História Entre Gelo e Água - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Cana Alberona, Carla (Charle), Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Makarov Dreyar, Minerva Orland, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Sting Eucliffe, Wendy Marvell
Tags Fairy Tail, Fullbuster, Magia, Personagem Original
Visualizações 14
Palavras 1.467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal, me perdoe pela demora.
Estava tentando recuperar minha senha no Nyah (onde inicialmente essa história foi postada) para editar o capítulo para postar aqui. Consegui fazer isso só hoje, por isso demorei tanto :/
De qualquer forma, esse capítulo ficou: 1ª parte fofinha e 2ª dramatica.
Espero que todos gostem e até o próximo capítulo <3

Capítulo 6 - Capítulo Cinco


Monstro

 

A batalha entre Mirajane e Jenny estava na metade. As duas não poupavam esforços para ficar sexy, assim como uma ex pin up devria ser.

Os dois rapazes da guilda de Eiko não piscavam ou se moviam para não perder nenhum movimento das magas.

Eiko estava sentada no parapeito, balançando os pés como uma criança. Observava entediada a batalha das pin ups. Seus olhos estavam pesados pela noite mal dormida.

Olhou ao redor para tentar não vomitar com a cena das magas. Duas garotas semi-nuas não era algo que interessasse Eiko de ficar observando.

Os espectadores babavam com a sensualidade de Mirajane e Jenny, alguns magos adversários que observavam a batalha também estavam em um estado deplorável de cômico.

Inesperadamente três garotas da guilda Mermaid Heel pularam até o centro do campo de batalha, começando a participar daquele momento. Sem pensar muitas vezes as garotas do Lamia Scale, vestidas com biquínis, se juntaram às outras.

Eiko ficou boquiaberta com a tamanha coragem daquelas meninas. Intrometer-se em batalha alheia não era algo que Eiko achasse certo.

Todas as garotas de ambos grupos da Fairy Tail, então, se juntaram na arena e Azumi riu pelo nariz segurando o braço de Eiko para pularem também até lá.

—  O que está fazendo?  — questionou assustada.

— Não gosto de perder!

Todas as garotas na arena então estavam usando biquinis e maio. Abraçando o próprio corpo, Eiko estava muito desconfortável com aquele momento.

— Acho que isso virou uma bagunça — Mira disse sorrindo para a adversária, que bufou, dizendo em seguida:

— Não é ruim se divertir às vezes…

Mesmo com a invasão das outras garotas, aquela briga era entre Mirajane e Jenny. O corpo magro de Eiko não deixava de ser sexy, tendo seios medianos e coxas magras, a multidão também olhava com desejo para a adolescente.

Conforme as duas adversárias iam mudando o tema de roupa o restante das garotas que estavam na arena, também mudavam magicamente.

Cada vez mais as roupas ficavam mais sexy e as bochechas de Eiko ficavam mais e mais vermelhas.

Azumi se divertia, fingindo ser uma modelo de revista conforme as roupas iam mudando. Cherry estava logo ao lado dela, rindo e acompanhando o ritmo da batalha.

Observando tudo com as bochechas vermelhas de vergonha, Lyon não sabia para onde seus olhos encaravam. Sua amada Juvia estava bem ali de roupa íntima, porém não sabia o porquê seus olhos só estavam vidrados em Eiko.

— Agora temos “vestidos de casamento” ! — o locutor anunciou e magicamente todas as garotas mudaram de roupa. Agora todas usavam vestidos de casamento, brancos e longos. Assim que as garotas mudaram de roupa a grande maioria dos rapazes das guildas adversárias apareceram na arena.

Eiko usava um lindo vestido tomara que caia, sem enfeites e de seda.  Carregava em sua mão um buquê de flores azuis e seu cabelo estava preso em um coque clássico.

Alguns casais já estavam se abraçando, conversando e outros rapazes discutiam para saber quem ficariam com a dama.

Lyon rapidamente abraçou Juvia, dizendo que seria seu noivo naquela ocasião. Eiko não deixou de ficar observando-o curiosa. Gray arrancou a jovem dos braços do platinado e segurou a jovem nos braços, como se ela fosse uma dama em perigo.

Eiko arqueou uma das sobrancelhas, nunca imaginou que seu irmão pudesse gostar de alguém.

— Juvia está tão feliz — a azulada abraça o pescoço do Fullbuster o fazendo desequilibrar e cair — O nosso amor é tão poderoso!

Eiko riu pelo nariz e se aproximou de Lyon que estava no chão. Estendeu a mão para o rapaz, que recusou a ajuda e rapidamente se levantou.

— Estou bem.

— Nota-se — Eiko disse limpando a poeira do paletó preto do rapaz, sorrindo. Finalmente Lyon parou para observar a Fullbuster. Ela estava realmente linda naquele vestido.

— Você tem par? — questionou fazendo a garota corar fortemente. Olhou para o lado e viu Hide e Azumi abraçados como um verdadeiro casal comum próximos de Dunn e Cherry conversando.

Os locutores estavam prestes a terminar o concurso de vestidos quando uma senhora, mestre da Lamia Scale apareceu de roupa de banho.

Aquela cena foi tão constrangedora que Eiko tampou o rosto com ambas as mãos, tão vermelha quanto um camarão.

