História Entre Mundos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Anjo, Demônio
Visualizações 7
Palavras 1.187
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Magia, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


É, só vai ter um cap pq eu tô atolada em provas, trabalhos etc.

Capítulo 1 - Eu, você, nós.


Fanfic / Fanfiction Entre Mundos - Capítulo 1 - Eu, você, nós.

"Algumas pessoas pensam que encontrar um amor verdadeiro é encontrar uma pessoa perfeita, que saiu dos seus sonhos e encaixa perfeitamente em todas as áreas da sua vida. Esse é um grande erro e a principal explicação para o fim da maior parte dos relacionamentos.

Um amor verdadeiro é aquele que resiste ao teste do tempo. É ter ao lado uma pessoa que conhece todas as nossas imperfeições e continua nos amando do mesmo jeito.

É verificar que existem algumas incompatibilidades e alguns gostos completamente diferentes, mas estar disposto a fazer alguns sacrifícios para agradar a outra pessoa.

É enfrentar os desafios e as dificuldades de mãos dadas, porque quem ama de verdade sabe que os dois juntos são muito mais fortes do que se estiverem separados."

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Ela pode ser um Anjo, mas todo o anjo comete erros! Não é? Mas não isso... isso é incomum, o jeito que ele mexe comigo... Não deve ser surpresa de se esperar do próprio filho do Satã. Um menino misterioso de cabelos negros e olhos azuis, sempre com aquela espada nas costas e aquele rosto lindo... Seu sorriso contagiante é uma das coisas que eu mais adimiro nele. Por que isso acontece apenas comigo?. 

Neste momento eu estou cara a cara com ele, nos comenhecemos à alguns meses e desde então nos falamos escondido. Se meu pai ou Lúcifer nos pegar, com certeza seremos punidos... ele disse que tinha alguma coisa para me contar, mas estamos horas nos encarando e ambos não dizem nada.


Lúcifer- O QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO???? - o pai dele chega no beco em que estamos gritando.

Luke- Não enche velhote, vai voltar pras suas prostitutas, vai! - Lúcifer sai e não pergunta mais nada. O que acabou de acontecer? - vamos brincar???

Depois daquelas palavras ele me beija ferozmente, com paixão e desejo. Eu sabia no que isso ia dar, do nada estamos em seu quarto... e depois de um tempinho "aconteceu"... estamos deitados na cama um de frente para o outro. 


