1. Spirit Fanfics >
  2. Entre dois Mundos. >
  3. Entre fadas.

História Entre dois Mundos. - Capítulo 3


Escrita por: e BArrays


Notas do Autor


Espero que esse novo capito prenda a atenção de quem esta lendo e que deixe Brilhar no coração de cada um a nossa História.

Capítulo 3 - Entre fadas.


Fanfic / Fanfiction Entre dois Mundos. - Capítulo 3 - Entre fadas.


Anterior...



Dentro desse tempo conversando com o Castiel o Miguel continuava observando as meninas em especial a Nathallya com um pequeno caderno com vários desenhos da natureza como se ela conseguisse capturar o brilho escondido na natureza que ninguém nunca tinha visto com uma riqueza de detalhes, deslumbrado com a garota que de alguma forma mexeu com o seu eu interior sem saber o que estava sentindo direito, e o Castiel estava pensando como pode uma recém chegada podia mexer tanto com um anjo de Elite e como ela poderia ter feito ele ficar tão diferente assim então pouco tempo.


Miguel: Vamos já temos frutas suficientes para elas para uns dois dias.
Castiel: Sim vamos.
Miguel: olha!  
Castiel: Acho que não temos que nos preocupar porque elas estão dormindo.
Miguel: Vamos levar elas para dormir em um lugar mais confortável e a Mellyssa nos espera.
Castiel: O você acha em deixar elas com as Anjas e eu te ajudo a fazer as pesquisas o que acha ?
Miguel: Sim vou precisar.
Castiel: então vamos.



ATUAL.❤️




Indo a caminho do centro refuljo das fadas por uma linda floresta encantadora cheio de pássaros de todas as cores pelo céu estavam a voar, as árvores com as folhas verdinhas mostravam os seus vários frutos, as borboletas coloridas batiam as suas asas como se num balé perfeito dançavam com uma graciosidade e suas cores reunidas formavam uma bela aquarela tornando ainda mais bonita com vários animaizinhos ao redor, esquilos e coelhos pulavam e corriam de um lado a outro dando mais vida a floresta, sapos formavam um belo coral um perfeito cortejo de dentro do brejo bradavam belas melodias, fadas, ninfas e silis voavam constantemente deixando o céu azul reluzente luzes de todas as cores começavam a brilhar, colocando ainda mais magia nesse belo lugar.  O lugar era realmente lindo...  Cercado por rios de ambos os lados com as águas cristalinas refletia como um espelho as flores pelo chão enfeitavam ainda mais esse mágico lugar, perfumando... Exalando perfume... Misturando a essência no ar, um verdadeiro paraíso.
 