— Com esse único golpe, toda a excitação nesta arena foi perdida — a voz do locutor era desanimada e baixa. Todos estavam pasmos com o que aquela senhora teve coragem de fazer.

Todas as garotas, exceto Mirajane e Jenny, saíram da arena. As duas garotas usavam roupas comuns e estavam se encarando com sorrisos irônicos.

No final daquele combate, Mira acabou ganhando com um único golpe real na adversária.

 

***

 

—  Foi bom para descontrair —  Azumi disse caminhando ao lado dos companheiros, dando de ombros e indo em direção ao portão de saída — Porém, amanhã irie ter uma conversa amigável com o Rei.

Aquele dia havia acabado e a última batalha fora entre Sabertooth e Mermaid Heel. “Aquilo sim foi uma luta de verdade” pensou Eiko.

—  Cuidado, pois sua magia pode ser difícil de afetar o Rei —  Hidetcka fala, olhando para o Charry, que sorri para o de cabelo vermelho.

—  De qualquer forma, Azumi está certa. Isso está se enrolando demais e precisamos terminar com isso rápido —  Eiko lembra, engolindo em seco ao lembrar do trabalho.

Eles já estavam fora do estádio de jogos, próximos da casa onde deveriam ficar. Azumi estava usando muita magia ultimamente e precisava de um longo descanso. Estava salvando todos ali, pois caso o contrário seriam presos com facilidade.

—  Eiko — uma voz chamou em suas costas e todos viraram, para encarar o rapaz de cabelos escuros com os braços cruzados.

—  Gray — foi o que a cinzenta conseguiu dizer, começando a andar em direção ao Fullbuster, deixando os colegas de trabalho para trás.

— Podemos conversar, ou está muito ocupada? — perguntou olhando para Azumi com a testa franzida. Ele sentia algo ruim vindo daquela pequena mulher.

— Claro — respondeu, olhando rapidamente para trás, dispensando os companheiros — Vamos para um lugar mais reservado - Eiko segurou o braço do irmão e o puxou para longe, entrando em uma rua paralela e sumindo da vista dos outros.

Os dois irmãos entraram em um bar aparentemente vazio e se sentaram de frente um ao outro. Gray queria saber o motivo da irmã  estar nos jogos e onde ela esteve em todos aqueles ano.

Antes de começar a falar, Eiko suspirou pesadamente e fechou os olhos. Era difícil conversar com Gray, mesmo que ela já houvesse tido aquela conversa em seus sonhos inúmeras vezes.

—  Você está bem Ei-chan? —  Gray engasgou antes de chamar a menina daquele modo.

– Não entre na minha vida Gray —  olhando nos olhos escuros do irmão, disse franzindo o cenho —  Não sou uma pessoa boa, você não gostaria de me ter por perto.

Gray não disse nada, apenas ficou encarando a irmã confuso. “Não era uma pessoa boa? Do que ela estava falando?” passou na mente do Fullbuster.

—  Olha Eiko, você não tem o direito de aparecer assim na minha vida e simplesmente dizer que não posso ficar na sua. Sou seu irmão! —  ele havia ficado magoado com o pedido de se afastar da própria irmã.

—  Não! Você não é meu irmão. Meu irmão morreu há anos por causa de um monstro! Toda minha família morreu lá e por causa disso eu me transformei em um monstro também! — Eiko levanta encarando Gray, que estava com os olhos arregalados com aquela afirmação.

—  Do que está falando Eiko? Você não é um monstro. É apenas uma garotinha — Em seus sonhos mais profundos conseguia imaginar sua pequena irmã na idade adulta e ela nunca fora tão bonita como ela realmente era. Gray nunca iria admitir aquilo nem à si mesmo que a garota que estava na sua frente era uma das mais lindas que já vira.

Eiko ficou olhando-o por alguns segundos antes de falar:

— Esqueça. Você nunca vai entender nada, Gra-oniichan.

Então simplesmente saiu do bar, na esperança dele não vir atrás. Porém, Gray fez o que ela não queria, levantando-se e a puxando para fazê-la parar.

— Duvido que você seja um monstro —  Já estavam no meio da rua, fora do bar.

— Eu mato pessoas Gray! —  Eiko retirou a mão do irmão de seu braço fino e fechou os punhos. O cantil que estava pendurado em sua cintura começou a borbulhar. Ela não queria machucá-lo, mas seria muito pior caso deixasse ele se meter em sua profissão.

Gray deu um passo para trás e deixou que a mais nova voltasse a andar. Sua testa estava franzida e sua cabeça não conseguia parar de pensar naquelas palavras.

Precisava entender aquilo melhor. Precisava saber quem era Eiko Fullbuster e o que era a Angel Wings.

Mordiscou o lábio tentando encaixar algumas coisas que Eiko havia dito e suspirou derrotado. Precisava de ajuda para entender aquilo. Precisava de seus amigos para decifrar sua irmã mais nova.


Notas Finais


O que acharam da participação da Eiko na batalha da Mira?
Eu não quis detalhar muito o corpo da Eiko, mas para quem ficou curioso a Fullbuster é baixa, tem o corpo magro, seios medianos, coxas magras e seu quadril é levemente largo. Caso queiram uma imagem (dela ou de outros personagens originais), posto no próximo capítulo nas notas finais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...