1. Spirit Fanfics >
  2. Entre maçãs do amor e correios elegantes >
  3. Único.

História Entre maçãs do amor e correios elegantes - Capítulo 1


Escrita por: e nosnaoentende


Notas do Autor


Porque não fechar o mês de junho com festa junina?

Caso esteja desrespeitoso, por favor me avisar. Boa leitura!!!

Capítulo 1 - Único.


Como não gostar de festa junina? Jisung adorava. Entre paçocas, doces de leite e canjicas, a maçã do amor era seu doce favorito, mesmo quase quebrando os seus dentes em uma mordida.

Só tinha um ponto ruim, a única coisa que ele odiava nas festas de São João, era o correio elegante, e nunca pensara que iria receber um relacionado com seu doce predileto.

Desde de seus 11-12 anos, quando ia na chácara da cidade vizinha comemorar, ele recebia pelo menos duas cartas, com as piores cantadas possíveis como: "gato, eu não sou fritura, mas só tenho óleos pra você" ou "você não é Napoleão, mas roubou Bonaparte do meu coração". No começo, até aturava, mas achou o fim da picada quando o seu pote encheu. Mesmo não gostando, guardava de recordação.

— Jaemin, eu não aguento mais! — falou, se debruçando sobre a mesa. 

Na Jaemin era um dos amigos mais próximos, sempre iam juntos para a chácara. Adoravam roubar paçocas e pés de moça da mesa enfeitada com chapéus de palha e laços, sem que qualquer adulto perceber, ir na pescaria para ganhar prêmios tipo uma mola colorida, gostavam da companhia um do outro, menos quando suas varas se entrelaçavam.

— Mais uma carta? — goleou seu vinho quente sem álcool.

— É.

— Porque odeia tanto elas? Isso só te mostra quem gosta de você.

— Primeiramente elas são anônimas, e segundamente, eu enjoei delas, é meio chato receber um papel escrito "não sou maçã, mas pode me chamar de amor". Nunca senti nada ao ver isso, talvez eu nem sinta atração por alguém. — o mais novo suspirou e o Na sentiu seu rosto queimar em vergonha, mandar aquilo foi a pior ideia que ele já teve.

O Park tinha sérias dúvidas sobre isso, sérias dúvidas sobre ser arromântico.

Não seria um problema se ele fosse, quando era menor achava meio estranho todo mundo se apaixonar, e ele não. 

Pensara que foi coisa de idade, principalmente quando estava no fundamental, mas não era, agora ele estava terminando o ensino médio e ainda não sentira em sua pele o romance fluir por alguém. E, também, romance não era algo que ele se importava de fato, só era péssimo ter a pressão sobre si, todos perguntando: "cadê sua pessoa amada?" ou as pessoas falando que é frescura.

— Oi Nana, consegui entregar a sua! — uma menina de madeixas pretas com uma franja que insistia em cair na frente de seus olhos, trajada com um vestido azul e branco, cheio de remendos. Ela segurava uma cesta envolvida em E.V.A, escrito bem grande: "Correio Elegante" em caneta permanente preta, repleta de papéis cor-de-rosa em formato de coração.

— Oi, Seulgi…

— E aí, Na Jaemin, qual era a cantada?

— N…

— Era algo sobre maçã do amor. — a Kang atropelou o seu amigo. Jisung apenas olhou com um olhar furioso para o outro.

— Vou ao banheiro… — se levantou e foi para dentro da grande casa.

[...]

Jaemin agora estava preso e com uma maçã do amor em suas mãos, como forma de deboche do mais novo.


Notas Finais


Espero que tenha gostado!!! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...