--- A Rainha das fadas está solicitando que vocês nos acompanhem imediatamente.
Castiel: Mas uma delas é bruxa sua majestade vai aceitar Margarida?
Margarida: Se fosse por mim não mais como é a Rainha sim ela disse todos sem exceção, e minha rainha não gosta de esperar.
Miguel: Claro a rainha não pode esperar. Mas elas estão dormindo não podemos leva-las assim. Vamos acorda-las ?
Margarida: Não sei não faz parte do meu serviço, já entreguei o recado o resto é com vocês, há se eu fosse vocês não demoraria muito para atender a rainha se não vocês serão escoltados até ela, fui.
Miguel: Já vai tarde a fada chata essa.
Castiel: Olha não sou de concordar com você mais essa aí é muito complicada mesmo e gosta de uma intriga.
Miguel: Mas a pergunta agora é vamos acorda elas ou não?  A Maiumy dormiu um pouco por causa da queda e dos sedativos que tomou na enfermaria ,mas a Nathallya não é dura na queda e só dormiu agora. Então como vamos fazer?
Castiel: olha eu não sei mais tem outra fada vindo em nossa direção e não é a Margarida até por que essa vem com companhia.
- Olá arcanjos receio que vocês foram solicitados e cadê as humanas que deveriam estar deveriam estar ao cuidado de vocês?
Castiel: Estão ali encostadas na árvore, mais estão dormindo e uma delas só dormiu agora desde a queda.
- Não sei se vocês sabem mais minha rainha tem olhos e ouvidos em todos os lugares, ela não gostou muito dos questionamentos do anjo sem saber se acorda ou não acorda mais estando entro dessa situação a minha rainha ordenou que levássemos elas á um dos quartos do castelo até que elas acordem, mas vocês devem ir para o salão da coroa.
Miguel: Me desculpe mais elas são as minhas afilhadas e não posso deixa-las sem saber onde estão e se vão ficar bem ? E a senhora não disse o seu nome? Como vou saber que elas vão ficar bem?
- Bom o meu nome é Magnólia sou uma das assistentes pessoal da rainha e onde elas vão ficar é a caminho do salão da coroa não se preocupe, não vai acontecer com elas dentro desse reino elas estarão seguras.
Castiel: Então vamos, mas nós que vamos carrega-las até esse quarto já que é a caminho mesmo, espero que não tenha problema?
Magnólia: Desde que vocês me acompanhem agora não vamos ter problema algum.
Chegando ao castelo eles foram recebido com muita cordialidade e agraciados com chuvas de pelas sem entender o que estava acontecendo o porquê o reino parecia estar em festa entre as imensas portas que se abriam muitas fadas, ninfas e silis dançando de uma forma tão encantadora que até os dois anjos sentirão se acolhidos.
Magnólia: Bom elas ficarão aqui e ficarei com ela um guarda irá acompanha-los até o salão da coroa mais podem ficar tranquilos elas estão aqui quando vocês voltarem. Duwey vai acompanha-los.
Duwey: Por aqui.
Castiel: Miguel vamos elas ficarão bem.
Miguel: Esse lugar tem uma beleza rara por fora ninguém imagina tanta beleza mais também tem os seus perigos, só não estou entendendo porquê de tanta alegria e dança em todos os lugares.
Castiel: Sim o lugar é realmente encantador, mas estamos chegando na rainha.
Duwey: Por favor esperem aqui vou anuncia-los.  Com licença minha rainha os Arcanjos Miguel e Castiel estão aqui.
- Obrigada mande-os entrar.
 Duwey: A rainha Alis irá recebe-los .
Castiel: Com licença Rainha Alis nos chamou?
Alis: Sim, como vocês entram em meu reino sem minha permissão? e ainda leva uma para enfermaria do refuljo e a outra para o meu pomar ou vocês não sabiam que aquele pomar é do refuljo?
Miguel: Nos perdoe, foi em caso de vida ou morte, mais  precisávamos urgente dos cuidados de suas fadas elas são minhas protegidas porém não tive como cuidar delas, elas não estão mortas não poderia levar elas para o céu e me perdoe pelo pomar eu sabia que faz parte do refuljo mais era o lugar mais próximo para conseguir comida.
Castiel: Rainha ainda não temos respostas de como elas conseguirão chegar até aqui mais prometo que vamos dar um jeito de leva-las embora.
Alis: Tudo bem, vou relevar dessa vez, mas com uma condição!  Miguel você passou um tempo com uma delas e eu quero saber o que fez você um grande Arcanjo ficar mexido e encantado a ponto de se alto questionar, há eu tenho olhos e ouvidos em todos os lugares pássaros, insetos e muitos outros não tem como esconder nada de mim.
Miguel: Me desculpe Rainha mais só estou atrás de respostas.    { Porque ela está me perguntando isso}
