1. Spirit Fanfics >
  2. Entre leituras e lábios (yoonmin, suji) >
  3. A gente fica fugindo um do outro pro mesmo lado

História Entre leituras e lábios (yoonmin, suji) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


comentários & estrelinhas são muito bem-vindos, dêem suporte a história caso queiram que eu continue <3

boa leitura

Capítulo 1 - A gente fica fugindo um do outro pro mesmo lado




       As risadas ecoam livres e despreocupadas pela sala enquanto os sete melhores amigos conversam sentados no chão, algumas garrafas de soju sobre a mesa de centro misturando-se a bagunça de pizza e batatas fritas.

As promoções finalmente haviam acabado, o que significava alguns dias de folga e tempo livre para descansarem antes de começar a turnê, então todos concordaram em comer e beber para comemorar os futuros dias de paz.

Conforme a noite seguia, alguns se despediam para irem para a cama, começando por Namjoon e Hoseok. Menos de uma hora e algumas bebidas depois, foi a vez de Seokjin e Jeongguk.

Jimin, que tem uma tolerância preocupantemente alta para álcool, ele já estava rindo por qualquer besteira que Yoongi dizia, o rosto um pouco vermelho, o que significava que ele já estava um pouco bêbado. Yoongi e Taehyung não estavam muito diferentes, mas o mais novo foi o primeiro deles a ir embora, se despedindo dos seus hyungs antes de cambalear para o próprio quarto.

Jimin está deitado no chão de forma preguiçosa e se apoia nos cotovelos para olhar para Yoongi, que se encontra deitado no sofá, os dedos passeando pela tela do celular.

"Hyung", Jimin murmura, quando não recebe resposta, ele bufa e rasteja pelo chão até um pouco mais perto de Yoongi para conseguir cutucá-lo com os pés descalsos, "Ei, hyung, Yoongi hyung, hyung, Suga hyung, Yoongi-ssi, hyung, hyuuuuung..."

"Yah, Jimin, o que foi?", Yoongi pergunta, abaixando o celular e olhando para o mais novo, "Você está bêbado?"

"Um pouquinho", Jimin fala e junta o indicador e o polegar para dar um exemplo visual ao mais velho.

Yoongi solta uma risada e esfrega o próprio rosto antes de pentear os cabelos descoloridos para trás. Jimin gosta de como Yoongi fica com cores mais claras, agora ele está com o cabelo cinza.

Jimin não pode deixar de fazer um beicinho quando o rapper volta a mexer no celular, ignorando-o. Ok, talvez ele fique um pouquinho birrento e carente quando está bêbado.

"Hyung, o que você tanto faz nesse celular?", Jimin acaba perguntando.

"Conversando", Yoongi responde, ainda olhando para a tela.

"Com quem?"

"Amigos."

"Mas estão todos dormindo."

"Ei! Eu tenho outros amigos além de vocês, sabia?", o mais velho resmunga.

Jimin não pode deixar de soltar uma risada travessa por conseguir irritar Yoongi.

"Pensei que você poderia estar vendo o que nossos fãs estão falando", ele comenta, erguendo corpo e sentando-se no chão.

Yoongi abaixa o celular e olha para Jimin.

"Você costuma fazer isso?"

"Não muito", Jimin dá ombros, "Raramente, na verdade, não uso muito o twitter, falam muitas coisas desagradáveis lá. Quando fiquei mal por ver um comentário maldoso, o Namjoon hyung me disse para tentar não olhar demais quando não estiver bem."

"Sinto muito por isso, Jimin-ah", Yoongi fala suavemente.

"Acho que agora eu posso lidar melhor com isso", Jimin sorri, "E você? Costuma ver o que nossos fãs falam?"

"Não, na verdade acho que posso contar nos dedos quando fiz isso no twitter, geralmente só dou uma olhada no meu aniversário", Yoongi responde em meio a uma risada, "Eu prefiro o fancafe e weverse, é mais difícil de dar de cara com coisas ruins."

"Então você nunca criou uma conta pra bisbilhotar?"

