1. Spirit Fanfics >
  2. Entre Caos e Deuses! >
  3. A fulga!

História Entre Caos e Deuses! - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente aqui estou eu a trazer mais um divertido cap para vocês eu espero que gostem!

Capítulo 14 - A fulga!


Fanfic / Fanfiction Entre Caos e Deuses! - Capítulo 14 - A fulga!

Eu me via cercada por guardas prontos para dispararem contra mim e me matar, William e Sony se puseram na minha frente com a intenção de me proteger.

Guarda: - Jovens campeões peço para que se afastem da escolhida de Hanabi, ela está infectada com a corrupção do caos e deve ser eliminada antes que se torne uma besta do caos!

Alex: - Uma besta do caos?

William: - O que? Não é assim que uma besta do caos nascer!!!

Sony: - Que baboseira é essa?

Tipha: - Infelizmente é verdade... Os fragmentos do caos não são a única maneira de uma besta do caos nascer! (Surge de trás dos guardas!)

Alex: - Tipha...

Tipha: - Eu sinto muito Alex, mas a sua jornada acaba aqui!

Sony: - Não seja tão fria ela é sua aprendiz!!!

Urso: - Vocês já foram nossos aprendizes, cada um de vocês completou seu treinamento e agora podem chegar a ser mais fortes até mesmo que a gente!

Freya: - Isso não importa agora, precisamos dar um jeito na garota antes que ela se torne uma besta do caos!

Marco: - Eu sinto muito jovem Alex, mas é um mal necessário!

Alex: - Mal... Necessário? (Digo com lágrima nós olhos!)

Sony: - Mal necessário é uma ova eu não vou deixar que a machuquem!

William: - Vão ter que acabar comigo antes de tocar na Alex!

Alex: - Pessoal...

Richard: - Sony, William vocês precisam agir de acordo com a lógica... Infelizmente temos que fazer o que deve ser feito!

Alef: - Infelizmente tenho que concordar com o Richard pessoal!

Vendo que as coisas só estavam piorando eu tive que tomar uma decisão para que William e Sony não fossem prejudicados de certa forma já que eu pude ver que se eu iria me tornar mesmo uma besta do caos isso poderia fazer de Sony e William dois traidores por me protegerem.

Alex: - Sony, William... Eu sinto muito!

William: - Alex?

Sony: - O que?

Eu puxo meu arco e os atinjo com uma flecha dupla de impacto os arremessando em cima dos guardas que revidaram abrindo fogo contra mim, felizmente consigo facilmente esquivar das balas mas antes que eu pudesse correr Richard e Alef se põem entre mim e a porta.

Richard: - Desculpa Alex não podemos permitir que fuja!

Alex: - É eu sinto muito por isso!

Alef: - Também sentirmos!

Rapidamente eu atiro duas flechas mágicas explosivas no teto abrindo um buraco e depois uso uma flecha mágica de impacto no chão para saltar até o buraco e continuo minha fuga, depois de correr com as sirenes alertando minha fuga eu encontro uma janela de vidro e disparo uma flecha mágica quebrando-a e ativando minhas asas astrais eu salto pela janela no céu aberto e inicio uma queda livre.

Logo percebo aeronaves vindo atrás de mim então eu abro minhas asas e começo um voo em alta velocidade enquanto as aeronaves continuavam a me perseguir, vendo que não conseguiria despista-los eu me viro e disparo flechas mágicas de eletricidade que explodiam antes mesmo de tocar as aeronaves mas infelizmente não funciona.

Alex: - Vou precisar derruba-los... Espero que não morram!

Eu disparo flechas mágicas atingindo suas turbinas provocando um incêndio em suas naves obrigando-os a ejetar, tendo feito isso eu me vi livre da perseguição... O problema agora era onde eu me esconderia...

Eu não estava conseguindo pensar direito depois de tudo que havia acontecido então primeiro eu vou para casa e depois me decidiria o que fazer...

Chegando do lado de fora da minha casa eu pouso no jardim com a intenção de entrar pela porta de trás, mas ao ouvir uma conversa eu paro um pouco atrás da porta para escutar e logo percebo que tinha alguém conversando com meu pai e minha mãe.

Vera: - Eu não acredito!!!

James: - Vera por favor se acalme meu amor, vamos ouvir o que a moça tem a dizer!

Mulher: - É uma realidade dura senhora Vera, mas seu marido está certo você precisa me ouvir!

Vera: - Como é que vou me acalmar com uma notícia dessas? Meu filho vai se tornar uma besta do caos!!!

Alex: - Mamãe... (Cochicho!)

James: - Na verdade você tem razão querida, eu estou furioso por ter meu filho transformado em uma garota diante os meus olhos por aquela deusa caprichosa e agora como se não bastasse ele vai se tornar uma besta do caos... Porém infelizmente não podemos fazer nada a não ser cooperar!

Alex: - Papai... (Cochicho!)

*Por que isso está acontecendo comigo... O que foi que eu fiz pra merecer tanto mal? *

Eu começo a chorar enquanto escuto toda a conversa, a mulher pedia para que meus pais me entregassem a justiça se caso eu fosse visto... Minha mãe deixava bem claro que não o faria, mas meu pai com convicção afirmava o contrário me deixando ainda mais magoada.

Depois que a mulher vai embora eu fico pensativa se entro para dentro e converso com meus pais eu se simplesmente dou as costas e vou embora... Eu fico pensando por alguns minutos e quando escuto o choro da minha mãe eu acabo não resistindo e entro para falar com ela mesmo que meu pai me entregasse.

Ao me verem meus pais ficam surpresos enquanto eu olhava para eles com firmeza tentando segurar o meu choro.

Alex: - Pai... Mãe... Precisamos conversar!

O que eu não esperava era a reação do meu pai... Ele simplesmente correreu em minha direção e me abraçou.

Alex: - P-pai eu achei que você---

James: - Seu imbecil, como você se deixou ser pego por um fragmento do caos? (Diz chorando!)

Eu não fazia ideia... Será que eu me enganei sobre meu pai?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...