Alis: Você pode mentir pra si mesmo mais não pode mentir pra mim e por não me falar quero que vá embora e sairá sem as suas protegidas.  Já você Castiel você se dedicou a bruxa de uma forma que também achei diferente e interessante o que sentiu?
Castiel: Rainha eu não sei bem o que senti mais foi um sentimento diferente pela Maiumy porém ainda não sei explicar, mais peso por favor para não mandar o Miguel embora eu entendo que ele está agindo diferente depois que passou algum tempo com a Nathallya mais acho que ele ainda não achou um resposta para o que ele está sentindo.
Alis: Vocês não sabem mesmo quem elas são, não é ?
Castiel: Não, não sabemos mais assim que sairmos daqui com elas vamos atrás de respostas.
Alis:  Elas são muito mais do que parecem e respondendo a uma das perguntas de vocês elas também são daqui podem entrar e sair só não sabem disso ainda e terão muito que aprender daqui pra frente. Vocês podem ir, porém a fada fica.
Miguel: Por favor, não preciso que ela fique comigo, desculpa próximo de mim para que eu possa protege- lá.   { Ela não pode me separar assim elas são as minhas protegidas, é meu dever, minha responsabilidade o que eu faço e como faço, não posso deixar a Nathallya aqui sozinha}.
Alis: É arcanjo posso ver o desespero em seu olhar só de falar em deixar a fada aqui comigo. Do que você está com medo ela é uma Fada, ela não irá correr riscos aqui.
Miguel: Me desculpe mais ela não vai estar perto de mim.
Alis: E você Castiel se eu deixar a bruxinha aqui o que você diria?
Castiel: Sei que ela está bem cuidada e com a amiga dela mais se me permite é a nossa responsabilidade protege-las então te peso que nos deixe ir e que deixe elas venham com a gente.
 Alis: tudo bem elas podem ir embora com vocês mais a fada terá de ficar dois dias aqui e vocês poderão ficar junto dela e depois que eu tirar as minhas conclusões ela poderá ir de vez se ela preferir, ela também vai poder conhecer outros lugares terá de se reportar a mim Rainha do refuljo das fadas estamos conversados?
Miguel: Sim, Rainha Alis.
Castiel: Sim, e obrigado pela audiência Rainha Alis.
Alis: O mesmo guarda vai acompanha-los até as meninas, mas assim que elas acordarem quero que elas venham até mim, mas antes separem o que elas precisarem e roupas adequadas para as duas.
Miguel: Muito obrigado Rainha Alis.
Alis: Miguel irei perguntar de novo uma outra hora. Agora podem ir.  
Duwey: Vamos por aqui me acompanhe.
Castiel: São só dois dias daqui vai passar rápido.
Miguel: Mais temos que pesquisar e como faremos ?
Duwey: Desculpe interromper, mas a minha rainha permitiu o acesso de vocês a biblioteca do refúgio lá vocês irão encontrar tudo o que vocês precisão saber.
Castiel: Muito obrigado.
Duwey: Chegamos vocês irão encontra-las nesse quarto com licença.
Miguel: Obrigada mais uma vez.
Castiel: Elas ainda estão dormindo. Oi dona Magnólia podemos esperar elas acordar.
 Magnólia: Sim todos ficarão aqui nesse quarto e caso vocês também queiram descansar ali tem lugar para vocês também o espaço foi bem separado para a privacidade de ambos e qualquer coisa que vocês precisarem tem um guarda que a rainha denominou para ajuda-los, mas eu acho que vocês já o conheceram.
Castiel: Muito obrigado, estamos um pouco cansados mesmo.
Miguel: Me desculpa mais eu gostaria de pesquisar um pouco se não for pedir muito.
Magnólia: Eu mesmo separei Alguns livros estão em cima da escrivaninha, imaginei que vocês iam ficar curiosos com o porquê elas estão aqui mais se quiser ir para a biblioteca é só falar!
Miguel: Obrigado vou dar uma olhada nos que você separou.  
Magnólia: Bom, já está tudo preparado para elas, por favor informe-as que as roupas que elas deverão usar estão no guarda roupa ali do lado da cama.
Castiel: Sim avisaremos.
Magnólia:  E uma boa leitura Miguel. licença
Miguel: vou começar a ler quem sabe eu consiga entender o que está acontecendo, você vai me acompanhar Castiel?
Castiel: Eu quero um bom banho e descanso agora irmão mais quando eu acordar te ajudo.
Miguel: Tudo bem, eu também estou cansado mais estou muito curioso pra entender o que está acontecendo.  
Castiel: vou lá tomar um banho qualquer coisa me chama ok.
Miguel: Então vai logo.
Castiel: Fui, já volto.
