História Entre flores e pedras raras - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale
Personagens Antoinette "Toni" Topaz, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Elizabeth "Betty" Cooper, Forsythe Pendleton "Jughead" Jones III, Penelope Blossom, Personagens Originais, Reginald "Reggie" Mantle, Veronica "Ronnie" Lodge
Tags Brigas, Cheryl, Choni, Comedia, Riveldale, Romance, Toni, Toryl
Visualizações 120
Palavras 1.606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oieeee, como vao?
Quem está lendo pode me fazer um favor? Alguem ai me diz um sobrenome que vocês acham top para eu colocar num personagem que vai aparecer pf
Boa leitura!

Capítulo 9 - O Diabo Veste Prada


Fanfic / Fanfiction Entre flores e pedras raras - Capítulo 9 - O Diabo Veste Prada

TONI ON

Estava me arrumando para a festa, não lembro a ultima vez que eu tive que me arrumar desse jeito. Geralmente eu só saia com os Serpentes e todos nós usamos a mesma roupa: calça, camisa e a jaqueta. Mas hoje iriamos parecer outras pessoas. Quando estou prestes a sair recebo uma uma mensagem da Cheryl: "Quem perder o controle por último ganha um ponto. Vai ficar sete a um ein! Vai ser pior do que Brasil vs Alemanha.". Reviro os olhos pensando que ela deve está com aquele sorriso convencido dela, respondo um simples "okay". E sigo meu caminho.
Ao chegar, a casa do Archei já estava lotada. Procuro na multidão alguem familiar e encontro meus amigos Serpentes mais a Veronica e a Betty, conversando e alguns deles bebendo.
- Meu deus, me belisca. Essa é Toni Topaz de vestido?! - O Fags nunca perde a oportunidade de abrir a boca.
- Você também está decente hoje, Fangs.
- Agora só falta a dona da festa chegar ne? Cade a Cheryl?- Veronica pergunta.- Ela não está morando com você, Betty?
- Ela saiu mais cedo falando que ia buscar alguem.
- Esse alguem por acaso é um moreno de olhos verdes gostoso para caralho?
Ela aponta em direção a porta e todos olham. Vejo Cheryl aparecer entre a multidão. Eu nem preciso falar que ela está linda porque isso seria redundante. A ruiva trajava um vestido vermelho sem mangas que tinha um decote modesto, que dava aquela vontade de "quero ver um pouco mais", e que ia até metade da coxa. Mas essa visão tentadora foi cortada quando vi um garoto a acompanhando e como Veronica disse, ele é muito bonito.

CHERYL ON

De última hora, Henry me ligou dizendo que iria na festa comigo, ele disse que também queria comemorar comigo. Coloquei meu vestido fa Prada, porque é como dizem: o diavo veste Prada, sai mais cedo da casa da Betty e fui buscá-lo. Quando chegamos na festa, logo vi Toni olhando para mim e ela parecia me comer com os olhos. Ela estava muito gata, parecia quase outra pessoa, usava um vestido azul tomara que caia (tomara mesmo) que era colado ate a cintura e depois mais largo até quase o joelho. Me aproximei da mesa que tinha o resto do pessoal.
- Ola, povo. Esse aqui é o Henry.- aponto para meu primo.- Vocês vao se conhecendo, não precisa de apresentações formais.
- Oi, tudo bem?- ele diz meio tímido, ele é um fofo mesmo.
Ficamos conversando e aos poucos, Henry foi se enturmando. Percebi que as vezes Toni lançava uns olhares estranhos para meu primo e logo percebi que ela estava com ciúmes, o que me deu um ótima ideia, depois vou por em prática. Depois os meninos foram para um canto e ficaram só as meninas.
- Eu termino com o Archie por um beijo do Henry.
- Dignidade mandou lembranças.- diz a Betty rindo.
- Ele é lindo mesmo, pena que é meu.- eu não sou de sentir ciúmes, mas em sempre fui cimenta quando eu gostava realmente de alguem, coitada da Polly se eu soubesse que ela namorava meu irmão. - Então, tira o olho.
- Vou pegar algo para beber.- Toni só diz isso antes de sumir no meio do povo com uma carranca.
- Viish, ela não gostou.- disse Vê.
- Achei que vocês tinham algo, já que a vi te puxando para um beijo num dia aí. Mas ai voce aparece com esse garoto, não entendo mais nada.
- Gente, ele é meu primo.- digo rindo.
- O que? Me da seu primo, ele é muito gato!
- Achei que todos os Blossom tivessem cabelo ruivo.- diz Betty, ignorando o comentário.
- Ele pinta o cabelo. Assim como eu, ele não tem muito orgulho de ser um Blossom. Mas eu amo meu cabelo, entao nem pensar que eu faria isso.
- Voce tem que falar isso para a Toni. Ela esta se roendo de ciúmes! Não estraga meu shipp, Choni for ever!
- Acho que você já bebeu demais, V. E eu pretendo causar mais um pouco, ver a Toni com ciúmes é hilário.