"Não", Yoongi cantarola.

Jimin assente e olha para os lados. Caramba, está tarde e eles estão realmente sozinhos.

Jimin morde o lábio inferior e se inclina um pouco na direção do rapper, apoiando o queixo na borda do sofá, perto do corpo deitado do mais velho.

"E se a gente desse uma olhada agora?", ele propõe.

Yoongi abaixa o celular novamente, olhando para Jimin com uma expressão séria.

"Nós definitivamente não vamos fazer isso, Jimin-ah."

"Mas só um pouquinho! Eu não estou com sono e você não sai do celular."

"E se você ver algo desagradável?", Yoongi torce o nariz.

"Não sou mais inseguro como anos atrás", Jimin revira os olhos e se senta sobre os próprios calcanhares, "Por favor, hyung."

Yoongi geme em descontentamento e olha para Jimin, que está fazendo beicinho. Ele bufa e assente, sentando-se no sofá para deixar um espaço para que o mais novo se sente animado ao lado dele.

"Como está o seu inglês?", Jimin pergunta, apoiando o rosto no ombro do rapper.

"Eu sou quase fluente, Jimin", Yoongi bufa uma risada, abrindo o twitter, "Mas finjo que não porque os entrevistadores americanos são um saco, prefiro que o Namjoon lide com eles."

Jimin solta uma risada. O inglês dele não é tão bom quanto o de Yoongi ou Namjoon, mas ele tem aprendido muito ultimamente, então consegue se virar.

"Como vai ser o nosso user?", Yoongi pergunta, franzindo a testa para o celular.

"Vamos bisbilhotar nossos fãs juntos então vamos criar um user juntos", Jimin sugere e pensa por um momento, "Coloca Yoongi e Jimin."

Yoongi digita.

"Já estão usando esse."

"Então Yoongi e Jimin dois."

Yoongi apaga e digita novamente.

"Esse também."

"Yoongi e Jimin três."

"Esse também."

"Mas que droga!"

Yoongi gargalha e nega com a cabeça, voltando a digitar. Quando ele termina, vira o celular na direção de Jimin, que estreita os olhos enquanto analisa.

"SgJm9593", Jimin lê em voz alta, então dá um sorriso e assente exageradamente como forma de aprovação, "Ficou legal."

Yoongi sorri e eles voltam a focar na tela do celular.


Escolha 5 tópicos do seu interesse:


"BTS", Jimin fala animado e Yoongi não pode deixar de sorrir enquanto digita rapidamente.


[BTS]


"Yoongi, ali", Jimin aponta para as opções que surgiram e Yoongi escolhe, "E Jimin."


•Selecionados:


[BTS], [방탄소년단], [Yoongi], [Jimin]


•Sugeridos:


[Yoonmin]


Sem paciência, Jimin clica na opção sugerida antes que ele ou Yoongi tenham chance de raciocinar, criando a conta logo em seguida.

"O que fazemos agora?", Yoongi pergunta.

"Vamos seguir ARMYS", Jimin responde, tomando o celular da mão do mais velho, fazendo-o soltar um resmungo e apoiar o queixo em seu ombro, "Vamos seguir contas pequenas."

Yoongi não diz nada enquanto Jimin usa seus dedos para seguir algumas contas tanto em inglês quanto em coreano. Eles riem e conversam enquanto seguem o máximo de pessoas possível, até que o twitter diz que o limite de cem pessoas foi atingido.

Jimin faz uma careta e fecha o aviso, atualizando a timeline pela primeira vez. A primeira coisa que aparece são algumas fotos de Namjoon e desenhos adoráveis, confirme eles descem aparecem mais tweets, alguns engraçados, outros fofos e mais fotos.

Yoongi pega o celular de volta depois que Jimin encontra uma fanart dele sendo uma mistura de humano com gato e fica rindo histericamente pelos próximos três minutos.

Jimin toma o aparelho de Yoongi depois que ele ri e mostra um tweet comparando-o a patinhos. Eles ficam assim pelo que parecem horas, apenas rindo e empurrando um ao outro antes de brigar pelo celular.

