1. Spirit Fanfics >
  2. Entre mãe e filho >
  3. Dia de descanso - PT 2 - final

História Entre mãe e filho - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Parte final! Ontem eu tava bem cansada então acabei separando a história em suas partes, a parte 1 foi mais para mostrar um pouquinho do passado da Shino, esse aqui vai focar mais nela e no Inosuke.

Espero que gostem 🙂💜💙

Capítulo 2 - Dia de descanso - PT 2 - final


Fanfic / Fanfiction Entre mãe e filho - Capítulo 2 - Dia de descanso - PT 2 - final

Inosuke estava chocado, não conhecia a história completa da mais velha, se sentiu mal por não estar do lado dela quando ela precisava. Mas isso iria mudar.

O garoto se levantou do sofá ignorando as perguntas de onde estava indo e seguiu Yushiro, o vendo entrar no escritório da Kocho e encostar a porta. Abriu uma pequena fresta e pode escutar a conversa:

Yushiro – Trouxe um lanche.

Shinobu – Tamayo que mandou não é? - perguntou tirando alguns papéis da mesa para dar espaço.

Yushiro – Sim, estamos preocupados - respondeu se sentando em uma cadeira a sua frente - você sabe muito bem do que eu estou falando.

Shinobu – Como?

Yushiro – Você está fraca Kocho, não come desde as 4:00 da manhã, só está se sustentando a base de café e pílulas de comida, que por sinal são horríveis.

Shinobu – Ei!

Yushiro – Estou sendo sincero, Kocho você não é um oni qualquer, você é a 13° lua superior, e traiu Muzan. Ele vai se aproveitar de você nesse estado para-

Shinobu – Eu sei Yushiro - diz se levantando indo em direção a janela - tenho essa dívida com Muzan, apenas quero-

Yushiro – Proteger Tanjiro e seus amigos, eu sei - se levanta, andando até a moça e a abraçando - posso até viver brigando com você, mas somos amigos, odeio te ver nesse estado. Afinal, com quem eu vou brigar se você desmaiar? - pergunta, arrancando boas risadas de Shinobu.

Shinobu – Tá bom, tá bom, eu vou me cuidar. É melhor você ir, esqueceu que Tamayo te chamou pra almoçar com ela?

Yushiro – Ah! Eu vou indo! - diz correndo até a porta - Estou de olho em você Kocho! - gritou antes de sair.

Shinobu – Hai, hai, hehehe.

Yushiro estava tão apressado que nem notou Inosuke ao lado da porta, e acabou batendo a mesma na cara do garoto. O azulado estava curioso com essa história de 13° lua superior, mas não iria perguntar hoje, afinal Shinobu ainda estava abalada.

Inosuke – Shinobu-san, posso entrar?

Shinobu – Ah? Claro Inosuke! Pode entrar.

Inosuke – Kocho-san, eu soube que você não está bem, e sei também o motivo & revelou surpreendo a arroxeada - eu e os outros não gostamos de te ver assim, então eu quero que você esqueça esses esses papéis e venha descansar com a gente!

Shinobu estava surpresa, não imaginava tais palavras vindo do Hashibira, mas também ficou feliz em saber que os outros se preocupavam com ela. Guardou os últimos papeis e perguntou:

Shinobu – Certo, e como vocês pretende me fazer descansar?

Inosuke – Venha! - diz puxando a mão da mais velha - hoje eu e você vamos passar o dia juntos. Já tenho um plano.

Enquanto passavam pelos corredores os agentes ficavam surpresos em ver a Kocho fora da sala, Inosuke e ela caminhavam de mãos dadas, e pela diferença de altura daria facilmente para vê-los como mãe e filho.

Para sair do prédio teriam que passar pela sala onde estavam os outros, então quando chegaram lá todos ficaram surpresos:

Todos – Shinobu?!

Shinobu – Moshi Moshi!

Tanjiro – Kocho-sama! - corre até a mesma, a abraçando - desculpa, eu tinha me esquecido.

Shinobu – Não é culpa sua Tanjiro, eu também não devia ter me trancado no escritório - diz retribuindo o abraço.

Enquanto isso todos seguravam a risada ao ver a carranca de Inosuke, Kanao chegou ao lado do garoto e sussurou em seu ouvido:

Kanao – Vocês vão sair não é?

Inosuke – Vamos, como sabe?

Kanao – Leve ela para visitar os templos antigos ao pé do monte fuji, lá tem vários tipos de jardins e árvores como cerejeiras e glicínias. São as coisas que mais acalmam ela.

O azulado ficou surpreso, mas logo agradeceu. Desde que criou um laço forte com a Kocho Kanao se tornou tipo sua irmã. Agradeceu a mesma e puxou Shinobu, dando a desculpa de que iriam se atrasar.

O monte fuji não ficava muito distante da empresa, mas também não era perto. Como iriam de ônibus demorariam mais ou menos meia hora, mas tinham todo o tempo do mundo. Passaram o caminho inteiro conversando e rindo, fazendo o tempo passar mais rápido.

Inosuke nunca se sentiu tão bem, agora tinha uma família, Tanjiro, Nezuko, Zenitsu, Kanao, Genya e Tokito eram seus irmãos, Shinobu e Tomioka eram seus pais, os hashiras eram seus tios e ubuyashiki era seu avô. Aoi era....ele prefere não tocar no assunto.

Ao chegarem no local pegaram uma pequena trilha e finalmente chegaram no lugar que Inosuke havia descoberto, não fazia muito tempo desde que veio com Kanao e descobriram lá. Era um grande jardim cheio de glicínias, logo a frente havia um tipo de sacada que tinha a visão direta ao monte fuji.

Se sentaram no chão em baixo das árvores e apreciaram a vista em silêncio, estava tudo tão calmo que Inosuke começou a ficar com sono, escutou a Kocho cantarolando uma suave canção, o fazendo ficar com mais sono. Escorou a cabeça no ombro da moça, a mesma passou o braço pelos seus ombros e aproveitaram a brisa do lugar.

Realmente, era um lindo momento entre mãe e filho.


-the end-


Notas Finais


E então? Gostaram?

Espero que sim 🙂♥️

Até minha próxima história, não esqueçam de conferir meu perfil!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...