TONI ON

"Que pena que é meu". Eu odeio sentir ciúmes, principalmente de algo que nao é meu. Afinal da onde brotou esse Henry? Mas se a Cheryl quer provocar, vou provocar de volta, vamos ver se ela aguenta. Procurei um alvo, e vi uma garota que estava me encarando, assim fica fácil demais. Comecei a conversar com a tal garota e quando vi que Cheryl olhou para nós, puxei a garota de subito e dei um beijo nela. Mas eu não aproveitei o beijo, por algum motivo não estava sendo bom, quer dizer, estava bom, mas ao mesmo tempo não estava. Infelizmente, logo descobri o porquê.
Fui salva pelas amigas da garota que a chamaram dizendo que elas tinham que ir e a levaram embora. Tratei logo de ir procurar a Cheryl, mas não a encontrei.
- Toni, você sumiu.- Vê e Betty aparecem entre a multidão.
- Foi mal.- Procuro em volta para ver se Cheryl está por perto.
- Se está procurando minha prima, ela foi dançar com o Henry.- involuntariamente eu reviro os olhos.
- Ai que fofa, ela tá com ciúmes. - Veronica aperta minhas bochechas.
- Para com isso.- digo afastando o rosto.
- Porque você não vai lá e só puxa ela, mostra que quem manda nessa bagaça é você. É isso que eu faria se uma piranha tivesse se esfregando no meu namorado.- isso foi a Betty ou a Dark Betty falando? Que assustadora.
- É exatamente o que eu vou fazer.
Entro na pista de dança procurando por eles, os encontro dançando colados uma valsa rápida em plena sincronia. Fico observando eles dançarem até que Cheryl me nota e me manda uma piscada. Eles dançam mais um pouco e ela diz algo no ouvido dele, que ri do que quer que ela tenha dito, eles se separam e seguem caminhos separados. A ruiva passa um pouco longe de mim como fingisse que não me viu, mas eu a sigo do mesmo jeito. Só tenho que tomar cuidado com o que vou fazer, pois estou um pouco bêbada e não posso fazer nenhuma merda.

CHERYL ON

Não vou dizer que eu fiquei feliz em ver a Toni se atracando com aquela garota, mas o que eu posso fazer ne? Eu deveria sentir algo? Porque se ela fez para me causar ciúmes não deu muito certo. Mas ela causou algo, não sei ao certo, eu já senti isso, mas faz tanto tempo que acho que esqueci como se chama esse sentimento. Deixando isso de lado, decidi provocar mais e pedir para o Henry dançar comigo e contei o que estava acontecendo e como ele adora uma intriga, aceitou entrar na brincadeira. Eu tinha já esquecido como era dançar com ele, ja que esse cara dança para caramba, acabei me distraindo e acho que dançamos por um tempão. Vi Toni nos olhando com cara feia, mas estava tão bom que só parei, porque meus pés estavam doendo.
Fui para o banheiro ajeitar meu cabelo e depois iria encontrar a Toni. Estava distraída me ajeitando, quando levei um susto ao sentir um par de braço me abraçando por trás bem apertado, olho no espelho e vejo que é Toni e sorrio, finjo que ela não está ali e continuo.
- O diabo realmente veste Prada ein. - ela sorri com certa perversão. Seu perfume é muito bom.- ela passa o nariz pelo meu pescoço me causando um arrepio.- Um pouco viciante.- Me viro para ela, que se afasta um pouco.
- Acho que ganhei o ponto hoje.- ela revira os olhos.
- Pode ficar com o ponto, esse jogo já está pior do que Brasil e Alemanha. O ponto é seu, mas você é minha.- ela chega bem perto e me empurra suavemente contra a pia.- Estamos jogando e eu não deixo ninguém mais entrar, posso ser um pouco possessiva com a minha presa.
- Sua presa? Não se engane, esse sonho aqui- digo apontando para mim- é um pesadelo disfarçado. Pode ter certeza que a presa não sou eu.
- Pela primeira vez na sua vida, Cheryl Blossom, só fica quieta e me beija.
Toni coloca as mãos em minha nuca e acaricia minha bochecha, ela aproxima o rosto do meu devagar enquanto olha nos meus olhos. Eu estranho o ato porque ela nunca fez isso. Ele sela nossos lábios com um simples, mas intenso selinho demorado e logo se afasta. Ela está estranha, ela passa a mão nos cabelos e faz um sinal de negação com a cabeça, antes de ir embora sem dizer nada. O que acabou de acontecer?

TONI ON

Merda, merda, merda, MERDA. Parece que o feitiço se voltou contra o feiticeiro! Só um simples selinho e é o suficiente para ser melhor que qualquer beijo que já dei na vida e fez meu peito acelerar. Mas que eu estou tentando enganar? Desde de quando coloquei meus olhos em Cheryl, eu senti algo diferente. 

Lembro que o tempo parou em volta e só ela parecia se mexer. Seu jeito de fingir ser inatingível e ao mesmo tempo ser tão frágil. Uma garota forte, mas que tanto quer alguem para se apoiar. Também, ao se mostrar diferente das outras e não cair imadiatamente no meu "feitiço" e resistir toda hora. Me presentear com a moto, as brincadeiras e as brigas... Não tem para onde fugir e não adiante mentir: estou apaixonada por Cheryl Blossom. Ou é só o feito do álcool?


Notas Finais


Toni está apaixonadaaaaa, sera que ela vai admitir isso para a Cheryl?
Veronica representa os shippers hahaha
Deem ideias do que querrm que ocorra na fic, estou aberta a pedidos ;)
O que acharam? Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...