"Tudo bem, minha vez", Jimin cantarola e pega o celular das mãos de Yoongi, ajeitando-se no sofá para que o mais velho tenha uma visão da tela atrás dele, "É fofo esses desenhos onde fazem eu, Tae e Gukkie como bebês e vocês como adultos que cuidam da gente."

"Vocês agem como bebês às vezes, então faz sentido", Yoongi zomba.

Jimin acerta uma cotovelada nele, fazendo soltar um resmungo de dor e mordê-lo no ombro. Jimin ri e volta a focar a atenção na timeline, um conjunto de quatro fotos chamando a sua atenção.

"Olha, somos nós", ele balança o celular por cima do ombro para que Yoongi consiga ver, então o trás de volta e começa a ler as palavras em inglês, "Yoonmin au nsfw. O que é isso?"

"Não sei, o que tem escrito embaixo?", Yoongi pergunta, passando as mãos pelo rosto, provavelmente já sendo atingido pelo sono.

"Hm, deixa eu ver", Jimin murmura, descendo um pouco mais, "Onde Yoongi e Jimin são melhores amigos a anos e escondem um grande segredo do resto do grupo", ele lê em voz alta e se vira para Yoongi, "Deve ser alguma história, mas não entendi, agora fiquei curioso pra saber o segredo."

"Então vamos dar uma olhada", Yoongi boceja, apoiando o queixo no ombro de Jimin, "Desça mais um pouco."


Jimin obedece.


avisos

nsfw!!!!

apenas smut

topyg, bttmjm

aproveitem!


Jesus Cristo, parece que eles estão falando outra língua, é o que Jimin pensa antes de dar ombros e continuar a descer.


Jimin sentiu mãos grandes em seus quadris apertando a pele e empurrando-o com pouca delicadeza até que suas costas colidissem contra a porta.


Jimin arregala os olhos e escuta Yoongi parar de bocejar no mesmo momento.


Mas que porra é essa?


Ele arfou, sentindo as mãos em seus quadris invadirem o tecido da camisa e segurarem a carne macia da cintura com força.


Os dedos estavam frios e isso fez um arrepio subir por sua espinha imediatamente. Jimin ofegou e suspirou ao sentir lábios macios contra o seu pescoço, beijando antes de chupar e lamber.


Jimin suspira e engole em seco, focado, estranhamente sem vontade de desviar os olhos das palavras.


"Yoongi...", Jimin gemeu rouco, inclinando o pescoço para o lado, expondo-se para o mais velho.


PUTA QUE PARIU, Jimin grita internamente, seu cérebro entrando em curto circuito e depois embranquecendo por um momento.


Yoongi solta uma respiração um pouco instável atrás de Jimin e se afasta, tirando o queixo do ombro do mais novo.


Jimin fica subitamente consciente da presença do rapper agora.


Yoongi suspirou contra a sua pele de Jimin e subiu os beijos até o maxilar e orelha, onde deixou um beijo quase casto.


"Senti sua falta", ele sussurrou baixo e rouco, "Porra, é tão difícil olhar pra você e não poder te tocar assim."


Por um segundo Jimin imagina Yoongi dizendo essas palavras.


Yoongi realmente possui a voz profunda como o fundo do oceano, mas Jimin nunca havia pensado na voz dele desse jeito. Não até agora.

E pensar nisso faz todos os pelos da nuca dele se arrepiarem. Jimin engole a sensação e sente sua respiração engatar um pouco ao voltar a ler.

"Eu também", Jimin admitiu, um pouco ofegante, as mãos subindo até os ombros do mais velho, "Mas os meninos não podem saber. Você sabe..."


"Eu sei", Yoongi murmurou contra a pele febril do pescoço de Jimin antes de chupar com força, afastando-de para observar a marca vermelha com orgulho.


Oh não.


Serendipity está arruinada para sempre.


