1. Spirit Fanfics >
  2. Entre flores e despedidas >
  3. Falas ensaiadas e lírios da paz

História Entre flores e despedidas - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Ooi gente, tô de volta!! Boa leitura, espero que gostem ♥️

Capítulo 2 - Falas ensaiadas e lírios da paz


Fanfic / Fanfiction Entre flores e despedidas - Capítulo 2 - Falas ensaiadas e lírios da paz

Yoongi e Namjoon trabalhavam juntos em uma biblioteca bastante popular entre os adolescentes de Seul, e por incrível que pareça era um trabalho calmo, perfeito para a personalidade dos dois. Agora era o horário de almoço, o que fazia eles estarem no mesmo restaurante de sempre.

— Hum, você acha que me engana. — Namjoon murmurou com um pouco de comida na boca.

— Que? Do que você tá falando? — Yoongi o olhou surpreso pelo súbito assunto, até então os dois estavam quietos apenas comendo.

— De ontem, o interesse pela floricultura, fala sério Yoongi — O loiro falou mais alto — Você estava era interessado naquele garoto de lá, Hoseok o nome não é?

 Yoongi engasgou com sua água e começou a tossir desesperadamente, seu olhos começaram a marejar e tinha certeza que seu rosto estava vermelho

— Aí, tá vendo? — O amigo sorriu vitorioso — Eu não me importo de ir mais vezes com você lá, acho que desenvolvi um apreço por flores e a Senhora Jung é um doce de pessoa.

— Para de falar merda — Yoongi sentia seu nariz arder e respirava com certa dificuldade mas antes que pudesse voltar a reclamar uma garota parou do lado deles, era Haneul, "ex" de Namjoon tão pálida quanto a blusa que vestia, com seus cabelos castanhos presos em um coque desleixado.

— Licença meninos — Uma torta de chocolate foi depositada na mesa — Por minha conta.

Quando voltou a sua postura, piscou um dos olhos para o loiro  e saiu rebolando sem vergonha nenhuma fazendo Namjoon esconder o rosto com uma das mãos.

— Ela sempre trabalhou aqui? Por quê eu não lembro dela aqui semana passada — Namjoon falou, nitidamente embaraçado.

— Eu sei lá, a ex é sua. — Yoongi riu começando a comer a torta.

— Ex? A gente ficou duas vezes, Yoongi! — O outro fez uma cara irritada — Ah cara, a torta é pra mim e você que vai comer tudo mesmo?

                                     

 O expediente dos dois havia acabado, já era por volta das oito horas da noite e Namjoon tinha tido a brilhante ideia de ir na floricultura que surpreendentemente ainda estava aberta, Namjoon conseguiu arrastar Yoongi com esperança que o amigo tivesse alguma atitude.

— Por quê a gente tá aqui mesmo? — Yoongi falou sentindo suas mãos suarem freneticamente.

— Para você comprar um lírio da paz — Namjoon segurou os ombros do outro e começou ditar as palavras ensaiadas com certo drama — Por quê você quer decorar sua casa já que ela está tão sem graça…

Yoongi começou a ser empurrado contra sua vontade em direção a loja, sua mente estava totalmente bagunçada e ele nem sabia o que exatamente era um lírio da paz. Assim que ouviu o sininho da porta percebeu que não dava para voltar atrás.

— Acho que eu vou desmaiar — O mais baixo sussurrou apoiando seu corpo em uma estante.

— Senhora Jung! O que você está fazendo aqui essa hora? — Namjoon andou apressado em direção a senhora de cabelos brancos segurando dois pequenos sacos de terra, o garoto não imaginava que naquela hora a senhora ainda estaria lá — Está tarde e... Meu Deus, me dá isso aqui, cadê seu neto?

Neto? Hoseok era o neto daquela senhora e ele não percebera? Namjoon realmente havia conversado bastante com a senhora Jung para saber disso, ou talvez Yoongi só era um pouco mais lento.

— Ah, ele foi fazer uma entrega — Senhora Jung falou com simplicidade antes de virar o rosto em direção a Yoongi, que estava parado quieto perto da porta — E você? Eu te vi ontem mas não sei seu nome.

— Min Yoongi, senhora — Sorriu levemente e finalmente foi ajudar.

Fez a senhora se sentar um pouco e começou a varrer o lugar, não custava nada já que o local não era tão grande, olhou de relance e viu Namjoon ajeitando alguns sacos de adubo em umas prateleiras e temeu que o amigo derrubasse algo.

— Vó? Desculpa a demora, mas a senhora sabe como o Hansol é né? Adora falar — O silêncio foi interrompido pela voz alta de Hoseok entrando na floricultura — Huh? O que está acontecendo...?

 Hoseok encarava sua avó com uma expressão confusa no rosto, não era de se esperar menos já que dois semi-desconhecidos estavam arrumando a loja.

— Ah meu filho — A senhora levantou e caminhou em direção ao neto — Esses dois meninos vieram aqui ontem, acho que voltaram para comprar outra coisa mas acabaram me ajudando a arrumar as coisas para fechar a loja.

— Ah... fico feliz então — Hoseok abriu um sorriso encantador — Vó, o que a senhora acha de ir descansar? Eu termino de fechar a loja.

— Tudo bem então — Senhora Jung começou a andar em direção a porta dos fundos — Voltem mais vezes meninos.

— Então, vocês estão interessados em alguma coisa? — O garoto voltou a falar assim que sua avó saiu do ambiente.

Namjoon lançou um olhar sobre Yoongi que estava quieto e ainda segurando a vassoura, vendo que ele não falaria nada deu uma cotovelada nada discreta no braço do amigo o que fez Hoseok perceber e abaixar a cabeça segurando o riso.

— Hãn? É... eu tenho achado minha casa bastante sem graça, então eu queria saber se aqui tem lírios da paz, para decorar sabe? — Yoongi gaguejava um pouco, Namjoon já começava a se sentir nervoso por ele.

— Hum... não temos no momento mas orquídeas também são boas — Hoseok mostrou um vaso com flores arroxeadas — E eu também as acho mais bonitas.

— Então vai ser essa mesmo — O moreno sorriu.

— E a rosa? — Hoseok falou de repente pegando o outro de surpresa.

— Ela está bem — Yoongi riu sem saber como responder o que arrancou uma gargalhada do garoto na sua frente — Mas acho que logo vai começar a murchar.

— Você pode fazer um chá com as pétalas dela, poucas pessoas sabem disso mas... é um chá realmente bom para ansiedade — O garoto de cabelos alaranjados falou piscando um dos olhos.

Quando Hoseok foi entregar a flor para Yoongi seus dedos se esbarraram levemente sem querer, o que fez os dois se olharem por um tempo mais que necessário; uma tosse discreta fez os dois desviarem o olhar rapidamente e lembrarem da presença de Namjoon no lugar.

— Hum, então... é só isso — Yoongi sorriu e começou a andar até a porta, sendo acompanhado pelo amigo sorridente.

— Vão em segurança e... até a próxima — Hoseok sorriu se despedindo.

Namjoon continuou sorrindo nada discreto, sabia muito bem que os dois visitariam a floricultura mais vezes.

— Comece a arranjar outras desculpas para vir aqui — Os dois amigos se olharam — Ou nossas casas vão virar um jardim.


Notas Finais


Então é isso, anjinhos. Pretendo postar capítulos novos todo sábado e segunda! (se eu não tiver bloqueios k k)
Beijinhos e até a próxima. ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...