Maiumy: Ué onde eu tô? { Ela olhando para todos os lados viu numa fresta que dividia o lugar o Miguel parado ao lado de uma escrivaninha segurando um livro que parecia muito antigo que te chamou a atenção pois ela nunca tinha visto um livro brilhar. O brilho parecia chama-la. }
Oi Miguel.
Miguel: Oi, que bom que você acordou, como está se sentindo?
Maiumy: Estou me sentindo bem é como se eu nem tivesse caído e me machucado, mas desculpe a pergunta o que está lendo?
Miguel: Estou pesquisando para ter mais informações de como vocês vieram pra cá.            
Maiumy: Entendi, mas porque ele brilha tanto.
Miguel: O livro não está brilhando Maiumy!
 Maiumy: Sim Miguel ele está e é como se me chama-se, esse livro tem uma energia poço ler?          
Miguel: Não sei se é uma boa ideia, acho que você está cansada está até enxergando coisa já.
Castiel: Miguel Tá conversando com quem?  
Maiumy: Comigo opa, desculpa você tá de toalha. {vermelha}
Castiel: Me perdoe eu pensei que você estava dormindo.
Maiumy: Tudo bem! Eu vou para o meu lado do quarto, volver se a Nathallya tá dormindo ainda. [Nossa com o Castiel é lindo nem acredito que vi ele de toalha eu não tinha reparado direito mais estou de boca aberta com aquele corpo escultural, se eu pudesse ficar e ele me desse uma chance eu seria a mulher mais feliz e sortuda da vida]  
Castiel: Tudo bem, Maiumy pode ficar eu só esqueci a minha roupa mais já estou voltando para o banheiro, e desculpa por aparecer assim.
Maiumy: Tudo bem! Você não sabia que eu tinha acordado.
Miguel: Castiel já que você está aqui, mesmo que quase pelado me responde uma coisa você está vendo está livro?
Castiel: Sim afinal é um livro.
Miguel: Sim, Mas a Maiumy disse que ela está vendo ele brilhar e é como se o livro a chama se!
Castiel: Espera, Maiumy me explica direitinho o que está vendo?
Maiumy: Explico sim, mas antes você pode colocar uma roupa por favor.
Castiel: Sim claro, eu já volto.
Maiumy: Mas e iai Miguel vai me deixar ler o livro ou não?
Miguel: Vamos esperar o Castiel voltar para ver o que ele acha da ideia.
Castiel: voltei Então, me conta direitinho o que você está vendo.
Maiumy: Eu estou vendo um brilho violeta e rosa em torno do livro que tem uma energia muito interessante que parece me chamar, como se ela quisesse que eu lesse o livro.
Castiel: Eu já vi alguém falar isso mais não me lembro quem e nem onde foi, faz tanto tempo, espera aí, eu acho que já sei.
Miguel: Como assim, achei que ela estava imaginando coisa e você me fala que já viu isso acontecer, me explica direito.
Castiel: Mais é estranho porqueee ... [ Então ela não pode ser só uma bruxa, não tem como até porque isso é muito antigo e faz parte dos quatro elementos ]  Miguel vou precisar sair fique aqui com as meninas e de preferência não saia desse quarto.
Miguel: Eu não estou entendendo porque você ficou nervoso da noite para o dia?
Maiumy: Me desculpa Castiel fiz ou falei alguma coisa que te magoou Castiel?
Castiel: Não minha lindinha eu só preciso verificar uma coisa prometo voltar logo mais fique aqui com o Miguel e se preferir tome um banho e troque de roupa pois você e a Nathallya vão ter de falar com a Rainha Alis, mas espero que de tempo de eu voltar.
Maiumy: Sim eu vou fazer isso, mas eu não tenho outra roupa.
Miguel: Já está tudo aqui no guarda roupa vou te mostrar e Castiel vai mais volta logo.
Castiel: Farei isso.
Miguel: Vem vamos ver o que eles prepararam pra vocês.
Maiumy: Há tá bom, mas e o livro?
Miguel [o merda, mas que garota insistente ela não vê que esse assunto tem que acabar] : Vamos deixar ele aqui, depois que você se arrumar você pode ler quem sabe teremos respostas mais rápido se você me ajudar na pesquisa.
Maiumy: Sim e obrigada por nos ajudar esse tempo todo e por ficar aqui pra nos proteger, sei que é complicado pra vocês ficarem assim sem saber o porquê e como viemos mais só tenho a agradecer por tudo.
Miguel: É curioso mais vocês não são comuns e isso desperta uma sensação muito diferente em mim e no Castiel que não sabemos como explicar, mas logo vamos ter mais respostas e assim saberemos como lidar com essa nova situação e acredito que isso vai ser muito bom para todos.              
 Maiumy: Então eu vou lá ver o que tem no guarda roupa.
Miguel: então faz assim eu não vou mais pesquisar vou descansar um pouco enquanto você toma banho e se arruma, porque aí vou ter mais energia para pesquisar.
Maiumy: Tudo bem, vou dar uma olhada na Nath antes de tomar banho.        