Yoongi analisou todo o rosto de Jimin antes que seus olhos focassem nos lábios vermelhos, grossos e perfeitamente delineados. Ah, como ele amava aqueles lábios.


Jimin sente a respiração meio ofegante de Yoongi na parte de trás do seu pescoço. O rapper está imóvel, quase congelado no lugar.


Com os dedos um pouco trêmulos, Jimin desce um pouco mais para continuar lendo.


Sem perder mais tempo, Yoongi se inclinou, colidindo seus lábios com os de Jimin, beijando-o com toda a fome e desejo que estava guardando desde que o viu entrar pela porta do apartamento.


Como se estivesse no automático, a boca de Jimin se entreabre e ele passa a língua pelos lábios, sentindo que estavam repentinamente secos.


Jimin suspirou e agarrou os ombros de Yoongi com mais força, trazendo-o para mais perto enquanto prendia o lábio inferior dele entre os dentes para permitir que suas línguas se encontrassem dentro das bocas.


"Vamos para o quarto", Yoongi murmurou contra os lábios de Jimin, sugando-os entre os seus uma última vez antes de puxá-lo em direção a cama.


Jimin não tem coragem de se virar para olhar na direção de Yoongi, mas pode senti-lo rígido atrás dele. A atmosfera parece absurdamente carregada agora.


Eles tropeçaram para trás e Jimin caiu de costas na cama, Yoongi ficando entre suas pernas e atacando seus lábios com fervor, beijando-o confuso, com bastante saliva, os estalos molhados soando pelo quarto silencioso.


Jimin sente Yoongi suspirar atrás dele, como se estivesse prendendo a respiração a algum tempo e finalmente soltado.


Yoongi puxou as mãos de Jimin que estavam em seu pescoço e segurou os braços dele acima da cabeça, entre os travesseiros, segurando-lhe o pulso e subindo suas mãos até entrelaçar seus dedos, derretendo um pouco por dentro porque os dedos de Jimin eram tão, tão pequenos comparados aos dele...


"O quê?", Jimin pergunta em voz alta, meio ofendido.

Ele larga o celular no sofá e ergue as mãos na frente do rosto. Ok, ele sabe que seus dedos são menores do que os do resto dos meninos, mas não são tão pequenos assim!

"Hyung", Jimin se vira, ainda prestando atenção em seus dedos, "Eles não são tão pequenos, não é? Deixa eu ver os seus pra..."

Ele finalmente olha para Yoongi e suas palavras ficam emboladas na garganta assim que sente os olhos afiados e quase felinos completamente focados em si. 

Eles estão perto, tão perto um do outro que Jimin consegue ver através da iluminação ruim da sala a forma como as pupilas de Yoongi estão dilatadas, quase cobrindo toda íris, os olhos nublados por algo desconhecido. Algo que, em todos esses anos, Jimin nunca havia visto nos olhos de Yoongi quando ele o olhava.

O mais novo entreabre os lábios, tentando pensar em algo para falar, qualquer coisa para aliviar a tensão palpável no ar. 

Instantaneamente, Jimin perde toda a linha de raciocínio e seus pensamentos viram um emaranhado confuso em seu cérebro quando ele vê os olhos de Yoongi flutuarem até a sua boca.

A expressão do rapper é ilegível, mas por um segundo Jimin pode jurar que ele vê o brilho de algo parecido com luxúria ali.

"Me deixe ver", Yoongi finalmente diz, baixo, sua voz soando carregada e rouca.

A respiração de Jimin quase para quando a mão de Yoongi toca o pulso dele, dedos longos e frios envolvendo toda a circunferência tão completamente que Yoongi precisa se segurar para não soltar um suspiro. 

O rapper se perde por um segundo na forma como a mão de Jimin realmente parece menor do que a dele, a pele macia e aquecida, perfeita para o toque. Um pouco bronzeada, contrastando com a dele, que é mais pálida.

Yoongi engole em seco, sentindo um zumbido na parte de trás da cabeça pela sensação da pele de Jimin pressionada contra a dele misturada ao efeito do álcool correndo no sangue. 

