse aquilo,me desespero,ela costuma liar já falando merda,imploro mentalmente pra que o de cabelos pretos não tenha atendido.

 

Mando mensagem pra ela no WhatsApp e bloqueio a tela do celular e o deixei no bolso,olho pra Megumi que também olhava pro seu celular,ele rapidamente levanta e vai andando até a cozinha,vou acompanhando ele com a cabeça e o vejo abrindo o congelador e pegando o mesmo prato e indo na gaveta e pegando duas colheres e o vejo pegando um pote também,me levanto pra ir o ajudar.

 

- Me de o pote,deixe o ajudar - peguei o pote enorme de plástico que estava cheio de pipoca.

 

- Obrigado hahhahaah,o risco de eu deixar ter isso cair é enorme - me sento no sofá enquanto megumi desliga a luz,e logo me acompanhando no sofá.

 

- Vamos ver algo ? - olho pro mesmo com o controle na mão,ligando a televisão.

 

- Quer ver algo ? - ele desvia a atenção da Tv pra me olhar.

 

- Podemos ficar conversando,não quero te incomodar - trocamos olhares e eu rapidamente desvio.

 

- Você não me incomoda Ami - o olho de novo e o vejo com uma mão coçando a nunca e com um sorriso sem graça em seus lindos lábios e sorrisos brancos - e eu também acho que você tem o direito de saber,eu atendi sua ligação no banheiro - assim que ele fala aquelas palavras sinto meu corpo se arrepiar da cabeça aos pés - e a Nobara tinha falado que tinha descoberto de quem eu gostava e que você iria adorar saber e que você finalmente teria chances - a esse ponto eu já deveria estar mais vermelha do que a própria cor - Ami - ele põe a mão no meu queixo me forçando ao olhar - você gosta de mim Ami ? 

 

Na minha cabeça se passaram mil e uma formas de eu sumir da li,mas é real,acho que dessa vez não tenho escapatória,me sinto na mesma situação de quando a Nobara descobriu,me sinto encurralada e sem saída.

 

- G-g-gosto - rapidamente desvio o olhar,já me preparando pra um belo de um fora,mas sou surpreendida com uma pressão sobre meu lábios e a mão que estava no meu queixo acariciar minha bochecha.

 

O beijo foi maravilhoso,nossas línguas em uma perfeita sincronia,envolvo meus braços em volta do pescoço do mais alto,em busca de mais contato,levo minha mão até a nuca enfiando meus dedos e puxando de leve os fios macios e sedosos de Megumi,mas como tudo que é bom uma hora acaba,o ar nos faltou,afastamos as nossas bocas e encostamos as nossas testas,abro meus olhos e vejo a linda imagem de Megumi com um sorriso de canto.

 

- Ami,sabe o boato que rola pelo campus que eu gosto de uma garota ?

 

- Sim - o olho e vejo abrir os olhos e me olhar,afastamos de leve as nossas testas.

 

- Essa garota é você Ami - sinto tudo revirar dentro de mim com aquelas palavras,me senti feliz,mais muito feliz,inconscientemente solto um sorriso,em um surto de felicidade pulo na direção de Megumi o derrubando no sofá e o roubando um beijo,tento transmitir todos os meus sentimentos por aquele toque.

 

Depois das declarações e todo o nosso momento,comemos e assistimos um filme,trocamos caricias e dormimos juntos,uns dos melhores momentos na minha vida,e no dia seguinte fomos juntos pra faculdade,chegamos lá de mãos dadas,as pessoas logo começaram a cochichar,recebemos os parabéns de Yuji e Nobara,também recebi a notícia de que a nota da minha prova foi corrigida errada e que na verdade eu tinha gabaritado,com certeza foi um dos melhores momentos da minha vida.

 

 

As melhores coisas veem sempre em momentos inesperados

quem diria que em só um passeio com cachorro daria nisso ?


Notas Finais


Oiiiii povooo,espero que tenham gostado,feito com muito amor e carinho por mim.

Tentarei postar mais durante essa semana,mas se eu não conseguir vou escrevendo depois mesmo,o importante é fazer vocês felizes.

Também quero agradecer a cada leitor(a) que comentou e peço paciência comigo,e por favor,lembrem-se que eu não sou um computador e escrevo a cada segundo do meu dia,eu fico feliz,foram mais de 20 pedidos,to me organizando e de pouquinho em pouquinho eu vou postando,ok?

Obrigado a todos que leram,não se esqueçam de beber água,beijos da tia Senju,fuiiii.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...