Miguel: Vou dormir um pouco mais qualquer coisa é só me chamar.
Maiumy: Sim, claro e bom descanso.
Nathallya:  Oi ainda estou sonhando?
Maiumy: Oi que bom que você acordou.
Nathallya: Mais como você está?    
Maiumy: Estou me sentindo muito bem.
Nathallya:  Você está bem mesmo? Não está sentindo mais nada?
Maiumy: Estou bem sim e sem dores, estou feliz por isso, Mas me fala você tem ficado bastante perto do Miguel?
Nathallya: Não quero falar sobre ele no momento, quem sabe depois.
Maiumy: Tá mudando de assunto então, você já pensou se tivéssemos asas ?
Nathallya: Eu ainda não me imaginei assim, mas e você?    
Maiumy: Eu com asas me Imaginaria um pássaro bonito que voa pelos lugares mais bonitos da terra, sentindo o vendo em seu corpo sentindo a liberdade nas suas asas, vendo as o mundo lá do alto sorrindo para a vida e faria questão de agradecer a Deus por ser um tão belo e livre.
Nathallya: Pra ser bem sincera as vezes acho que estamos sonhando.
Maiumy: Porque e as duas com o mesmo sonho?
A Nathallya parou e de uma janela olhou para o céu, todo estrelado se sentindo tão feliz que para quem olhava em seus olhos via o seu olhar como o céu, parecendo que o céu e seu olhar era um só ou que estavam conectados com um brilho tão intenso que era apaixonante e de repente, os lindos olhos castanhos amendoados se tornarão azuis claro com um risquinho no meio como de um gato.  Um olhar completamente fascinante.
Nathallya: Acredito que em cada dia das nossas vidas, há um momento mágico.  Único! Alguns, levam-nos a pensar, que se repetem. Jamais. São sempre diferentes, há sempre algo que os diferencia do outro que já vivemos. Um gesto. Uma palavra. Um toque de duas mãos. Um sorriso. Um olhar apenas. Algo acontece - ou não - que o torna diferente, mais completo, mais intenso... ou mais frio e distante. Por vezes a diferença é também marcada pela falta, do que já vivemos um dia. Outras vezes andamos tão atentos, que percebemos as diferenças, do que temos agora e do que já tivemos um dia e de como uma falta, por pequenina que seja, pode cobrir de sombra o que já foi maravilhoso até aqui mais sabemos também que tudo isso logo vai acabar já que vamos ter que ir embora, mais espero que essa magia sempre continue dentro dos nossos corações, como esta lugar.
Maiumy: Amiga que palavras lindas, você está diferente esse lugar mudou alguma coisa em você só não sei bem explicar, mas Nath o seu olho mudou de cor e está parecendo com os olhos de um gato, como assim?
Nathallya: Mai para de brincadeira eu acho lindo mais não tenho olhos de gato.
Maiumy: Não, estou brincando não o seu olho mudou em quanto você falava eu só não quiz interromper.
Nathallya: Tá bom, então eu quero ver.
Maiumy: Você não está me levando a sério né? Quando você ver.... Onde será que tem um espelho aqui?
Nathallya: Acho que não sou só eu que estou mudando, olha o brilho violeta que está saindo das suas mãos.
Maiumy: O que é isso?
Nathallya: Eu não sei mais podemos perguntar para o Miguel quem sabe ele saiba.
Maiumy: Umm.... Miguel ?
Nathallya: O que foi ele não é nosso anjo da guarda?
Maiumy: Sim mais o Castiel também está ajudando e não vi você perguntar dele.
Nathallya: Maiiii, eu só quero saber o que está acontecendo e é só.
Maiumy: Nath tem certeza que você não quer falar do tempo que você passou sozinha com o Miguel?
Nathallya: Não, eu não quero e não tenho nada pra falar mesmo.
Maiumy: O brilho sumiu! Mas os seus olhos ainda continuam ...
Nathallya: Será que vai voltar ao normal?
Maiumy: Acho que sim, há ia me esquecendo temos que nos apresentar para a rainha Alis, então vou tomar um banho e me arrumar e você tem que fazer o mesmo.
Nathallya: Se apresentar a rainha assim com essas roupas?
Maiumy: Na verdade não, o Miguel disse que nesse guarda roupa tem roupa nova para nos usarmos e por ordem da rainha Alis.
Nathallya: Nossa, a rainha pensou em tudo, preciso mesmo tomar um bom banho e trocar essa roupa rasgada e suja.
Maiumy: Parece que sim, mas mesmo assim eu não sei muito bem o que ela quer com a gente e tenho medo de saber e você não tem?
Nathallya: Eu não sei o que dizer mais sinto um pouquinho, mas vai dar tudo certo e ela só quer nos conhecer.

Continua .... ❤️  
 


Notas Finais


Essa História só começou e ainda vai rolar muita coisa quer ver então acompanha ai... ❤️ ❤️ ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...