A sala gira por um momento e um arrepio rasteja por toda a espinha de Jimin quando a mão de Yoongi sobe lentamente do pulso até a palma da mão, o polegar acariciando a pele toda por onde passa, deixando um rastro de calor.

Puta merda, o que está acontecendo?

Jimin engole em seco e ergue o rosto para olhar para Yoongi. Yoongi faz o mesmo e seus olhos se encontrando no meio do caminho. A mão do rapper estremece levemente contra a de Jimin quando o mais novo entreabre os lábios grossos e bate os cílios, parecendo igualmente afetado pelo que quer que tenha acontecido nos últimos dez minutos.


Dez minutos.


O suficiente para mudar quase dez anos de amizade.


"Hyung...", Jimin sussurra, observando os olhos de Yoongi descerem novamente para seus lábios. Porra, ele gosta quando isso acontece.

"Jimin, eu esqueci meu celular", a voz grogue de Taehyung arranca brutalmente Jimin e Yoongi da bolha na qual se prenderam e ambos se afastam como se estivessem em brasa ardendo.

Jimin praticamente salta para longe do sofá, ficando de pé, sentindo suas pernas moles por um momento. Ele limpa a garganta e pega o celular de Taehyung em cima da mesa, entregando para o mais novo com as mãos trêmulas. 

Deus, Jimin sente como se quase houvesse sido pego fazendo algo muito ruim.

"Obrigado, minha cabeça está doendo", Taehyung acena preguiçosamente para seus dois hyungs antes de sai pelo corredor novamente, como se nem houvesse notado a atmosfera pesada na sala.

Jimin engole em seco e se vira para olhar na direção de Yoongi. O mais velho está sentado no sofá, fitando Jimin tão intensamente que Jimin sente um pouco de vontade de se encolher.

"Vou para o meu quarto", o rapper avisa, a voz caindo em oitavas e soando estranhamente alta no silêncio da sala.

Ele se levanta e caminha a passos rápidos, passando por Jimin evitando ao máximo olhá-lo.

Jimin fica parado no meio da sala, sozinho e confuso sobre absolutamente toda a relação dele com Yoongi nos últimos nove anos.

Quando está deitado no conforto da própria cama e Hoseok está roncando do outro lado do quarto, Jimin repassa todos os acontecimentos em sua cabeça.

Ele sempre achou Yoongi bonito, isso não era um segredo, ele sempre fazia questão de elogiar o mais velho sempre que possível, em photoshoots, provas de figurinos e ensaios fotográficos. 

Mas Jimin nunca sequer havia pensado na mínima possibilidade de ter qualquer envolvimento carnal com Yoongi e muito menos que Yoongi poderia demonstrar qualquer interesse de volta. Afinal, existem centenas de milhares de fatores que os impediriam e não existe nenhuma chance de nada assim acontecer entre eles.

Então por que Jimin sentia o corpo inteiro esquentar só de lembrar dos olhos escuros do rapper sobre os seus lábios?

Jimin não faz idéia de até onde teriam ido se Taehyung não houvesse aparecido. Inferno, Jimin nem mesmo sabe o que eles estavam fazendo ou o que tudo aquilo significava, se significava algo.

Ele estende a mão e tateia o colchão até pegar o celular, então o desbloqueia e abre o twitter.

Bom, Jimin não sabe o que tudo isso significa mas consegue sentir seu estômago revirar com a curiosidade de saber até onde essa história vai.

As duas histórias.



(...)




Jimin passa os dias de folga em Busan com a família, foi bom rever os pais depois de um bom tempo com a agenda lotada.

Ele e Yoongi não haviam mais se falado depois do episódio na sala de estar. O mais velho mandava algumas poucas mensagens no grupo que eles possuíam com o resto dos membros, mas apenas isso, magicamente sumindo quando Jimin mandava algo nas conversas.

E isso deixa Jimin chateado. Ele não gosta de ser ignorado.

Assim que volta para o dormitório, Jimin é recebido por Taehyung e Jeongguk. Ele guarda as malas e as desfaz, então os três passam o resto da tarde na sala mexendo em seus respectivos celulares.

