História Entre farpas. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Tags Boyxboy, One Piece, Sanji, Sanzo, Yaoi, Zoro, Zosan
Visualizações 12
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Minha primeira fic zosan, espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Sanji on


Estávamos em mais um dia no sunny e como já era de se esperar estava lá eu na cozinha preparando o almoço para aquele bando de esfomeados e, claro, para as minhas queridas mellhorines.
Estava cortando temperos para poder temperar a carne do rei dos mares que usopp tinha pego junto a chopper e luffy. Estava tão distraído que nem notei quando zoro entrou. Marino idiota sanji, Marino idiota. Só percebi sua presença quando ele começou a falar.
Zoro: hei cook.
Sanji: o que vc quer Marino idiota?
Zoro: sake, sake
Sanji: não.
Zoro:como assim não?
Sanji: não horas, logo vamos almoçar não vai se entupir com essa bebida estúpida.
Zoro: não é estúpida, é muito boa. Estúpido é você por achar isso e deveria trocar o cigarro por sake.

Depois de sua última fala me irritei ninguém me chama de estúpido e sai impune.
Mas ainda assim o que costumava não ter efeito algum eu mim, suas bobas provocações, agora simplesmente incomodou, aquilo doeu. Mas não iria demontrar isso a ninguém e muito menos a ele. Tratei ligo de enchotar ele da cozinha com as facas que tinha sobre o balcão. Sua reação foi totalmente divertida de se ver. Mas o que mais me impressionou foi a cara que ele fez ao sair da cozinha coisa que eu achei estranho, mas o mais estranho mesmo foi ele não ter revisado com suas espadas. Mas bom iguinorei tudo e voltei a preparar o almoço.
...

Com finalmente toda a comida pronta que, acredite era muita mesmo, aquela quantidade alimentaria uma tripulação normal por pelo menos três dias. Mas para a nossa só mesmo algumas horas.
Chamei todos para comer, e como de costume tínhamos a nami brigando com o luffy para ter modos à mesa, chopper e usopp tendo que ficar alerta para não ter sua comida roubada pelo capitão, Frank que por incrível que pareça estava quieto como o espadachim e brook estava pedindo para ver a calcinha da Robin e a mesma negava gentilmente. Realmente esse bando é muito feliz e animado, finalmente me sinto em casa.
Sanji off
Zoro on


Nunca na vida admitiria mas a comida do sanji é a melhor que já comi em toda a minha vida. Já notei a algum tempo que não estou mais chamando ele de ero-cook ou algo do gênero mas claro só para mim nunca daria esse gostinho para ele, de desistir dos apelidos. Já estou cansado de ficar nessa troca de farpas com ele ou com essas briginhas estúpidas, admito que desde que voltei a ver todos depois de dois anos separados, comecei a sentir coisas estranhas em relação ao sanji.
Costumo ser muito honesto comigo mesmo, tipo não ligo para o que a pessoa tem ou deixa de ter entre as pernas, se me interesso invisto e vejo no que dá.
Hoje quando fui para a cozinha vi o sanji, ele estava bem animado dançando e cantarolando algo enquanto preparava o almoço. Minha intenção era pedir uma garrafa de sake e ficar ali fazendo companhia só o observando, mas ele me recusou a garrafa perguntei o por que é ele ficou bravo com isso. Mas oque mais me incomodou foi ter que manter as aparências e ter que chama-lo de estúpido. Aquilo doeu em mim. Fiquei preocupado quando ele não disse mais nada, mas para que eu fui me preocupar, fui enchotado daquela cozinha com facas voando em minha direção. Tratei ligo de sair dali e nem tentei revidar. Quando sai tinha noção da minha cara, tinha um bico bem grande por não ter ganho minha garrafa de sake e não poder ficar apreciando O cara eu... eu tenho uma queda?! Não acho que queda não é a palavra certa uma super queda seria melhor ou talvez dizer logo que eu o amo. Sim, é isso eu o amo. Antes de sair com o meu enorme bico e com a reflexão feita dei uma última olhada, e aí sim deixado no recinto


Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpa qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...