Luke- Eu te amo minha anjinha.- eu sorrio 

Lorel- Eu também te amo - dou um selinho nele e a partir desse momento se inicia uma nova relação impossível. Um Anjo e um Demônio. O que pode dar errado? Tudo!

~~~~~~~~~~~~~~

Já faz 8 meses que estamos namorando e de vez enquando "brincamos", ele me pediu em casamento ontem e hoje iremos anunciar nosso noivado. Não nos importamos com a opinião de ninguém e eu já sou maior de idade (20 anos) e ele também (22 anos), portanto, nossos pais não tem direito de nos proibir nada. 

Acordei e senti um enjôo e corri para o banheiro, e eu vomitei. Não sei o que está acontecendo comigo... faz mais ou menos uma semana que estou passando mal, mas nada sério.

Estamos de frente aos dois senhores um do lado do outro, quase se matando com apenas olhares. Eu aperto a mão do Luke e ele começa a falar


Luke- Gael, eu vou me casar com a sua filha

Gael (Pai) - Não vou permitir!

Lúcifer- Muito menos eu!

Lorel- Eu quero saber se agente perdiu permissão aos senhores?! Que eu saiba não! - meu pai se surpreende por eu te-lo respondido

Gael- Olha o que ele fez com minha pequena! 

Lorel- Ele não fez nada, só estou lutando pelo o que o senhor ensinou, o amor.

Luke- Nós vamos nos casar ao pôr do sol, já está decidido e tudo pronto! - até eu me surpreendo, mas fico feliz, nem eu sabia disso.

Gael- filha.. *suspiro* você realmente o ama? 

Lorel- Com todas as minhas forças, pai - eu sorrio para ele

Gael- Então não posso fazer nada a respeito... 

Lúcifer- Pensando bem... eu tô pouco me fudend0 para quem o meu filho vai se casar! Eu vou embora! - ele some

**********

Já faz duas semanas do meu casamento e eu estou muito feliz... acordei e corri denovo para o banheiro, me surpreendo ao ver ele ao meu lado me olhando com cara de preocupação 


Luke- Eu vou te levar ao médico, e nem invente nada para não ir.

Lorel- Tá... - suspiro derrotada e lá fomos nós para o hospital dos Arcanjos.

       ~~~~No hospital~~~~

Chegamos e todos olhavam surpresos para o Luke, pois alguns deles não sabiam do que estava contecendo. Fiz alguns exames e o médico está demorando com os resultados, ele entra no quarto onde está eu e o Luke. Ele entra com alguns papeis na mão e para em nossa frente e sorri.


Médico- Parabéns, vocês vão ser pais! - ele entrega o papel para o Luke e o mesmo sorri.

Luke- Vamos ter um híbrido em nossa casa amor - ele sorri e me abraça - o que acha?

Lorel- Esse é o melhor dia da minha vida - eu o Abraço forte e choro de felicidade.

***********

Hoje vamos saber qual é o sexo do bebê, a barriga já está enorme e a cada dia eu amo mais essa coisinha aqui dentro, como o Luke também, ele se tornou mais amável quando se casou comigo e mais anda quando recebeu a notícia de que ia ser pai.

Chegamos lá e eu me deitei na cama, a médica (Raquel) passou um tipo de gel e colocou uma maquininha ou sla o que é isso em minha barriga e eu olhei para o monitor e vi três bebês e me vi mais feliz ainda e o Luke com uma cara de surpresa misturada com felicidade.


Raquel- Parabéns, são trigêmeos, duas meninas e um menino!!!

Luke- Ow, se um já ia dar trabalho, imagine 3 - ele sempre fazendo as piadinhas dele, eu amo isso! - agora não vai ficar em dúvida dos dois nomes não é anjinha?

Lorel- é...

~~~~~~~~~~~

Nomes:

~Théo

~Talya

~Taylor

~~~~~~~~~~

*********

Hoje está previsto para o nascimento dos trigêmeos e eu estou feliz e ao mesmo tempo com medo, tudo pode axontecer hoje... tudo...

Já são 16:45 e eu começo a ter contrações e fui levada direto ao hospital... É hoje...

<<<~ Luke Narrando ~>>>

Eu estava esperando do lado de fora quando ouço um choro e dois minutos eu escuto outro... Já fazia dez minutos que escutei e eu estava começando a ficar preocupado quando ouço um choro... uma menina agora... Talya.

~~~~~~~

Fui ver meus filhos e logo avistei um bebê loiro igual à Lorel, só que com olhos azuis igual aos meus. A segunda tinha cabelos loiros mais escuros e olhos verdes. A terceira  (Talya) tinha cabelos negros e parecia muito comigo.

******

Hoje todos receberam alta e foram para casa, eu estou com o Théo no braço e a Lorel está com a Talya e a Taylor está com o avô. Colocamos os três em seus respectivos berços e na hora eles adormeceram.. Parece anjinhos, quero ver quando crescerem.

6 anos depois.

O Théo puxou totalmente a mãe, suas asas começaram a crescer e ele está aprontando todas e eu estou cuidando da Talya.

A Taylor é bem responsável, ainda não ganhou asas, só meu poder psíquico e a auréola da mãe.

A Talya ganhou asas negras igual as minhas, seu cabelo e seus olhos são iguais aos meus, ela puxou a mim. Que linda...

****

Os dois (Lorel e Luke) narrando

Essa é a melhor vida que eu poderia ter... ao lado de quem eu amo e com minhas coisas fofas, tendo uma vida perfeita no paraíso...

Eu ;                                              

Você ;                                         

NÓS!                                           


Notas Finais


Eh, eu não tinha nada para fazer mesmo '-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...