História .entre lírios e corações partidos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Lucas, Taeyong
Tags Luyong Spxcetaeyong
Visualizações 31
Palavras 495
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Lírica, Poesias, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


meu shipp ninguém me seguraaaa a a aaa

Capítulo 1 - .only


Lembro-me de quando nós nos conhecemos. Você era tão tímido, hyung, vestido naquele avental branco e com os cabelos tingidos de rosa o deixava ainda mais adorável. Sua floricultura era linda, assim como você. Lembro-me de quando eu entrei no estabelecimento para comprar um buquê de rosas para minha mãe e na saída, você me deu um singelo lírio, e disse que minha personalidade era idêntica a ele.

Lembro-me de quando pegamos intimidade, você já visitava minha casa e já sabia tudo sobre mim. Ia me visitar na loja de discos onde eu trabalhava e me entregava mais lírios. Sempre gostei da tua personalidade, do teu ser, e então eu descobri que estava apaixonado.

Lembro-me de quando começamos a namorar, você foi o amor da minha vida, hyung. Cuidava de mim como se eu fosse a coisa mais preciosa do mundo, e por alguns anos, eu me senti amado de verdade. Lembro-me do anel que você me deu, ah, que coisa linda. Eu me sentia a pessoa mais sortuda do mundo por ter você ao meu lado.

Lembro-me do seu pedido de noivado, aquela pequena cabana branca no meio da praia às exatas oito e vinte da noite. Naquele dia eu chorei muito, mas não por tristeza, e sim por felicidade. Eu iria me casar com o cara que eu mais amei em toda a minha vida.

Lembro-me que depois de alguns anos de noivado - uns três anos para ser mais exato - você mudou. Não era mais aquele Taeyong que chegava em casa às sete da noite e passava o resto da noite fazendo carinho em mim, não era o taeyong que costumava sair comigo todos os sábados para ir à praia. Você chegava de madrugada e bêbado, lembro-me das noites em que passei cuidando de você.

Lembro-me de um dia em que eu fui te esperar na frente de sua floricultura, sentei-me em um banco que havia ao lado dela. Vi você saindo e seguindo o caminho contrário de casa, e obviamente, eu te segui. Você entrou em um bar... O que ia fazer em um bar? Te segui novamente e sentei na cadeira à sua frente, cobri meu rosto com o capuz do meu moletom preto. Vi um homem aproximar-se de você e beijar-te, por que não recuou? Você o amava? Reconheci aquele rosto... Era Jaehyun, não é? Mais alguns beijos e amassos vindos de vocês e fui embora para casa. Eu não iria aguentar por muito tempo.

Lembro-me que quando eu cheguei, chorei feito uma criança, odiava-me por ter confiado tanto em você. Logo depois você chegou e me viu chorando, imediatamente foi correndo até o sofá e perguntou o que tinha acontecido, olhei-te e falei tudo o que tinha visto e você, como sempre... Negou. Nós perdemos a cabeça e começamos a gritar um com o outro, e aí sim percebi que eu havia te perdido. Pedi pra' você ir embora e nunca mais me procurar, pelo visto... Funcionou.

Já fazem dois anos, Taeyong. 


Notas Finais


podem me xingar pelo twt: @spxceyukhei
comentem, eu não mordo :))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...