História Entre dois mundos - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 15
Palavras 1.837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, Boa Tarde.

para aqueles que gostaram do capitulo anterior peço desculpas por ter demorado tanto para lançar um capítulo novo, mas em compensação trouxe um capítulo um pouco maior.

espero que gostem dele.

Capítulo 2 - Conhecendo a família Izumi


Fanfic / Fanfiction Entre dois mundos - Capítulo 2 - Conhecendo a família Izumi

         > > > Yuri  < < <

Depois da Nami-chan ter me mostrado a mansão eu fiquei no jardim lendo um mangá do anime: Citrus

(Autora: Citrus é um anime yuri(lésbica) onde a protagonista se apaixona por sua meia-irmã, na minha opinião é um ótimo anime e o meu nome de usuário não tem nada haver com algo do tipo)

Estou lendo o mangá e por um estante fico um pouco vermelha por uma cena onde a amiga de infância da protagonista começa a dá em cima dela

Mas eu sinto uma forte ventania que quase leva o mangá pra longe mas eu o segurei com força que amassou um pouco 

Me levanto do chão e olho para o céu e vejo uma forte nuvem escura que dava o sinal de que iria chover 

Yuri -- ( isso é uma coisa que já estava sentindo falta...) 

??? --YURI! ENTRE QUE VAI CHOVER !!

Ouso alguém me chama e olho para a mansão e vejo Nami na janela do segundo andar 

O vento bate mais uma vez e vou correndo para a mansão

Entro na mansão e no mesmo estante a chuva cai o que me deixou um pouco surpresa

Yuri -- * risadinha *

Sem nada para fazer vou para o meu quarto

     *quebra de tempo*

Chego no meu quarto e a primeira coisa que faço é ir para uma porta de vidro e madeira para ver a chuva que escorria pelo vidro não dando uma visão cem porcento de uma boa parte da mansão 

Vou para a minha cama e me jogo nela dando um suspiro de tédio e fico olhando para o teto 

Olho no relógio que ficava numa cômoda ao lado esquerdo da cama e vejo que era 01:48 da tarde, olho para o meu quarto inteiro e descido dá uma ajeitada nele para ficar mas a minha cara mas preciso pedir permissão para a Nami já que ela é a dona da casa

Dou um sorriso animado e levantô da cama indo em direção a porta a procura dela.

  * * * 2 hora depois * * *

Depois de um bom tempo procurando a Nami pela a mansão não consegui acha-la e a chuva ainda caia sem parar lá fora

Então resolvi desistir e voltar para o meu quarto, mas quando vou dobrar para o corredor 

BAAAAAMMMMM!!

acabo batendo em alguém e quase caio no chão mas acabei  o segurei pela a camisa e o levei junto que caio encima de mim 

Depois de um tempinho abro o meus olhos um pouco tonta e dou de cara com um garoto que estava em cima de mim que me olha por um momomento.

Ele tinha um cabelo branco e uma pele clara e a cor dos olhos dele eram azul-aqua

Ele se levanta de cima de mim e fica me olhando um pouco sério, eu me levanto também e percebi que ele era bem alto, fico em sua frente mas sem olhar em seus olhos 

Sem da a mínima pra mim  ele sai andando pelo o corredor como se nada tivesse acontecido,e eu também sai dali indo em direção ao meu quarto

Quando chego no meu quarto a primeira coisa que faço é fecha a porta e pensar no que aconteceu e só de lembrar fico toda vermelha 

Yuri -- (que vergonha!)

Vou em direção a minha cama e deito nela e fico olhando mais uma vez para o teto e depois olho para a varanda que ainda escorria a água da chuva

O ambiente estava um silêncio total

Me levanto ficando sentada encima da cama e abro uma gaveta da cômoda do lado esquerdo da cama onde ficava o relógio, e tiro um headfone preto 

O conecto em meu telefone e fico escutando músicas nele e jogando no meu celular, depois de tempo acabo pegando no sono com o cell na mão

* * * Depois de um tempo * * * 

??? -- Yuri,acorda!Yuri?

Abro os meus olhos e vejo um garoto de cabelo castanhos e olhos verdes olhando pra mim com uma cara de preocupado 

Yuri -- hmm? Yuko? -- me levanto da cama um pouco cansada -- você já chegou?  

Ele continua me olhando como muita preocupação em seu olhar, depois ele abaixa a cabeça e dá um suspiro.

Yuko -- ...ainda bem...

Yuri -- hm? -- O olho um pouco confusa mas ele levanta a cabeça e dá um sorriso 

Yuko -- você dormiu bem? 

Yuri -- por que está dizendo isso? 

Yuko -- Não é nada ~~ vem já tá na hora do jantar

Yuri -- você pode me espera um pouco?  Preciso fazer uma coisa

Yuko -- o que?  

Yuri -- idiota! Eu acabei de acordar e você quer que eu vá jantar com a família da sua namorada desse jeito? 

Yuko me deu uma olhada na minha aparência 

Yuko -- verdade, me desculpe. -- e sai de cima da cama e vai em direção a porta -- ...te vejo na mesa. -- diz saindo do quarto 

Nossa que bizarro o que aconteceu aqui 

Saiu da cama e vou para o banheiro e tomo um banho e escovo os meus dentes e vou para um guarda roupa 

O tempo tava frio por causa da chuva então peguei um moleton rosa claro onde tinha escrito:"Shadows in the Dark", e uma bermuda Jens preto, para os pés pego um tênis preto e para completar pego o meu pingente de coração onde tava o meu tesouro, nele tinha uma pedra brilhante que fica mudando de cor

apesar de para as pessoas pareça uma simples pedra normal, mas para mim é uma prova de eu continuar vivendo.

