1. Spirit Fanfics >
  2. Entre mamadeiras e chupetas >
  3. Sinto muito

História Entre mamadeiras e chupetas - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


:v

Capítulo 14 - Sinto muito


Fanfic / Fanfiction Entre mamadeiras e chupetas - Capítulo 14 - Sinto muito

Namjoon estava ajoelhado ao lado da maca, segurando a mão do mais velho. 

-Desculpa, desculpa, desculpa.... 

Sussurrava, tentando parar de chorar. 

-Hm... Nam... Namjoon?

-Hyung! Você... Você acordou! 

O abraçou, 

-Urgh..

-Desculpa, desculpa!

Se afastou. 

-Você... Está bem? Desculpa, isso tudo é culpa minha! 

-Culpa sua...? Você mandou os babacas me baterem?

-... Não...

-Você mandou paparazzis tirarem fotos nossas?

-N-Não...

-Você fez alguma coisa errada, ou me machucou?

-Não! Eu nunca faria isso!

-Então por que diz que é culpa sua? Namjoon, nada disso é culpa sua. É culpa daqueles babacas. 

-Mas... Mas fui eu que chamei você pra sair... Se não não teriam nos visto... E nos filmados... Sniff... Desculpa... Sniff... Dicupa papai...

-Nam... Nam não, aqui não! Estamos no hospital! 

Namjoon sacudiu a cabeça, esfregando os olhos. 

-Desculpa, Hyung, é muita pressão! Tem muitos jornalistas lá fora, me fizeram muitas perguntas, e eu... Eu fiquei assustado, eu pensei que nunca mais veria você, quando eu cheguei tudo que me disseram foi que você tinha feito cirurgia e que não estava acordado!

-Eu estou bem, meu amor... Estou muito bem, só um pouco dolorido. 

Sorriu. 

-hyung... Você acha que... Que deveríamos continuar com isso...? E se fizerem algo pior...? 

-Não! Não nunca!! Eu nunca vou deixar você por conta disso! Vem aqui, senta!

Deu um espacinho na maca, Namjoon sentou, meio inseguro. 

-Eu te amo. E não são adolescentes babacas que vão me tirar de você. 

-Afinal de contas... Como um bando de adolescentes conseguiu te machucar tanto?

-Me pegaram desprevidido. 

-Ah é?

-Ok, eu estava... Distraído com outra coisa. Me puxaram e começaram a falar um monte de baboseiras. Depois eu nem lembro mais. 

-Distraido em que?

-Minhas roupas... Tem uma caixinha, é pra você. 

Sorriu. Namjoon rapidamente foi até a poltrona onde estava as roupas do maior. Tateou os bolsos até achar uma caixinha vermelha aveludada. 

-A-Ai senhor... 

-Quer namorar comigo? Real oficial agora.

-Claro! Céus!! Claro que sim!

Esquecendo por um momento que B/N estava machucado, pulou na maca, o beijando. 

-A-Ai... Essa doeu...

-Ai deuses, desculpa!!

-Tudo bem, estou bem... Só... Sem movimentos bruscos aqui, ok?

-Tudo bem. 

Colocou o anel no dedo, fazendo o mesmo com B/N. 

-Sabe o que notei?

-Hm?

-Você nunca consegue falar 'Deus' ou 'Jesus', por que...?

-Não acredito em nenhuma entidade, Hyung. (Autora também não :'D)

-Então... Hm... Sabe o que eu notei também, Hyung?

-Não. 

-Você é um homem... Totalmente fora dos padrões, e consegue aceitar tudo isso. Como?

-Igniro todos esses comentários maldosos, Nam. Você também devia. 

-Eu ignoro... A maioria... A metade.... Tá eu não consigo ignorar!

-Deveria... 

-Eu sei! É apenas... Bem, você sabe. Eu tenho alguns problemas de autoestima, eu falo... Canto sobre amor próprio, mas... Parece tão difícil pra mim. 

-Eu sei, lhe entendo. Mas, ei, Namjoon... Me diga cinco coisas que gosta em si mesmo. 

-Hm... Eu... Gosto das minhas covinhas! São defeitos genéticos mas-

-Defeitos não! São beijos de um anjo. 

-Ei! Essa é minha música!

-Eu sei. 

Sorriu. 

-Eu... Gosto da minha altura. E também... Gosto dos meus lábios, eles são... Gostosos. 

Riu baixo.

-Gosto das minhas coxas! E também... Gosto de como eu tenho facilidade em entender o próximo. 

-Você ama essas coisas, não é? 

-Amo... São parte de quem eu sou. 

-Então você se ama. 

-Não completamente....

-Eu vou esfregar love Yourself na sua cara! 

-Ah não!

Falou manhoso.

-Se ame... Se não, como eu vou conseguir amar você?

-A-Ah...

[....]

-Meu Deus.... Que... Wow Nam!

-É lindo não é, Hyung?

Namjoon mostrava fotos de seu cachorrinho, tentando distrair B/N, os meninos vieram visitá-lo, com eles, trouxeram a notícia de que jornalistas tentaram invadir o hospital. 

-Não aguento mais aqui... 

-Vai ter que ficar até melhorar! Ordens médicas!

-Ah mas...

-Me diga, o que você quer?

-Sei lá... Foder você. 

Riu sem graça. 


Notas Finais


Eu tô sem sono, então vim aqui :P


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...