Jimin está lendo uma terceira au. Provavelmente ele teria lido mais de não estivesse tão cheio de coisas pra fazer com os familiares. Droga, ele realmente gostou de ler coisas obscenas acontecendo entre ele e Yoongi.

Yoongi. Min Yoongi. Seu amigo antigo de grupo.

Jimin vai arder no inferno por isso.

Mas ele não consegue parar, é absurdamente cativante. As histórias, a forma como desenvolvem, usam as palavras e descrevem seus corpos e vozes. Os autores quase sempre sabem de cada pinta, cada detalhe, cada tatuagem. Vez ou outra adicionando algo a mais, mais piercings, mais tatuagens.

Quando estava em Busan, Jimin leu uma em que Yoongi possuía tatuagens por todo o corpo; costas, braços, torso, pescoço. E, puta merda, ele realmente caiu de cabeça naquilo.

Nas sete horas seguidas tudo em que conseguia pensar era em como Yoongi ficaria bem com tatuagens. Jimin quase podia visualizar os desenhos na pele branca e macia do rapper...

"Jimin", Jeongguk chama e bufa, "Estamos chamando você faz tempo, temos que fazer aquele ensaio para a revista e estamos quase atrasados."

"Onde está o Yoongi hyung?", Jimin pergunta enquanto guarda o celular no bolso de trás da calça e acompanha Jeongguk para saírem do prédio.

"Ele foi primeiro, junto com o Namjoon hyung."

Se Jimin não conhecesse Yoongi, diria que o mais velho está fugindo dele. Evitar é uma coisa, fugir é outra. E fugir não combina nada com Yoongi.

Depois de chegar no prédio e ficar quase uma hora ajustando as roupas e maquiagem, Jimin finalmente encontra o resto do grupo. Seus olhos encontram os de Yoongi por um breve momento antes que o rapper quebre o contato visual e passe a mexer no celular.

Jimin bufa e se aproxima de Yoongi cautelosamente, ficando ao lado dele. Yoongi está vestindo um moletom preto com o zíper quase completamente fechado, deixando apenas uma pequena parte da camisa branca que ele veste por baixo à mostra. Ele também usa uma calça jeans preta que abraça e molda suas coxas perfeitamente.

"Oi, hyung", Jimin cumprimenta normalmente.

Yoongi limpa a garganta e faz um movimento quase imperceptível com a cabeça antes de se afastar, indo para o outro lado do estúdio e deixando Jimin parado no lugar com uma expressão incrédula no rosto.

Yoongi tinha simplesmente o ignorado?

Jimin aperta as mãos em punhos e fecha a cara, agora irritado pra caralho. Quem Yoongi pensa que é?

"Bom, vamos começar pelas fotos individuais", o fotógrafo fala em voz alta, chamando atenção de todos no estúdio.

Jimin dá uma última olhada na direção de Yoongi antes de levantar o braço.

"Eu posso ser o primeiro?"

O fotógrafo assente e faz um gesto na direção do cenário montado na frente da câmera, para onde Jimin caminha a passos lentos, sentindo todos os olhos em si.

Bom, ele quer ver se Yoongi vai conseguir ignorá-lo agora.

Geralmente Jimin se sente à vontade na frente de câmeras mas sempre costuma fica tímido no começo ou em alguns momentos durante as sessões fotográficas, levando um bom tempo para pegar o ritmo natural das coisas para fazer poses e seguir os comandos feitos pelos fotógrafos.

Mas esse não é um desses casos.

Apartir do primeiro click, Jimin já está perfeitamente à vontade. Ele muda de posição naturalmente, mordendo e passando a língua pelos lábios, inclinando o pescoço para trás e exibindo-o o máximo possível, acatando vez ou outra as sugestões do fotógrafo. Seu olhar escorrega para o de Yoongi, que o observa a poucos metros de distância.