Balanço a cabeça e volto para a realidade onde eu me encontrava, fecho o guarda roupa e me olho mais uma vez no espelho 

Yuri -- Eu sou uma garota normal. não vejo criaturas e nem nada do tipo -- respiro fundo -- Eu sou uma garota nort -- digo mais uma vez saindo do quarto indo em direção a sala de janta.

* * * Depois de um tempo * * *

eu estava em frente a porta da sala de jantar, respirei fundo mais uma vez e entrei,abri a porta com cuidado para não atrapalhar os outros

Entro sem fazer barulho e vejo meu irmão todo corado e  Nami morrendo de rir dele junto de duas garotas uma de cabelo castanhos e de olhos verdes claro usando um rabo de cavalo, e a outra tinha o cabelo preto com azul escuro nas pontas e a cor dos olhos eram de um tom caramelizada

E na mesa tinha mais algumas pessoas, um garoto fofo de cabelo e olhos pretos, um albino de olhos vermelhos, uma moreno de olhos vermelhos também, uma garota loira de pele bronzeada com olhos verdes e o garoto que eu me esbarrei mais cedo

Todos estavam rindo e brindando com o meu o Yuko exceto o garoto que eu esbarrei, tava escutando música no fone de ouvido observando todo com uma cara seria

fecho a porta atrás de mim sem fazer barulho mas o garoto albino de olhos azul-aqua percebeu a minha presença e ficou me encarando depois logo em seguida os outros também me perceberão e me olharam parando com o que fazia 

Eu estava totalmente sem jeito naquele momento, me senti como se fosse uma garota que tinha entrado na sala que não devia 

Yuko -- Yuri!  Você chegou! -- disse se levantando da cadeira indo em minha direção mas Nami foi mais rápida e chegou primeiro me dando um abraço 

Nami -- Yuri! finalmente você chegou! -- disse ainda me abraçando bem forte, e me soltar logo em seguida ficando ao meu lado -- pessoal essa é a Yuri, a irmãzinha do Yuko,Yuri essa é a minha família -- disse apontando para as duas garotas  de cabelo castanhos e olhos verdes e a de cabelo preto azul escuro -- essas são a akane e a Mayabi.

Akane -- Oi!

Mayabi -- Yo! 

Nami -- e essa é a Yuzu -- disse apontando para a garota loira de olhos verdes que fez um V com o dedos fechando o seu olho esquerdo dando um sorriso suave para mim 

Nami -- esse é o Akize -- apontou para o albino de olhos vermelhos que fechou os olhos dando um sorriso

Nami -- esse é o yuki -- apontou para o garoto moreno de olhos vermelhos que me deu um sorriso cruzando os braços 

Nami -- e esse é o nosso antigo caçula hanako -- aponta para o garoto de cabelo e olhos pretos 

Hanako -- espero que possamos ser amigos! -- disse de uma forma animada 

Nami -- * risada * e por último o meu irmão gêmeo Haru -- apontou para o garoto que eu esbarrei -- ele é o irmão mais velho de nós.

Haru me olhava de uma forma seria para mim e ficou me observando por um tempo até ele desvia o olhar de mim

Haru -- bem-vinda...Yuri. -- disse ele  ainda calmo e sério 

Nami ficou surpresa com aquilo e deu um sorriso animado 

Nami -- bem, bem, vamos jantar antes que esfrie! -- disse enquanto me leva para a primeira  da cadeira que dava a visão de todos até mim 

Yuri -- (Nami deve tá de sacanagem comigo)

Nami se senta ao lado do meu irmão que estava ao meu lado, e bate palmas três vezes.

Nami -- "Obrigado pela comida!"

Todos -- "Obrigado pela comida"

Yuri -- "Obrigado pela comida."

Todos estavam comendo em silêncio até Akize começa a me fazer perguntas 

Akize -- então yuri por que não nos fala sobre você? 

Yuri -- hm? Sobre mim? -- digo apontando para mim mesma.

Nami -- Eu também quero saber.

Akane -- Eu também! 

Hanako -- por favor. 

Coloco a o dedo indicador no meus lábios e fico pensando por onde começar 

Haru -- por que você não começa pelo o começo -- ele falou calmamente sem olharpara mim 

Yuko -- nossa o Haru agindo assim?  

Akane -- você sabe cantar ou tocar algum estrumento 

Akize -- você ler?

Mayabi -- você sabe lutar 

Yuki e Yuzu -- você joga? 

Hanako -- você gosta de Doce?

Yuko -- gente calma!

Yuri -- Eu jogo vídeo-game, gosto muito de animes e mangá, canta eu não canto muito bem mas sei tocar um pouco de guitarra, e eu não sei lutar. 

Nami -- minha vez: você já namorou? Você ainda é virgem? Você já fe-- interrompida 

Mayabi -- NAMI! !

akane -- idiota não se pergunta isso para as pessoas 

Yuzu -- ainda mais para a Yuri.

Nami -- Desculpaaa!

Nesse momento fiquei um tomate por causa das perguntas de Nami 

enquanto os outros ficam brigando com Nami, fiquei com uma vontade tão forte de sair dali mas percebo que alguém estava me olhando mas resolvi ignorar 

* * * vinte minutos depois * * * 

Tudo tinha voltado ao normal, depois de um tempo terminamos  o jantar 

Eu me ofereci para ajudar yuki e hanako a limpa, mas eles falaram que não teria problema, então fui para o meu quarto 

Troquei de roupa e escovei meus dentes e fui para a minha cama e apaguei na mesma hora


Notas Finais


Obrigado por terem lido mais um capítulo, e eu acho que vou demorar para lançar o próximo

Boa tarde e fiquem com Deus.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...