Ao perceber que o mais velho está de olho nele, Jimin sorri presunçosamente e volta a olhar para frente, na direção da câmera e do fotógrafo, abusando de todas as posições que sutilmente exibem as curvas do seu corpo.

Jimin sabe que tem um bom corpo, então ele se aproveita bastante disso, principalmente porque a camisa que está usando é branca e tem o tecido fino, exibindo a sombra da sua tatuagem nas costelas se ele fizer os movimentos certos.

Ao terminar a sessão, Jimin sai da frente de câmera e deixa um aceno para o fotógrafo antes de caminhar até a mesa onde estão as garrafas de água, bebendo um gole enquanto varre o estúdio em busca da única pessoa na qual está interessado.

Não demora muito até que ele encontre Yoongi olhando em sua direção com a testa levemente franzida e fogo quase visível nos olhos, as mãos apertando com força uma lata de refrigerante, amassando-a em alguns pontos.

Jimin faz questão de arquear uma sobrancelha e dar as costas logo em seguida.

Não muito tempo depois de cada um fazer sua sessão individual, o fotógrafo os chama para que façam as últimas fotos, dessa vez em grupo. Para essa última sessão colocaram um sofá no cenário, onde o fotógrafo deu instruções sobre o que deveriam fazer.

Jimin se senta ao lado de Yoongi no sofá e passa sutilmente a mão pelo pescoço do mais velho no que para quem estiver olhando de longe não passa de um carinho amigável.

Mas Jimin sabe que não há nada de amigável ali. E Yoongi também parece saber, porque Jimin consegue senti-lo ficar tenso sob seus dedos.

"Vamos começar", o fotógrafo grita.

Jimin sorri para a câmera e move seus dedos pela nuca de Yoongi, acariciando lentamente a pele e sentindo os pelos eriçarem por onde passa.

Pelo canto do olho, ele pode ver o rapper trincar o maxilar.

Depois de algumas poucas fotos, Jimin desloca a mão um pouco mais para cima, afundando os dedos nos fios acinzentados do mais velho antes de subir mais um pouquinho e tocar a parte de trás da orelha com a ponta dos dígitos. Yoongi estremece.

"Acho que vocês poderiam mudar de posição agora", o fotógrafo sugere.

Todos soltam murmúrios de concordância e Jimin tira as mãos de Yoongi. O mais velho parece visivelmente aliviado com isso mas esse alívio não dura muito. Jimin inclina um pouco o corpo para frente e coloca a mão no joelho de Yoongi.

"Jimin", o rapper fala baixo, quase como se fosse um aviso.

O mais novo ignora completamente, parecendo concentrado em olhar para a câmera. Como se não estivesse fazendo nada de errado.

Mais alguns clicks e Yoongi sente a mão de Jimin apertar fracamente seu joelho antes de subir de forma lenta até a coxa. O polegar acariciando em movimento circulares, fazendo o rapper sentir sua pele formigar por debaixo da calça jeans. Merda.

Jimin tenta subir a mão mais um pouquinho mas Yoongi se move mais rápido. O rapper agarra o pulso dele e puxa. Uma vez para tirar a mão de Jimin e outra para fazer Jimin virar o corpo e olhar para ele.

Jimin arregala um pouco os olhos por ser pego desprevenido. Ele não esperava que Yoongi tomasse alguma atitude tão rápido. E muito menos que ele fosse o tocar de forma tão firme.

"Jimin", Yoongi diz entre dentes, as sobrancelhas um pouco juntas e os lábios formando uma linha reta.

Jimin não responde nada mas também não desvia os olhos dos do rapper. A temperatura do estúdio parece subir e o ar ao redor deles fica mais espesso.

"Vamos fazer uma pausa", o fotógrafo grita.

Jimin puxa a mão do aperto de Yoongi e se levanta do sofá, agarrando o braço de Taehyung para ir dar uma olhada nas fotos.

Eles vêem todas as fotos, das primeiras até as últimas. Os lábios de Jimin se esticam em um sorriso ao olhar para a última foto. Todos estão no sofá, parecendo bem e normais, mas Yoongi está segurando o pulso dele, ambos fitando um ao outro profundamente. É possível sentir a tensão entre eles apenas olhando para a foto.

"Eu gostei dessa", Jimin comenta, escutando Yoongi bufar do outro lado.

Depois de trocar de roupa, Jimin abre a porta do camarim um pouco sonolento, pensando em apenas se jogar na cama e dormir quando chegar em casa. Não é preciso dizer que ele tem um mini ataque cardíaco ao dar de cara com Yoongi assim que fecha a porta atrás dele.

"Meu Deus", Jimin murmura, as costas batendo contra a porta quando ele instintivamente dá um passo para trás, uma mão sobre o peito, "Que susto, merda."

"O que foi aquilo?", Yoongi pergunta, o rosto contorcido em uma carranca irritada.

Jimin não responde imediatamente porque está ocupado pensando em como Yoongi fica bonito quando está com raiva.

Essas aus estão fazendo coisas preocupantes com ele.

"Então estamos no falando agora?", Jimin rebate, cruzando os braços, "Pensei que estávamos nos ignorando."

"Eu não estava ignorando você."

Jimin revira os olhos, "Eu não sou idiota, Yoongi."

"Você está agindo como um agora", Yoongi acusa.

"Eu estou agindo como um idiota?", Jimin pergunta, dando um passo na direção do mais velho, "Eu tentei falar com você, eu literalmente falei com você, mas você me deixou lá sozinho. O único que está agindo como idiota aqui é você."

"Droga, Jimin", Yoongi passa as mãos pelos próprios fios de cabelo, "Você sabe como eu lido com meus problemas."

"E qual é o problema, Yoongi?"

"Hyung", o rapper corrige sombriamente, a voz soando em oitavas mais baixas. Ele dá um passo na direção de Jimin e Jimin recua, as costas batendo contra a porta novamente, o coração gaguejando pela proximidade, "Não é porque estamos discutindo que você pode me desrespeitar."

"E o que você vai fazer?", Jimin desafia, "Yoongi."

Os dentes de Yoongi raspam o lábio inferior. A tensão no ar é espessa, os olhos do rapper brilham com algo meio tentador e meio perigoso e Jimin não pode deixar de engolir em seco. Talvez ele tenha ido longe demais, cruzado alguma linha proibida.

Alguém limpa a garganta e Yoongi dá um passo para trás. Jimin solta o ar que nem sabia que estava prendendo e se recompõe, olhando na direção de quem quer que tenha aparecido ali.

É Jeongguk, com os olhos pretos meio arregalados e confusos.

"Vocês estão brigando?", ele pergunta, então balança a cabeça rápido, como se dissesse que não importa, "Esquece, se resolvam em casa, temos que ir embora."

Yoongi dá uma última olhada na direção de Jimin. Os olhos afiados e escuros, checando-o de cima a baixo como se dissesse: "Nos vemos em casa". Então ele se afasta e cruza o corredor, caminhando normalmente, passando por Jeongguk.

Jimin fica parado no lugar, o corpo ainda tenso e meio quente.

"Hyuuuung", Jeongguk choraminga e bate os pés no chão, "Vamos embora, eu quero dormir."

"Tudo bem", Jimin gagueja e corre na direção do mais novo, abraçando-o por trás e fazendo-o rir.

No carro, quando está a caminho do dormitório, Jimin está inquieto, pensando na "conversa" que teve com Yoongi. Se é que aquilo foi uma conversa. Ele solta um suspiro meio sôfrego ao lembrar das palavras do mais velho, da voz rouca e dos olhos escuros.

"Jimin, você está bem?", Taehyung pergunta ao lado dele, a voz soando preocupada, "Seu rosto está vermelho."

"Eu estou bem, Taehyungie", Jimin responde em forma de um resmungo.

Ele realmente não sabe por quanto tempo ele ficará bem.














Notas Finais


espero que tenham gostado, ainda não sei se vai ser uma oneshot ou twoshot, então vamos esperar pra ver kkkkjkj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...